Listas

As principais diferenças entre o livro e a série O verão que mudou minha vida

24 / junho / 2022

*ATENÇÃO: o texto contém MUITOS spoilers!* 

A primeira temporada da série inspirada no livro O verão que mudou minha vida estreou no Amazon Prime Video no dia 17 de junho, e é lógico que nós já maratonamos todos os episódios e estamos morrendo de amores por essa história mais uma vez! 

Baseada no primeiro livro da Trilogia Verão, lançado pela Intrínseca em 2019, a série fez algumas mudanças necessárias no roteiro e nos personagens, tanto para tornar a história mais atual e consonante com os novos tempos quanto para desenvolver outras narrativas para além do triângulo amoroso entre Belly Conklin e os irmãos Fisher. A autora da série, Jenny Han (que também escreveu Para todos os garotos que já amei), é criadora, produtora-executiva e showrunner da adaptação.

Listamos aqui as diferenças mais marcantes entre o livro a série, junto com alguns momentos fofos da produção:

 

Steven e Shayla

No primeiro livro, Steven vai embora da casa de praia depois de algumas semanas para visitar faculdades com o pai. Na série, não só Steven fica durante o verão inteiro, como vemos o irmão de Belly em um enredo completamente novo! Trabalhando com Jeremiah como garçom no Country Club de Cousins Beach, Steven é promovido para atender membros do clube em uma sala privada, onde acontece um jogo de pôquer que rende gorjetas generosas. Refletindo sobre questões como racismo e privilégio, Steven questiona se vale a pena comprometer seus valores para ganhar mais. Também conhecemos uma nova personagem, Shayla, uma fashionista rica que também passa seus verões em Cousins Beach e vive um romance super fofo com o garoto. É ou não é a história de amor que Steven merecia? 

 

Taylor Swift! (e Olivia Rodrigo, Ariana Grande, Dua Lipa, Phoebe Bridgers…)

A trilha sonora da adaptação veio carregada de sucessos! Contando com grandes hits da música pop, escolhas como “ARE WE STILL FRIENDS?”, de Tyler the Creator, na cena do primeiro beijo entre Jeremiah e Belly renderam vários elogios nas redes! Os Swifties também não tiveram do que reclamar além de “This Love (Taylor’s Version)” ter sido lançada junto com o trailer, a série conta com mais quatro músicas da Taylor na trilha! Alguns fãs ainda notaram que, das cinco músicas da cantora, quatro tocaram em momentos em que Conrad e Belly estavam juntos. E aí, será que a Taylor Swift é time Conrad? 

 

 

Jeremiah bissexual

Ao repensar a história para as telas, Jenny Han procurou tornar a história mais diversa e inclusiva, refletindo as mudanças pelas quais a sociedade passou desde a primeira edição do livro, em 2009. Ao longo da série, vemos Jeremiah conversando abertamente sobre suas relações com meninas e meninos e vivendo abertamente sua sexualidade. “Para mim, Jeremiah sempre foi um personagem que está em paz consigo mesmo, confortável com quem ele é e aberto para explorar coisas diferentes”, explicou a autora. “Acho que a sexualidade fluida de Jeremiah é um reflexo importante da atualidade, dos jovens de hoje e da maneira como eles encaram a orientação sexual como sendo um espectro muito maior.”

 

Laurel e Susannah

Nos livros, pouco sabemos da vida de Laurel, mãe de Belly e Steven, e Susannah, mãe de Conrad e Jeremiah.  Jenny Han revelou para a TV Insider que escolheu aprofundar a história das duas porque não é tão comum vermos pais em séries adolescentes tendo as próprias vidas. A série conta com muitos momentos fofos e divertidos da amizade delas, mostrando a importância de uma na vida da outra. Além disso, Laurel é escritora e  se envolve com o personagem Cleveland Castillo, autor local que oferece um emprego de verão a Conrad. 

 

Conrad e saúde mental

No livro, Belly demonstra que Conrad está estranhamente recluso e não se abre com ninguém. No entanto, o novo personagem Cleveland Castillo se torna uma figura paterna importante para ele. Os dois se aproximam quando Cleveland lhe pede ajuda com seu barco a vela. Com o tempo, Conrad se abre com ele e conta sobre o câncer de Susannah e sua relação difícil com o pai. Quando Conrad tem um ataque de pânico, o escritor o ajuda a entender pelo que está passando e abre espaço para a discussão sobre saúde mental na série.  

 

Baile de debutante

Segundo a autora, a inclusão de um baile de debutante na história realçou a grande essência da Trilogia Verão: o crescimento e o amadurecimento de Belly. Fazer a jovem participar do baile foi uma forma de retratar cerimônias que marcam essa passagem para a vida adulta. A festa rende várias cenas fofas e emocionantes, como Jeremiah acompanhando Belly nos ensaios, a primeira dança de Belly ao lado de Conrad e, diferente dos livros, os irmãos Fisher descobrindo a doença da mãe. 

 

Belly, Conrad e Jeremiah

Na trilogia, apesar de Jeremiah se declarar para Belly ainda no primeiro livro, os dois só chegam a se envolver romanticamente no final do segundo livro, Sem você não é verão. Na série, os dois compartilham um beijo apaixonado no quinto episódio, e Belly o convida para ser seu par no baile, negando a companhia de Conrad. Tudo indicava que a escolha da jovem estava feita, mas então, no finalzinho do último episódio, uma música de Taylor Swift embala um momento decisivo, dando a entender que esse triângulo amoroso ainda vai dar muito o que falar nas próximas temporadas.

 

E aí, qual momento da série você mais curtiu? A segunda temporada já está garantida, ainda bem! <3


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Listas

Músicas da Taylor Swift perfeitas para O verão que mudou minha vida, de Jenny Han

Músicas da Taylor Swift perfeitas para O verão que mudou minha vida, de Jenny Han

Sete playlists que falam por si sós

Sete playlists que falam por si sós

Livros perfeitos para todos os tipos de pais

Livros perfeitos para todos os tipos de pais

4 histórias que enganaram (quase) todo mundo

4 histórias que enganaram (quase) todo mundo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *