Listas

6 fatos sobre o novo presidente dos EUA que você pode descobrir em Promessa de pai

8 / janeiro / 2021

Depois de uma eleição histórica, marcada pela pandemia do coronavírus e com número recorde de eleitores, Joe Biden foi eleito o 46º presidente dos Estados Unidos. Agora, o democrata precisará enfrentar uma nação dividida e uma economia em recessão, além de grandes desafios na saúde. Mas essa não é a primeira vez que Biden encara adversidades em sua vida. 

Em sua autobiografia Promessa de pai, Biden revela bastidores inéditos sobre sua vida pública e privada, relembrando um ano particularmente difícil e decisivo, quando seu filho mais velho foi diagnosticado com um tumor maligno no cérebro.

Separamos alguns fatos e episódios que são retratados no livro. Confira:

 

1. A importância da família

Joe Biden teve de enfrentar diversas perdas. Em 1972, pouco antes de ser eleito senador, sua família sofreu um terrível acidente de carro que tirou a vida de sua mulher e de sua filha de apenas 8 meses, deixando os filhos Beau e Hunter feridos. O episódio fez com que ele se aproximasse ainda mais de sua família, que mais tarde aumentou quando Biden se casou novamente com Jill Jacobs e teve uma filha, Ashley. Desde então, Joe Biden procura deixar claro a importância e o constante apoio que eles lhe oferecem para que continue sua carreira política.

 

2. O papel de um vice-presidente

Antes de ser eleito presidente dos Estados Unidos, Joe Biden foi vice de Obama por dois mandatos, entre os anos de 2009 e 2017. Sua participação no governo Obama foi marcante, tanto para sua carreira quanto para sua vida pessoal. No livro, Biden explica qual é o papel de um vice-presidente, suas obrigações, restrições e desafios, assim como sua participação na busca de solução para diversas crises. Além disso, ele também conta histórias sobre sua amizade e relacionamento pessoal com Obama, como suas reuniões particulares na Casa Branca.

 

3. Um forte senso de propósito

Em 2013, seu filho mais velho, Beau Biden, recebeu os primeiros diagnósticos de uma lesão no cérebro. Após diversos exames para tentar entender o que aquilo significava, o prognóstico não era nada bom: Beau tinha um tumor cerebral muito difícil de ser curado. Essa notícia foi um enorme choque para Joe Biden, que na época era vice de Obama e se encaminhava para uma possível candidatura à presidência. Ao conversar com o médico responsável, ele perguntou “O que o meu filho deve fazer? Como ele deve viver?” A resposta do médico foi: “Ele deve viver como quem vai continuar vivo. Ter um propósito.” Quase todos os dias depois disso, Biden diz que se viu agindo de acordo com essas palavras.

 

4. Episódios marcantes de sua carreira política

No livro, Joe Biden também relembra momentos e iniciativas que tiveram impacto na sua vida e carreira. Seu trabalho como vice-presidente o levou a participar de importantes questões internas envolvendo o congresso, e também a lidar diretamente com a política externa norte-americana, trabalhando para reparar as relações instáveis pelas Américas, tentar negociar com Vladimir Putin para interromper sua campanha de desestabilização da Ucrânia e buscar auxílio dos líderes iraquianos e turcos na luta contra o Estado Islâmico. 

 

5. Sensibilidade e empatia

Joe Biden revela no livro ter constatado ao longo dos anos que, embora trouxesse lembranças vívidas de momentos tristes, sua presença quase sempre levava algum conforto para as pessoas que haviam sofrido perdas repentinas e inesperadas. Pelo seu histórico de desafios, Biden tem experiência e diz ter percepção da profundidade da dor que é perder alguém muito querido. Essa sensibilidade pode ser percebida em seus relatos ao longo de Promessa de pai, em que ele também compartilha com os leitores como aprendeu a lidar com os momentos mais devastadores: “Os dias ruins ainda eram ruins, mas foram ficando mais distantes entre si com o passar do tempo.”

 

6. Uma eleição histórica

Biden acabou não participando das eleições de 2016, que foram disputadas por Hillary Clinton e Donald Trump, mas em 2020 ele concorreu à presidência como candidato do partido democrata e ganhou em uma eleição histórica para a democracia norte-americana. Por causa das restrições provocadas pelo coronavírus, os votos pelo correio tiveram números inéditos (quase 64 milhões de eleitores enviaram sua cédula dessa forma), mais de 100 milhões de pessoas votaram antes da data oficial e quase 60 milhões votaram presencialmente. Kamala Harris, a vice-presidente da chapa de Biden, também fez história ao se tornar a primeira mulher negra a ser eleita para o cargo. 

 

Quer conhecer mais sobre o novo presidente dos Estados Unidos? Promessa de pai, sua emocionante autobiografia, já está disponível em versão física e e-book.


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Listas

O que fazer quando o maior risco para um país é o próprio presidente?

O que fazer quando o maior risco para um país é o próprio presidente?

Como o racismo é historicamente mobilizado no discurso político norte-americano?

Como o racismo é historicamente mobilizado no discurso político norte-americano?

Reação dos leitores ao lançamento da coleção It’s Okay to Not Be Okay

Reação dos leitores ao lançamento da coleção It’s Okay to Not Be Okay

Semelhanças entre Para Todos os garotos que já amei e Amor & gelato

Semelhanças entre Para Todos os garotos que já amei e Amor & gelato

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *