Listas

Os melhores livros YA da década

24 / janeiro / 2020

Celebrando a virada da década, o site Buzzfeed selecionou os melhores livros Young Adult dos últimos dez anos e, claro, a Intrínseca não ficou de fora dessa. Na lista estão alguns dos clássicos da editora, histórias que você precisa conhecer e novidades para 2020! Confira:

A culpa é das estrelas

Se você nunca ouviu falar dessa história, certamente estava vivendo debaixo de uma pedra nos últimos 10 anos. Com mais de 2,5 milhões de livros vendidos no Brasil e uma adaptação cinematográfica com Shailene Woodley e Ansel Elgort, o livro de John Green marcou nossos corações para sempre.

Em A culpa é das estrelas acompanhamos Hazel Grace e Augustus Waters, dois adolescentes com câncer que se conhecem em um grupo de apoio a crianças com a doença. Juntos, os dois encaram a doença com ironia e descobrem a alegria e a tragédia que é viver e amar.

Em sua obra mais famosa, Green explora com humor, doçura e melancolia o que escolhemos deixar para o mundo antes de morrer.

 

Para todos os garotos que já amei

A trilogia de Jenny Han conta a história de Lara Jean, uma menina doce e romântica que escreve cartas toda vez que se apaixona, mas nunca as envia. Porém, um dia, as cartas chegam misteriosamente aos destinatários, fazendo com que a vida dela mude para sempre.

Lara Jean já tinha conquistado nossos corações, mas com o lançamento da adaptação na Netflix pudemos ver nossas cenas favoritas em HD e nos apaixonamos mais ainda.

P. S.: Ainda amo você, baseado no segundo livro da série, chega ao serviço de streaming dia 12 de fevereiro, mas, antes disso, os fãs que comparecerem ao Tudum Festival Netflix, em São Paulo, poderão ver de pertinho as estrelas da produção Lana Condor e Noah Centineo! Confira a casinha da Intrínseca no festival.

 

Com amor, Simon

Com amor, Simon é a história de um adolescente que ainda não contou para ninguém que é gay. A única pessoa que sabe é um menino que ele conheceu por e-mail, e por quem está cada dia mais apaixonado. Se as coisas já estavam complicadas, tudo piora quando Martin, o bobão da escola, vê por acidente os e-mails e começa a chantageá-lo. Agora Simon precisa fazer com que Abby, sua amiga, se apaixone por Martin, ou todos da escola vão descobrir seu segredo. Enquanto vive um turbilhão de sentimentos, o jovem, que só quer ser aceito pelo que é, reflete se é necessário mesmo sair do armário para seus pais e amigos, já que os héteros não precisam fazer isso.

A adaptação do livro foi o primeiro filme de um grande estúdio focado em um romance adolescente LGBTQ+, marcando uma era com muito mais representatividade nas comédias românticas jovens. O romance de Becky Albertalli conquistou tantos fãs que uma série do universo da história foi confirmada na plataforma de streaming Disney+.

 

Daqui pra baixo

Will tem apenas 15 anos quando seu irmão é assassinado na porta de casa. Criado em um ambiente em que a morte está sempre à espreita, o adolescente sabe que precisa seguir as três regras do bairro: não chorar, não dedurar e se vingar.

Com uma arma em mãos, o menino entra no elevador decidido a matar o assassino do irmão. Em 67 segundos, o tempo que o elevador leva para chegar ao térreo, ele vai encarar rostos de seu passado, cada um deles com uma história de vida e de morte.

Daqui pra baixo é um romance escrito em versos poderosos: as rimas dão ritmo à narrativa e expõem a confusão, o medo e a revolta de Will. Em suas histórias, Jason Reynolds dá voz aos jovens afetados pelo racismo e pela desigualdade social e tenta alcançar aqueles que não acreditam na literatura, por acharem que não há livros por aí que possam dialogar com eles.

Dear Martin

Jus é uma boa pessoa, um aluno exemplar e sempre tenta ajudar os amigos. Mas nada disso importa para a polícia. Após passar por um assustador episódio de racismo, o menino começa a analisar as microagressões que sofre todos os dias e se pergunta se o mundo o vê diferente apenas pela cor de sua pele, inclusive os colegas da sua escola majoritariamente branca.

Dear Martin é um relato honesto e profundo da realidade de injustiça, privilégio e racismo da nossa sociedade. Ainda sem título definido em português, o livro chega ao Brasil em 2020.

 

E aí, concorda com as escolhas? Qual outro livro da Intrínseca você colocaria nessa lista?

 

Leia mais Listas

Leia um trecho de Cidade nas trevas, novo livro oficial de Stranger Things

Leia um trecho de Cidade nas trevas, novo livro oficial de Stranger Things

Para todos os garotos que já amei ganha sobrecapa do filme

Para todos os garotos que já amei ganha sobrecapa do filme

O que esperar da adaptação de Território Lovecraft?

O que esperar da adaptação de Território Lovecraft?

Dez livros para curtir o mês dos namorados

Dez livros para curtir o mês dos namorados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *