Listas

5 séries que acabaram cedo demais

18 / agosto / 2017

 

Uma das melhores sensações quando estamos vendo tv ou Netflix é descobrir que sua mais nova série favorita foi renovada para mais uma temporada. Por outro lado, descobrir que aquela sua descoberta incrível foi cancelada do nada pode ser uma experiência terrível. Separamos cinco programas de televisão que se foram antes do esperado:

Sense 8 (2017)

Uma das maiores sensações da Netflix no Brasil, o sucesso local de Sense8 não foi o bastante para manter a série por mais de duas temporadas. Na história, oito desconhecidos de todas as partes do mundo começam a se comunicar telepaticamente, mas logo descobrem que esse poder é o motivo pelo qual são perseguidos.

Inclusiva e com personagens extremamente cativantes, a série acabou encontrando seu fim antecipado devido à falta de público no resto do mundo. Mas, para a alegria dos fãs brasileiros, um episódio especial final está previsto para 2018!

 

Starfield

Elle Wittimer, protagonista de Geekerela é, assim como nós, viciada em uma série que se foi cedo demais: Starfield, o seriado de ficção científica que mostrava a rotina da tripulação da nave espacial Prospero explorando os limites do universo. Boa parte da empolgação da jovem com a série foi influencia do pai, já falecido, que criou uma convenção dedicada aos fãs de cultura pop, nerd e geek: a ExcelsiCon. A série era o principal interesse em comum dos dois e se tornou uma lembrança feliz para Elle.

O livro mostra a reação da jovem ao anúncio do remake hollywoodiano do seriado e sua ligação improvável com o galã escalado para o papel principal apesar de parecer não entender nada de Starfield. Sem saber a real identidade de um novo amigo, Elle acaba se apaixonando por quem acreditava que fosse seu pior inimigo. Só lendo Geekerela para conferir o final dessa história!

 

Firefly (2002)

Criada por Joss Whedon, famoso por Buffy – a caça vampiros e os dois filmes dos Vingadores, Firefly nunca teve a chance de brilhar por conta de problemas com a emissora. Com apenas 14 episódios, que a Fox americana decidiu exibir completamente fora de ordem, prejudicando a compreensão da história, a produção misturava ficção científica com faroeste e é uma das inspirações da série fictícia de Geekerela. Anos depois, Joss Whedon e o elenco original se reuniram para um filme, Serenity, que encerra melhor a curta jornada, mas até hoje os fãs esperam um reboot ou nova temporada.

 

Freaks and Geeks (2000)

A série que revelou diversos atores, como James Franco, Seth Rogen, Jason Segel e o diretor/produtor Judd Apatow, Freaks and Geeks mostra a mudança da adolescente Lindsay depois da morte de sua avó. A jovem começa a se tornar uma adolescente rebelde, enquanto seu irmão Sam e seu grupo de amigos nerds tentam se tornar mais populares.

 

Pushing Daisies (2008)

Uma série que mistura investigação criminal, ressureição, um visual meio Tim Burton e tortas não tinha como não 1- ser maravilhosa e 2- ser cancelada depois de duas temporadas. Criação de Bryan Fuller, que ficaria conhecido pelas séries Hannibal e American Gods, adaptação do clássico Deuses americanos de Neil Gaiman, Pushing Daisies acompanha um confeiteiro que se descobre capaz de trazer pessoas de volta à vida com apenas um toque, mas depois disso jamais pode tocá-las novamente. Com esse poder, ele ajuda um investigador a desvendar crimes, especialmente o assassinato da sua primeira paixão de infância.

Leia mais Listas

Por que já estamos empolgados com o filme de Para todos os garotos que já amei

Por que já estamos empolgados com o filme de Para todos os garotos que já amei

Sete livros sobre diferentes tipos de amizade

Sete livros sobre diferentes tipos de amizade

Jason Reynolds: a importância de dar voz aos jovens da periferia

Jason Reynolds: a importância de dar voz aos jovens da periferia

Pequeno manual para o fim do mundo (viking)

Pequeno manual para o fim do mundo (viking)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *