Bastidores

As fases do medo com Five Nights at Freddy’s: Olhos prateados

24 / fevereiro / 2017

Por Marcela de Oliveira Ramos *

Acho que sou a pessoa mais medrosa do mundo: tenho pavor de trem fantasma, passo longe de filmes de terror (quando vou ao cinema, as pessoas se assustam mais com meus gritos do que com os monstros), e quando fico em casa sozinha deixo todas as luzes acesas. Então, é claro que fui a escolhida para cuidar da produção de Five Nights at Freddy’s: Olhos prateados.

Até que fiquei animada com toda essa ideia de testar meus limites, confrontar meus medos e rir na cara do perigo. Embarquei com tudo! Eu sabia que tiraria de letra, afinal, o que poderia haver de tão aterrorizante em uma história sobre uma pizzaria abandonada com bonecos animatrônicos do tamanho de pessoas de verdade?????

Tudo começou com o jogo, Five Nights at Freddy’s. A princípio parece tranquilo, são apenas câmeras de segurança filmando a pizzaria vazia, à noite. O design é retrô, e o jogador não tem muito o que fazer, apenas fechar a porta e acender a luz. Mal sabia eu que essa combinação era mais assustadora do que um psicopata com uma serra elétrica. Essa coisa de ficar parada só olhando, o silêncio, o escuro… quando eu menos esperava…

Olar.

Sem contar todas as teorias da conspiração por trás do jogo… Que história é essa de assassinatos misteriosos dentro da pizzaria? Crianças desaparecidas? Mas como assim os clientes começaram a sentir cheiro podre vindo dos bonecos??????

Já vi que vai ser ótimo!

Comecei o livro! Logo na primeira cena tem perseguição, sangue, fliperamas velhos e um golpe de gancho.

Mas tudo bem! Aquilo foi só um sustinho pra criar um clima. A história mesmo começa com um grupo de adolescentes se reunindo para a cerimônia em homenagem ao amigo que morreu dez anos antes num incidente dentro da Pizzaria Freddy Fazbear’s. E o que esses jovens bonitos, estilosos e inteligentes resolvem fazer? Voltar à pizzaria abandonada para investigar, claro.

Também achei uma ótima ideia!

Lá dentro, vocês acham que os amigos encontram o quê? Pizza de calabresa saindo do forno?

Eles encontram terror, escuridão, poeira, mofo, brinquedos quebrados e… bonecos assassinos.

E aí começou meu verdadeiro desespero. A pizzaria escondia vários mistérios. Cada porta trancada era um susto diferente. Aqueles bonecos sinistros me fizeram repensar toda a minha infância. E, claro, o grupo, como bons jovens em perigos, só sossegou quando o completo caos estava instaurado.

Passei todo o período da produção do livro andando assim pela editora:

E cada vez que alguém me chamava para falar qualquer coisa, meu coração parava. 

“Marcela, vamos almoçar?”

Mas se você me perguntar o que achei de tudo isso, vou responder apenas:

MANDA MAISSS

As revelações finais são surpreendentes e a história toda é muito emocionante!

Principalmente para quem ficou com a pulga atrás da orelha com os mistérios do jogo. 

Se virei fã de histórias de terror? Vamos dizer apenas que fiquei fascinada por essa pizzaria aterrorizante e pelo que esses bonecos monstruosos são capazes de fazer!

 

*Marcela de Oliveira Ramos é editora assistente de livros jovens da Intrínseca, adora gifs e, curiosamente, desde que trabalhou em Five Nights at Freddy’s: Olhos prateados nunca mais pôs os pés numa pizzaria.

 

Leia mais Bastidores

O que aconteceu na Freddy’s?

O que aconteceu na Freddy’s?

Por que Caixa de pássaros é um thriller diferente?

Por que Caixa de pássaros é um thriller diferente?

De onde John Green tirou o título Tartarugas até lá embaixo?

De onde John Green tirou o título Tartarugas até lá embaixo?

Entre galáxias distantes, Hogwarts e Geekerela

Entre galáxias distantes, Hogwarts e Geekerela

Comentários

5 Respostas para “As fases do medo com Five Nights at Freddy’s: Olhos prateados

  1. Meu Deus. Nunca ri tanto e me interessei ao mesmo tempo por um post.
    Acho que te amo Marcela! Hahaha

  2. Amei!!!! Mas sei que nunca terei coragem de ler… Até hoje tenho medo do Chuck

  3. Eu tenho o livro e já li ele até o final! Amei a postagem, morri de rir lendo isso! Fiquei sabendo que em junho vai sair a sequência desse livro lá na EUA! Já quero em kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *