Na raça

Como Guilherme Benchimol criou a XP e iniciou a maior revolução do mercado financeiro brasileiro

Maria Luíza Filgueiras

Pré-venda

  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Páginas: 240
  • Gênero: Não ficção
  • Formato: 15,5 x 23 x 1,4
  • Lançamento: 26/11/2019

Uma das mais bem-sucedidas histórias de empreendedorismo do Brasil começou com uma demissão. Em 2001, Guilherme Benchimol iniciava sua carreira no mercado financeiro carioca quando perdeu o emprego. Envergonhado, decidiu fugir do Rio de Janeiro: pegou o carro e dirigiu quase 20 horas até Porto Alegre, onde, longe dos principais centros financeiros do país, fundou uma modesta empresa de investimentos, a XP, numa salinha de 25 metros quadrados.

Hoje, a XP vale dezenas de bilhões de reais — e Guilherme é multibilionário. Maria Luíza Filgueiras acompanhou a XP por nove anos como jornalista e entrevistou dezenas de executivos, incluindo o próprio Guilherme, para narrar os detalhes dessa trajetória de sucesso, também marcada por muitos momentos de dificuldade. Nos primeiros anos, o fundador topava qualquer coisa para evitar a falência. Panfletou nos bairros chiques de Porto Alegre, vendeu o carro para pagar as contas, pediu dinheiro para amigos. Nos anos seguintes, trocou sócios, engordou, emagreceu, quase pifou. Foi tudo, como ele mesmo costuma dizer, “na raça”.

Uma década depois da fundação, a XP deu origem a uma revolução na vida financeira dos brasileiros ao criar sua plataforma aberta de investimentos. Com isso, tirou centenas de milhares de clientes dos bancos e forçou a concorrência a apostar em inovação também — uma prova de que essa história está longe de chegar ao fim.

Leia mais no BLOG

Maria Luíza Filgueiras

Maria Luíza Filgueiras

Formada em jornalismo com especialização em economia e finanças, Maria Luíza Filgueiras trabalhou nos maiores veículos nacionais de negócios, como Gazeta Mercantil, revista Exame e Valor Econômico. Está entre as jornalistas de economia, negócios e finanças mais admiradas do país, segundo premiação feita pelo Jornalistas&Cia e Maxpress.