Cova 312

A longa jornada de uma repórter para descobrir o destino de um guerrilheiro, derrubar uma farsa e mudar um capítulo da história do Brasil

Daniela Arbex

Pré-venda

  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Páginas: 336
  • Gênero: Não ficção
  • Formato: 16 x 23 x 1,7
  • Lançamento: 26/09/2019

Com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora, Cova 312 é a história real de como as Forças Armadas mataram pela tortura um jovem militante político, Milton Soares de Castro, forjaram seu suicídio e sumiram com o corpo. Preso em 1967, Milton, integrante do primeiro e frustrado grupo de guerrilha pós-golpe de 1964, desapareceu sem deixar rastros.

A guerrilha — que jamais aconteceu — teria início na serra do Caparaó, mas Milton foi preso e levado para a Penitenciária de Linhares, em Juiz de Fora, onde foi torturado e morto. Os militares forjaram documentos informando que ele havia se suicidado.

Daniela Arbex reconstitui magistralmente a vida, a morte e o desaparecimento de Milton, que tinha apenas 26 anos quando foi preso. Ao entrevistar mais de 20 personagens, alguns na vida política até hoje, ao longo de mais de 10 anos de apuração, a autora revela a rotina da prisão, descobre como Milton foi morto e como os militares montaram essa fraude. Não satisfeita com todas essas informações, Daniela vai atrás do corpo do militante até encontrá-lo na Cova 312 que dá título ao livro, resgatando um capítulo importante da história do país.

Leia mais no BLOG

Daniela Arbex

Daniela Arbex

Daniela Arbex trabalha há 22 anos como repórter especial do jornal Tribuna de Minas. Suas investigações resultaram em mais de 20 prêmios nacionais e internacionais, entre eles três Essos, o IPYS de melhor investigação da América Latina e o Knight Internacional. Estreou na literatura com Holocausto brasileiro e em seguida lançou Cova 312, com os quais ganhou dois prêmios Jabuti. Recentemente, virou documentarista e seu filme Holocausto brasileiro ganhou as telas da HBO em 40 países. Daniela mora em Minas Gerais.

Outro s título s de Daniela Arbex pela Intrínseca