O segredo de Brokeback Mountain

Annie Proulx
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Adalgisa Campos da Silva
  • Páginas: 72
  • Gênero: Literatura e Ficção
  • Formato: 13,3 x 19,6 cm
  • Lançamento: 23/02/2006

Jack Twist e Ennis del Mar se conhecem ao pastorear ovelhas na fictícia montanha Brokeback, no estado americano Wyoming, em 1963. Os dois têm menos de 20 anos. Numa noite clareada por um fogo improvisado, ao som de uma gaita tosca, bebem, falam de rodeios e revelam um ao outro aspectos pesados de suas origens. A certa altura, a cumplicidade estabelecida quebra as idéias feitas de virilidade e dá lugar a uma relação homossexual que, de início, dura um verão.

Assombrados por histórias de discriminação no Oeste americano, herdeiros de toda uma tradição caubói, eles se evitam, casam e têm filhos. O reencontro, entretanto, acontece. E se repete. O conto atravessa duas décadas da hesitante relação entre dois homens criados em regiões opostas do estado, unidos por desesperanças e solidão. Ennis, abandonado pelos pais, leva uma vida carimbada pela convenção: casamento, filhos, empregos em fazendas de gado. Jack, filho de um brutal vaqueiro da região, casa-se com a rica herdeira de uma empresa de equipamentos agrícolas.

A história é narrada por uma escritora que alcança as mais delicadas notas do universo masculino ao descrever uma afeição marcada por sigilos, amores e brutalidades. O tom enxuto do conto foi magistralmente levado para o cinema, em filme homônimo dirigido por Ang Lee, indicado para oito Oscar, dos quais ganhou três: direção, roteiro adaptado e trilha sonora original. O longa-metragem levou ainda o Leão de Ouro de melhor filme no Festival Internacional de Cinema de Veneza.

Annie Proulx

Annie Proulx

Annie Proulx nasceu em 1935, mas só começou a publicar livros depois dos 50 anos. O primeiro título foi Canções do coração e outros contos, de 1988, seguido do romance Postcards, agraciado com o prêmio PEN/Faulkner, e de Chegadas e partidas, que lhe rendeu o Pulitzer e o National Book Award de melhor livro de ficção.

Resenhas

Veja Recomenda: "A americana Annie Proulx já ganhou o prêmio Pulitzer com o romance Chegadas e partidas, mas o interesse por sua obra nunca foi tão intenso quanto agora, graças ao sucesso do filme baseado no seu conto O segredo de Brokeback Mountain."

Veja

São essas pequenas observações, tão agudas quanto pertinentes, que fazem de Annie Proulx uma grande escritora. Com uma história simples e romântica, que foi originalmente publicada na revista The New Yorker, em 13 de outubro de 1997, ela conseguiu ir fundo na alma masculina e revelou segredos que, ao longo dos séculos, os machos sempre tiveram pânico em revelar: O segredo de Brokeback Mountain é um livro que todo homem deveria ler.

Jornal do Brasil, Caderno B

A extraordinária compreensão de Proulx está no auge no espantoso O segredo de Brokeback Mountain. Só muito poucos escritores - como Proulx - conseguem ter uma visão clara no escuro da imaginação.

The New York Times Book Review

O segredo de Brokeback Mountain faz uma das melhores coisas que um conto pode fazer. Revoga os clichês do Velho Oeste, escava e respeita um certo tipo de vida esquiva, depois quase derruba você com a carga emocional em seu centro.

The Boston Sunday Globe