A linguagem das coisas

Deyan Sudjic
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Adalgisa Campos da Silva
  • Páginas: 224
  • Gênero: Não Ficção
  • Formato: 14 x 21
  • Lançamento: 26/04/2010

A linguagem das coisas é um livro cativante, que aborda com clareza os encantos de uma variedade de ícones: carros, móveis e projetos arquitetônicos, e relembra como certos objetos, que se tornaram paradigmas do desenho industrial, continuam a influenciar a indústria, o comércio e o marketing hoje.

Dos excessos das passarelas ao humor inspirado por um utensílio de cozinha com grife, o autor mostra como podemos ser manipulados e seduzidos pelas coisas que possuímos ou desejamos possuir. E, ao expor as engrenagens da engenharia do consumo, torna evidentes os truques da fabricação do bom gosto e suas consequências.

Com charme e invejável sagacidade, A linguagem das coisas trata dessas e de muitas outras questões. Provocante e corajoso, explora detalhes saborosos, como os motivos que levam os designers a sonhar com sua assinatura em uma cadeira ou uma luminária, e questiona em que ponto termina o design e começa a arte, fazendo dessa uma leitura obrigatória para todos os que compreendem o design como algo que vai além da beleza das formas.

Deyan Sudjic

Deyan Sudjic

Deyan Sudjic é diretor do Design Museum de Londres. Autor de outros livros sobre arquitetura e design, entre os quais se destacam The 100 Mile City e The Edifice Complex, além de The Architecture Pack, do qual foi coautor.

Resenhas

O livro de Sudjic é abrangente, espirituoso e consistente. É sobre a obsolescência clandestina com que o design nos seduz.

The Guardian

Grande pensador, dado a declarações arrojadas, Sudjic prova ser um divertido comentarista e, para aqueles que têm opinião própria, um adversário respeitável.

New York Times Magazine

Os textos de Deyan Sudjic são claros, acessíveis e marcados pela diversidade de temas. Seu livro faz questionar nosso insaciável desejo de ter mais e mais coisas.

A Weekly Dose of Architecture

Sudjic explora de forma inteligente e integral o processo emocional e racional por trás de nossa valorização e desejo de belos objetos de design.

Design Observer