Primatas da Park Avenue

Wednesday Martin
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Lourdes Sette
  • Páginas: 272
  • Gênero: Não Ficção
  • Lançamento: 30/10/2015

Quando chegou ao Upper East Side com o marido e o filho pequeno, Wednesday Martin foi jogada em uma tribo exclusiva de mães megarricas e glamorosas com ambições altíssimas e determinação ferrenha. Em um mundo em que cumprimentos não são retribuídos, juntar as crianças para brincar é um esporte sangrento e até caminhar pela calçada é um exercício de dominação e submissão, ela sofreu um verdadeiro choque cultural e se viu isolada.

Wednesday fez na Park Avenue de hoje o mesmo que a antropóloga Jane Goodall com seus chimpanzés na Tanzânia: passou a observar os rituais de acasalamento, os ritos sagrados e as mães se comportando como babuínos na saída da escola. Também se aprofundou nas teorias de Margaret Mead para entender a migração sazonal, o culto ao corpo e o desejo avassalador dela própria em possuir uma bolsa que era puro fetiche.

No entanto, mesmo ao tentar manter distância e conservar o olhar crítico sobre as mulheres ricas e supostamente fúteis que a cercavam, Wednesday foi tragada por esse mundo e deu vazão a desejos básicos de qualquer ser humano - quis se integrar, ter amigas, ser aceita e ver seu filho acolhido.

O caminho não foi nada fácil: além de tentar vencer a barreira que a separava das outras mães do Upper East Side, agarrando-se à antropologia para manter a sanidade, Wednesday passou a questionar os próprios conceitos, indagando até que ponto se deve ir para ser como os outros, para pertencer a um lugar. Contudo, foi no momento de maior fragilidade, quando nada mais importava, que ela se viu obrigada a aceitar a ajuda daquelas que a princípio a desprezaram. Só então se deu conta de que, em meio à tragédia, nem mesmo coberturas luxuosas e carrões com motorista podem mascarar o que une todas as mulheres: laços profundos de amizade.

Wednesday Martin

Wednesday Martin

Wednesday Martin, ph.D., lecionou estudos culturais em Yale, onde concluiu o doutorado em literatura comparada e estudos culturais com foco em antropologia e em história da psicanálise. Atua há mais de vinte anos como escritora e pesquisadora social na cidade de Nova York. É colaboradora da edição virtual da revista Psychology Today e tem artigos publicados em veículos como The New York Times, Cosmopolitan e Glamour. Foi colunista na área de maternidade e estilo de vida do New York Post e colaborou com o Daily Telegraph. Wednesday mora em Nova York com o marido e os dois filhos.

Resenhas

A combinação perfeita de insights sobre cultura e histórias pessoais. Um olhar intrigante sobre um mundo muito fechado.

Financial Times

Divertido, incisivo, um guia cheio de ironia e entretenimento sobre essa rara subcultura.

The Economist