Cidades de papel

John Green
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Juliana Romeiro
  • Páginas: 368
  • Gênero: Ficção
  • Formato: 14 x 21
  • Lançamento: 19/08/2013

Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.

Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.

Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.

John Green

John Green

John Green é um dos escritores norte-americanos mais queridos pelo público jovem e igualmente festejado pela crítica. É autor best-seller do The New York Times, premiado com a Printz Medal, o Printz Honor da American Library Association e o Edgar Award e foi duas vezes finalista do prêmio literário do LA Times.

Resenhas

A prosa de Green é impressionante - de gírias e palavrões hilários e intelectuais a filosofias complexas e observações verdadeiras e devastadoras.

School Library Journal

Green, numa abordagem adorável, apresenta um menino inteligente e sua maneira de amar. Cidades de papel tem diálogos reais - e muito engraçados -; um mistério intricado, porém crível, e personagens secundários encantadores.

Kirkus Reviews

Booktrailer

Outro s título s de John Green pela Intrínseca