Os óculos de Heidegger

Thaisa Frank
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Mauro Pinheiro
  • Páginas: 288
  • Gênero: Ficção
  • Formato: 16 x 23
  • Lançamento: 15/03/2013

A Operação Postal foi um programa nazista que obrigava os judeus enviados aos campos de concentração a escreverem cartas aos familiares ainda livres. Em Os óculos de Heidegger, o destino dessa correspondência é um bunker secreto, chamado de Complexo dos Escribas, onde um grupo de intelectuais é orientado a responder às cartas dos familiares desses prisioneiros. O objetivo da operação era, por um lado, manter um registro da correspondência trocada no período e, por outro, garantir um sobrenatural plano de segurança: evitar que os espíritos dos mortos dedurassem a Solução Final nazista.

Certo dia, uma tarefa é passada pelo próprio Goebbels: responder a uma carta do filósofo Martin Heidegger para seu amigo e oculista Asher Englehardt, prisioneiro de Auschwitz. Por suspeitarem que a correspondência contenha algum tipo de mensagem cifrada capaz de desmantelar os planos do Terceiro Reich, os escribas e seus líderes se veem às voltas com o desafio de responder ao filósofo de uma forma que desencoraje uma nova troca de cartas e garanta a permanência tranquila dos confinados no local.

Thaisa Frank

Thaisa Frank

THAISA FRANK é formada em filosofia da ciência e foi professora da San Francisco State University e da Universidade de San Francisco. Autora de diversos ensaios críticos sobre literatura e arte, sua obra reflete a dualidade cultural de sua formação - ela é neta de um teólogo presbiteriano e de um judeu hassídico de origem romena que tinham o hábito de discutir textos em aramaico.

 

Resenhas

Um livro que permanece na mente do leitor por muito tempo após o término da última página. Uma história enriquecedora, que evoca tanto um sentimento de tristeza quanto de esperança.

The Huffington Post

Utilizando-se da narrativa precisa que lhe rendeu tantos elogios, Thaisa Frank apresenta uma história surreal sobre um assunto que não pode ser esquecido.

Booklist

O estilo de Thaisa Frank é tentador.

New York Times