A vingança de Gaia

James Lovelock
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Ivo Korytowski
  • Páginas: 160
  • Gênero: Ficção
  • Formato: 16 x 23 cm
  • Lançamento: 23/11/2006

O autor escreve um livro-alerta para uma possível vingança de Gaia, deusa da mitologia grega cujo nome é utilizado como metáfora para a Terra viva. James Lovelock criou a Teoria de Gaia para mostrar como a Terra é um organismo vivo que, há pelo menos 3 bilhões de anos, ao contrário de planetas mortos como Marte e Vênus, controla sua temperatura e composição para estar saudável. Diante do estado crítico do ecossistema, causado pelos abusos do homem, sugere saídas de emergência, num livro em que dados científicos são apresentados em tom direto, acessível, embalados em referências literárias, filosóficas e históricas muito bem-vindas para a compreensão desse impasse da existência humana.

A obra é um apelo para que se respeite o planeta, sentindo cada dano a Gaia como se fosse a seu próprio corpo. Afinal, a vida na Terra e seu ambiente físico evoluem como entidade única. Mas o equilíbrio encontra-se seriamente ameaçado pela exploração sem trégua de recursos naturais. O excesso de dióxido de carbono no ar desequilibra o sistema. Quando se acrescentam gases de estufa e se substituem florestas, por exemplo, por terra cultivável, a situação se agrava.

Lovelock confirma que o aquecimento global é real e mortal. Contudo, a maior vítima de uma catástrofe seria justamente a espécie humana, pois a Terra não chegaria a pegar fogo. Com o degelo da Groenlândia e da Antártida ocidental, porém, quase todos os grandes centros urbanos ficariam abaixo do nível do mar. A seu ver, a utilização da energia nuclear é uma das soluções seguras para evitar catástrofes ambientais, pois é limpa e não provoca aquecimento, ao contrário dos combustíveis fósseis. Apesar de polêmica, o cientista prova que esta e outras soluções práticas ajudariam o planeta a se recuperar, lembrando que a Terra já escapou de fenômenos extremos como as eras glaciais. Ou seja, cabe ao homem a sua autopreservação por meio de atitudes urgentes, com humildade diante da potente Gaia.

James Lovelock

James Lovelock

James Lovelock nasceu em 1919, em Letchworth Garden City, Reino Unido. É autor de mais de 200 artigos científicos e criador da Hipótese de Gaia - atualmente Teoria de Gaia. Escreveu quatro livros sobre o tema intitulados Gaia: a New Look at Life on Earth, As eras de Gaia, Gaia: alerta final e Gaia: the Practical Science of Planetary Medicine, e uma autobiografia Homage to Gaia. Desde 1974 integra a Royal Society, Sociedade Real de Londres, destinada à promoção das ciências.

Resenhas

Uma das marcas do ano cultural que se encerra é a presença crescente do tema meio ambiente em livros, filmes, exposições e jornais. Um dos livros mais lidos de 2006 é A vingança de Gaia, de James Lovelock.

O Estado de São Paulo

O inglês James Lovelock é um cientista com contribuições a áreas tão distintas do conhecimento que é difícil classificá-lo em uma única especialidade. É também um dos mais controvertidos. (...) Lovelock acredita que o equilíbrio natural foi rompido pelo aquecimento global, tese desenvolvida no livro A vingança de Gaia, publicado neste ano em seu país.

Veja,

Em sua nova obra, Lovelock faz profecias sombrias a respeito da vida na superfície de uma Terra superaquecida por causa do efeito estufa. Os índices que ele prevê de aumento da temperatura média são superiores aos da maioria dos cientistas e, por essa razão, são contestados por muitos. Apesar disso, as posições de Lovelock devem ser respeitadas. (...) graças à sua Teoria de Gaia, ele é o homem que concebeu a mais inovadora maneira de entender a vida na Terra desde Charles Darwin.

Planeta

Quem se preocupa com seus descendentes - não precisa ir muito longe, basta pensar nos bisnetos - deve ler A vingança de Gaia. Não como verdade. Cientistas não acreditam em verdades absolutas. Mas como uma história possível do futuro, que ainda podemos evitar.

O Estado de S. Paulo

Um dos primeiros cientistas do mundo a levantar a questão do aquecimento global, o britânico James Lovelock é o autor da Hipótese de Gaia - em que apresenta a Terra como um organismo vivo. Seu novo livro, A vingança de Gaia (ed. Intrínseca), em que trata das mudanças climáticas, acaba de ser lançado no Brasil.

O Globo,

Outro título de James Lovelock pela Intrínseca