Como governar o mundo

Parag Khanna
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Berilo Vargas
  • Páginas: 272
  • Gênero: Não Ficção
  • Formato: 16 x 23
  • Lançamento: 20/04/2011

Este é um guia provocante e surpreendente sobre o futuro das relações internacionais: um sistema de administração dos problemas globais que rompe os impasses da perene oposição entre empresas e governos, Oriente e Ocidente, ricos e pobres, democracias e regimes autoritários, livre mercado e capitalismo de estado.

Assinado por Parag Khanna, o mais respeitado e inovador "acadêmico-aventureiro" de sua geração, Como governar o mundo apresenta uma atualidade caótica que se assemelha à Idade Média: impérios asiáticos, forças armadas ocidentais, países do Oriente Médio governados por xeques, cidades-estados atraentes, ricas empresas multinacionais, clãs de elite, fanáticos religiosos, hordas tribais e uma mídia poderosa que fermenta uma tempestade sempre imprevisível e arriscada. Como governar o mundo é um manifesto atualíssimo em favor da diplomacia num mundo sem fronteiras.

Parag Khanna

Parag Khanna

O indiano Parag Khanna é especialista em relações internacionais, e foi um dos consultores de política externa da campanha de Barack Obama. O segundo mundo é seu primeiro livro. O termo foi cunhado por ele para descrever países como o Brasil, China e Índia, que têm ao mesmo tempo características de primeiro e terceiro mundo.

Resenhas

Ao aconselhar os líderes a usar as tecnologias novas e abertas, que estimulam mercados mais diversos e dinâmicos, Parag Khanna produz um poderoso argumento: o mundo pode tornar-se mais inteligente que a soma de suas partes. Precisamos prestar atenção às ideias de Parag.

Eric Schmidt, CEO da Google

Parag Khanna é um homem de visão.

Nassim Nicholas Taleb, autor de Black Swan

Abrangente, fascinante e audacioso - e alguns podem considerá-lo irritante. Classifique como quiser, mas é preciso ler. Não há outro livro como este.

John C. Ruggie, professor da John F. Kennedy School of Government da Universidade de Harvard

Este livro provocante volta-se a uma suposta realidade do poder no século XXI. De quem é a responsabilidade agora? Khanna sugere respostas inquietantes.

Nik Gowing, principal âncora do BBC World News

O mundo tem dinheiro, talento, tecnologia, alimento, combustível, empresários e benfeitores, mas falta-nos solidariedade para reunir tudo isso. Como governar o mundo ataca essa crescente complexidade, ainda que pinte um quadro esperançoso de como nossa assustadora, turbulenta e imprevisível Idade Média pode ser transformada em um novo Renascimento. Este livro é estimulante, corajoso, polêmico e, o mais importante, realista: é o guia para nos fazer chegar lá.

Greg Mortenson, autor de Three Cups of Tea

As crises de hoje - da instabilidade fi nanceira aos desastres naturais - requerem soluções que sejam audaciosas, mas também pragmáticas. Os líderes do G-20 e os altos executivos precisam ler este livro urgentemente, para aprenderem a realmente ir além dos seus negócios de sempre.

Klaus Schwab, fundador e presidente-executivo do Fórum Econômico Mundial

Outro título de Parag Khanna pela Intrínseca