O mapa do tempo

Félix J. Palma
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Paulina Wacht e Ari Roitman
  • Páginas: 472
  • Gênero: Ficção
  • Formato: 16 x 23
  • Lançamento: 09/09/2010

Londres, 1896. Com suas criações e invenções, autores e cientistas faziam crer que a ciência fosse capaz até mesmo de concretizar as viagens temporais. Diante dessa atmosfera de culto ao progresso, o público do século XIX, ávido pelas novidades resultantes da industrialização, ansiava por viajar ao futuro.

A trama, vencedora do Prêmio Ateneo de Sevilla, revela como a empresa Viagens Temporais Murray foi inaugurada com o objetivo de levar os interessados ao ano 2000. Claire Haggerty está entre esses viajantes do tempo, e para ela o futuro trará uma história de amor. Entretanto, as viagens no tempo não se limitavam a experimentar o amanhã. Andrew Harrington pretendia voltar para o ano 1888, a fim de salvar sua amada das garras de Jack, o Estripador. Até mesmo H. G. Wells enfrenta os perigos dos deslocamentos temporais quando um misterioso viajante chega à sua época com a intenção de assassiná-lo e roubar-lhe a autoria de um romance, obrigando-o a uma desesperada fuga através dos séculos.

O que acontece quando alteramos o passado? Será possível reescrever a História? Félix J. Palma tece uma fantasia histórica criativa e vibrante, que homenageia o nascimento da ficção científica e transporta o leitor à fascinante era vitoriana, oferecendo uma inesquecível viagem literária através do tempo.

Félix J. Palma

Félix J. Palma

Com O mapa do tempo Félix J. Palma recebeu o XL Prêmio Ateneo de Sevilha de 2008. Nascido em Sanlúcar de Barrameda, em 1968, é reconhecido pela crítica espanhola como um dos escritores mais originais, foi vencedor de outros prêmios como o Gabriel Aresti, o Alberto Lista e o Miguel de Unamuno.

Resenhas

Hipnotiza e renova a alegria de ler.

Mercurio

A entrega de Palma à fantasia não é um exercício de imaginação nem um jogo de habilidade, mas uma maneira de revelar o mundo livrando-se do racionalismo. Sua narrativa expõe uma bem-sucedida tensão entre poesia, ternura e humor.

El Mundo

Suas obras estão cheias de imagens inesquecíveis, ideias felizes e reflexões que perduram. Um autor de histórias deliciosas e inquietantes.

La Razón