O homem sem rosto

Masha Gessen

Pré-venda

  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Maria Helena Rouanet
  • Páginas: 368
  • Gênero: História
  • Formato: 16 x 23 x 1,9 cm
  • Lançamento: 02/09/2022

O homem sem rosto é o relato aterrorizante de como um agente mesquinho do baixo escalão da KGB ascendeu à presidência da Rússia e, em um tempo surpreendentemente curto, foi capaz de destruir anos de progresso, transformando o país em uma grave ameaça não só para seus próprios cidadãos, mas também para o mundo, a liberdade e a democracia.

Em 1999, parecia não haver ninguém para governar a Rússia. Com a saúde de Boris Yeltsin cada vez mais debilitada e a queda de sua popularidade, a escolha do desconhecido Vladimir Putin como sucessor do então presidente parecia perfeita para a oligarquia russa: poderiam moldá-lo em benefício da própria agenda. Com ajuda dos corruptos apoiadores de Yeltsin, Putin — um jovem que até então vivera nas sombras, sonhando em governar o planeta — de repente se torna uma figura pública e sua popularidade dispara. A Rússia e o Ocidente pareciam cegos, determinados a ver nele o líder progressista de seus sonhos, mesmo quando, já no poder, Putin assume o controle da mídia nacional, perpetrando crimes e assassinatos contra rivais e críticos políticos, e destrói o frágil sistema eleitoral do país, concentrando o poder nas mãos de seus comparsas.

Masha Gessen conta em primeira mão todos os detalhes e nuances dessa complexa história, e, nesta nova edição, com prefácio inédito, situa o livro no momento atual da Rússia — de repressão e agressão a entidades internacionais. Certamente, um livro que se consolida como um clássico da não ficção narrativa.

Leia mais no BLOG

Masha Gessen

Masha Gessen

Masha Gessen é jornalista. Seu trabalho foi publicado no The New York Times, na Vanity Fair, na Newsweek, na Slate e na Granta, entre outros veículos. Venceu o National Book Award em 2017 com The Future is History, e também publicou Palavras quebrarão cimento: A paixão de Pussy Riot, Perfect Rigour e Surviving Autocracy.