O EXORCISMO DA MINHA MELHOR AMIGA

Grady Hendrix
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Edmundo Barreiros
  • Páginas: 320
  • Gênero: Literatura e Ficção
  • Formato: 16 x 23 x 1,9 cm
  • Lançamento: 18/10/2021

Outono de 1988. As melhores amigas Abby e Gretchen cursam o ensino médio em uma prestigiosa escola católica, mas são meninas populares que idolatram Madonna e odeiam os pais. Quando as duas experimentam alucinógenos, Gretchen decide nadar nua no riacho, mas acaba desaparecendo a noite inteira e volta… estranha. Está carrancuda, irritadiça, cheia de espinhas e cicatrizes e usa sempre as mesmas roupas largas e feias. Não demora muito para eventos bizarros e sangrentos começarem a acontecer por onde ela passa.

Preocupada com a amiga, Abby decide investigar o que aconteceu naquela noite. Suas descobertas são aterrorizantes, e tudo indica que Abby não vai escapar ilesa se não se afastar de Gretchen. Agora, o destino das duas depende de uma única pergunta: a amizade delas é forte o bastante para derrotar o diabo?

Em uma trama eletrizante, sensível, demoníaca e com uma trilha sonora memorável, Grady Hendrix explora as dinâmicas sociais de Charleston nos anos 1980 – tão assustadoras quanto o próprio diabo – e constrói um testemunho emocionante sobre o poder da amizade. Um filme inspirado na obra está em produção, dirigido por Damon Thomas (Killing Eve e Penny Dreadful) e distribuído pelo Amazon Studios.

Leia mais no BLOG

Grady Hendrix

Grady Hendrix

Grady Hendrix é um premiado escritor e roteirista, autor de obras de terror como Horrorstör, We Sold Our Souls e dos best-sellers do New York Times The Southern Book Club’s Guide to Slaying Vampires e The Final Girl Support Group. O exorcismo da minha melhor amiga é sua primeira obra publicada no Brasil e será adaptada para as telas com distribuição do Amazon Studios. Por Paperbacks from Hell, em que narra a explosão das brochuras de terror nos anos 1970 e 1980, foi agraciado com o Bram Stoker de não ficção, o principal prêmio para obras de terror em língua inglesa. Hendrix mora em Nova York e também escreve para revistas de destaque, como Variety e Playboy.