Em defesa da sociedade aberta

George Soros
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Cássio Arantes Leite
  • Páginas: 192
  • Gênero: Administração, Negócios e Economia
  • Formato: 14 x 21 x 1,1 cm
  • Lançamento: 19/07/2021

Eleito pelo Financial Times Personalidade do Ano de 2018, o lendário filantropo e investidor George Soros criou a Open Society Foundations em 1979 para promover os valores da sociedade aberta, dos direitos humanos e da democracia liberal. Nas décadas seguintes, regimes repressivos como a União Soviética desmoronaram, e sociedades abertas como a União Europeia emergiram. A tendência apenas se tornou negativa após a crise financeira mundial de 2008. O ponto mais baixo foi em 2016, com o Brexit na Europa e a eleição do presidente Donald Trump nos Estados Unidos. Soros foi um participante ativo desses eventos e tem muito a dizer sobre eles.

Em defesa da sociedade aberta é uma seleção de seis conferências e textos produzidos por George Soros no período de 2014 a 2019. Inclui dois discursos do autor no Fórum Econômico Mundial em Davos, 2018 e 2019, sobre os perigos sem precedentes enfrentados pelas sociedades abertas atualmente. O primeiro discurso trata das ameaças representadas pelas plataformas de mídias digitais, e o segundo faz um alerta para o risco ainda maior representado pelos instrumentos de controle que, graças à inteligência artificial, podem cair nas mãos de regimes repressivos, em especial da China e da Rússia. Há ainda ensaios sobre filantropia política; a história das instituições fundadas por Soros, Open Society Foundations e Universidade Centro- Europeia (CEU); a teoria de Soros sobre a ascensão e a queda dos mercados financeiros e suas implicações políticas; e as ameaças que a União Europeia enfrenta hoje.

Leia mais no BLOG

George Soros

George Soros

George Soros nasceu em Budapeste, sobreviveu à ocupação nazista durante a Segunda Guerra Mundial e fugiu da Hungria dominada pelos comunistas em 1947. Foi para a Inglaterra, onde se formou na London School of Economics. Mais tarde, acumulou grande fortuna nos Estados Unidos por meio do fundo de investimento internacional que criou e administrou. Seus artigos e ensaios sobre política, sociedade e economia aparecem regularmente nos principais jornais e revistas do mundo.