Oceano sem lei

Ian Urbina

Pré-venda

  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Livia de Almeida
  • Páginas: 592
  • Gênero: Não ficção
  • Formato: 15,5 x 23 x 2,3 cm
  • Lançamento: 25/06/2021

Há poucas fronteiras ainda não exploradas em nosso planeta. Talvez a mais selvagem, e quase desconhecida, sejam os oceanos: grandes demais para serem policiados e sem jurisdição internacional evidente, essas imensas regiões de águas traiçoeiras abrigam índices galopantes de criminalidade e exploração.

Traficantes e contrabandistas, piratas e mercenários, ladrões de naufrágios, vigilantes conservacionistas e caçadores, pessoas que realizam abortos em alto-mar, despejadores ilegais de petróleo, escravos acorrentados e passageiros clandestinos à deriva. Valendo-se de cinco anos de investigações perigosas e intrépidas, muitas vezes a centenas de quilômetros de distância da costa, o premiado repórter Ian Urbina nos apresenta os habitantes deste mundo oculto. Com histórias de espantosa coragem e brutalidade, sobrevivência e tragédia, revela-se a rede global de crime e exploração vinculada às indústrias da pesca, do petróleo e da navegação, e da qual dependem inúmeras economias mundiais.

O Brasil ganha destaque no capítulo que relata o embate entre companhias interessadas em perfurar o solo oceânico na costa do país e pesquisadores locais. Empresas que ganharam, em 2013, concessão do governo para explorar a área em busca de petróleo, mas voltaram atrás depois que o Greenpeace auxiliou os cientistas na realização de um estudo que provava a existência de recifes de corais na área — um ecossistema vivo e rico que fornece proteção e alimentação a diversas formas de vida marinha.

Oceano sem lei é o desdobramento de uma série de reportagens inovadoras, escritas pelo autor e publicadas pelo The New York Times. Traz à tona, pela primeira vez, a realidade perturbadora do mundo flutuante que nos conecta: um lugar onde qualquer um pode fazer qualquer coisa porque ninguém está vigiando.

Leia mais no BLOG

Ian Urbina

Ian Urbina

Ian Urbina passou cinco anos, mais de três deles em alto-mar, revelando as histórias de Oceano sem lei, que começou como uma série de artigos para o The New York Times e ganhou sete prêmios importantes. Vencedor de um Pulitzer para este mesmo jornal, publicou investigações que cobriram desastres de petróleo e mineração, tráfico sexual, tiroteios em colégios, justiça criminal, segurança do trabalho e meio ambiente. Algumas de suas matérias foram transformadas em filmes, e ele foi indicado a um Emmy. Urbina é formado em História pelas universidades de Georgetown e Chicago, e mora em Washington, D.C., com a família.