O menino que se alimentava de pesadelos

Jo Yong e Jam San
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Jae hyung Woo
  • Páginas: 24
  • Gênero: Infantil
  • Formato: 27,5 x 20,5 x 0,8 cm
  • Lançamento: 31/03/2021

Com personagens cativantes e uma estética inovadora, o drama sul-coreano It’s Okay to Not Be Okay (Tudo bem não ser normal) conquistou uma legião de fãs ao redor do mundo e movimentou as redes sociais brasileiras a cada novo episódio lançado pela Netflix. Na produção, uma escritora de livros infantis bastante peculiar, um enfermeiro que trabalha em um hospital psiquiátrico e seu irmão mais velho, com transtorno do espectro autista, precisarão enfrentar seus traumas e medos para conseguir vivenciar o amor e criar laços.

Poéticas, impactantes e com belas ilustrações, as obras da personagem Ko Moon-young são os fios condutores da trama e encantaram os espectadores. Agora, esses contos de fadas modernos chegam às mãos do público brasileiro, em narrativas perturbadoras e comoventes que abordam com honestidade e crueza temas como solidão, liberdade, tristeza e afeto.

Em O menino que se alimentava de pesadelos, um garotinho é assombrado por pesadelos terríveis. Para tentar dar fim a esse tormento, vai até as profundezas da floresta e faz um pacto com uma bruxa. Ela apagará todas as lembranças ruins de sua mente, contanto que ele prometa que se tornará um adulto feliz. O acordo parece simples, mas o preço a ser pago caso ele não cumpra a promessa pode ser alto demais.

Leia mais no BLOG

Jo Yong e Jam San

Jo Yong e Jam San

Jo Yong é sul-coreana e escreveu o roteiro de diversos dramas, entre eles Jugglers e Tudo bem não ser normal.

Jam San atua como concept designer e ilustrador. Fez ilustrações para dramas de sucesso, como Encontro e Tudo bem não ser normal.

Série