Quarenta e quatro em quarentena

Conversas com Miguel Pinto Guimarães

Miguel Pinto Guimarães

Pré-venda

  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Páginas: 624
  • Gênero: Não ficção
  • Formato: 15,5 x 23 x 3,0 cm
  • Lançamento: 15/12/2020

O ano de 2020 foi praticamente todo passado em isolamento social. Afeito a aglomerações e conhecido por agregar pessoas dos meios mais diversos, o arquiteto Miguel Pinto Guimarães decidiu usar esse tempo para conversar com amigos em lives abertas ao grande público. E o que começou com a ideia de discutir questões envolvendo arquitetura e urbanismo acabou cobrindo uma série de temas debatidos com figuras de grande destaque em múltiplas áreas, como Gilberto Gil, Fernando Henrique Cardoso, Sonia Guajajara, Regina Casé, Guga Chacra, Pedro Malan, Marina Silva, Teresa Cristina, Gregório Duvivier e muitos outros.

Quarenta e quatro em quarentena é o registro dessas conversas em livro. Algumas com humor, outras com um tom mais analítico, as entrevistas têm em comum a informalidade que, muitas vezes, levou os convidados a discutirem assuntos que extrapolam suas especialidades. Estão aqui as divagações sobre o que seria o tão falado novo normal, os desafios de se manter produtivo em tempos turbulentos, a conjuntura política do país, alternativas sustentáveis para a economia, a trajetória dos movimentos negros e a situação dos povos indígenas, além da história do samba, o papel do humor no cotidiano, o significado do envelhecimento e o impacto de uma pandemia em nossa percepção do que é ser humano.

Ao convidar os amigos para dialogar, Miguel criou um mosaico dos principais temas discutidos na atualidade. O momento de descontração tornou-se também de reflexão sobre o que nos trouxe até aqui e para onde gostaríamos de ir. Quarenta e quatro em quarentena é um livro para ler e discutir com os amigos, em conversas virtuais ou aglomerações (assim que a conjuntura permitir!).

Leia mais no BLOG

Miguel Pinto Guimarães

Miguel Pinto Guimarães

Miguel Pinto Guimarães é arquiteto e urbanista formado pela FAU/UFRJ. É titular do escritório MPG Arquitetos Associados, inaugurado em 2003. Com mais de 27 anos de carreira, já assinou cerca de 800 projetos em todo o Brasil e no exterior, muitos deles premiados nacional e internacionalmente. Publicou diversas crônicas e artigos ao longo dos últimos anos no jornal O Globo e nas revistas Casa Vogue e Bamboo, sobre urbanismo, cidades, arquitetura e cultura.