Vamos sonhar juntos

O caminho para um futuro melhor

Papa Francisco

Pré-venda

  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Austen Ivereigh
  • Páginas: 144
  • Gênero: Não ficção
  • Formato: 14 x 21 x 0,8
  • Lançamento: 01/12/2020

Durante a crise da Covid-19, o líder da Igreja Católica, com seus mais de um bilhão de fiéis, percebeu a crueldade e a desigualdade de nosso mundo de forma mais vívida do que nunca. Mas viu também a resiliência, a generosidade e a criatividade de tantas pessoas: uma constatação de que podemos resgatar nossa sociedade, nossa economia e nosso planeta de inúmeras formas.

Vamos sonhar juntos traz uma análise do que esta crise pode nos ensinar sobre a maneira como lidamos com turbulências de qualquer tipo em nossas vidas e no mundo. Segundo ele, esta pandemia nos oferece uma escolha — e cometeremos um grande erro se tentarmos voltar para um estado anterior a ela. Se tivermos coragem de mudar, no entanto, sairemos dessa situação melhores do que antes.

Em seu livro, Papa Francisco nos lembra que o primeiro dever dos cristãos é servir aos outros, assim como fez Jesus. Com referências não apenas de fontes religiosas, mas das descobertas mais recentes de cientistas, economistas, ativistas e outros pensadores renomados, nos apresenta um projeto inspirador e tangível para construirmos um mundo melhor para toda a humanidade, colocando os pobres, as comunidades marginalizadas e o planeta em primeiro lugar.

Com diversas observações sábias e surpreendentes sobre o valor de ideias que fogem do comum, Vamos sonhar juntos é uma epifania, um chamado à luta e uma leitura prazerosa. É o Papa Francisco em sua versão mais pessoal, profunda e ardorosa. Com este livro e o coração aberto, poderemos mudar o mundo.

Leia mais no BLOG

Papa Francisco

Papa Francisco

JORGE MARIO BERGOGLIO nasceu em Buenos Aires, Argentina, em 17 de dezembro de 1936, filho de imigrantes italianos. Foi ordenado padre jesuíta em 1969 e se tornou bispo em 1992. Nomeado arcebispo de Buenos Aires em 1998 e cardeal em 2001, em março de 2013 foi eleito Bispo de Roma, o 226º papa da Igreja Católica.