teste13 livros infantis que você precisa conhecer

 

Os livros que lemos quando crianças podem influenciar nosso hábito de leitura enquanto crescemos, por isso é muito importante escolher obras maravilhosas e instigantes para os pequenos. Separamos algumas histórias fofas, emocionantes e divertidas que vão encantar os minileitores e acompanhá-los por anos! Confira:

 

1. Coleção Pipoquinha

A coleção mais fofa do mundo chega para a geração que não precisa mais rebobinar. A Coleção Pipoquinha traz de volta os clássicos dos anos 1980 e 1990 em livros infantis ilustrados e em capa dura:

E.T – O Extraterrestre

O menino Elliott encontra uma criatura muito diferente e descobre que seu novo amigo vem de outro planeta. Juntos, eles tentam achar um jeito de mandar o E.T. de volta para casa e, no caminho, aprendem importantes lições sobre coragem, amizade e o poder da imaginação.

De volta para o futuro

Marty McFly é um adolescente com problemas em casa e que tem um amigo cientista que inventa uma máquina do tempo. Sem querer, Marty viaja trinta anos pra trás, e agora precisa descobrir não só como voltar para casa, mas também como consertar a confusão que ele criou na vida dos próprios pais quando jovens.

Esqueceram de mim  

Kevin McCallister é um menino de 8 anos que, chateado com a mãe, deseja que sua família desapareça. E o desejo se realiza! Sozinho em casa na véspera de Natal, Kevin tem que aprender a se virar e usa suas artimanhas infantis para se defender de dois ladrões insistentes.

*Indicado para leitores a partir de 6 anos.

 

2. Extraordinário

O livro que inspirou o filme com Julia Roberts conta a história de Auggie Pullman, um garoto que tem uma deformidade facial e enfrenta o grande desafio de frequentar a escola pela primeira vez, aos 10 anos. Com momentos comoventes e outros descontraídos, o livro consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos a seu redor: família, amigos e comunidade.

*Indicado para leitores a partir de 12 anos.

 

3. Somos todos extraordinários

Resgatando elementos do romance Extraordinário e inserindo os personagens em um mundo ilustrado que representa a imaginação de Auggie, Somos todos extraordinários vai deliciar os leitores que já se emocionaram e os que ainda vão se emocionar com essa incrível história de superação, amizade e, acima de tudo, amor.

*Indicado para leitores até 10 anos.

 

4. O touro Ferdinando

Amante da natureza e dos animais, Ferdinando leva uma vida sossegada, passando os dias embaixo de sua árvore preferida e cheirando as flores. Até um toureiro confundi-lo com um animal feroz e levá-lo para as arenas espanholas. Este clássico mundial da literatura infantil passa uma mensagem universal de respeito pelas diferenças e em 2017 chegou aos cinemas, numa produção da Fox com direção do brasileiro Carlos Saldanha.

* Indicada para leitores entre 4 e 6 anos.

 

 5. A série Como treinar o seu dragão

Os vikings são uma parte importante da história mundial. E nada melhor que acompanhar as aventuras do adorável Soluço, herdeiro da tribo dos Hooligans Cabeludos, e de seu dragão Banguela. Com 12 volumes inteiramente ilustrados, muita ação e o tipo de humor que arranca gargalhadas até dos mais carrancudos, a série inspirou a animação de mesmo nome.

*Indicada para leitores entre 6 e 10 anos.

 

6. Vovó vigarista

Ben descobre um grande segredo sobre sua avó e agora nem liga mais de ter que dormir na casa dela às sextas-feiras e comer repo­lho no jantar. Pelo contrário: ele passa a semana ansioso aguardando esse momento. Juntos, ele e a avó vão tramar uma incrível aventura. Uma bela história que mos­tra que a amizade pode ser cultivada entre avós e netos de uma forma bem divertida. Basta ter criatividade.

 * Indicada para leitores entre 10 e 14 anos.

 

7. Os piores pirralhos do mundo

Conheça 10 pirralhos assustadores com histórias nojentíssimas! Beto Babão inunda a cidade inteira de baba, enquanto Charlene Chorona arranca os cabelos de tanto chorar (e mentir!) e Pedro Piolho vira um super-vilão com a ajuda de seus amiguinhos parasitas. Essas aventuras hilárias e lindamente ilustradas não são apenas asquerosas. Elas também se desdobram em lições para ensinar de maneira divertida às crianças a importância da higiene, da atenção e da honestidade.

* Indicada para leitores entre 8 e 12 anos.

 

 8. Vovô deu no pé

Vovô é a pessoa que Jack mais ama no mundo. Não importa se ele vai ao supermercado de pijama, nem se de vez em quando esquece o nome do neto. Vovô está velhinho e por isso, às vezes, acaba ficando confuso. Ele vive se metendo em encrenca, e só uma pessoa é capaz de entendê-lo: o neto, Jack. O problema é que agora vovô cismou que está de volta à Segunda Guerra Mundial, época em que foi piloto de caça da Força Aérea Britânica! Ele tem certeza de que ainda está no meio do combate! E essa confusão vai levar vovô e Jack a embarcar na maior aventura de suas vidas.

* Indicada para leitores entre 10 e 14 anos.

 Conheça outros livros de David Walliams.

 

 9. TazerCraft: Uma aventura Chume Labs

Donos de um dos canais de games mais populares do YouTube, Pac e Mike são os protagonistas de uma aventura interplanetária que mistura humor, games, magia, fantasia e muita criatividade. No livro escrito por Gustavo Magnani, Pac, Mike e seu fiel escudeiro Gutin descobrem um portal escondido no laboratório em que as mães trabalham, o Chume Labs. Esse portal os leva para um planeta que abriga criaturas como geleias amortecedoras de quedas, peixes dentistas e um mago bem estranho com seis braços, cabeça de arara e uma tromba enorme. Mas há também um tirano cruel chamado Hilário de La Mancha, que planeja acabar com toda a alegria que existe. E é claro que Mike, Pac e Gutin não vão deixar isso acontecer.

*Indicado para leitores a partir de 12 anos.

 

10. Tigre solto na selva

O sr. Tigre sempre foi muito comportado. De terno e cartola, ele estava totalmente acostumado à vida na cidade. Até que decidiu que estava na hora de se soltar e ser selvagem. E, um dia, foi isso que ele fez. Só que, num mundo tão civilizado, a mudança não pegou muito bem. Ao viver o conflito entre o que esperavam dele e o que ele realmente queria ser, o sr. Tigre mostra as dificuldades que qualquer criança (ou adulto) já enfrentou e vai enfrentar enquanto tenta descobrir seu verdadeiro lugar no mundo.

*Indicada para leitores entre 4 e 6 anos.

 

 11. Robô selvagem

Roz é uma robô que, ao abrir os olhos pela primeira vez, se vê sozinha em uma ilha. Ela não tem a menor ideia de como foi parar ali, mas está programada para sobreviver. Tudo parece melhorar quando Roz consegue, aos poucos, se aproximar dos bichos e criar um elo com um filhote de ganso abandonado. Mas sua natureza é diferente, e o misterioso passado da robô, que a levou até ali, está prestes a retornar para assombrá-la.

*Indicada para leitores entre 8 e 12 anos.

 

 12. Minha professora é um monstro

Nem sempre as pessoas são o que parecem — é o que você vai descobrir nesse livro ilustrado!

Beto tem a pior professora do mundo. Ela ruge, bate o pé e deixa sem recreio as crianças que jogam aviõezinhos de papel na sala de aula. Ela é um monstro! Por sorte, Beto sempre tem os fins de semana para se divertir e brincar no parque. Até que um dia… ele encontra sua professora justamente em seu lugar preferido. Será que ela é tão monstruosa mesmo?

*Indicada para leitores entre 4 e 6 anos.

 

13. João e Maria

O prestigiado escritor Neil Gaiman e o brilhante ilustrador Lorenzo Mattotti recontam o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o livro narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e desesperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar os perigos de uma floresta sombria.

*Indicado para leitores a partir de 6 anos.

testePor que David Walliams é um dos autores infantis mais legais?

Ele diverte crianças (e adultos!) do mundo inteiro. Ator, roteirista e escritor premiado, o britânico David Walliams é considerado um fenômeno da literatura infantojuvenil na Inglaterra, onde recebeu, em 2012, 2013 e 2014, o National Book Awards de Melhor Livro Infantil. Ricamente ilustradas por artistas renomados, suas histórias, ao mesmo tempo engraçadas e comoventes, já foram traduzidas para mais de cinquenta idiomas.

Afeto e sentimentos reprimidos, tolerância, diferenças, bullying, preconceitos, amizade, relações familiares, solidariedade e envelhecimento são temas caros ao autor, retratados sempre em seus livros com honestidade e humor. Levando sempre em conta a percepção aguda das crianças, Walliams respeita a inteligência dos pequenos e o olhar infantil sobre o mundo e as pessoas, transformando temas complexos em situações acessíveis e divertidas que facilitam a compreensão dos leitores, muitas vezes revelando questões que os afligem.

 

 

Os piores pirralhos do mundo

Conheça 10 pirralhos assustadores com histórias nojentíssimas! Agora veja você: Beto Babão inunda a cidade inteira de baba enquanto Charlene Chorona arranca os cabelos de tanto chorar (e mentir!) e Pedro Piolho vira um super-vilão com a ajuda de seus amiguinhos parasitas.

Essas aventuras hilárias belamente ilustradas não são apenas asquerosas. Elas também se desdobram em lições para ensinar de maneira divertida às crianças a importância da higiene, do bom humor e da honestidade.

 

Vovô deu no pé

Esta é a história de Jack e seu avô. Ela se passa em 1983 e fala sobre a bela amizade que os dois construíram. Vovô é a pessoa que Jack mais ama no mundo. Não importa se ele vai ao supermercado de pijama, nem se de vez em quando esquece o nome do neto. Vovô está velhinho e por isso, às vezes, acaba ficando confuso. Ele vive se metendo em encrenca, e só uma pessoa é capaz de entendê-lo: o neto, Jack. O problema é que agora vovô cismou que está de volta à Segunda Guerra Mundial, época em que foi piloto de caça da Força Aérea Britânica! Ele tem certeza de que ainda está no meio do combate! E essa confusão vai levar vovô e Jack a embarcarem na maior aventura de suas vidas.

Uma história que relembra com carinho o forte laço afetivo que existe entre avôs e netos.

 

Vovó vigarista

Já pensou se aquela vovozi­nha das histórias infantis – ca­belo branco, óculos, dentadu­ra, casaquinho lilás e pantufas roxas – fosse, na verdade, uma pessoa bem diferente do que se imagina? Ben descobre um grande segredo sobre sua avó e agora nem liga mais por ter que dormir na casa dela às sextas-feiras e comer repo­lho no jantar. Pelo contrário: ele passa a semana ansioso aguardando esse momento. Juntos, ele e a avó vão tramar uma incrível aventura.

Uma bela história que mos­tra que a amizade pode ser cultivada entre avós e netos de uma forma bem divertida. Basta ter criatividade.

 

Ratobúrguer

O que uma menina sem ami­gos, alvo de bullying na escola e que não se sente compreen­dida pela família pode fazer para encontrar um ombro amigo? Adotar um ratinho, ora essa! Zoe acabou de per­der seu único companheiro, um hamster de estimação, e está numa situação difícil, mas sabe bem que as coisas ruins não duram para sem­pre. Tudo melhora quando ela encontra um filhote de rato muito inteligente em­baixo da cama. O único pro­blema é que um assustador vendedor de hambúrgueres que usa carne de rato em seus sanduíches chegou à cidade. O novo amigo de Zoe corre perigo, e só ela pode salvá-lo.

Em Ratobúrguer, Zoe vai aprender que é possível encon­trar alguém que faça a diferen­ça em nossa vida nos lugares mais improváveis.

O livro vai virar uma série de TV em breve! 

 

Senhor Fedor

O que pode acontecer quan­do a menina mais solitária do mundo encontra companhei­rismo e carinho em alguém que aparentemente não tem nada a oferecer? O Sr. Fedor é um mendigo que mora no bair­ro de Chloe, e ele é a única pes­soa no mundo que é legal com ela. Tudo vai bem até o dia em que o Sr. Fedor precisa de um lugar para ficar e Chloe resolve escondê-lo no quintal de casa. Isso, é claro, vai dar uma se­nhora confusão. Imagine o que a mãe dela, conhecida como a pessoa mais esnobe do mun­do, vai achar dessa amizade!

Chloe vai aprender que alguns pequenos segredos podem cau­sar enormes desastres. E, por falar em segredo, pode ser que o Sr. Fedor também tenha lá os dele, escondidos pelo notório mau cheiro…

 

O menino de vestido

 Apenas duas coisas deixam Dennis feliz: jogar futebol e ler revistas de moda. Sua vida so­fre uma reviravolta quando ele conhece Lisa, dois anos mais velha, que sonha em ser esti­lista. Com Lisa, a vida chata e comum de Dennis se trans­forma em algo extraordinário.

Em O menino de vestido, Dennis vai descobrir que não tem problema gostar de coi­sas diferentes se isso não faz mal a ninguém e o deixa feliz. E também vai constatar que sempre vale a pena apostar na generosidade das pessoas. Elas podem nos surpreender.

 

Titia terrível

 Estamos na década de 1930. Stella Saxby perdeu os pais num acidente de carro e hoje sua família se resume à tia Al­berta, uma senhora malvada que anda com uma coruja gi­gante no ombro. Tia Alberta quer ficar com a herança da so­brinha e vai fazer de tudo para enganar a menina, mas Stella é muito corajosa: mesmo de­pois de perder tudo e sofrer nas mãos da tia, ela encontra forças para recuperar o que é seu. E vai descobrir um grande aliado onde menos espera.

 Titia terrível confirma duas lições importantes: que a ga­nância extrema pode destruir uma pessoa e que a determina­ção nos torna capazes de supe­rar qualquer desafio.

 

 Dentista sinistra

 Nunca deixar de escovar os dentes – essa é a primeira coi­sa que o leitor pensa quando começa a ler Dentista sinistra. Conheça Alfie, um menino traumatizado com consultórios dentários, que há anos foge do flúor. Mas agora uma nova dentista chegou à cidade, dis­tribuindo doces e uma pasta de dentes capaz de abrir buraco em pedra. Alfie logo nota que há algo errado com a mulher e, ao lado de sua amiga Gaby, resolve dar uma de detetive para descobrir que segredos a dentista sinistra esconde. O menino só não imaginava que o mistério da dentista levaria à maior prova de amor que um pai pode dar a um filho.

Uma história cheia de revira­voltas, mistérios e aventuras, que mostra todo o poder do amor entre pai e filho.

 

Um elefante quase incomoda muita gente

Sabe aquele amigo inconveniente, que chega sem ser convidado e não vai embora mesmo que receba todas as indiretas possíveis? Pois é. Substitua esse amigo por um elefante azul, bem grande e abusado e você vai ter ideia do que aconteceu com o Sam. Durante uma visita ao zoológico, ele preencheu um formulário chamado “Adote um elefante”, mas não imaginou que um de verdade bateria à sua porta! O novo hóspede é muito folgado, e Sam é obrigado a atender todas as suas exigências. E não para por aí. Logo, logo, o menino vai ter que encarar uma nova surpresa!

 Com humor e lindas ilustrações coloridas, essa pequena história mostra a importância de dar limites quando nos sentimos invadidos em nosso espaço. Ah! E também ensina que é sempre bom prestar atenção nas letras miúdas de um contrato!

testeLançamentos de abril

Confira as sinopses dos lançamentos do mês: 

Somos guerreiras: Uma história de dor, amor e autodescoberta, de Glennon Doyle MeltonGlennon  é a mulher que talvez você conheça, a vizinha, a colega, a irmã de um amigo. Talvez seja você. É uma mulher que passou pelo que muitas passam — um casamento fracassado, luta pela bulimia e alcoolismo, infância difícil —, mas que decidiu falar abertamente sobre suas experiências e redefinir para si mesma o que é ser mãe, esposa e mulher.

Foi a partir dessa decisão que ela criou uma comunidade on-line e escreveu esse relato inspirador selecionado por Oprah Winfrey para fazer parte de seu Clube do Livro. Glennon conta não só a própria jornada, mas a guerra diária travada pela mulher que busca simplesmente ser quem ela é.

O papa e  Mussolini: A conexão secreta entre Pio XI e a ascensão do fascismo na Europa, de David I. Kertzer — Vencedor do Prêmio Pulitzer na categoria biografia em 2015, o livro revela de forma inédita o papel da Igreja Católica no regime fascista. Vívida e dramática, a obra traz uma visão cruelmente verdadeira sobre um capítulo obscuro da história mundial, documentada e narrada com extrema perícia.

Uma pergunta por dia para mães — O livro diário que virou febre ganha agora uma edição especial exclusiva para as mães. Mais do que um álbum de fotos, mais do que um tradicional livro do bebê, é um instrumento perfeito para registrar cada momento da experiência, aprendizado, descoberta e autoconhecimento na qual a mulher embarca ao ser mãe. 

Vovô deu no pé, de David Walliams — Jack tem doze anos e sua pessoa preferida no mundo inteiro é o avô. Vovô foi piloto durante a Segunda Guerra Mundial, e até hoje o que mais gosta de fazer é falar sobre aviação. 

Mas nos últimos tempos, vovô tem estado confuso e esquecido. Por isso, para evitar mais trapalhadas, os pais de Jack decidem internar o vovô em um lar para idosos muito esquisito e com enfermeiras sinistras. Jack então decide embarcar na maior aventura de sua vida para salvar o avô. [Leia um trecho]

Antes que eu vá, de Lauren Oliver — A inusitada história de Samantha Kingston, uma garota que achava que levava uma vida perfeita até ter que reviver o dia de sua morte sete vezes, deu origem a um dos filmes mais aguardados do ano. Para comemorar a estreia nos cinemas, o livro ganha agora uma edição especial com conteúdo inédito e capa inspirada no pôster do filme. [Leia um trecho]

Como se tornar um campeão, de Márcia Vieira — Adriano de Souza, mais conhecido como Mineirinho, teve uma infância difícil numa favela do litoral paulista. Criado na pobreza e  baixinho, ele conseguiu superar suas limitações, colecionar títulos e se transformar em um ídolo do surfe. No livro, a jornalista conta a história inspiradora desse atleta que teve que lidar com todas as dificuldades até chegar à elite do esporte. [Leia um trecho

Sprint: O método usado no Google para testar e aplicar novas ideias em apenas cinco dias, de Jake Knapp, John Zeratsky e Braden Kowitz: O livro apresenta o método criado pelo designer Jake Knapp, no período em que ele trabalhava no Google, que tem como objetivo desenvolver e testar ideias em apenas cinco dias. Sprint serve para equipes de todos os tamanhos, de pequenas startups até os maiores conglomerados, e pode ser aplicado por qualquer um que tenha uma grande oportunidade, problema ou ideia e precise começar a trabalhar já. [Leia um trecho]

 Ruby, de Cynthia Bond A obra apresenta a vida de uma jovem que, depois de passar por sofrimentos inimagináveis durante a infância, decide fugir de sua cidadezinha no sul dos Estados Unidos para recomeçar a vida em Nova York nos anos 1950. Porém, um telegrama urgente a faz voltar para casa, forçando-a a reencontrar pessoas do passado e a reviver momentos perturbadores.

Ruby conquistou elogios do público, da crítica e de personalidades como Oprah Winfrey, que selecionou a obra para o seu Clube do Livro. [Saiba mais]

Bem vindo à vida real, de Christian McKay Heidicker — Jaxon passa o seu tempo livre na frente do computador jogando videogame. Até que um dia, quando sai para levar o carro do pai a um lava jato, ele conhece Serena e consegue garantir seu primeiro encontro com uma garota de carne e osso. Só que ele não imaginava que seria levado minutos depois para uma clínica de reabilitação para gamers. [Leia um trecho]

Antes da queda, de Noah Hawley Eleito um dos melhores livros de 2016 pelo The New York Times, o thriller assinado pelo roteirista da série Fargo conta a história de um jatinho particular que cai no oceano com onze passageiros. Os únicos sobreviventes são Scott Burroughs, um pintor desconhecido e fracassado, e J.J., um menino de quatro anos, filho de um magnata milionário do ramo das telecomunicações. A riqueza e o poder de parte dos passageiros despertam as teorias mais variadas sobre a queda.[Leia um trecho]