testeO preço da street art, por Banksy

Thierry Guetta, um excêntrico videomaker francês, decide abandonar seu rentável brechó em Los Angeles para fazer um documentário sobre street art — e ele quer retratar Banksy. Mas o polêmico grafiteiro, cuja identidade permanece desconhecida, inverte os papéis e se torna o diretor de um surpreendente filme sobre o próprio Guetta. Indicado ao Oscar de melhor documentário em 2010, Exit Through the Gift Shop (Saída pela loja de presentes) reúne depoimentos de expoentes da street art, como Shepard Fairey — que mais tarde ficaria famoso pelo cartaz “Hope” de Obama —, e propõe uma ácida reflexão sobre arte contemporânea, fama e a mercantilização do grafite. Disponível no Youtube, a produção está atualmente em cartaz no canal a cabo HBO Max.

Após acompanhar diversos grafiteiros em ação, Thierry Guetta se transforma em Mr. Brainwash, um “artista” sem pudores de se apropriar de suas referências. Michael Jackson ganha um retrato à la Marilyn Monroe de Andy Warhol, e seus trabalhos, produzidos por uma equipe de profissionais, viram febre. No entanto, além do humor mordaz, o filme carrega outra marca constante de seu criador: a ambiguidade. Afinal, trata-se de uma história real ou de mais uma elaborada obra de arte de Banksy?

Assista ao filme completo (com legendas em espanhol):

Leia um trecho de Guerra e spray, livro que reúne as obras e reflexões de Banksy:

Leia também:
Os melhores grafites de Londres
Paris versus New York