testeDivulgado elenco completo do filme inspirado em Simon vs. a agenda Homo Sapiens

Com Nick Robinson e Katherine Langford (a Hanna de 13 Reasons Why), o filme inspirado no romance de Becky Albertalli já tem elenco completo.

Dirigido por Greg Berlanti, responsável pela adaptação do universo da DC Comics em produções como Lanterna Verde, Arqueiro Flash, e mais conhecido por seu trabalho nas séries de TV Dawson’s Creek Brothers & Sisters, o filme tem roteiro de Isaac Aptaker e Elizabeth Berger. A produção caberá ao mesmo time que levou A Culpa é das Estrelas aos cinemas.

CUIDADO: se você ainda não leu o livro, aqui embaixo tem spoilers!

O ator Keiynan Lonsdale, da série Divergente, foi escalado para interpretar Bram Greenfeld.

As filmagens estão quase no fim, e as primeiras imagens divulgadas mostram Jennifer Garner e Josh Duhamel nos papéis dos pais de Simon. O filme tem estreia prevista para o primeiro semestre de 2018.

 

Confira o elenco completo:

Nick Robinson será Simon Spier

 

Katherine Langford será Leah Burke

 

Miles Heizer será Cal Price

 

Alexandra Shipp será Abby Suso

 

Jorge Lendeborg Jr. será Nick Eisner

 

Logan Miller será Martin Addison

 

Talitha Bateman será Nora Spier

 

Tony Hale será Sr. Worth (diretor da Creekwood High School)

 

Natasha Rothwell será Sra. Albright

 

Mackenzie Lintz será Taylor

 

Clark Moore será Ethan

 

Colton Haynes será Kevin (chamado de Peter no livro)

testeComeçaram as filmagens de Simon vs. a Agenda Homo Sapiens

As primeiras imagens da adaptação cinematográfica do apaixonante Simon vs. a agenda Homo Sapiens foram divulgadas, com Jennifer Garner e Josh Duhamel nos papéis dos pais de Simon.

O filme inspirado no romance de Becky Albertalli será dirigido por Greg Berlanti, responsável pela adaptação do universo da DC Comics em produções como Lanterna Verde, Arqueiro Flash, e mais conhecido por seu trabalho nas séries de TV Dawson’s Creek Brothers & Sisters. Com roteiro de Isaac Aptaker e Elizabeth Berger, a produção caberá ao mesmo time que levou A Culpa é das Estrelas para os cinemas.

Confira o elenco completo, mas CUIDADO: se você ainda não leu o livro, aqui embaixo tem spoilers!

 

Nick Robinson será Simon Spier

 

Alexandra Shipp será Abby Suso

 

Jorge Lendeborg Jr. será Nick Eisner

 

Katherine Langford será Leah Burke

 

Logan Miller será Martin Addison

 

Talitha Bateman será Nora Spier

 

Tony Hale será Sr. Worth (diretor da Creekwood High School)

 

Natasha Rothwell será Sra. Albright

 

Mackenzie Lintz será Taylor

 

Clark Moore será Ethan

 

Colton Haynes será Kevin (chamado de Peter no livro)

teste7 livros para ler enquanto espera Always and forever, Lara Jean

Os apaixonados pela Lara Jean têm muitos motivos para comemorar: a sequência de Para todos os garotos que já amei e P.S. Ainda amo você, Always and forever, Lara Jean, já tem data de lançamento nos Estados Unidos e estará disponível no Brasil em maio.

Enquanto aguardamos a continuação da história escrita por Jenny Han, montamos uma lista com sugestões de leituras que ajudarão a entrar no clima:

 

Aconteceu naquele verão 

Para quem gosta muito de romances e se apaixonou pela Lara Jean, sugerimos Aconteceu naquele verão. Organizado por Stephanie Perkins (também responsável por O presente do meu grande amor), tem doze contos que vão do romance ensolarado aos mais surpreendentes toques de mistério. Uma leitura leve e agradável, com pequenas histórias que podem ser lidas enquanto você relembra as aventuras de Para todos os garotos que já amei e P.S. Ainda amo você. 

 

Isla e o final feliz

Falando na Stephanie Perkins, quem gosta dos livros de Jenny Han não pode deixar de conhecer Isla e o final feliz, a história de amor entre Isla e Josh, que vai das ruas iluminadas de Nova York aos telhados da bela Paris e nos ensina que o amor pode sobreviver às distâncias e provocações. Com esse romance delicado e sedutor, os suspiros estão liberados.

 

Simon vs. a agenda Homo Sapiens

Os românticos estilo Lara Jean que consideram justa toda forma de amor precisam conhecer e se apaixonar pelo Simon e pelo Blue, dois meninos do ensino médio que se correspondem virtualmente sem saber a verdadeira identidade um do outro. Simon vs. a agenda Homo Sapiens é uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e dilemas que os adolescentes enfrentam.               

 

Antes que eu vá

Para os que estão com saudades das amizades da Lara Jean, vai ser bom trazer esse clima de volta com nossas próximas duas sugestões. Em Antes que eu vá, Samantha Kingston tem tudo: o namorado dos sonhos, três amigas fantásticas e todos os privilégios na escola. Ela vê tudo mudar quando sofre um acidente fatal e ganha sete “segundas chances” de reviver o dia de sua morte. Agora, Samantha vai tentar desvendar os mistérios que envolvem esse dia e descobrir o valor de tudo o que está prestes a perder. O livro foi adaptado para os cinemas e o filme chega às telonas do Brasil em maio.

 

Temporada de acidentes

A outra ótima história sobre amizade é Temporada de acidentes. Com uma pegada bem diferente de Antes que eu vá, esse livro fala sobre Cara e sua família, que todo mês de outubro se tornam inexplicavelmente vulneráveis a diversos tipos de acidentes. Cara é muito próxima dos amigos, eles são praticamente irmãos e estão sempre presentes um na vida do outro. Não há dúvidas de que Gevevieve adoraria fazer parte desse grupo divertido e insano.

 

Quem é você, Alasca

Quem curte personagens femininas fortes precisa conhecer Quem é você, Alasca, de John Green. Mas apesar da presença marcante de Alasca, com todos os seus conflitos e sua personalidade forte, é a idealização do amor o que mais o aproxima da série Para todos os garotos que já amei. Enquanto nos livros de Jenny Han, Lara Jean tem seus vislumbres e idealizações dos homens pelos quais já se apaixonou, na história de John Green, Miles se apaixona instantaneamente pela colega de turma Alasca mesmo que apenas a observando no dia a dia do colégio interno.

 

As mil noites

Para finalizar, a mesma lealdade fraterna que une Lara Jean e suas irmãs é o ponto de partida de As mil noites. Nessa releitura do clássico As mil e uma noites, a protagonista, ao perceber que sua irmã será escolhida para se casar com um rei famoso por assassinar suas esposas, faz de tudo para assumir seu lugar e descobre uma maneira de continuar viva quando suas palavras parecem ganhar vida própria.

testeNick Robinson pode estrelar a adaptação de Simon vs. a agenda Homo Sapiens para o cinema

nick-robinson

Foram divulgadas mais novidades sobre a adaptação cinematográfica do apaixonante Simon vs. a agenda Homo Sapiens. Segundo a revista Variety, Nick Robinson, que atuou em Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e A 5ª Onda, está sendo cotado para o papel principal.

Adobe Photoshop PDFO filme será dirigido por Greg Berlanti, responsável pela adaptação do universo da DC Comics em produções como Lanterna Verde, Arqueiro e Flash, e mais conhecido por seu trabalho nas séries de TV Dawson’s Creek e Brothers & Sisters. Com roteiro de Isaac Aptaker e Elizabeth Berger, a produção caberá ao mesmo time que levou A culpa é das estrelas para os cinemas.

No romance de Becky Albertalli, Simon tem 16 anos e vive uma paixão secreta e um dilema. Será que precisa mesmo sair do armário e contar aos pais e amigos de infância que é gay? Mas por que ele precisa passar por esse constrangimento? Por que adolescentes héteros não têm que passar por isso?

Simon vs. a agenda Homo Sapiens é mais do que um romance divertido sobre um garoto apaixonado por música, biscoitos Oreo (que, se vocês ainda não sabem, vão descobrir que combinam com TUDO!) e por um misterioso colega que escreve e-mails inesquecíveis com uma gramática perfeita — é uma história de amor que expõe, com muita sensibilidade, a crueldade dos padrões da sociedade em que vivemos.

 

testeDez livros que Rory, de Gilmore Girls, leria

rory-gilmore-reading

Nove anos depois do último episódio, a série Gilmore Girls estará de volta neste mês na Netflix. O anúncio gerou uma grande comoção dos fãs, que já estão contando os dias para matar as saudades de Lorelai e Rory.  A atração narra a vida de mãe e filha que moram em uma pequena cidade americana e vivem conflitos existenciais, sociais e amorosos.

Na história, a personagem Rory é uma leitora voraz e sonha em ser jornalista. Ao longo das temporadas, ela leu mais de 300 obras! Por isso criamos uma lista — com títulos publicados nos últimos anos — que ela poderia gostar de ter na estante:

2113189filhaperdida

A filha perdidaNão temos dúvida de que Rory faria parte do grupo de leitores que se emocionam com as histórias de Elena Ferrante.

Em A filha perdida, livro inédito no Brasil, Leda é uma professora universitária de quarenta e poucos anos que decide tirar férias no sul da Itália após as filhas já crescidas se mudarem para o Canadá com o pai. Com elementos simples e uma trama bem construída, a obra acompanha os sentimentos conflitantes dessa personagem que reflete a maternidade, os desejos e as vontades das mulheres.

untitled

A garota com tribal nas costasQuem conhece bem a Rory sabe que ela com certeza seria fã de Amy Schumer. As duas têm um humor ácido e dão voz às questões universais da vida das mulheres.  Nesse livro, a atriz, comediante e roteirista expõe suas histórias sobre adolescência, família, sexo e relacionamentos de uma forma corajosa e divertida.

chancedelutargrande

Uma chance de lutarRory sempre sonhou em ser jornalista e teve a chance de cobrir a corrida presidencial americana de 2008. Esse livro seria importante para ajudar a conhecer mais Elizabeth Warren, um dos nomes mais relevantes da política dos Estados Unidos.

Warren é filha de um zelador e uma telefonista, venceu as dificuldades da família e o lugar-comum da época de que o principal objetivo de toda mulher era conseguir um bom casamento. Ela tornou-se professora em Harvard, atuou como consultora do Congresso americano e assistente do presidente Barack Obama.

untitled
Destinos e fúriasNa série, Rory teve a oportunidade de trabalhar com a equipe de Barack Obama. Com certeza, essa experiência aguçaria a curiosidade dela sobre o que está na lista de leitura do presidente americano. Além disso, a obra de Lauren Groff foi eleita a melhor de 2015 por Obama. Tem alguma chance de esse livro passar despercebido pela jovem?

Destinos e fúrias mostra os dois lados de um casamento. O livro é dividido em duas partes: em Destinos, temos a visão da história sob ótica de Lotto e em Fúrias, o olhar de Mathilde.

untitled

Nimona — Esse livro tem muitas razões para conquistar Rory: a personagem principal é feminista, a autora já ganhou indicações e prêmios dentro e fora do mundo dos quadrinhos. Nimona é  uma graphic novel sobre uma jovem anti-heroína que tem o poder de mudar de forma quando quer.

garota_novo_g

Garota exemplarComo leitora voraz, seria impossível ignorar a narrativa viciante de Gillian Flynn. Garota exemplar é o tipo de livro que poderia ser devorado em poucos dias por Rory, já que é um thriller perturbador sobre um casamento em crise.

capa_simon_g

Simon vs. a agenda Homo SapiensO romance de Becky Albertalli faria Rory suspirar e recordar dos primeiros amores! O livro conta a história de Simon, um adolescente de dezesseis anos que é gay, mas ninguém sabe. Ele só não contava que Martin, o bobão da escola, iria chantageá-lo ao descobrir sua troca de e-mails com Blue, pseudônimo de um garoto misterioso que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.

valetudogrande

Vale-tudo da notícia: O escândalo de grampos, suborno e tráfico de influência que abalou um dos maiores conglomerados de mídia do mundo — Como estudar jornalismo sempre foi um grande sonho, Rory deveria incluir a obra em sua lista de leitura! No livro, o repórter Nick Davies investiga o escândalo e revela os bastidores do tabloide britânico News of the World.

capa_maxperkins_243x349

Max Perkins, um editor de gêniosO livro sobre Max Perkins estaria na estante de Rory por contar a história de um dos nomes que revolucionou a literatura norte-americana e que apostou em talentos como F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway e Thomas Wolfe, ídolos literários da jovem.

toda-luz-que-nao-podemos-ver_g

Toda luz que não podemos verO livro de Anthony Doerr foi vencedor do prêmio Pulitzer de ficção de 2015. Só esse título já seria suficiente para conquistar a personagem de Gilmore Girls. O elogiado romance histórico é ambientado na Alemanha e na França antes e durante a Segunda Guerra Mundial. A obra entrelaça as histórias de uma garota cega francesa, um garoto órfão alemão e um oficial nazista em busca de uma joia extremamente valiosa.

testeMESA PARA CINCO: Ler nos torna mais empáticos

thumbnail_blog7-1

Ao ler, experimentamos situações e emoções novas. Entendemos melhor a nós mesmos e como as outras pessoas se sentem. A conexão entre literatura e empatia é o tema do nosso primeiro Mesa para cinco, estreia da equipe da Intrínseca no YouTube.

Saímos da editora para comer conversar sobre os livros de Neil Gaiman, as histórias hilárias (e horríveis) de Jenny Lawson em Alucinadamente feliz e o apaixonante Simon vs. a agenda Homo Sapiens.

Assistam ao nosso primeiro vídeo e comentem! Mesa para cinco será um programa mensal, sempre com livros e convidados diferentes. Esperamos que gostem. 🙂

testeUm papo sobre amor, Simon e OREO

foto_simon(Foto: blog Mais que Livros)

“Sempre fui romântica, mesmo quando não queria”, confessa Becky Albertalli. Em entrevista concedida aos blogs parceiros da Intrínseca, a psicóloga e escritora norte-americana fala sobre a história de amor que conduz seu celebrado romance Simon vs. a agenda Homo Sapiens, compartilha suas receitas preferidas à base de biscoito OREO e revela seus novos projetos (SIM, tem livro novo vindo aí!).

Na próxima semana, Becky desembarca pela primeira vez no Brasil para participar da Bienal Internacional do Livro de São Paulo. A autora irá discutir sobre “A diversidade na literatura para jovens adultos” na Arena Cultural, no sábado, 3/09, às 19h. No dia seguinte ela estará no estande da Intrínseca, ao meio-dia, para sessão de autógrafos. Confira a entrevista:

 

Ana Clara Magalhães (blog Conjunto da Obra): Há tempos eu não lia um livro sobre homossexualidade que soasse tão divertido e natural quanto Simon vs. a agenda Homo Sapiens. Você tirou a ideia da postagem anônima no Tumblr de algum lugar ou apenas quis mostrar quanto esse tipo de exposição pode mudar a vida de uma pessoa?

Becky Albertalli: Muito obrigada! Na verdade, é um pouco difícil para mim lembrar de onde veio a ideia para certos elementos da trama, mas o Tumblr Creeksecrets [fonte de segredos e fofocas da Creekwood High School] provavelmente foi inspirado no blog que reunia as confissões anônimas dos alunos do meu colégio alguns anos atrás. Até onde sei, não houve nenhum caso como o de Simon (felizmente)! Mas minha intenção não era fazer algum tipo de manifesto sobre exposição pública, embora eu acredite que expor uma pessoa sem permissão é, sem sombra de dúvidas, errado.

 

Patricia Argachof (blog Borogodó Literário): Imagino que, como Simon, você também seja uma adoradora de OREO, rs. Qual sua receita predileta utilizando esse ingrediente dos deuses?

Becky: Eu sou louca por OREO e tenho várias receitas preferidas com ele. Algumas são muito fáceis! Uma das mais simples é a manteiga de OREO. Tudo o que você precisa fazer é moer os biscoitos em um processador e misturar óleo até chegar à consistência de sua preferência. É uma cobertura incrível para sorvete. Eu também amo trufas de OREO, que nada mais são que OREO misturado com cream cheese, enrolados em bolinhas, e mergulhados em chocolate. E meu tio Larry faz uma deliciosa torta de OREO. A borda é feita com biscoitos moídos com manteiga, e o recheio é sorvete!

BECKYBecky Albertalli

Diego José da Silva (blog The Paper Towns): Simon vs. a agenda Homo Sapiens é um livro incrível e maravilhoso. De onde surgiu a ideia de escrever um livro com personagens gays? Quais são os planos para o futuro? Quero mais Simon em minha vida.

Becky: De várias formas, a ideia surgiu com o próprio Simon! Assim que comecei a imaginá-lo, soube que ele era gay. Dito isto, quando atuava como psicóloga clínica, trabalhei por anos com crianças, adolescentes e adultos LGBTQ. Tive muito cuidado para não basear meu livro em nenhum dos meus pacientes nem em suas histórias, mas, em um sentido bem geral, fui inspirada por essas crianças.

Quanto a projetos futuros, meu segundo romance YA, The Upside of Unrequited, será publicado nos Estados Unidos em 1º de abril de 2017, e os direitos de publicação no Brasil já foram comprados pela Intrínseca. Upside é quase um spin-off de Simon, ambientado em uma cidade diferente, e mostra a família e os amigos que Abby deixou para trás quando mudou de escola. Podem se preparar para ver outra vez vários rostos familiares.

Agora estou trabalhando em meu terceiro livro, que será um spin-off de Simon vs. a agenda Homo Sapiens sob a perspectiva da Leah. A história se passa durante o terceiro ano na Creekwood High School.

 

Ana Mutti (blog Vivendo entre Palavras): Quando eu li o seu livro, me questionei muito sobre o amor. Às vezes eu pensava “cara, amar pode ser fácil”, mas ao mesmo tempo havia as complicações de um relacionamento construído pela internet. Então, quero saber de você Becky: você acredita no amor? Ele pode mesmo ser tão encantador quanto o que vemos em Simon vs. a agenda Homo Sapiens?

Becky: Essa é uma pergunta muito importante! A resposta curta é que sim, acredito plenamente no amor. Sempre fui romântica, mesmo quando não queria. Não acho que o amor seja algo fácil, mas é difícil como todas as coisas boas são. Acho que a internet tem o potencial de moldar essa dinâmica de maneira interessante, ainda mais para jovens LGBTQIAP+. Existe certo tipo de liberdade em conversar com alguém que não está ligado a você na “vida real”. E também acho que a relação entre Simon e Blue floresce por causa dessa dinâmica.

Simon_Facebook_parte2

Juliana d’Arêde (blog Vai Lendo): Você criou uma história extremamente delicada e sensível, com uma narrativa bem verdadeira e natural. Quais foram suas principais preocupações e os desafios ao escrever esse livro?

Becky: Muito obrigada! Foi uma grande alegria escrever Simon vs. a agenda Homo Sapiens, mas é claro que enfrentei alguns solavancos e contusões ao longo do caminho. Um dos maiores desafios foi encontrar o equlíbrio para que a identidade do Blue fizesse sentido, mas não fosse óbvia (ao menos não óbvia para Simon). Os primeiros leitores me ajudaram nisso: eliminei pistas, plantei algumas pistas falsas, incluí cenas novas e tirei outras. Até hoje os leitores se envolvem de formas completamente diferentes com os mistérios de Blue. Outro desafio foi escrever uma história de amor sob a perspectiva de um garoto. Descobri que eu não tinha dificuldade em me conectar com a voz de Simon em seu monólogo interior, mas em alguns momentos precisei fazer perguntas embaraçosas ao meu marido para entender melhor como é viver no corpo de um garoto.

 

Isabella Florenzano Rosa (blog Entre Parágrafos): Aposto que você já ouviu que seu livro ajudou algumas pessoas a se aceitarem mais e enxergarem como é normal ter outra orientação sexual que não seja a hetero. Como você se sente ao ouvir isso?

Becky: Ouço relatos assim dos meus leitores — e isso me deixa sem fôlego. Nunca vou conseguir expresser o quanto isso significa para mim. Muitas vezes, leitores adolescentes me dizem que se inspiraram em Simon para sair do armário, e alguns dividem essa experiência comigo. Me sinto muito honrada por Simon ter feito parte desse processo para tantas pessoas e grata por tantos leitores terem a generosidade de compartilhar esses momentos comigo.

 

>> Leia um trecho de Simon vs. a agenda Homo Sapiens

testeLivros que você não pode deixar de conhecer na Bienal de São Paulo

BIENAL_JOJO_MOYES

Esperamos todos vocês no nosso estande da Bienal Internacional de São Paulo (F30)! Além da chance de conhecer seus autores preferidos e de encontrar outros leitores, a Bienal é o lugar ideal para descobrir livros incríveis.

>> Veja a programação completa do nosso estande na Bienal

Confira nossa seleção de livros e autores:

 

– Jojo Moyes

jojo_moyes

Se você gosta de romances e de personagens inesquecíveis, precisa conhecer as obras da britânica Jojo Moyes. Autora do sucesso Como eu era antes de você, que inspirou o filme protagonizado por Emilia Clarke e Sam Claflin, Jojo Moyes têm uma legião de fãs no mundo todo e outros seis romances já publicados pela Intrínseca.

 

1IM_red

 

Coleção Como Lidar

livros_como_lidar

Sim, a vida adulta é muito difícil: repleta de contas para pagar, ansiedade com relação a aparência, relacionamentos… Mas não se preocupe, se você não sabe como lidar com os muitos problemas da vida adulta, ainda assim é possível rir um bocado deles.

A Coleção Como Lidar reúne guias simples e ultradidáticos sobre questões clássicas que atormentam uma parcela considerável dos que já atingiram a maioridade: como lidar com os encontros? Como sobreviver à ressaca? Como compreender o hipster? E como funcionam dois seres para lá de enigmáticos: o marido e a esposa?
 

– Série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares

chegadadegráfica

Com fotografias sinistras e uma narrativa emocionante, o sombrio universo criado por Ransom Riggs estreará nos cinemas no final de setembro, com direção de Tim Burton!

Biblioteca de almas, terceiro e último volume da saga, já está nas livrarias. Nele, Jacob e seus companheiros continuam empenhados na batalha pela sobrevivência dos peculiares iniciada em Cidade dos etéreos.

E tem mais! Dia 3 de setembro, dia da Fenda Temporal da srta. Peregrine, a Intrínseca lançará na Bienal Contos peculiares, o livro dentro dos livros. A coletânea de contos, citada ao longo da série, reúne histórias que os jovens peculiares escutam sua protetora contar e recontar.

 

Obras de autores que estarão na Bienal:

 

Simon vs. a agenda Homo Sapiens, de Becky Albertalli

SIMON_FOTO
Simon troca e-mails anônimos com Blue. Eles são dois garotos gays que só confiam um no outro para se abrir e discutir sobre suas identidades, desejos e medos mais íntimos. Durante a troca de mensagens os dois acabam se apaixonando. O livro discute também o que deve ser o padrão. Por que a heterossexualidade é o padrão?  Por que ser branco é o padrão? Simon analisa todos esses estereótipos de um jeito sensível e perpicaz.

Becky Albertalli participa do bate-papo “A diversidade na literatura para jovens adultos” na Arena Cultural, no sábado, 3/09, às 19h. A sessão de autógrafos será no dia seguinte, ao meio-dia, em nosso estande.

 

Os Dois Terríveis ainda piores, de Jory John e Mac Barnett, ilustrado por Kevin Cornell

Mac 3
A dupla mais terrível de Vale do Bocejo está de volta, e agora os dois amigos precisarão ser mais inteligentes e desordeiros do que nunca se quiserem dar fim a um vilão alérgico a brincadeiras e felicidade.

Mac Barnett participa do bate-papo “A importância da ilustração na literatura infantil: a identificação das crianças com as imagens” na quinta-feira, 1/09, às 11h, na Arena Cultural. O encontro será seguido por sessão de autógrafos.

 

Pó de lua nas noites em claro, de Clarice Freire

1IMG_6502_red
Em seu segundo livro, Clarice vira a madrugada ao avesso em palavras e imagens, dedicando uma hora a cada capítulo, da meia-noite ao amanhecer. O livro alterna passagens em prosa e poesia, acompanhando sua personagem durante um longo e mágico passeio pela cidade quase deserta.

Clarice participa de sessão de autógrafos no nosso estande no domingo, 28/08, às 15h.

 

Ilustre Poesia Eu me chamo Antônio, de Pedro Gabriel

ilustre poesia
Desta vez, Antônio procura escapulir do confinamento nos quadradinhos de papel dos guardanapos e ganhar a liberdade. Ao mesmo tempo, explora galáxias, as profundezas do mar e os confins da terra em textos de prosa poética que podem ser lidos como uma espécie de correspondência com o personagem. O senso de humor, a irreverência e o gosto pelos trocadilhos são compartilhados por Antônio e seu poeta.

Pedro Gabriel participa de sessão de autógrafos no nosso estande no sábado, 27/08, às 15h.

 

Gentil como a gente, de Fernanda Gentil

instagrameventogentil
Com leveza e humor, Fernanda Gentil conta uma história de amores vivida por uma família singular e ao mesmo tempo igual à de todo mundo. Mocinha (ou Fernanda?) briga e, com a frequência de eclipses lunares, pede desculpas. Quando quer, sabe ser fofa. E mostra-se craque em entender as diferenças entre o feminino e o masculino, mata no peito, sai de impedimento, bota para escanteio e bate um bolão. Porque o que Fernanda mais quer é fazer e ser feliz. Sem firulas. Gentil. Como a gente.

Fernanda participa de sessão de autógrafos no nosso estande na quarta-feira, 31/08, às 18h.

 

Não se iluda, não, de Isabela Freitas

instagram_NaoSeIludaNao_4

Em seu segundo livro, Isabela Freitas dá sequência às histórias dos personagens de Não se apega, não. Dessa vez, com a cabeça nas nuvens e os pés firmemente no chão, a protagonista vai em busca daquilo que seu coração realmente deseja, mesmo quando o caminho é acidentado e cada curva parece esconder uma nova surpresa.

Isabela participa do bate-papo “A relação entre a realidade e a fantasia na autoficção” na Arena Cultural na terça-feira, 30/08, às 11h.

 

Tudo tem uma primeira vez, de Vitória Moraes (Viih Tube)

foto_tudotemumaprimeiravez2
Como foi o seu primeiro beijo? E a primeira vez que teve coragem de dizer “eu te amo” para alguém? Ou que vacilou feio com uma amiga? Em Tudo tem uma primeira vez, Vitória Moraes, a Viih Tube, fala abertamente e com muito bom humor sobre os grandes (e primeiros) momentos da adolescência.

Viih autografa seu livro no domingo, 28/08, às 14h no estande da Saraiva.

 

História do futuro, de Míriam Leitão

2IMG_6822
Somente a jornalista mais premiada do país seria capaz de aceitar o desafio de olhar para além do imediatismo do presente e mapear o que está por vir. O resultado é História do futuro, que compila pesquisas, análises, entrevistas e depoimentos para apresentar, de forma acessível, tendências e perspectivas para os próximos anos.

Míriam media o bate-papo “Lutas na ditadura e desafios na democracia” no Salão Ideias na sexta-feira (02/09), às 20h. A sessão de autógrafos acontece logo depois, às 21h, em nosso estande.

 

E tem mais lançamentos imperdíveis!

 

Alerta de risco, de Neil Gaiman

Gaiman 2
Um escritor sofisticado cujo gênio criativo não tem paralelos, Gaiman hipnotiza com sua alquimia literária e nos transporta para as profundezas de uma terra desconhecida em que o fantástico se torna real e o cotidiano resplandece. Repleto de estranheza e terror, surpresa e diversão, Alerta de risco é uma coletânea de contos de terror e de fantasmas, ficção científica e conto de fadas. Um tesouro que conquista a mente e agita o coração do leitor.

 

PAX, de Sara Pennypacker

pax_fundo
Peter e sua raposa, Pax, são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde vai morar por um tempo, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas.

 

Loney, de Andrew Michael Hurley

IMG_4668
Quando os restos mortais de uma criança são descobertos durante uma tempestade de inverno numa extensão da sombria costa da Inglaterra conhecida como Loney, Smith é obrigado a confrontar acontecimentos terríveis e misteriosos ocorridos quarenta anos antes, quando ainda era jovem e visitou o lugar. Com personagens ricos e idiossincráticos, um cenário sombrio e a sensação de ameaça constante, Loney é uma leitura perturbadora e impossível de largar, que conquistou crítica e público. Uma história de suspense e horror gótico, ricamente inspirada na criação católica do autor, no folclore e na agressiva paisagem do noroeste inglês.

testeIntrínseca na Bienal Internacional do Livro de São Paulo

 

GIFInsta_Atualizado

A Intrínseca chega à 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo com uma programação intensa e repleta de atrações. Entre 26 de agosto e 4 de setembro, autores best-sellers internacionais, como o norte-americano Mac Barnett (Os Dois Terríveis), e nacionais, como Isabela Freitas (Não se apega, não e Não se iluda, não), vão movimentar os corredores do Pavilhão de Exposições Anhembi com palestras, bate-papos e sessões de autógrafos. Este ano oito escritores da casa participarão da feira literária, incluindo queridos do público, como a musa do jornalismo esportivo Fernanda Gentil (Gentil como a gente). Os leitores também encontrarão cerca de 400 títulos, com descontos entre 10% e 80% durante o evento, no estande da Intrínseca, que este ano ocupará uma área de 140 m².

No time dos internacionais, Mac Barnett vem à Bienal lançar Os Dois Terríveis ainda piores, segundo livro da série criada com Jory John, Os Dois Terríveis — ambos os títulos na lista de mais vendidos do The New York Times —, com sessão de autógrafos e palestra sobre a importância da ilustração na literatura infantil. Outra atração que a Intrínseca trará especialmente para o evento é a psicóloga norte-americana Becky Albertalli, autora do premiado romance Simon vs. a agenda Homo Sapiens. Ela participará de uma conversa sobre diversidade na literatura para jovens adultos, seguida por sessão de autógrafos.

Entre os destaques nacionais, os fenômenos da internet Viih Tube (Vitoria Moraes) e Isabela Freitas chegam para representar o público jovem. Com mais de 2 milhões de inscritos no seu canal do Youtube, Viih irá autografar seu livro Tudo tem uma primeira vez. Já Isabela, autora de Não se apega, não — livro que virou série no Fantástico já com uma segunda temporada confirmada, baseada na sequência Não se iluda, não, da Intrínseca. Ela participará de um bate-papo sobre realidade e fantasia na autoficção.

Outros nomes que marcam presença são os escritores Pedro Gabriel, do aclamado projeto Eu me chamo Antônio, e Clarice Freire, autora de Pó de lua. Ambos vão lançar e autografar seus novos trabalhos: Ilustre poesia e Pó de lua nas noites em claro, respectivamente. A jornalista Míriam Leitão completa a imperdível programação nessa Bienal com bate-papo sobre seu livro História do futuro: O horizonte do Brasil no século XXI, no Salão de Ideias.

 

Estande da Intrínseca na Bienal
Localização: F030
Horário de funcionamento:
De segunda à sexta, das 9h às 22h
Sábado e domingo, das 10h às 22h
4 de setembro, das 10h às 21h

 

Confira a programação completa:

Atenção: Informações sobre senhas no site da Bienal.

27/ago, sábado
Pedro Gabriel
15h – Autógrafos no Estande da Intrínseca | F030
Confirme sua presença no evento do Facebook

28/ago, domingo
Clarice Freire
15h – Autógrafos no Estande da Intrínseca | F030
Confirme sua presença no evento do Facebook

Viih Tube
14h às 16h – Autógrafos no Estande da Saraiva | D030/E030
Confirme sua presença no evento do Facebook

30/ago, terça-feira
Isabela Freitas
Palestra “A relação entre a realidade e a fantasia na autoficção”
Autógrafos dos livros Não se iluda, não e Não se apega, não
11h – Arena Cultural BNDES
Confirme sua presença no evento do Facebook

31/ago, quarta-feira
Fernanda Gentil
18h – Autógrafos no Estande da Intrínseca | F030
Confirme sua presença no evento do Facebook

1/set, quinta-feira
Mac Barnett
Palestra “A importância da ilustração na literatura infantil: a identificação das crianças com as imagens”
Autógrafos e lançamento do livro Os Dois Terríveis ainda piores
11h – Arena Cultural BNDES
Confirme sua presença no evento do Facebook

02/set, sexta-feira
Míriam Leitão

20h – Bate-papo no Salão Ideias: Lutas na ditadura e desafios na democracia
Autógrafos no Estande da Intrínseca | F030
Confirme sua presença no evento do Facebook

3/set, sábado
Encontro de blogueiros Intrínseca
Bate-papo sobre os lançamentos e assuntos referentes à blogosfera
9h – Sala Jacarandá Branco do Hotel Holiday Inn
Confirme sua presença no evento do Facebook
Para se inscrever, envie um e-mail com nome completo e nome do blog/site perfil para marketing@intrinseca.com.br. Assunto do e-mail: Encontro de blogueiros na Bienal SP

Becky Albertalli
Palestra “A diversidade na literatura para jovens adultos”
Autógrafos do livro Simon vs. a agenda Homo Sapiens
19h – Arena Cultural BNDES
Confirme sua presença no evento do Facebook

 

04/set, domingo
Becky Albertalli
Autógrafos do livro Simon vs. a agenda Homo Sapiens
12h –Estande da Intrínseca | F030