testeMulheres atraídas pela morte

Por Vanessa Corrêa*

Rosamund Pike e Ben Affleck em cena de Garota exemplar

O que você seria capaz de fazer para morar em uma casa perfeita?

Jane estava disposta a fazer uma série de mudanças na vida para se tornar a moradora da casa de número 1 da Folgate Street, em Londres. Ela abriu mão de ter animais de estimação, de deixar a louça do jantar na pia para ser lavada no dia seguinte ou de espalhar suas coisas pela casa. Aceitou se submeter a testes psicológicos e ter seus hábitos e sua saúde monitorados. Confiou em um sofisticado sistema de tecnologia capaz de sugerir o melhor momento para acordar ou a melhor seleção musical para ouvir.

Para Jane, todas as regras valiam a pena, pois em troca lhe foi concedido o privilégio de viver em um lugar considerado um ícone da arquitetura moderna, a tradução máxima do conceito de minimalismo. Ela só não conseguiu ignorar a misteriosa morte da inquilina que ocupou o endereço antes dela.

Desaparecimentos e assassinatos estão no centro da trama da maioria dos best-sellers de suspense, mas é o papel de destaque dado às mulheres na história que mais aproxima Quem era ela, de JP Delaney, de alguns dos sucessos mais recentes do gênero no Brasil. Assim como Rachel, a protagonista de A garota no trem, de Paula Hawkins, Jane decide investigar por conta própria a morte de outra mulher. Ambas têm em comum também o fato de estarem passando por momentos difíceis em suas vidas: enquanto Rachel luta para superar o fim de um relacionamento amoroso e o alcoolismo, Jane se esforça para seguir em frente após dar à luz um bebê morto.

Emily Blunt em A Garota no Trem

O clima intenso de suspense e a sensação de que ninguém é quem parece ser também levaram leitores a comparar o livro de JP Delaney com o best-seller de Gillian Flynn, Garota exemplar. Emma, que divide com Jane o posto de protagonista de Quem era ela, tem muito em comum com Amy, a antiheroína de Flynn. Ambas são capazes de usar a beleza para conseguir o que querem e se envolvem em relacionamentos marcados pela obsessão.

Com personagens femininos tão complexos, era de se esperar que Quem era ela tivesse sido escrito por uma mulher, como é o caso de Garota exemplar e A garota no trem. Mas, na verdade, a história surgiu da imaginação do autor britânico Tony Strong, que em entrevista ao jornal The New York Times declarou se sentir “realmente agradecido” que muitos leitores — incluindo esta jornalista — acreditaram, pelo modo como a história foi escrita pela perspectiva de duas mulheres, que se tratava da obra de uma autora.

Tramas cheias de reviravoltas com personagens que fazem o leitor desconfiar de suas intenções a cada momento são ideais para serem levadas às telas de cinema. Dirigido por David Fincher, Garota Exemplar arrecadou quase US$ 370 milhões e rendeu à protagonista Rosamund Pike uma indicação ao Oscar de melhor atriz em 2015. A Garota No Trem, que foi dirigido por Tate Taylor e estrelado por Emily Blunt, não recebeu os mesmos elogios da crítica cinematográfica, mas também teve bom desempenho nas bilheterias.

Os direitos de Quem era ela foram comprados pelo estúdio Universal e o filme baseado no thriller de JP Delaney deve ser dirigido por Ron Howard, conhecido por sucessos como Uma Mente Brilhante e O Código Da Vinci. Ainda não se sabe o elenco, mas uma coisa é certa: os ambientes minimalistas da casa número 1 da Folgate Street terão tanto destaque quanto os personagens da história.

 

Vanessa Corrêa é jornalista, já trabalhou na Folha de S.Paulo e no portal UOL e é apaixonada por livros, cinema e fotografia.

testeSniper americano recebe 6 indicações ao Oscar

As adaptações de Como treinar o seu dragão e Garota exemplar também concorrem ao prêmio

A versão de Clint Eastwood para a história real de Chris Kyle, o atirador de elite mais letal da história americana, acaba de receber 6 indicações ao Oscar, incluindo de melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor ator (Bradley Cooper). Em Sniper americano, o próprio Kyle narra suas lembranças de uma década de serviços prestados à Marinha dos Estados Unidos, com diversas incursões ao Iraque e a outras zonas de combate durante a chamada guerra ao terror.

Conhecido como “a Lenda” entre os compatriotas e como “o Diabo” entre os inimigos, Kyle alcançou o recorde de mais de 150 mortes confirmadas pelo Pentágono. Sua trajetória chegou aos cinemas brasileiros em 19 de fevereiro.

As aventuras de Soluço e Banguela, adoráveis personagens da escritora e ilustradora Cressida Cowell, também concorrem na maior premiação do cinema. Depois de faturar o Globo de Ouro, Como treinar o seu dragão 2 foi nomeado para o prêmio de melhor longa de animação.

Pela interpretação de Amy Elliott Dunne em Garota exemplar, Rosamund Pike foi indicada ao Oscar de melhor atriz. Dirigida por David Fincher, a adaptação do thriller de Gillian Flynn tem roteiro da própria autora e é coprotagonizada por Ben Affleck.

Os admiradores de Stephen Hawking também têm bons motivos para celebrar. A teoria de tudo, baseado na vida do renomado físico, recebeu cinco indicações, incluindo de melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor ator, para o já ganhador do Globo de Ouro Eddie Redmayne.

Considerado uma das mentes mais brilhantes do mundo contemporâneo, Hawking é autor de Uma breve história do tempo, um clássico da literatura de divulgação científica que em janeiro volta às livrarias, relançado pela Intrínseca em edição revista e atualizada. Sua trajetória surpreendente também foi narrada na autobiografia Minha breve história.

Leia também: Indicados ao BAFTA 2015

testeNovas imagens de Garota Exemplar

19

A revista Empire e o blog The Playlist revelaram imagens inéditas do filme Garota Exemplar. Além dos protagonistas Amy e Nick Dune, interpretados por Rosamund Pike e Ben Affleck, as imagens mostram Tyler Perry como Tanner Bolt e Neil Patrick Harris como Desi Collins. Há também uma imagem de bastidores em que David Fincher dirige Rosamunde Pike para que ela pareça um cadáver boiando.

Antes de estrear no Brasil em 2 de outubro, o filme será exibido no Festival do Cinema de Nova York em 26 de setembro.

1

3

2

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

 

 

1817

testeEDIÇÃO ESPECIAL DE GAROTA EXEMPLAR

Garota exemplar TIE IN portugues - capa FECHAMENTO.indd

Antes de chegar aos cinemas, Garota exemplar, o livro que consagrou Gillian Flynn como uma das mais aclamadas autoras de suspense da atualidade, retorna às livrarias dia 11 de setembro em edição limitada com capa inspirada no pôster do filme. A superprodução da Twentieth Century Fox é dirigida por David Fincher, com Ben Affleck e Rosamund Pike no papel do casal portagonista. O roteiro é assinado pela própria Gillian Flynn.

Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece da nova casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, Nick parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.

O filme estreia nos cinemas brasileiros dia 2 de outubro. Assista ao trailer:

testeUM TRAILER EXEMPLAR

A música passa o recado:

She may be the beauty or the beast, may be the famine or the feast, may turn each day into a heaven or a hell (…) (Ela pode ser a bela ou a fera, pode ser a fome ou o banquete, pode transformar cada dia em um paraíso ou em um inferno).

E, nesse ritmo, David Fincher apresenta o trailer da adaptação cinematográfica de Garota Exemplar, de Gillian Flynn, que conta a história do desaparecimento de Amy na manhã do quinto aniversário de casamento dela com Nick, o principal suspeito pelo sumiço da esposa. Para quem leu o livro, o preview traz detalhes da narrativa como os que destacamos abaixo.

Gif1

Gif2

Gif3

Gif4

Gif5

Visite também o site do filme: http://goo.gl/3zQ9x0. Garota Exemplar estreia em 3 de outubro nos Estados Unidos.