testeSorteio Instagram – Thrillers Intrínseca [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos thrillers favoritos! 

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Instagram PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Instagram,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 03 de setembro, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

testeSorteio Facebook – Thrillers Intrínseca [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos thrillers favoritos! 

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Facebook PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 03 de setembro, segunda-feira, em nosso perfil no Facebook . Boa sorte!

 

testeSorteio Twitter – Thrillers Intrínseca [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos thrillers favoritos! 

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Twitter PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 03 de setembro, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

teste5 livros com finais surpreendentes

É sempre uma sensação agradável chegar ao final de um bom livro. Mas há leitores que gostam mesmo de histórias com grandes reviravoltas e que os deixam pensando no que aconteceu por dias (ou anos). Pensando nisso, separamos cinco livros que vão surpreender você até a última página:

Garota exemplar: Como não mencionar o livro com um dos finais mais surpreendentes dos últimos anos? A narrativa não linear de Gillian Flynn se alterna entre duas perspectivas opostas e conflitantes, construindo uma atmosfera dúbia, capaz de fazer o leitor mudar de opinião sobre o casamento de Nick e Amy a cada capítulo. Tudo culminando em um final perturbador.

Matéria escura: Um professor de física é raptado e acorda em uma realidade que parece outra versão da sua vida: sua esposa não é sua esposa, seu filho nunca nasceu e, em vez de professor, ele é um gênio da física quântica. Preso em um laboratório, ele precisa descobrir como retornar para a família que tanto ama e para tudo que conhece por realidade. Um thriller de ficção científica irresistível sobre escolhas e caminhos não tomados que o fará questionar o que você seria capaz de fazer para recuperar sua vida.

Pequenas grandes mentiras: Todos sabem, mas os culpados ainda não foram nomeados. Enquanto um misterioso incidente se desdobra nas páginas do livro de Liane Moriarty, acompanhamos três mulheres que aparentemente levam uma vida perfeita em uma cidadezinha da Austrália. Madeline é forte e passional, Celeste é dona de uma beleza estonteante e Jane é tímida e enigmática. Os filhos dessas três mulheres estudam na mesma escola, onde acontece uma misteriosa tragédia que as envolve. Violência doméstica, estupro, bullying e a pressão que as mães sofrem são alguns dos temas abordados na história.

Quem era ela: É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, uma obra-prima da arquitetura em Londres. Jane não consegue resistir aos encantos da casa, mas, pouco depois de se mudar, fica sabendo da morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que antes parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador.

Por trás de seus olhos: Mesmo em uma lista de livros com finais surpreendentes, detalhar qualquer elemento da reviravolta de Por trás de seus olhos é estragar talvez o maior plot twist literário que você ainda não leu. Tudo que podemos falar é que a ideia de um triângulo amoroso nunca mais será a mesma depois desse livro.

testeOs melhores livros do ano, segundo o Goodreads

Todo ano, o Goodreads, uma plataforma digital de catálogo e resenha de livros, realiza o Goodreads Choice Awards, uma votação entre os usuários para premiar os melhores livros do ano. Ao longo de um mês, os leitores podem votar nos seus livros favoritos das 20 categorias disponíveis. No dia 14 de novembro começou a rodada final, e a Intrínseca tem vários títulos na disputa!

E os indicados são:

Na categoria de Melhor Livro Jovem Adulto, Tartarugas até lá embaixo, novo livro de John Green sobre uma adolescente com TOC e sua busca por um bilionário desaparecido; Geekerela, uma releitura de Cinderela para o mundo nerd; e Agora e para sempre, Lara Jean, a conclusão da série Para todos os garotos que já amei. Em Infantojuvenil, Vejo você no espaço, A profecia das sombras, da série As provações de Apolo e O navio dos mortos, da série Magnus Chase e os deuses de Asgard, ambos escritos por Rick Riordan. Em Livros Infantis, aparece Somos todos extraordinários, a versão ilustrada de Extraordinário. Em Fantasia, é a vez Mitologia nórdica, de Neil Gaiman. Quem era ela está concorrendo em Mistério & Thriller, e Projeto Desfazer, de Michael Lewis, em História & Biografia.

E temos uma novidade! No primeiro semestre de 2018, publicaremos Little Fires Everywhere, de Celeste Ng, ainda sem título em português definido, que está concorrendo ao prêmio de Melhor Ficção. A história se passa em bairro pacato em Cleveland, onde Elena Richardson mora.  Mia Warren, artista e mãe solteira, chega ao lugar e muda a dinâmica das relações, ameaçando o status quo do lugar. Elena tentará desvendar os segredos da nova moradora para retomar seu lugar na hierarquia, mas sua obsessão terá um custo.

A votação vai até o dia 27 de novembro, e os vencedores serão anunciados no dia 5 de dezembro. Não se esqueça de votar!

 

testeDo que você seria capaz para viver no lugar perfeito?

Depois de um trauma, Jane decide se mudar. Com um orçamento apertado e em busca de um lugar realmente seguro, ela visita várias casas até encontrar a perfeita: espaçosa, iluminada e barata, mas com regras (bem) estranhas.

 

1 – Faça uma lista de todos os bens que você considera essenciais para a sua vida

 

Projetada por um renomado arquiteto, a casa em Folgate Street, nº 1 é ideal para quem está disposto a deixar o passado para trás. Seguindo regras minimalistas, os moradores devem levar para lá apenas o essencial — a casa já vem totalmente mobiliada.

 

2 – É proibido levar livros

Nada de livros, revistas ou animais de estimação. No armário pequeno, é possível armazenar apenas algumas roupas e sapatos. Em Folgate Street, nº 1 toda a vida do morador deve ser repensada: não é permitido deixar nada sobre as mesas, nenhuma bagunça nem mesmo no quarto.

 

3 – Vigilância 24 horas

Dentro da sua casa, você estabelece as regras. Certo? Errado. As rígidas normas de conduta em Folgate Street, nº 1 são observadas de perto por seu criador, um charmoso (e enigmático) arquiteto. Câmeras de vigilância e sensores especiais são capazes de identificar qualquer deslize — o que leva a punições.

 

4 – Você viveria na cena de um crime?

Encantada com a casa e disposta a tudo para recomeçar a vida, Jane não se importa com todas essas restrições. Até que ela descobre que a antiga moradora da casa teve um final trágico exatamente ali.

 

Em Quem era ela, Folgate Street, nº 1 não é apenas o cenário, mas praticamente personagem de um intricado thriller psicológico que entrelaça a vida de duas mulheres e pergunta: qual preço você estaria disposto a pagar para viver no lugar perfeito?

>> Leia um trecho de Quem era ela

teste11 livros para todo tipo de mãe

Seja empreendedora, romântica ou independente, sugerimos livros para um dia das mães especial! Confira nossa seleção de títulos para 2017!

Mães românticas: Livros de Jojo Moyes

Depois da visita da autora ao Brasil no começo de maio, é impossível não indicar para as mães de todos os tipos os livros de Jojo Moyes. Seja o sucesso Como eu era antes de você e sua sequência Depois de você, ou a coletânea de contos Paris para um, alguma das obras da britânica vai encantar sua mãe.

>> Saiba mais sobre os livros de Jojo Moyes!

 

 

Mães que gostam de listas: Uma pergunta por dia para mães

Toda mãe gosta de acompanhar as transformações pelas quais passa o filho ou a filha ao longo dos anos. Mas e quanto aos momentos simples, que passam despercebidos, sem espaço no álbum? Em Uma pergunta por dia para mães, as pequenas situações do cotidiano são registradas todos os dias ao longo de cinco anos, criando um livro de memórias único.

>> Conheça também Uma pergunta por dia

 

Mães que gostam de ciência: Livros de Stephen Hawking

Para as mães que não gostam de romance e drama, que tal ler sobre os mistérios do universo? O físico Stephen Hawking mostra o lado mais legal da ciência em O universo numa casca de noz, no recente Buracos negros ou no best-seller Uma breve história do tempo.

>> Leia um trecho de Buracos negros

 

Mães que curtem aventuras: série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares

Viagens no tempo, mulheres que se transformam em aves, crianças com dons inusitados e monstros à espreita. Bem-vindo ao lar da srta. Peregrine para crianças peculiares, um fascinante mundo novo pronto para ser descoberto.

>> Saiba mais sobre a série!

 

Mães que… ( ͡° ͜ʖ ͡°): Grey

Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir.

>>Leia um trecho de Grey

 

Mães que gostam de segundas chances: Antes que eu vá

Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no colégio que frequenta. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, acaba sendo seu último dia de vida – mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. Ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha vai tentar desvendar o mistério que envolve a própria morte – e, finalmente, descobrir o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.

>> Conheça a edição especial de Antes que eu vá

 

Mães que gostam de história: O Papa e Mussolini

Desafiando a narrativa histórica convencional que retrata a Igreja Católica como forte opositora do regime fascista, o livro traz uma visão cruelmente verdadeira sobre um capítulo obscuro da história mundial, fartamente documentada, narrada com extrema perícia e reconhecida, em 2015, com o Prêmio Pulitzer de biografia.

>> Leia um trecho do livro

 

Mães que gostam de suspense: Pequenas grandes mentiras

Todos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra nas páginas de Pequenas grandes mentiras, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular. Best-seller do The New York Times, o livro foi adaptado para a TV pela HBO.

>> Saiba mais sobre Big Little Lies!

 

Mães empreendedoras: Sprint

Como inovar? Por onde começar? Como montar uma boa equipe? Que forma terá uma ideia quando for colocada em prática? Sprint serve para equipes de todos os tamanhos, de pequenas startups até os maiores conglomerados, e pode ser aplicado por qualquer um que tenha uma grande oportunidade, problema ou ideia e precise começar a trabalhar já.

>> Leia um trecho

 

Mães que gostam de thrillers: Quem era ela

É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas, pouco depois de se mudar, descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que antes parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador.

>> Leia um trecho

 

Mães independentes: livros de Elena Ferrante

Com narrativas poderosas, a misteriosa escritora italiana Elena Ferrante é uma das principais vozes femininas da atualidade. Em seus livros A filha perdida e Um amor incômodo, a autora explora questões sobre o que é ser mulher na sociedade do mundo moderno.              
>> Conheça os livros da autora

testeMulheres atraídas pela morte

Por Vanessa Corrêa*

Rosamund Pike e Ben Affleck em cena de Garota exemplar

O que você seria capaz de fazer para morar em uma casa perfeita?

Jane estava disposta a fazer uma série de mudanças na vida para se tornar a moradora da casa de número 1 da Folgate Street, em Londres. Ela abriu mão de ter animais de estimação, de deixar a louça do jantar na pia para ser lavada no dia seguinte ou de espalhar suas coisas pela casa. Aceitou se submeter a testes psicológicos e ter seus hábitos e sua saúde monitorados. Confiou em um sofisticado sistema de tecnologia capaz de sugerir o melhor momento para acordar ou a melhor seleção musical para ouvir.

Para Jane, todas as regras valiam a pena, pois em troca lhe foi concedido o privilégio de viver em um lugar considerado um ícone da arquitetura moderna, a tradução máxima do conceito de minimalismo. Ela só não conseguiu ignorar a misteriosa morte da inquilina que ocupou o endereço antes dela.

Desaparecimentos e assassinatos estão no centro da trama da maioria dos best-sellers de suspense, mas é o papel de destaque dado às mulheres na história que mais aproxima Quem era ela, de JP Delaney, de alguns dos sucessos mais recentes do gênero no Brasil. Assim como Rachel, a protagonista de A garota no trem, de Paula Hawkins, Jane decide investigar por conta própria a morte de outra mulher. Ambas têm em comum também o fato de estarem passando por momentos difíceis em suas vidas: enquanto Rachel luta para superar o fim de um relacionamento amoroso e o alcoolismo, Jane se esforça para seguir em frente após dar à luz um bebê morto.

Emily Blunt em A Garota no Trem

O clima intenso de suspense e a sensação de que ninguém é quem parece ser também levaram leitores a comparar o livro de JP Delaney com o best-seller de Gillian Flynn, Garota exemplar. Emma, que divide com Jane o posto de protagonista de Quem era ela, tem muito em comum com Amy, a antiheroína de Flynn. Ambas são capazes de usar a beleza para conseguir o que querem e se envolvem em relacionamentos marcados pela obsessão.

Com personagens femininos tão complexos, era de se esperar que Quem era ela tivesse sido escrito por uma mulher, como é o caso de Garota exemplar e A garota no trem. Mas, na verdade, a história surgiu da imaginação do autor britânico Tony Strong, que em entrevista ao jornal The New York Times declarou se sentir “realmente agradecido” que muitos leitores — incluindo esta jornalista — acreditaram, pelo modo como a história foi escrita pela perspectiva de duas mulheres, que se tratava da obra de uma autora.

Tramas cheias de reviravoltas com personagens que fazem o leitor desconfiar de suas intenções a cada momento são ideais para serem levadas às telas de cinema. Dirigido por David Fincher, Garota Exemplar arrecadou quase US$ 370 milhões e rendeu à protagonista Rosamund Pike uma indicação ao Oscar de melhor atriz em 2015. A Garota No Trem, que foi dirigido por Tate Taylor e estrelado por Emily Blunt, não recebeu os mesmos elogios da crítica cinematográfica, mas também teve bom desempenho nas bilheterias.

Os direitos de Quem era ela foram comprados pelo estúdio Universal e o filme baseado no thriller de JP Delaney deve ser dirigido por Ron Howard, conhecido por sucessos como Uma Mente Brilhante e O Código Da Vinci. Ainda não se sabe o elenco, mas uma coisa é certa: os ambientes minimalistas da casa número 1 da Folgate Street terão tanto destaque quanto os personagens da história.

 

Vanessa Corrêa é jornalista, já trabalhou na Folha de S.Paulo e no portal UOL e é apaixonada por livros, cinema e fotografia.

testeAntes e agora: os mistérios de Quem era ela

No thriller Quem era ela, Emma e Jane queriam uma nova vida e viram na mudança para uma casa inusitada em Londres a possibilidade de tê-la. Elas se depararam com inúmeros segredos por trás daquelas paredes e viveram situações ameaçadoras até desvendarem todos os mistérios escondidos ali.

Carol e Nina são duas meninas de setores diferentes da Intrínseca que trabalharam no livro. Elas se uniram para dividir suas experiências e comentar sobre os processos de antes e depois da publicação dessa obra.

 

ANTES: NINA
Oi, gente! Eu sou a Nina, trabalho no departamento editorial da Intrínseca e adoro ler romances e thrillers. Quanto mais amor e mistério melhor! E fui a pessoa responsável por cuidar da preparação do texto do mais novo thriller da editora: Quem era ela.

AGORA: CAROL
Oi! Sou a Carol, trabalho no marketing e, assim como a Nina, adoro thrillers! Eu participei da elaboração da campanha de divulgação do livro, depois que ele já estava quase pronto para ser distribuído nas livrarias.

Kit de divulgação. [Foto: Leitora Compulsiva]

ANTES: NINA
Eu lembro que, quando recebemos a informação da compra do livro pela Intrínseca, o pessoal do setor de aquisições estava muito animado. Mas eu não me convenço assim tão fácil! Quando comecei a trabalhar no texto traduzido, fui com pouca expectativa, mas, ó: se me pedissem para recomendar um único livro de suspense para alguém, com certeza seria esse! A história é tão surpreendente e bem construída, que é preciso ler de cabo a rabo. Não seja o apressadinho que pula algumas páginas aparentemente pouco importantes: há revelações em cada parte do livro, inclusive no prefácio e nos agradecimentos. #ficaadica

AGORA: CAROL
Verdade! Depois que o livro é traduzido, revisado e entra na programação de lançamento, nós, do marketing, sempre fazemos uma reunião mensal para decidir quem ficará responsável por cada campanha. Quando li a sinopse e vi o booktrailer de Quem era ela, logo pedi para ler e participar. A história me intrigou muito! Conforme ia avançando na leitura, fiquei encantada com a criação e o desenvolvimento das duas personagens principais, Emma e Jane.

ANTES: NINA
E o que mais me encantou na história foi a duplicidade dessas mulheres. Duas personagens com personalidade e estilo de vida tão diferentes que acabam enfrentando os mesmos fatos inusitados no mesmo lugar: a casa minimalista e cercada de mistério de um arquiteto renomado em Londres. Jane, a atual moradora, precisa correr contra o tempo para descobrir a verdade sobre o destino trágico de Emma, a antiga residente, antes que tenha um desfecho similar. É preciso montar as peças de um grande enigma para saber quem era ela e ter a chance de escapar.

AGORA: CAROL
Nina só se esqueceu de dizer que o arquiteto e proprietário da casa, Edward, parece bastante com um personagem que ela adora, né?! (Christian Grey, gente!)

Ele é controlador e, além de fazer os candidatos a inquilino preencherem uma ficha com um monte de perguntas bizarras, os moradores que passassem pela avaliação dele teriam que abdicar de inúmeros objetos, como livros, móveis e todo tipo de decoração para viver a experiência de morar naquela casa da Folgate Street.

ANTES: NINA
Menina, é aí que mora o charme da história. Imagina colocar alguém parecido com Christian Grey numa casa misteriosa com mulheres cheias de segredos? Melhor ideia de todas! Só lendo para descobrir o que pode acontecer.

Além disso, nossa edição está linda, quebramos muito a cabeça para pensar no melhor título para esse livro, a Carol e a equipe do marketing criaram uma campanha incrível e agora estou doida para saber a opinião dos leitores!

AGORA: CAROL
Nós queríamos tanto aguçar a curiosidade de vocês, que criamos um questionário, bem semelhante ao do livro, com perguntas para verificar se os leitores estavam aptos a encarar nosso novo thriller. Todo mundo ficou enlouquecido e deu super certo! Depois que divulgamos a resposta de “Que livro é esse?!”, a recepção foi LINDA nas redes sociais e com nossos blogueiros! <3 Também, né? Como não amar e se envolver com Quem era ela?

Agora resta só saber a opinião de vocês. Contem pra gente! Eu e Nina vamos amar saber.

Beijos e até a próxima!

>> Conheça o nº1 da Folgate Street

testeVocê está apto a ler nosso novo thriller. Agora começa o mistério.

 

Após passar em nossa criteriosa seleção, você está pronto para saber Quem era ela.

O thriller de JP Delaney entrelaça as histórias de Jane e Emma, duas mulheres que, em momentos diferentes, buscam reconstruir suas vidas no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista. No entanto, essa não é uma casa comum.

 

 

Após o sorteio, confira a lista com os dez primeiros visitantes autorizados a conhecer essa história:

Camila Heringer Amorim
Jeferson Viegas Rodrigues
Sybele Macedo
Thabata De Castro Trigueiro
Pedro Henrique Lima da Silva
Mariana Coradassi
Karina Oliveira Guerhart
Greyce de Lima Mendonça
Ingrid Ribeiro dos Santos
Valdirene Gomes da Silva Anjos

Pedimos aos vencedores que enviem e-mail (da conta que cadastraram no formulário) com o assunto “Quem era ela” para promocoes@intrinseca.com.br.

Quem era ela chega às livrarias a partir de sexta-feira, dia 10 de março, e mantemos a pergunta: você moraria em Folgate Street, nº1?