testeForbes elege E L James uma das celebridades mais poderosas do mundo

Com mais de 70 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a trilogia Cinquenta tons de cinza rendeu mais um título a sua autora. A escritora britânica E L James, que já havia sido eleita em 2012 uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela Revista Time e a personalidade editorial do ano pela Publishers Weekly, acaba de entrar para a lista das 100 celebridades mais poderosas de 2013 da revista Forbes.

No Brasil, os romances de E L James superaram a marca de 3,8 milhões de exemplares comercializados em menos de um ano. Um desempenho inédito que impulsionou uma avalanche no mercado de títulos inspirados em Cinquenta tons de cinza e impactos culturais imensuráveis.

O intenso relacionamento dos personagens Christian Grey e Anastasia Steele chegará aos cinemas em 1º de agosto de 2014. A direção do filme ficará ao cargo da fotógrafa e artista plástica Sam Taylor-Johnson (O Garoto de Liverpool). A produção é de Michael de Luca e Dana Brunetti, a dupla responsável pelo premiado A Rede Social, e o roteiro é assinado por Kelly Marcel (Saving Mr. Banks). 

testeOS 12 MAIS DE 2012: RETROSPECTIVA DO BLOG DA INTRÍNSECA

Publishers Weekly elege E L James como a personalidade editorial do ano — Como uma dona de casa modificou drasticamente o mercado editorial global

Mixtape para Bennie Salazar — As canções que Jennifer Egan escolheu para um dos personagens centrais de A visita cruel do tempo

John Green: o autor 3.0
— O festejado autor de A culpa é das estrelas também esbanja talento nas redes sociais

O preço da street art, por Banksy — Uma ácida reflexão sobre arte contemporânea, fama e a mercantilização do grafite

A sombria fábrica de Seth Grahame-Smith e Tim Burton — Os projetos de dois artistas obcecados por histórias de terror

O beijo do Führer — O encontro romântico entre a filha do diplomata norte-americano e Hitler

A intraduzível visita do tempo — O duro desafio linguístico que Jennifer Egan reservou aos tradutores de sua obra-prima

Queremos música no Fantástico! — Com a Trilogia Cinquenta tons de cinza no topo da lista de mais vendidos, a equipe da Intrínseca compõe uma playlist de tirar o fôlego

Montagem da Casa Intrínseca na Flip 2012 — Os bastidores da decoração da charmosa casa da Intrínseca na Festa Literária Internacional de Paraty

Como ter um bilhão de amigos — A trajetória do Facebook e a criação de um mito em duas leituras indispensáveis

Marketing se aprende na estrada — 5 fins de semana, mais de 30 horas de viagem, 27 horas de eventos, 25 tipos de brindes e quase 1.000 pessoas: os bastidores da 1° Turnê Intrínseca

A parisiense está de volta — As dicas do ícone da elegância francesa nunca saem de moda

Confira os 12 mais de 2012 do Blog das Séries

testeCinquenta tons de cinza vende 13 livros por minuto no Brasil

O furacão Cinquenta tons de cinza, fenômeno editorial global com a vendagem mais rápida da história, repete seu desempenho inédito no mercado brasileiro. Em menos de quatro meses, os livros que compõem a trilogia adulta escrita pela britânica E L James ocupam as três primeiras posições em todas as listas de mais vendidos e somam 2.370.000 exemplares comercializados, ou seja, a cada minuto 13 livros são vendidos no Brasil.

Cinquenta tons de cinza, primeiro volume que dá nome à série, foi lançado em 24 de julho e registra 1.130.000 exemplares vendidos; publicada em 12 de setembro, a sequência Cinquenta tons mais escuros já alcançou a marca de 700.000 cópias comercializadas; e o desfecho Cinquenta tons de liberdade totaliza 540.000 unidades vendidas desde 8 de novembro.

Responsável por sucessivos recordes, a série, que já tem mais de 67 milhões de livros comercializados em 47 países, também acumula a marca de maior número de vendas de e-books no Brasil: desde seu lançamento, que foi simultâneo à versão impressa, a trilogia já contabiliza 53 mil livros digitais vendidos.

Eleita uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time, E L James recebeu o honroso título de personalidade editorial do ano pela Publishers Weekly — é a primeira vez que um autor é escolhido. Sua estreia na literatura acaba de vencer o The National Book Awards na categoria melhor ficção popular e o Goodreads Choice Awards 2012.

Leia também:

Box da trilogia Cinquenta tons de cinza está à venda
A Intrínseca entre os melhores do ano
Livros da Intrínseca já estão à venda  na Amazon  e no Google Play

testeThe National Book Awards: Cinquenta tons de cinza é eleita a melhor ficção popular do ano

Mais um prêmio para E L James: Cinquenta tons de cinza foi eleita a melhor ficção popular do ano pela National Book Foundation, que prestigia o melhor da indústria editorial britânica. Entre as obras finalistas da categoria, duas serão lançadas em 2013 pela Intrínseca, The Thread, de Victoria Hislop — autora dos já publicados A ilha e O retorno —, e Me Before You, de Jojo Moyes — autora de A última carta de amor.

Na semana passada, E L James recebeu o título de personalidade editorial do ano pela Publishers Weekly — é a primeira vez que um autor é escolhido.

Leia também: a Intrínseca entre os melhores do ano

Vencedores do Goodreads Choice Awards 2012: A culpa das estrelas, A marca de Atena, Cinquenta tons de liberdade e Gone Girl

John Green é o autor do ano segundo a EW.com

A culpa das estrelas, de John Green, foi escolhido o melhor livro de ficção de 2012 pela Revista Time

A Intrínseca nos melhores da Amazon  de 2012: A culpa é das estrelas,  A sombra da serpente, The Signal and the Noise, Gone Girl, How Children Succeed: Grit, Curiosity, and the Hidden Power of Character, Days of Blood & Starlight

testePublishers Weekly elege E L James como a personalidade editorial do ano

Foto: Michael Lionstar

Em menos de um ano, a dona de casa inglesa Erika Leonard derrubou todos os recordes e modificou drasticamente o panorama do mercado editorial global. Publicado em abril, nos Estados Unidos, o furacão Cinquenta tons de cinza se firmou como o título com a vendagem mais rápida da história: já são mais de 65 milhões de exemplares em 47 países. No Brasil, os livros que compõem a trilogia ocupam as três primeira posições das listas de mais vendidos e se aproximam da marca de 2 milhões de exemplares comercializados em apenas 4 meses.

Eleita uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time, E L James recebe agora o título de personalidade editorial do ano pela Publishers Weekly. O desempenho inédito impulsionou uma avalanche no mercado de títulos inspirados em Cinquenta tons de cinza e impactos culturais imensuráveis. A partir de sua obra, milhares de leitores refletiram sobre a sexualidade feminina, reexaminaram e derrubaram tabus. O nome do ano não poderia ser outro.

Leia também:
Box da trilogia Cinquenta tons de cinza entra em pré-venda
Queremos música no Fantástico! 
Cinquenta tons de cinza: o filme — roteirista escolhida
Apostas para Cinquenta tons de cinza: o filme 
Cinquenta tons de humor
A trilha sonora de Cinquenta tons de cinza