testeLivros para comemorar 1 ano de Papo Nerd no Estoque!

lista-papo-nerd-amazon-1

O Papo Nerd no estoque está completando um ano hoje! Em 2016, nosso programa de terças no Snapchat (ed.intrinseca) falou sobre os temas mais diversos do universo Geek em 2016, culminando na nossa transmissão ao vivo direto da Comic Con Experience, em São Paulo – que você pode assistir na íntegra em nosso youtube.

E, como um episódio especial de fim de ano da sua série favorita, separamos 5 livros em parceria com a Amazon que terão 30% de desconto por 24 horas! Para aproveitar este presente, é só assistir ao programa desta terça-feira, 13 de dezembro, em nosso Snap e clicar neste link. Os livros com desconto são:

 

O código Bro + Playbook

barney

Livros originados da série de TV How I Met Your Mother, O código Bro e Playbook: O manual da conquista são duas das inúmeras maluquices criadas por Barney Stinson (Neil Patrick Harris), personagem da série.

O código Bro é a compliação do código de conduta dos Bros, com regras simples como “Um Bro não permite que outro se case antes dos 30” (Artigo 32), regras para performances em pista de dança e afins, “Um Bro nunca dança com as mãos acima da cabeça” (Artigo 15), até dicas de moda, “A menos que tenha filhos, um Bro nunca deve usar o celular preso no cinto” (Artigo 26).

Playbook: O manual da conquista traz desde técnicas de sedução para conquistar qualquer pessoa – desde que ela não se incomode com um pouco de insanidade aos moldes de seu autor. Indicado tanto aos iniciantes quanto aos mais experientes, o livro também é para aqueles que só querem tentar táticas absurdas na arte de conquistar alguém.

 

O oceano no fim do caminho

oceano

Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem.  Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa.

Livro surpreendente de Neil Gaiman, O oceano no fim do caminho demonstra um raro entendimento daquilo que nos torna humanos, e mostra o poder que as histórias têm de revelar e, ao mesmo tempo, de nos proteger dos perigos dentro e fora de nós. É uma fábula emocionante, assustadora e melancólica. Um convite a repensar a escuridão que espreita as memórias da infância.

 

Lugar Nenhum

lugar-nenhum

Richard Mayhew é um homem simples de coração bom que tem a sua pacata vida transformada quando ajuda uma jovem que encontra ferida numa calçada. De um dia para o outro, Richard se torna invisível na Londres que sempre conheceu: não tem mais trabalho, não tem mais noiva, não tem mais casa. Para recuperar sua vida, ele se embrenha em um mundo que nunca sonhou existir, uma cidade que se abre nos esgotos e nos túneis subterrâneos: a chamada Londres de Baixo, habitada por criaturas, monstros e lendas.

 

Deuses americanos

american-gods

Uma mistura de road trip, fantasia e mistério, Deuses americanos mostra a road trip de um ex-detento, Shadow Moon, e seu misterioso empregador, que atravessam os Estados Unidos reunindo um estranho grupo de pessoas para uma guerra que está por vir. O que Shadow logo descobre é que o conflito será entre divindades antigas — como Odin e Anansi — e novos deuses, como Mídia e Tecnologia.

Clássico de Neil Gaiman, Deuses americanos será adaptado para a televisão em 2017.

Se você ainda não conhece nosso Snapchat, basta usar o aplicativo para escanear o código abaixo e aproveitar a semana especial em parceria com a Amazon.

img_0734

testeHistórias reais que mais parecem ficção

pnne lista 1 g

Nem sempre histórias incríveis são focadas em contos fantásticos, mistérios imaginários ou ficção científica. Separamos quatro livros impressionantes que mostram como, às vezes, a realidade cria histórias tão impressionantes quanto a ficção.

Deixado para morrer

untitledParecia que tudo correria normalmente para um grupo de alpinistas que planejava subir ao topo do Evereste em maio de 1996. Até que uma tempestade inesperada atingiu a montanha mais alta do mundo.

O grupo foi atingido diretamente, e seus integrantes se separaram ao longo do caminho. Assim que a equipe de resgate chegou, uma escolha impossível foi feita: alguns alpinistas simplesmente não poderiam ser resgatados, devido a sua localização e sua condição física após a tempestade.

Beck Weathers foi um dos que foi dado como morto após o resgate, mas doze horas depois, cego, sem luvas e coberto de gelo, ele surgiu caminhando na direção do acampamento. Como ele sobreviveu? Você terá de ler para saber.

A história de Beck foi uma das que inspirou o filme Evereste, estrelado por Jake Gyllenhaal, Keira Knightley e Josh Brolin.

Além do relato assustador de Beck, é interessante ver quão fiel à realidade é a descrição da escalada. Ideal para aqueles que se interessam pelo assunto, e pelo que acontece quando tudo dá errado.

A última viagem do Lusitânia

lusitaniagrndeEm maio de 1915, o transatlântico Lusitânia saiu de Nova York com destino a Liverpool, na Inglaterra, levando um número recorde de crianças e bebês a bordo. Apesar da tranquilidade da tripulação e dos passageiros, a Europa entrava no décimo mês da Primeira Guerra Mundial, e uma viagem daquele tipo era obviamente um risco.

O que o capitão do navio não esperava é que a rota do Lusitânia encontraria a do submarino alemão Unterseeboot-20 e do serviço secreto britânico, ficando no centro de um dos maiores desastres navais já documentados.

Apesar de ser um dos maiores naufrágios da história, a história do Lusitânia era desconhecida do grande público até ser recontada por Erik Larson – autor de No Jardim das feras e de O demônio na Cidade Branca –, que recorreu a documentos oficiais, recortes de jornal, diários e obras escritas pelos sobreviventes para escrever sobre a tragédia.

É isso que eu faço

Lynsey Addariograndeitswhatido era uma fotojornalista que tentava se estabelecer profissionalmente quando os atentados de 11 de Setembro mudaram o mundo. Por ter alguma experiência no Afeganistão, ela foi chamada para voltar ao Oriente Médio e cobrir a invasão americana ao país.

Essa foi apenas a primeira de muitas vezes que Lynsey abdicou do conforto de sua vida para relatar as crueldades da guerra.

Em É isso que eu faço ela retrata os afegãos antes e depois do estabelecimento do regime talibã, a destruição e revolta no Iraque e expõe a cultura de violência contra a mulher no Congo

Além disso, relata a ocasião do próprio sequestro durante a guerra civil na Líbia, que ganhou destaque na mídia internacional.

O livro teve os direitos vendidos para o cinema, e o filme será produzido por Steven Spielberg.

No reino de gelo

CAPA_NoReinoDoGelo_GNo século XIX, o mundo era um pouco mais misterioso do que atualmente. Uma das grandes questões era sobre o que poderia existir no Pólo Norte.

Enquanto as teorias variavam entre civilizações perdidas, continentes inteiros e um imenso bloco de gelo deserto (o que obviamente é a resposta mais sem graça e a verdade) algumas pessoas acreditavam que de alguma forma o ponto extremo do planeta seria na verdade um oceano quente e navegável.

Para colocar tais teorias à prova, diversos exploradores rumaram ao Norte. E, como o padrão da lista, as coisas não foram muito positivas.

No reino do gelo mostra todo o processo da exploração liderada por George Washington De Long, desde a escolha do navio perfeito – o USS Jeannette – à luta pela sobrevivência da tripulação.