testeSorteio Instagram – Adaptações Intrínseca [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de nossos livros que se tornaram adaptações para a televisão e cinema!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Instagram PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Instagram, você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 30 de julho, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

testeSorteio Twitter – Adaptações Intrínseca [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de nossos livros que se tornaram adaptações para a televisão e cinema!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Twitter PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter, você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 30 de julho, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

teste10 curiosidades sobre O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares

saidadegraficainstagramLeitores, a espera está acabando! O primeiro livro da série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares chega às livrarias a partir de 12 de novembro. Para sua estante ficar completa e perfeita, nossa edição é tão caprichada quanto Cidade dos etéreos e Biblioteca de Almas, com capa dura, sobrecapa e páginas em duas cores.

A história começa com Jacob Portman, um garoto de 16 anos, enfrentando a misteriosa morte do avô e indo em busca de respostas. Para isso, ele segue pistas que o levam a um casarão abandonado numa remota ilha do País de Gales. O local abrigava crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine.

Confira dez curiosidades sobre a primeira série toda em capa dura da Intrínseca:

1 – Coincidências macabras: uma das fotos mostra uma mulher que é igualzinha à nossa editora! E tem também a foto de uma menina idêntica a uma das revisoras quando criança — ela própria se identificou quando estava trabalhando no livro (“Sou eu!”). Bizarro, não?

scary-santa-alt2 – Foram quatro meses para traduzir do inglês e mais dois de leitura interna, diagramação e revisão, além de adaptação da capa.

3 – Como a nossa edição é em capa dura, tivemos mais etapas de produção do que um livro comum, em brochura.

4 – Em vez de apenas dois tipos de papel, que é o mais comum, O lar da srta. Peregrine precisa de quatro papéis diferentes: um para a sobrecapa, outro para o revestimento da capa dura (aquele vermelho lindo!), outro para a guarda (aquele mais durinho no verso da capa) e mais um para as 352 páginas do miolo.

livrospeculiar

5 –  O material da capa dura também é diferente do usado numa capa de brochura: além de todos os papeis citados acima, utilizamos também o papelão revestido com um papel couchê como base.

pantone

6 – Todos os livros da série, incluindo o extra, Contos peculiares, foram impressos com cores especiais.

peculiaresfoto

7 – As fotografias internas tiveram tratamento especial, incluindo pequenos ajustes nas molduras e o trabalho de um artista gráfico para adaptar para o português as cartas manuscritas e as anotações dos personagens nas fotos.

miolo

8 – O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares, Biblioteca de Almas e Contos peculiares foram todos produzidos em nove meses, praticamente ao mesmo tempo (haja fôlego!), cada um em uma etapa diferente. Dos tradutores aos produtores gráficos, foram, no total, cerca de 50 pessoas trabalhando diretamente na série.

9 – Adaptar piadas é uma das partes mais difíceis do texto. Uma delas só foi resolvida no último minuto: a pousada Priest Hole [buraco do padre], que Jacob ouve errado e pensa ser Piss Hole [buraco do mijo], virou Abrigo do Padre, para ser confundida com Umbigo do Padre.

10 – Um dos nossos colaboradores externos participou da produção dos três livros da série, mas em cada um fez um trabalho diferente: revisão, preparação de texto e conferência da prova final. Que versatilidade!

testeAs marcas de Tim Burton em O lar das crianças peculiares

As fotos estranhas e misteriosas que compõem a narrativa de O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares já seriam suficientes para inspirar Tim Burton. Mas o diretor, conhecido pela estética dark de seus filmes, foi além para tentar chegar mais perto do universo criado por Ransom Riggs.

“Eu gosto de como Riggs criou a história. Me lembra um conto de fadas antigo”, disse ele  em entrevista ao The New York Times. Para a produção do longa, Burton usou seu talento de ilustrador para esboçar adereços dos personagens. Na hora da criação dos peculiares, por exemplo, deixou a criatividade falar mais alto e imaginou elementos que caracterizassem Hugo, o menino que solta abelhas pela boca.

abelhas

Já para conceber os etéreos, monstros cadavéricos e ressequidos, Burton pensou em tentáculos na boca e roupas especiais. Os traços dos esboços feitos pelo diretor remetem a características já apresentadas em filmes como O Estranho Mundo de Jack e A Noiva Cadáver.

etereos

O Lar das Crianças Peculiares teve o roteiro adaptado por Jane Goldman, de X-Men e Kick-Ass, e conta com Eva Green, Asa Butterfield, Allison Janney, Terence Stamp, Rupert Everett, Judi Dench e Samuel L. Jackson no elenco. O filme estreia amanhã, dia 29, nos cinemas brasileiros.

>>Conheça os livros já publicados de Ransom Riggs:

hollowcity

bibliotecalmasperegrine

peculiaresfoto

testeLançamentos de setembro

Destaques_ContosPeculiares_facebook

Confira as sinopses e trechos dos livros que publicaremos neste mês:

Contos peculiares, de Ransom Riggs: As histórias que as crianças peculiares escutavam da srta. Peregrine, as pistas para a localização das fendas temporais, o livro dentro dos livros. Contos peculiares, coletânea de contos citada ao longo da série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares, é ao mesmo tempo um delicioso complemento e uma porta de entrada para o rico universo criado por Ransom Riggs. [Leia +]

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas3

Nada mais a perder, de Jojo Moyes: Sarah é uma menina de quatorze anos que foi criada pelo avô Henri Lachapelle, um ex-cavaleiro da elite do hipismo francês. Sem nunca abandonar o amor pela antiga carreira, Henri ensina a neta a montar, na esperança de que o talento da dupla seja o passaporte para uma vida melhor. Até que Henri sofre um derrame cerebral e Sarah se vê entregue à própria sorte, lutando para sobreviver.

Publicado no exterior em 2009, o livro chega às livrarias brasileiras a partir de 23 de setembro.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas7

Diário de um ladrão de oxigênio, Anônimo: O livro reúne as memórias de um homem paranoico, dependente de álcool, drogas e que abusa emocionalmente das suas parceiras até que um dia leva o troco. Com um texto direto, engraçado e extremamente realista, o narrador anônimo que divaga sobre a própria tragédia em busca de expiação fala na verdade de qualquer um de nós, de tudo o que fazemos e a que nos sujeitamos para suprir vazios que nem mesmo entendemos. Quem já que viveu um relacionamento conhece pelo menos um lado desse jogo.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas8

Legado, de Hugh Howey: No último volume da série Silo, as escolhas de Donald e Juliette podem mudar o mundo… ou extingui-lo de vez. Em Legado, Juliette se torna prefeita do Silo 18, que está se recuperando de uma rebelião. Seu governo encontra grande resistência por causa da controversa escavação para resgatar os supostos sobreviventes do Silo 17, uma empreitada vista com desconfiança que está espalhando o medo entre os moradores do Silo 18. Como se isso não fosse um desafio grande o bastante, Juliette também recebe transmissões de Donald, a voz que alega ser líder do Silo 1 e está disposta a ajudar — mas é capaz de fazer ameaças horríveis.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas6

grana, de Cynthia D’Aprix Sweeney: Leo Plumb estava bêbado e drogado quando sofreu um acidente e precisou usar o dinheiro de uma conta da família, um dinheiro sagrado: o pé-de-meia que garantiria o futuro dos irmãos Plumb.

Ansiosos para receberem sua parte, os quatro marcam um encontro para deliberar quando e como o dinheiro será restituído. Reunidos novamente, como nunca estiveram, os irmãos terão que superar antigos ressentimentos e as escolhas erradas que fizeram na vida. Uma análise inteligente e afetuosa de como a expectativa desempenha um papel central em nossas vidas, A grana tem o ingrediente mais explosivo de qualquer boa briga de família: dinheiro.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_PáginasInternas

 O paradoxo do chimpanzé, de Prof. Steve Peters: Por que tantas vezes sentimos que estamos nos sabotando, agimos de forma irracional ou nos deixamos levar pela emoção? E por que, em geral, quando isso acontece, a sensação é de que não estamos no controle do nosso cérebro? A resposta é: porque de fato não estamos. Neste livro, o psiquiatra, consultor e professor Steve Peters apresenta um programa de gerenciamento mental que nos permite entender e administrar nosso cérebro emocional, de modo a tirar proveito de sua força quando ele trabalha o nosso favor e a neutralizá-lo quando ele parece nos atrapalhar.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas2

Fãs do impossível, de Kate Scelsa: Mira, Sebby e Jeremy são três amigos em meio aos complexos conflitos da adolescência. Mesmo sentindo-se despedaçados, sem motivos para serem amados e tentando não sucumbir à solidão, eles lutam pela vida, cada um à sua maneira. Mira está começando em uma escola nova, depois de passar um tempo no hospital. Sebby é um garoto brincalhão que leva a vida com boas doses de mentira e bom humor, até que seu lado mais destrutivo vem à tona. Jeremy está retornando à antiga escola, depois de um tempo afastado por causa de um incidente traumático que arruinou seu ano letivo.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas5

Nimona, de Noelle Stevenson: Protagonizada pela anti-heroína mais surpreendente, Nimona é uma graphic novel fora dos padrões. Uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas Nimona não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.

EstanteIntrinseca_Agosto16_BLOG_Pa¦üginasInternas9

testeBiblioteca de Almas em pré-venda

CapaWide_BibliotecaDeAlmas_600x450

Os leitores mais ansiosos já podem adquirir Biblioteca de Almas, terceiro volume da série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. O título chega às livrarias a partir de 19 de agosto e já está em pré-venda nas principais lojas.

Na continuação da história, Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes das mãos dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas.

Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas.

“Esse é o maior dos três livros, com mais personagens, uma construção mais detalhada do mundo peculiar e mais ação que os volumes anteriores”, contou o autor, Ransom Riggs, em entrevista para a Entertainment Weekly.

Em setembro, a Intrínseca publica também Contos peculiares, coleção inédita de histórias independentes relacionadas à série. A adaptação para o cinema do primeiro livro da trilogia estreia no mesmo mês.

Leia um trecho:

“O monstro estava parado a menos de uma língua de distância, os olhos fixos no nosso pescoço, o cérebro enrugado repleto de fantasias de assassinato. Sua fome por nós carregava o ar. Os etéreos nascem ávidos por almas de peculiares, e lá estávamos nós, parados diante dele como um bufê: Addison, que dava para devorar em uma só mordida, exalava firmeza junto aos meus pés, o rabo em posição de atenção, enquanto Emma estava apoiada em mim, ainda tão atordoada pelo impacto que não conseguiria produzir mais que uma chama de fósforo. Nós dois apoiávamos as costas na cabine telefônica. Olhando em volta do nosso círculo sinistro, a estação de metrô parecia uma boate que sofreu um atentado a bomba. Fantasmagóricas nuvens de vapor saíam apitando de canos estourados. Monitores quebrados pendiam do teto com partes quebradas. Um mar de vidro estilhaçado se estendia até os trilhos, refletindo o estroboscópio histérico das luzes de emergência vermelhas como uma gigantesca bola de espelhos. Estávamos cercados: de um lado, uma parede; do outro, vidro até os tornozelos. E a dois passos de uma criatura cujo único instinto natural era nos desmembrar — mas que não fez nenhum movimento para se aproximar mais. Parecia presa ao chão, balançando no lugar como um bêbado ou um sonâmbulo, a cabeça assassina meio caída, as línguas formando um ninho de cobras que eu fizera adormecer com um feitiço.

Eu. Eu tinha feito aquilo. Jacob Portman, um garoto insignificante de Lugar Nenhum, Flórida. Ele não ia nos matar naquele momento, aquele horror feito de uma compilação de trevas e pesadelos extraídos de crianças adormecidas, porque eu lhe pedira. Mandei, em termos bem claros, tirar a língua do meu pescoço. Para trás, ordenei. Parado, falei, em uma língua feita de sons que eu não sabia que uma boca humana era capaz de articular, e, milagrosamente, foi o que ele fez, os olhos me desafiando enquanto o corpo obedecia. De algum modo, eu havia domado o pesadelo, lançado um feitiço sobre ele.”