testeDicas de livros para presentear no Natal

c56832ec49ec64bdf5a69ac1101390da

Qualquer leitor apaixonado concorda que livros são um dos melhores presentes de Natal. Para ajudar aqueles que resolvem tudo em cima da hora, preparamos uma lista com dicas de presentes para diferentes gostos e idades.

Confira a lista:

Para os que gostam de histórias emocionantes sobre amizade:

Extraordinário: O livro conta a história de Auggie Pullman, um garoto que tem uma deformidade facial e que vai frequentar escola pela primeira vez. Com momentos ora comoventes, ora descontraídos, a obra retrata o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos à sua volta, desde a família, os amigos e até a comunidade.

familia_extraordinario

Para o presente ficar ainda mais completo, sugerimos também Diário extraordinário, um lindo caderno ilustrado que traz frases inspiradoras de pessoas célebres e de personagens de Extraordinário

O livro está sendo adaptado para os cinemas e terá Julia Roberts, Jacob Tremblay, Owen Wilson e Sonia Braga no elenco.

Para os que curtem biografia:

livro_natal

 Enquanto houver champanhe, há esperança: Escrito pelo jornalista Joaquim Ferreira dos Santos, o livro narra a vida do jornalista Zózimo Barrozo do Amaral, que trabalhou entre 1969 e 1997 nos dois principais jornais cariocas da época, Jornal do Brasil e O Globo, e mudou a forma de fazer colunismo social, usando notas curtas e incluindo a política, entre outros temas, como conteúdo.

Para os românticos:

Os românticos têm o que comemorar: esse ano só deu Jojo Moyes! Acompanhamos a estreia da adaptação de Como eu era antes de você nos cinemas e publicamos mais cinco livros da autora. O som do amor, o mais recente, acompanha o casal Matt e Laura McCarthy, que estão obcecados em herdar a Casa Espanhola – uma construção malcuidada e quase em ruínas, propriedade do Sr. Pottisworth. Entretanto, quem acaba herdando a casa é uma parente distante, Isabel Delancey.

somdoamor_red

Primeiro violino na Orquestra Sinfônica de Londres, Isabel tinha uma vida tranquila com seus dois filhos e o marido, mas tudo virou de cabeça para baixo quando ele morreu em um acidente de carro e deixou uma grande dívida. Sua única oportunidade de recomeço é fincar moradia na Casa Espanhola — algo que o casal McCarthy vai tentar impedir a qualquer custo.

Para os que vivem enrolados com algum relacionamento:

naoseenrola_4_quad

Não se enrola, não: Na sequência de Não se iluda, não, Isabela dá os primeiros passos na vida adulta, muda-se para São Paulo, consegue um emprego e começa um relacionamento sem nome definido com Pedro Miller. 

Para os que curtem thrillers:

a_quimica_

Depois de seis anos sem lançar nenhum livro inédito, A química marca o retorno de Stephenie Meyer. A obra conta a história de uma ex-agente especial do governo que vive fugindo de seus antigos empregadores e agora precisa aceitar um novo trabalho para limpar seu nome e salvar a própria vida.

Para os que gostam de HQ:

1234

Nimona é uma graphic novel divertida e fora dos padrões. É protagonizada pela anti-heroína mais surpreendente, uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu.

Para os que adoram registrar memórias:

fullsizerender-7

Uma pergunta por dia: Um ótimo presente para fim de ano!  Lindo, para ficar do lado da cabeceira da cama ou destacado na estante! Em cada página há espaço para cinco respostas, uma por ano, ao longo de cinco anos. Com o passar do tempo, quando voltar a um dia já anotado, o dono do diário poderá encontrar seus pensamentos anteriores, num exercício divertido e construtivo de recordar e refletir.

Para os que gostam de vinho:

1img_7952

O guia essencial do vinho: Wine Folly é um ótimo presente para os amantes da bebida ou para aqueles que querem conhecer melhor o universo do vinho. O livro reúne explicações claras e acessíveis sobre os diferentes tipos de uva, harmonização e muito mais!

Para os que curtem ficção científica:

ted-chiang-natal

História da sua vida e outros contos: A coletânea, que inclui o conto que inspirou o filme A Chegada, é a primeira obra de Ted Chiang publicada no Brasil. Considerado um ícone da ficção científica, Chiang aborda nos oito textos reunidos na obra como as relações humanas são afetadas pela ciência.

testeO Natal dos milionários

Apesar de o Natal ser uma festa que preconiza a paz e o entendimento entre os homens de boa vontade, a forma como as famílias o celebram não é uniforme. Doravante, como biógrafo, procurarei sempre me lembrar de perguntar como o biografado festeja essa data, pois a resposta revelará, com certeza, detalhes sutis de seu estilo de vida.

A família Guinle sempre foi muito festeira. Ao longo da pesquisa que empreendi para contar sua saga, levantei informações sobre como eles organizavam casamentos, batizados, aniversários e Natal. Curiosamente, não achei uma única palavra a respeito do Ano-Novo.

É normal pensar que em uma família de milionários, como era o caso dos Guinle, as reuniões natalinas são fartas. Segundo os diversos testemunhos que colhi, de fato elas eram. Algumas fontes chegaram a relatar que, em criança, ganhavam pilhas de presentes. E sublinharam o tamanho das pilhas: “do meu tamanho”, “mais alta que minha cama” etc.

Surpreendente, portanto, foi saber que, mesmo tratando-se de um clã muito católico, a festa de Natal não tinha força suficiente para unir os familiares em uma única celebração e há quem narre que eles se dividiam em dois endereços. O mais interessante é que a separação tinha como pano de fundo justamente a religião.

Arnaldo Guinle, que vivia com a francesa Madeleine na praia do Flamengo, não era oficialmente casado. Sendo assim, não podia frequentar a casa da irmã Celina, católica praticante que morava no casarão da rua São Clemente, considerado ponto de encontro dos Guinle. Por isso o Natal era celebrado nos dois endereços.

Donde se conclui que, mesmo ricos e supostamente realizados em diversos quesitos, na celebração de Natal a família Guinle se mostrava igual às demais — com dissensões e dificuldades de relacionamento entre irmãos e cunhados.

Portanto, caro leitor, é o caso de mais uma vez se constatar que, nem de longe, muito dinheiro e pilhas de presentes são garantias de um Natal harmônico e agradável.

Boas festas e feliz 2016!

testeMeus amigos secretos

20151216_100139-01

Meus amigos secretos às vezes me acompanham bem de perto; outras vezes, de mais longe do que posso imaginar. Dividem comigo alegrias e tristezas. Participamos das mesmas aventuras e desventuras. Choramos e rimos, percorrendo retas e curvas de estradas que construo e que nos levam de mãos dadas tanto ao outro lado do mundo quanto à esquina mais próxima. Conseguem ler meus mais tolos pensamentos. Adivinham o que direi a seguir. Surpreendem-se com minhas reviravoltas. Dormem e acordam comigo.

Quando meus amigos secretos gostam de algo que fiz, não hesitam em aplaudir. Gritam que me conheceram antes de todo mundo, mesmo que não seja lá a mais pura verdade. Por outro lado, quando não gostam, abusam da autorização para me criticar e sabem que, ainda assim, vai ficar tudo bem. São cúmplices, sinceros. Dão a segunda e a terceira chances. Afinal, são meus amigos secretos e entendem que nem sempre vou acertar.

Por eles faço das tripas coração. Passo horas matutando e me revirando do avesso para descobrir palavras capazes de encantá-los e eles nunca abandonarem essa secreta amizade. A maioria, jamais conhecerei pessoalmente, é verdade. Mas o que importa é saber que a razão de eu existir é sua própria existência. E faço constar que, como todo dia surgem novos amigos secretos, manterei a porta da casa sempre escancarada. Sejam todos muito bem-vindos ao meu mundo!

Sou apenas o escritor, e meus amigos secretos sabem exatamente quem são.

Para eles, minhas histórias: meu mais sincero presente.