testeO milagre do rio Hudson e o novo “herói” americano

untitled

Na manhã de 15 de janeiro de 2009, a vida de Chesley “Sully” Sullenberger mudou para sempre.

No comando do Airbus A320 da US Airways, Sully conseguiu a proeza de aterrissar em pleno rio Hudson, em Nova York, salvando a vida das 155 pessoas a bordo. Com o 11 de Setembro ainda fresco na memória de todos, a habilidade do piloto em evitar mais uma catástrofe aérea se tornou destaque em todo o mundo. O acontecimento passou a ser conhecido como “O milagre do rio Hudson”, e Sully foi alçado ao status de herói nacional.


Ele, no entanto, não aceita tal título. Depois de décadas analisando acidentes aéreos para sua empresa de consultoria em segurança, o piloto acredita que sua façanha não se deveu à sorte, mas a uma série de experiências passadas que o moldaram e ajudaram a chegar àquele momento – a aterrissagem perfeita.

O incidente em Nova York inspirou o comandante a contar a própria história: uma trajetória de dedicação, esperança e prontidão, que revela as importantes lições aprendidas por ele na infância, durante o serviço militar e depois, trabalhando como piloto da aviação civil: Sully – O herói do rio Hudson, que chega às livrarias brasileiras em 26 de outubro.

O livro inspirou o filme de mesmo nome, estrelado por Tom Hanks e dirigido por Clint Eastwood. Assista ao trailer do filme que estreia em 1º de dezembro:

Confira também algumas fotos do filme: