testeSorteio Instagram – Kit Gillian Flynn [Encerrado]

Vamos sortear 3 kits com livros de Gillian Flynn, a autora Sharp objects: Objetos cortantes. Cada kit contém um exemplar de Sharp objects: objetos cortantes e outro livro de Gillian Flynn da sua escolha!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Instagram PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Instagram, você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 23 de julho, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

testeSorteio Facebook – Kit Gillian Flynn [Encerrado]

Vamos sortear 3 kits com livros de Gillian Flynn, a autora Sharp objects: Objetos cortantes. Cada kit contém um exemplar de Sharp objects: objetos cortantes e outro livro de Gillian Flynn da sua escolha!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Facebook PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 23 de julho, segunda-feira, em nosso perfil no Facebook . Boa sorte!

 

 

 

testeDivulgada estreia de Objetos cortantes, série da HBO inspirada na obra de Gillian Flynn

Objetos Cortantes, nova minissérie da HBO estreia em 8 de julho. Protagonizada por Amy Adams (A Chegada Animais Noturnos), a série será dirigida por Jean-Marc Vallée, responsável pelo filme indicado ao Oscar Clube de Compras Dallas e por Big Little Lies, série inspirada no romance de Liane Moriarty que levou oito prêmios Emmy.

Após o sucesso das adaptações para o cinema de Lugares escuros Garota exemplar, das quais Gillian Flynn participou como roteirista, a escritora também atua como produtora de Objetos Cortantes, série que terá oito episódios no total. O primeiro será roteirizado por Marti Noxon, que escreveu episódios de Glee Mad Men. Além de ser responsável pela produção, Flynn também escreverá alguns dos episódios da série.

Com reviravoltas surpreendentes, Objetos cortantes narra o retorno da repórter Camille Preaker, recém-saída de um hospital psiquiátrico, à sua cidade natal para investigar o brutal assassinato de uma menina e o desaparecimento de outra. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã que praticamente não conhece. Hospedada na casa da família, a jornalista precisa lidar com as memórias difíceis de sua infância e adolescência. E à medida que as investigações para elaborar sua matéria avançam, Camille passa a desvendar segredos perturbadores, tão macabros quanto os problemas que ela própria enfrenta.

teste12 filmes inspirados em livros que estão disponíveis na Netflix

É normal ouvir por aí que às vezes passamos mais tempo navegando pelo catálogo da Netflix do que assistindo aos filmes. Para ajudar nessa tarefa, selecionamos atrações que foram baseadas em obras publicadas pela Intrínseca. Temos sugestões para todos os gostos! 

Confira:

1. O lado bom da vida

Publicado em 2013, o livro de Matthew Quick virou uma superprodução com Jennifer Lawrence e Bradley Cooper. A obra conta a história de Pat Peoples que, depois de uma temporada em um hospital psiquiátrico, passa a seguir uma nova filosofia de vida que inclui entrar em forma, ser gentil e, principalmente, fazer de tudo para se reconciliar com a ex-mulher.  O longa teve oito indicações ao Oscar. 

2. Cinquenta Tons de Cinza


Baseado no best-seller de E L James. O filme narra o romance entre o misterioso milionário Christian Grey e a recatada estudante de Literatura Anastasia Steele. A complexa relação entre os dois se transforma em uma descoberta sexual dos prazeres do sadomasoquismo. Em Cinquenta tons de cinza, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

3. Lugares escuros

Inspirado no romance de Gillian Flynn, Lugares escuros acompanha Libby Day, interpretada por Charlize Theron, que, aos sete anos, sobreviveu ao terrível assassinato de sua família e testemunhou contra o irmão no julgamento. Vinte e cinco anos depois, uma sociedade secreta obcecada por solucionar crimes notórios vai trazer à tona o que realmente aconteceu naquele dia.

A autora de Garota exemplar mostra novamente como a construção tanto do personagem quanto da trama faz a diferença para manter o leitor e o telespectador interessados.

4. Ele está de volta

Já pensaram como seria se Hitler aparecesse em um terreno baldio sem saber o que aconteceu após 1945? No sarcástico livro do escritor alemão Timur Vermes, Adolf Hitler acorda em Berlim com uma forte dor de cabeça, 66 anos depois do fim da Segunda Guerra e na Alemanha de Angela Merkel. As pessoas acreditam que ele não passa de um ator, um imitador brilhante que se recusa a sair do personagem. Até que o impensável acontece: ele se torna um campeão de audiência no YouTube e todos querem ouvir seu discurso.

O livro deu origem ao filme dirigido por David Wnendt.

5. Descompensada

Amy Schumer é uma das comediantes mais bem pagas dos Estados Unidos, segundo a revista Forbes. Seu filme, Descompensada, foi um sucesso de bilheteria e recebeu duas indicações ao Globo de Ouro, e suas histórias mais marcantes foram reunidas em um delicioso livro, A garota com a tribal nas costas. Amy aprendeu que a monogamia não é realista. Agora como redatora de uma revista, ela vive livre de compromissos românticos. Mas tudo muda quando se apaixona.

6. Percy Jackson e o Ladrão de raios

A adaptação do primeiro livro da série mais famosa de Rick Riordan não poderia ficar de fora do catálogo!

Percy Jackson é um garoto problemático: aos 12 anos, já foi expulso de seis escolas diferentes. Mas esse é o menor de seus problemas: ao descobrir que é um semideus — filho de um deus do Olimpo com uma mortal —, ele também percebe que criaturas mitológicas, por algum motivo, estão bastante irritadas com ele.

7. Everest

Inspirado na história real narrada no livro Deixado para morrer, o filme Everest conta a história de um grupo de alpinistas que estavam prontos para escalar a montanha mais alta do mundo. Apesar dos longos meses de preparação, eles foram surpreendidos por uma forte tempestade de neve. Os alpinistas precisam lutar contra a natureza para continuar vivos. O triste episódio deixou oito mortos e é considerado uma das maiores tragédias do monte.

 

8. Saving Banksy

 

O documentário segue as tentativas de um coletor de arte tentando salvar da destruição uma das obras de Banksy. Com a presença de artistas de rua mundialmente famosos, o filme investiga a venda não autoriza de obras para analisar os conflitos filosóficos entre a arte de rua e o mercantilismo. O grafiteiro também é assunto do livro Guerra e spray, que reúne suas melhores obras e pensamentos.

 

9. A hospedeira

Além da série CrepúsculoStephenie Meyer também escreveu A hospedeira. O livro foi adaptado para o cinema com Saoirse Ronan, Max Irons, Jake Abel e Diane Kruger no elenco.

Na história, estreia de Meyer na ficção científica, a Terra foi ocupada por alienígenas que parasitam os humanos, tomando o lugar de suas almas. Melanie é uma hospedeira que resiste, bombardeando a alma coabitante com memórias e desejos, recusando-se a esquecer seu passado, inclusive Jared, que se torna a paixão das duas habitantes do mesmo corpo.

 

10. O mestre dos gênios 

Incluído recentemente no catálogo da Netflix, o filme foi inspirado na biografia Max Perkins: um editor de gênios. Max Perkins foi um dos maiores editores do século XX e fez história ao revelar talentos como F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway e Thomas Wolfe.

O longa tem Colin Firth, Jude Law e Nicole Kidman no elenco.

 

11. Como treinar seu dragão 

A série de Cressida Cowell serviu de inspiração para animação produzida pela Dream Work Studios, que mostra o cotidiano de uma tribo de vikings às voltas com dragões de todo o tipo. 

 

12. Série Crepúsculo 


A série escrita por Stephenie Meyer virou um fenômeno no mundo todo e deu origem a cinco filmes. Com Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner e Billy Burke no elenco, os longas acompanham a história da adolescente Isabella Swan, que se muda para Forks e vivencia um mundo totalmente novo ao se apaixonar pelo vampiro Edward Cullen.

 

teste3 coisas que todo leitor precisa saber sobre Gillian Flynn

Seja em Garota exemplar, Lugares escuros, Objetos cortantes ou no conto de terror O adulto, uma coisa é certa: a narrativa de Gillian Flynn é hipnótica. Mas, às vezes, mesmo um nome tão conhecido quando o assunto é thriller e suspense literário pode fazer com que alguns leitores de primeira viagem se sintam receosos.

Pensando nisso, separamos três coisas que todos devem saber antes de começar a mergulhar nas histórias incríveis da autora.

 

1 – Ela sempre escreve do ponto de vista da mulher

Exceto nas partes narradas pelo marido de Amy em Garota exemplar, a principal característica de Gillian Flynn é o emprego invariável do ponto de vista feminino. Ela sempre coloca mulheres no controle de suas narrativas, sejam elas heroínas ou vilãs, e é inclusive uma das responsáveis pela popularização de novas autoras de suspense que dão enfoque ao protagonismo feminino.

Embora contemos com excelentes escritoras de thrillers desde os tempos de Agatha Christie, ao longo dos anos pós-Garota exemplar uma série de novas autoras foram reveladas para o grande público, como Fiona Barton, Paula Hawkins, Clare Mackintosh, e muitos outros nomes brilhantes.

 

2 – As protagonistas são sempre personagens complexas

Thrillers e narrativas policiais normalmente giram em torno da tentativa de compreender uma verdade oculta – quem cometeu um crime, por exemplo. Para isso, é necessário que as informações sejam apresentadas do modo mais coerente e fidedigno possível, pois, entendendo os fatos, chega-se à verdade. Flynn brinca com essa máxima ao apresentar narradores em que não se pode confiar plenamente, envolvendo o leitor na trama de mistério e manipulando suas percepções. Nick e Amy Dune que o digam…

Uma história protagonizada por pessoas detestáveis poderia afastar os leitores. No entanto, nas mãos de Gillian Flynn, isso acaba sendo um charme a mais. Ao lermos sobre pessoas com mais falhas do que nós mesmos, acabamos criando uma estranha – e, às vezes, preocupante – empatia por personagens assustadores.

 

3 – Ela mesma adaptou o roteiro do filme Garota exemplar

Gillian Flynn (Fonte)

Fãs sempre temem quando Hollywood anuncia a adaptação de uma obra. Nunca se sabe se a história original será respeitada. No caso de Garota exemplar, não houve espaço para medo: a própria Gillian Flynn escreveu o roteiro do filme, que teve direção de David Fincher (Se7en, Clube da Luta). Quem leu e assistiu pode confirmar: foi uma transposição extremamente fiel, em que o espírito do livro esteve presente em cada cena.

Essa fidelidade poderá ser vista novamente na série Objetos cortantes, da HBO, que conta com Amy Adams (A chegada) no papel da protagonista Camille Preaker. Flynn está no time de produtores, então podemos esperar mais uma excelente adaptação.

testeLugares Escuros e outros lançamentos da Netflix em junho

Inspirado no romance de Gillian Flynn, Lugares escuros estreia em junho no catálogo da Netflix. Protagonizado por Charlize Theron, o filme de Gilles Paquet-Brenner (A Chave de Sarah) também conta com Nicholas Hoult e Chloë Grace Moretz no elenco.

Na trama, Libby Day é uma mulher que, aos sete anos, sobreviveu ao terrível assassinato de sua família e testemunhou contra o irmão no julgamento. Vinte e cinco anos depois, uma sociedade secreta obcecada por solucionar crimes notórios vai trazer à tona o que realmente aconteceu naquele dia.

 

Neste mês, o serviço de streaming também disponibiliza a 5ª temporada de Orange Is The New Black. A série é inspirada na autobiografia de Piper Kerman publicada pela Intrínseca.

O documentário Saving Banksy discute arte de rua e apropriação cultural ao explorar os trabalhos do polêmico (e até hoje não identificado) Banksy e de outros artistas. Alguns dos melhores trabalhos de Banksy e suas reflexões foram reunidas no livro Guerra e spray, também da Intrínseca.

 

Conheça outras obras que estreiam em junho na Netflix:

testeObjetos cortantes na televisão [Atualizado!]

Obj cort

O thriller psicológico Objetos cortantes está a caminho da televisão. Após o sucesso das adaptações para o cinema de Lugares escuros e Garota exemplar, das quais a escritora participou como roteirista, Gillian Flynn produzirá uma série de televisão baseada em seu primeiro romance. A atriz Amy Adams, de Batman vs Superman: a origem da justiça, foi escalada para o papel principal, e a direção será de Jean-Marc Vallée, responsável pelo filme indicado ao Oscar Clube de Compras Dallas.

[Atualizado!] A produção foi comprada pela HBO e terá 8 episódios no total. O primeiro tem roteiro de Marti Noxon, que escreveu episódios de Glee, Mad Men e o roteiro do filme Eu sou o Número Quatro. Além de ser responsável pela produção, Gillian Flynn também escreverá alguns dos episódios da série, que ainda não tem data de lançamento.

O livro conta a história da repórter Camille Preaker, que, recém-saída de um hospital psiquiátrico, se vê de volta a sua cidade natal, Wind Gap, e a sua família instável, para cobrir o brutal assassinato de uma menina e o desaparecimento de outra. À medida que as investigações para elaborar sua matéria avançam, Camille começa a desvendar segredos perturbadores, tão macabros quanto os problemas que ela própria enfrenta.

Leia um trecho de Objetos cortantes

teste14 livros para as férias

Confira nossa seleção com 14 livros imperdíveis!

ferias_1_b

Toda luz que não podemos ver, de Anthony Doerr — Nesse romance vencedor do Prêmio Pulitzer de Ficção de 2015, você vai conhecer Marie-Laure, uma garota que ficou cega aos seis anos e que vive em Paris com o pai, chaveiro responsável pelas fechaduras do Museu de História Natural, e Werner, um menino alemão, órfão, que se encanta por um rádio encontrado em uma pilha de lixo e cuja trajetória o leva a uma escola nazista. Combinando lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, Toda luz que não podemos ver é um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

S., de J.J. Abrams e Doug Dorst — Para os fascinados por mistério, J.J. Abrams, a mente por trás de séries como Lost, Fringe e o diretor do último episódio de Star Wars, apresenta um quebra-cabeça literário. Resultado de sua parceria com Doug Dorst, S. vem em uma caixa lacrada, repleta de códigos. Além do enigmático romance O Navio de Teseu, a obra contém, em suas margens, as anotações e investigações de dois leitores sobre V. M. Straka — um escritor cuja biografia nebulosa é repleta de boatos que envolvem conspirações, sabotagens e assassinatos.

História do futuro: O horizonte do Brasil no século XXI, de Míriam Leitão — Em um cenário de crise, a premiada jornalista Míriam Leitão é categórica: em vez de nos abatermos pelo pessimismo, temos que fazer um balanço racional dos muitos acertos e dos vários erros para construir um futuro melhor para o país. Em seu terceiro livro de não ficção, a vencedora do Jabuti apresenta tendências que não podem ser ignoradas em áreas como meio ambiente, demografia, educação, economia, política, saúde, energia, agricultura e tecnologia. Leitura fundamental para entendermos o presente e planejarmos o futuro do Brasil.

A espada do verão, de Rick Riordan — Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo, Magnus Chase deve empreender uma importante jornada a fim de encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos. Com personagens já conhecidos do público, como Annabeth Chase, prima de Magnus, e deuses como Thor e Loki, Rick Riordan nos apresenta uma nova série, agora sobre mitologia nórdica. Mais uma aventura surpreendente, repleta de ação e humor!

Elon Musk: Como o CEO bilionário da SpaceX e da Tesla está moldando nosso futuro, de Ashlee Vance — Se você quer ter alguma ideia de como será o futuro, precisa conhecer Elon Musk. O empreendedor mais ousado de nosso tempo, que inspirou o Homem de Ferro dos cinemas, decidiu investir sua fortuna gerada em empresas digitais para mudar o mundo. Com a SpaceX, o inventor sul-africano está revolucionando os voos espaciais. Com a Tesla Motors, está trabalhando para popularizar os carros elétricos. Musk, que também está investindo em energia sustentável por meio de painéis solares, é um CEO diferente de todos os outros. Ao apostar em empreendimentos de alto risco, tem se dedicado a criar um futuro ao mesmo tempo magnífico e próximo de uma fantasia de ficção científica.

ferias_2_b

 

Lugares escuros, de Gillian Flynn — Aos sete anos, Libby Day sobreviveu ao terrível assassinato de sua família e testemunhou contra o irmão, que acabou condenado à prisão perpétua. Vinte e quatro anos depois, a ambígua personagem criada por Gillian Flynn, autora de Garota exemplar e Objetos cortantes, é procurada por um grupo de pessoas obcecadas pelo crime e começa a investigar o passado. A história chegou aos cinemas no ano passado, protagonizada por Charlize Theron, e recentemente ganhou uma nova edição, com capa seguindo o padrão dos livros da autora.

Caçadores de trolls, de Guillermo del Toro e Daniel Kraus  Um dos artistas mais visionários da atualidade — diretor, produtor e roteirista que assina sucessos como A Espinha do Diabo, O Labirinto do Fauno e Hellboy —, Guillermo del Toro conta em Caçadores de trolls como o medo pode tomar conta das pessoas. Repleto de monstros assustadores e do encanto de um jovem com um mundo novo, o livro, que tem 10 belíssimas ilustrações de Sean Murray, será adaptado para uma série produzida pelo Netflix.

Crepúsculo/Vida e morte, de Stephenie Meyer — Publicado inicialmente nos Estados Unidos em 2005, o livro que originou a série best-seller mundial e uma franquia de filmes que bateu recordes de bilheteria, completou 10 anos! Para comemorar o aniversário da inesquecível história de amor entre Bella e Edward, Stephenie Meyer presenteou os leitores com uma edição dupla. Além de Crepúsculo, a edição especial contém quase 400 páginas de conteúdo extra que inclui Vida e morte, versão em que a autora inverte o gênero dos protagonistas.

A sexta extinção, de Elizabeth Kolbert — Ao longo dos últimos quinhentos milhões de anos, o mundo passou por cinco extinções em massa. Hoje, a sexta extinção vem sendo monitorada, e a causa não é um asteroide ou algo similar, e sim a própria raça humana. Vencedor do Prêmio Pulitzer de Não Ficção de 2015, A sexta extinção explica de que maneira o ser humano tem alterado a vida no planeta como absolutamente nenhuma espécie fez até hoje. Para isso, Kolbert apresenta trabalhos de dezenas de cientistas em diversas áreas e viaja aos lugares mais remotos em busca de respostas.

ferias_3_b

Grey, de E L James — Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio — até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Conheça a história que dominou milhares de leitores ao redor do mundo agora sob um novo e apaixonante ponto de vista.
Mosquitolândia, de David Arnold — Mim Malone não está nada bem. Após o inesperado divórcio dos pais, a apaixonante protagonista de Mosquitolândia é obrigada a ir morar com o pai e a madrasta no árido Mississippi. Para fugir dessa nova vida e buscar seu verdadeiro lugar, o lar de sua mãe, ela embarca em uma jornada de mais de mil quilômetros até Ohio e encontra companheiros de viagem muito interessantes pelo caminho, numa odisseia contemporânea tão hilária quanto emocionante.

O clique de 1 bilhão de dólares, por Filipe Vilicic — O Instagram, aplicativo de compartilhamento de fotos, é uma febre mundial desde seu lançamento em 2010. Comprado pelo Facebook em 2012 pela estonteante quantia de 1 bilhão de dólares, hoje em dia já mobiliza mais de 400 milhões de usuários ativos. O que poucos sabem é que Mike Krieger, um de seus idealizadores, é brasileiro, nascido em São Paulo. A trajetória meteórica do aplicativo e de Krieger, que se tornou milionário aos 26 anos, são detalhadas em O clique de 1 bilhão de dólares pelo jornalista Filipe Vilicic, editor de Ciência e Tecnologia da revista e do site de Veja.

Para todos os garotos que já amei, de  Jenny Han — Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. São confissões sinceras, sem joguinhos ou fingimentos. Até que, um dia, elas são misteriosamente enviadas aos destinatários e, de repente, sua vida amorosa se transforma. Se você ainda não conhece Lara Jean, é melhor correr: a continuação do romance, P.S.: Ainda amo você, chega às livrarias nas próximas semanas.

A guerra dos consoles: Sega, Nintendo e a batalha que definiu uma geração, de Blake J. Harris — Na década de 1990, a Nintendo praticamente monopolizava o mercado de video games. A Sega, por outro lado, era apenas uma empresa instável de fliperamas com grandes aspirações e egos maiores ainda. Mas tudo isso iria mudar com as táticas arrojadas de Tom Kalinske, ex-executivo da Mattel, que transformaram a Sega por completo e levaram a companhia a travar um confronto impiedoso com a Nintendo. Um livro fascinante sobre a guerra que mudou o futuro dos video games e o mercado de entretenimento.

teste13 histórias para um Dia das Bruxas mais assustador

unnamed

Para comemorar o Dia das Bruxas, preparamos uma lista de alguns livros da Intrínseca com monstros, zumbis, bruxas, criaturas inomináveis e terror em geral. Confira!

1- João e Maria, de Neil Gaiman e Lorenzo Mattotti: Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria.

2- O oceano no fim do caminho, de Neil Gaiman: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis. Um homem cometeu suicídio, despertando forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas.

3- Caixa de pássaros, de Josh Malerman: Há algo que não pode ser visto. Algo que enlouquece as pessoas e as leva a cometer atos violentos seguidos de suicídio. A população foi aconselhada a trancar as portas e as janelas e a andar vendada. Com uma narrativa cheia de suspense e que alterna passado e presente, o livro conta uma incrível história de terror psicológico em um mundo pós-apocalíptico.

4- Orgulho e Preconceito e Zumbis, de Jane Austen e Seth Grahame-Smith: Elizabeth Bennet, treinada nos rigores das artes marciais, está determinada a eliminar a ameaça zumbi. Até que sua atenção é desviada pela chegada do altivo e arrogante Sr. Darcy. Conseguirá ela subjugar as crias de Satã e superar os preconceitos sociais dos grandes aristocratas ingleses?

5- O Rei de Amarelo, de Robert W. Chambers: Uma peça teatral estrelada por uma figura sobrenatural cuja existência extrapola as páginas. Pouco se sabe a respeito do texto original, exceto que seus leitores são levados à loucura, condenando sua alma à perdição.

6- Caçadores de Trolls, de Guillermo del Toro e Daniel Kraus: Jim Sturges é um típico adolescente de San Bernardino, até que um mistério de décadas ressurge, ameaçando a vida de todos os moradores da aparente entediante cidadezinha. Um livro sobre medos e criaturas que se ocultam onde menos esperamos.

7- Titia Terrível, de David Walliams: Uma menininha não sabe que perdeu os pais em um acidente de carro, pois passou meses em coma. Ao despertar, ela precisará fazer de tudo para escapar das tramoias da tia, uma mulher malvada interessada na herança da sobrinha, e de sua coruja mal-humorada.

8- Half Bad, de Sally Green: Na Inglaterra, bruxos e humanos dividem o mesmo espaço, sem, no entanto, se misturarem. Mesmo entre os bruxos, há os que se autodenominam bons, puros e justos — os bruxos da Luz —, e há, é claro, seus inimigos, aqueles que devem ser combatidos e aniquilados, a origem de todo o mal — os bruxos das Sombras.

9- Abraham Lincoln: Caçador de vampiros, de Seth Grahame-Smith: Indiana, 1818. Sob o luar que se insinua por entre a densa floresta, uma pequena cabana se destaca. Dentro dela, o pequeno Abraham Lincoln, com apenas nove anos, está ajoelhado ao lado da cama em que a mãe agoniza. Anos mais tarde, o magoado Abe descobriria que o mal que vitimou sua mãe foi, na realidade, obra de um vampiro. Dotado de impressionantes altura, força e habilidade, ele traça um plano de vingança que acabará por levá-lo à Casa Branca.

10- Filme noturno,de Marisha PesslEm uma noite fria de outono, Ashley Cordova é encontrada morta em um armazém abandonado em Manhattan. Embora a polícia suspeite de suicídio, o jornalista Scott McGrath acredita que exista algo mais por trás dessa história. Seu interesse pelo caso não é gratuito: Ashley é filha do famoso e recluso diretor de filmes de terror Stanislas Cordova, um homem que não é visto em público há mais de 30 anos e que, no passado, teve um papel trágico na vida de McGrath.

11- Objetos cortantes, de Gillian Flynn: A repórter Camille Preaker precisa retornar à sua cidade natal para investigar o brutal assassinato de uma menina e o desaparecimento de outra. À medida que as investigações para elaborar sua matéria avançam, Camille começa a desvendar segredos familiares perturbadores, tão macabros quanto os problemas que ela própria enfrenta.

12- Lugares escuros, de Gillian Flynn: Libby Day tinha apenas sete anos quando testemunhou o brutal assassinato da família. O acusado do crime foi seu irmão mais velho, que acabou condenado à prisão perpétua. Vinte e quatro anos depois, ao ser procurada por um grupo de pessoas convencidas da inocência de seu irmão, Libby começa a se fazer as perguntas que até então nunca ousara formular. Será que a voz que ouviu naquela noite era mesmo a do irmão?

13- Até você ser minha, de Samantha Hayes: A assistente social Claudia parece ter uma vida perfeita. À espera do bebê que sempre desejou, ela vive em uma linda casa com seu marido que a ama incondicionalmente. Até que Zoe — a babá contratada para ajudá-la quando a criança nascer — entra na sua vida. Claudia passa a desconfiar de Zoe. E um dia as suspeitas se tornam um medo real.

 

link-externoLeia também: 13 thrillers

testeSugestões para pais de diversos estilos

DiaDosPais_Intrinseca

Com a chegada do Dia dos Pais, preparamos uma lista com sugestões de presentes para pais de diversos estilos. Confira as opções:

Pai ligado em guerras:

Toda luz que não podemos verMarie-Laure, cega aos seis anos, vive em Paris com o pai, chaveiro responsável pelas fechaduras do Museu de História Natural. Na Alemanha, o curioso órfão Werner se encanta pelo rádio. Combinando lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, Anthony Doerr constrói um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

Brasil: Os frutos da guerra — O historiador Neill Lochery revela a história do envolvimento do Brasil na Segunda Guerra Mundial, mostrando como a habilidade política e o oportunismo econômico de Getúlio Vargas e sua equipe transformaram o país numa potência regional graças ao conflito.

Pais tecnológicos:

O clique de 1 bilhão de dólares — O jornalista Filipe Vilicic conta a história do Instagram e de Mike Krieger, o brasileiro fundador de um dos aplicativos mais bem-sucedidos do mundo.

Como a música ficou grátisO jornalista Stephen Witt investiga a fundo a história secreta da pirataria de músicas na internet, partindo dos engenheiros alemães criadores do mp3, passando por uma fábrica de CDs na Carolina do Norte da qual um funcionário vazou cerca de dois mil álbuns e revelando o submundo dos piratas das mídias que revolucionaram o universo digital.

Pais empreendedores:

Como o Google funciona Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg reúnem as valiosas lições que transformaram a start-up em uma das maiores empresas do mundo. A partir da história e de curiosidades do dia a dia do Google, eles mostram o caminho para que gestores e empreendedores abracem o espírito de inovação e atrair e manter talentos em suas equipes.

Pais bem-humorados:

Ele está de volta — As coisas mudaram: não há mais Eva Braun, nem partido nazista, nem guerra. Hitler mal pode identificar sua amada pátria, infestada de imigrantes e governada por uma mulher. As pessoas, claro, o reconhecem como um imitador talentoso que se recusa a sair do personagem. Até que o impensável acontece: o discurso de Hitler torna-se um viral, um campeão de audiência no YouTube, ele ganha o próprio programa de televisão e todos querem ouvi-lo. Tudo isso enquanto tenta convencer as pessoas de que sim, ele é realmente quem diz ser, e, sim, ele quer mesmo dizer o que está dizendo.

Pais que gostam de escândalo:

Nêmesis — O aclamado escritor e jornalista investigativo Peter Evans revela detalhes surpreendentes sobre um dos triângulos amorosos mais polêmicos da história: Jackie O, Aristóteles Onassis e Bobby Kennedy. Após vários anos de pesquisas e entrevistas com espiões e terroristas, parentes, amigos e amantes dos Kennedy e de Onassis (além de muitos encontros com o próprio Ari), Evans descortinou a rede de subornos, encontros sexuais, mentiras e traições que teriam culminado na morte de Bobby.

Pais que curtem um mistério:

Galveston — Romance de estreia de Nic Pizzolatto, criador da série True Detective, o livro é um romance violento e ágil, com o máximo da atmosfera noir.

Lugares escuros — Da mesma autora de Garota exemplar e Objetos cortantes, o livro conta a história de Libby Day, uma mulher que testemunhou o brutal assassinato da mãe e das duas irmãs aos sete anos de idade.

Pais descolados:

O árabe do futuro — Filho de mãe francesa e de pai sírio, o quadrinista Riad Sattouf conta o choque cultural que viveu quando foi, ainda bem criança, para a Síria e a Líbia, e fala também do retorno da família à França. Depois de viver em lugares tão diferentes, Riad se tornou um completo estrangeiro, com uma visão crítica, afiada e muito bem-humorada sobre o mundo.

Pais saudáveis:

Sal, açúcar, gordura — Neste livro-reportagem, o jornalista vencedor do Pulitzer Michael Moss mostra como os alimentos nas prateleiras dos supermercados são cuidadosamente projetados pela indústria alimentícia para nos viciar, fazendo uso de estratégias que levam ao aumento alarmante de casos de obesidade, hipertensão e diabetes. A obra cita algumas das empresas e marcas mais conhecidas do planeta, incluindo Coca-Cola, Kellogg, Nestlé e Oreo.

Pais intelectuais:

História do futuro — A jornalista Míriam Leitão apresenta o resultado de quatro anos de pesquisas, entrevistas, viagens, análises de dados e depoimentos de especialistas sobre as tendências do futuro do país.

Notícias: Manual do usuário — O aclamado escritor e filósofo Alain de Botton elabora um Manual definitivo da nossa era viciada em informação oferecendo um parâmetro de sanidade para as nossas interações diárias (e às vezes ininterruptas) com a máquina de notícias.

Pais que gostam de esportes:

Moneyball — O livro atrai tanto os interessados em esportes quanto em negócios. Com uma narrativa repleta de personagens fascinantes e questionamentos inteligentes, Michael Lewis mostra a luta de um administrador para levar seu empreendimento à máxima performance pelo menor custo e impor racionalidade num universo dominado por favorecimentos, desperdício e vícios. É a história de superação de um time medíocre de beisebol e a biografia de um homem que se destacou num dos negócios mais ferozes e competitivos dos Estados Unidos.