testeDownton Abbey agora no GNT

Boas notícias para os fãs da série de TV inglesa Downton Abbey: o canal GNT, da Globosat, comprou as três primeiras temporadas e irá exibi-las a partir de abril de 2013. Além disso, o programa que se transformou em febre na Inglaterra e nos Estados Unidos — e que já faturou sete prêmios Emmy e o Globo de Ouro de melhor série em 2012 —, ganhou sua quarta temporada. Os oito novos episódios, mais um especial de Natal, têm estreia prevista para o segundo semestre do ano que vem.

Bibliografia essencial

Com O mundo de Downton Abbey, de Jessica Fellowes, a Intrínseca iniciou a publicação da bibliografia essencial sobre o universo criado por Julian Fellowes — vencedor do Oscar de roteiro original por Assassinato em Gosford Park, filme dirigido por Robert Altman. Além de um guia da série, ricamente ilustrado com fotos, bastidores da produção e entrevistas com o elenco, sua extensa pesquisa histórica oferece um panorama completo da época, desde a apresentação das debutantes na corte até a troca de alianças, as revoluções da moda e o cotidiano dos soldados ingleses nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial.

As histórias verídicas do castelo Highclere, que serve como cenário para as tramas de Lord Granthan e família, foram recontadas em Lady Almina e a verdadeira Downton Abbey. Lady Fiona, a atual condessa de Carnarvon, esmiúça a vida de uma de suas antecessoras no cargo: Lady Almina, a quinta condessa de Carvernon, que administrou a propriedade no período e inspirou para a criação de alguns dos personagens da série.

Em 2013, será publicado o clássico Below Stairs, texto fundamental sobre a relação entre patrões e empregados da época. As memórias de Margaret Powell, que, na década de 1920, foi ajudante de cozinha até ascender ao posto de cozinheira, reconstroem a vida nas grandes mansões sob a perspectiva dos criados. Inédito no Brasil, o título que serviu como base para Downton Abbey e outras obras que abordam traz indícios das mudanças ocorridas na sociedade inglesa da década de 1920 até meados de 1960.

Com informações da Patrícia Kogut.