testeApostas para Cinquenta tons de cinza: o filme

Emma Watson, atriz que lidera os rumores sobre a adaptação cinematográfica de Cinquenta tons de cinza, de E L James, disse à Entertainment Weekly que ainda não recebeu nenhum convite para participar da produção. Kristen Stewart e Scarlett Johansson também já foram cotadas para o papel de Anastasia Steele, a jovem inocente que protagoniza um tórrido romance com o misterioso Christian Grey. Ian Somerhalder, o galã da série The Vampire Diaries, Ryan Gosling (Drive), Chris Pine (Star Trek) e Robert Pattinson são os nomes mais citados para completar o casal.

Até agora, a única confirmação sobre o filme é que a produção ficará a cargo da dupla Michael De Luca e Dana Brunetti, responsável por produzir o premiado A Rede Social. Em sua opinião, quais atores deveriam ser escalados para viver o intenso relacionamento de Anastasia Steele e Christian Grey na telona?

testeAssista ao teaser do trailer de "Amanhecer- Parte 2"

 

Acaba de ser divulgado o teaser do trailer de Amanhecer- Parte 2,  em homenagem ao 111º aniversário de Edward Cullen. O vídeo de mais de 1 minuto mostra a pequena Renesmee (Mackenzie Foy), filha de Edward (Robert Pattinson) e  de Bella (Kristen Stewart), que é metade humana e metade vampira. O filme será lançado mundialmente no dia 16 de novembro.

testeTrilogia Cinquenta tons de cinza entra em pré-venda


Fenômeno editorial que representa 25% do mercado americano de ficção adulta, a trilogia Cinquenta tons de cinza entra esta semana em pré-venda nas principais livrarias do país — o lançamento do primeiro livro será em 1° de agosto. Nos Estados Unidos, os resultados de venda já são tão eletrizantes quanto a narrativa do thriller romântico de E L James: somam-se mais de 10 milhões de cópias comercializadas em seis semanas, número que faz da série um dos maiores best-sellers de todos os tempos.

Estreia literária da inglesa E L James — uma ex-executiva da TV londrina, mãe de dois filhos adolescentes e recentemente eleita uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time —, a trilogia teve direitos de publicação adquiridos por 37 países em leilões disputadíssimos, vencido no Brasil pela Intrínseca. Os livros Cinquenta tons de cinza, Cinquenta tons mais escuros e Cinquenta tons de liberdade serão adaptados para o cinema pela Focus Features, da Universal Pictures — os direitos foram comprados por um valor recorde de US$5 milhões.

Recebido com entusiasmo pelos leitores estrangeiros e muito aguardado no Brasil, especialmente pelo público adulto feminino, Cinquenta tons de cinza terá tiragem inicial de 200 mil exemplares e lançamento simultâneo em e-book. A apimentada trilogia narra a relação entre uma recatada jovem de 22 anos, recém-egressa da universidade, e um enigmático (e atormentado) empresário. Estimulada a desafiar seus limites e preconceitos, Anastasia Steele contrapõe a irresistível atração que sente por Christian Grey — um bilionário muito charmoso, brilhante e, ao mesmo tempo, intimidante — às singulares exigências sexuais que ele impõe, a começar por um contrato assinado que permite a Grey o controle completo de sua vida.

O sucesso dos livros é tão estrondoso que, além de render inúmeras pautas na mídia e vídeos virais pela internet, ganhou destaque nos principais programas de humor americanos. O Saturday Night Live fez o público se divertir com a exibição de uma propaganda publicitária fictícia da loja Amazon para o Dia das Mães. O vídeo mostra pais e filhos surpreendendo suas mães com presentes, porém em momentos nada apropriados — enquanto elas leem Cinquenta tons de cinza em privacidade. Quem também brincou com o assunto foi a apresentadora de TV e humorista Ellen DeGeneres, que leu passagens de sexo bem descritivas, com chicotes, algemas e correntes nas mãos. Em entrevista à MTV americana, as estrelas Kristen Stewart e Charlize Theron reproduziram trechos calientes do livro, e Selena Gomez gravou a paródia “Cinquenta tons de azul”, na qual ela se apaixona por um pintor de paredes que faz o estilo rude.

A campanha de lançamento terá início em julho, um mês antes da publicação do primeiro volume. A expectativa para o desempenho nacional é grande: Cinquenta tons de cinza é um livro diferente de tudo a que o público brasileiro já teve acesso. Nos três livros da série, a autora E L James constrói uma narrativa libertadora e totalmente viciante, que domina a atenção do leitor até a última linha — uma viagem de autodescoberta surpreendente.

Trilogia Cinquenta tons de cinza, de E L James

Cinquenta tons de cinza
Lançamento em 1° de agosto

Tradução de Adalgisa Campos da Silva

480 páginas
Versão impressa: R$39,90
Versão e-book: R$ 24,90

Comprar na Saraiva
Comprar na Siciliano
Comprar na Livraria Cultura
Comprar na Livraria da Travessa
Comprar na Martins Fontes Paulista
Comprar na Americanas.com
Comprar na Fnac 

 

Cinquenta tons mais escuros
Lançamento em 15 de setembro

Tradução de Juliana Romeiro

512 páginas
Versão impressa: R$39,90
Versão e-book: R$ 24,90

Comprar na Saraiva
Comprar na Siciliano
Comprar na Livraria Cultura
Comprar na Livraria da Travessa
Comprar na Fnac 

 

 

Cinquenta tons de liberdade
Lançamento em 1° de novembro

Tradução de Maria Carmelita Dias

544 páginas
Versão impressa: R$39,90
Versão e-book: R$ 24,90

Comprar na Saraiva
Comprar na Siciliano
Comprar na Livraria Cultura
Comprar na Livraria da Travessa
Comprar na Fnac 

 

testeDeu pra reconhecer?

Antes de adquirirem aparência pálida, dentes afiados e olhos que mudam de cor, os atores de Crepúsculo atuaram em papéis bem distintos dos que os deixaram famosos. Na pele de personagens comuns ou bastante fantasiosos, alguns deles passam quase despercebidos pelo público, mas nós mostramos a vocês o que eles fizeram antes de virarem vampiros consagrados no cinema.

Kristen Stewart começou na sétima arte bem cedo, aos 11 anos, no filme de suspense O quarto do Pânico, ao lado da atriz Jodie Foster. No longa, ela e a mãe tem a casa invadida por três homens e se abrigam em um quarto secreto, construído para emergências.

Pouca gente sabe que antes de ser sucesso como o lobisomem Jacob, Taylor Lautner fez papel de um garoto – tubarão no filme As aventuras de Sharkboy e Lavagirl (2005). Aos 13 anos, ele protagonizou o filme ao lado de Lavagirl (Taylor Dooley), a jovem vulcânica que lança chamas e pedras incandescentes.

De bruxo a vampiro: o interesse de Robert Pattinson pelo mundo da fantasia parece ser antigo. Em 2005 ele participou do filme Harry Potter e o Cálice de Fogo, como Cedrico Diggory. Sem possuir a imortalidade de Edward, seu personagem morre ao cair numa armadilha preparada para Harry Potter na última prova do Torneio Tribruxo.

Uma das personagens mais difíceis de reconhecer, sem dúvida, foi a vivida por Elizabeth Reaser (a Esme Cullen, de Crepúsculo) no seriado Grey´s Anatomy. Ela participou de 17 episódios na pele de Ava, uma jovem que sofreu um acidente e teve o rosto desfigurado. Para piorar a situação ela também perde a memória o que torna impossível sua identificação.

Mas logo o jogo vira e Ava ganha um novo rosto e um novo namorado, o doutor Karev, vivido por Justin Chambers.

Tragédias a parte, às vezes uma simples mudança no cabelo já faz você precisar olhar duas vezes para identificar um ator. Esse é o caso de Nikki Reed, a loiríssima Rosalie Cullen de Crepúsculo, que em The O.C. é a morena Sadie Campbell.

Com o cabelo mais escuro e aparência mais radiante sua personagem teve um caso com o protagonista Ryan (Benjamin McKenzie). No entanto, ela não foi a única da série vampiresca a se aventurar pelo seriado. The O.C. também foi a casa de Jackson Rathbone, o Jasper da saga de vampiros e de Cam Gigandet, que mostrou toda a sua vilania, tanto no filme, na pele de James, quanto na TV, no papel de Kevin Volchok, o responsável pela morte de Marissa Cooper (Misha Barton) —  outra protagonista do seriado.