testeLançamentos de janeiro

Ano novo pede leituras novas! Confira as sinopses dos lançamentos do mês:

Me chame pelo seu nome, de André Aciman

Livro que inspirou o premiadíssimo filme homônimo, dirigido por Luca Guadagnino, e um dos favoritos ao Oscar 2018, narra a primeira paixão do jovem Elio. Filho de um importante professor universitário, ele está bastante acostumado à rotina de, em todos os verões, hospedar na deslumbrante casa da família um novo escritor que, em troca da boa acolhida, ajuda seu pai com correspondências e papeladas. Quando chega Oliver, o novo hóspede, acontece uma revolução na vida de Elio.

Com rara sensibilidade, André Aciman constrói uma viva e sincera elegia à paixão, em um romance no qual se reconhecem as mais delicadas e brutais emoções da juventude. Me chame pelo seu nome explora a paixão com delicadeza inigualável, em uma narrativa magnética, inquieta e sensual. [Leia +]

A grande jogada, de Molly Bloom

Livro que deu origem ao filme de Aaron Sorkin, com indicações ao Globo de Ouro e ao Critics Choice Awards de melhor atriz (Jessica Chastain) e melhor roteiro (Aaron Sorkin). Em A grande jogada, Molly Bloom conta como ganhou as manchetes dos jornais ao ser presa pelo FBI por operar, ilegalmente, uma das mesas de pôquer mais exclusivas do mundo.

A “Princesa do Pôquer”, como ficou conhecida, parecia mais uma estrela de Hollywood que uma criminosa confessa. Foi lá que ela começou, do zero, a promover as mesas pelas quais passariam centenas de milhões de dólares. Em partidas que aconteciam em luxuosas suítes de hotéis, esteve uma seleta lista de convidados que incluia astros como Leonardo DiCaprio, Tobey Maguire e Ben Affleck, mandachuvas da indústria do entretenimento, líderes estrangeiros, grandes magnatas e até mesmo a máfia russa. 

O Método TB12, de Tom Brady

Aclamado como um dos nomes mais importantes do futebol americano e conhecido internacionalmente como o marido de Gisele Bündchen, Tom Brady é um dos poucos jogadores que ainda está na ativa aos 40 anos. Em seu livro de estreia, ele divide com o público alguns dos segredos de sua bem-sucedida e longa carreira.

O Método TB12 é uma leitura estimulante, repleta de fotos sobre a vida do jogador, gráficos e imagens instrutivas que facilitam a prática do programa. Dividida em dez capítulos, esta bíblia atlética inclui uma explicação mais detalhada sobre os princípios do método, treinos, exercícios, orientações para o repouso pleno do corpo, regras de nutrição e de hidratação.

Cinquenta tons de liberdade – edição capa de filme, de E L James

O episódio final do romance que conquistou milhões de corações românticos ganha nova versão com capa inspirada nos filmes. Em Cinquenta tons de liberdade, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades à sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento terá desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de riqueza de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele deve aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar dos fantasmas do passado. Enquanto tentam vencer obstáculos, o destino muda mais uma vez, e os piores medos de Ana podem se tornar realidade.

O filme chega aos cinemas no dia 8 de fevereiro, com direção de James Foley e produção da própria E L James. [Leia +]

Todo dia a mesma noite, de Daniela Arbex

Uma das mais impressionantes tragédias do Brasil, o incêndio da boate Kiss em 2013, fez com que a cidade de Santa Maria perdesse bruscamente 242 vidas. Com delicadeza ímpar, a jornalista Daniela Arbex escreveu um livro-reportagem sobre este crime, ainda impune, baseado em centenas de horas dos depoimentos inéditos de sobreviventes, familiares das vítimas, equipes de resgate e profissionais da área da saúde.

Arbex reafirma seu lugar como uma das profissionais mais relevantes do país, veterana em reportagens de fôlego – premiada duas vezes com o Jabuti. A autora construiu um memorial para homenagear as vítimas desta noite assustadora e nos transporta até o momento em que tudo aconteceu, somado a depoimentos dos sobreviventes e relatos dos dias seguintes, mostrando as consequências de descuidos banalizados por empresários, políticos e cidadãos.

Todo dia a mesma noite é uma dolorosa e necessária tomada de consciência, um despertar de empatia pelos jovens que tiveram seus futuros destruídos. [Leia +]

Mais escuro, de E L James

Um dos livros mais aguardados dos últimos tempos, Mais escuro revisita Cinquenta tons mais escuros com um mergulho profundo na história de amor que envolveu milhões de leitores em todo o mundo, dando voz ao personagem Christian Grey. Nesta sequência, E L James revela o lado inseguro e sensível do protagonista enquanto desvenda suas diversas camadas. No fundo, ele não passa de um romântico, mais apaixonado do que nunca por Anastasia, e precisa lidar com os dilemas de seus sentimentos.

O sucesso da série Cinquenta tons de cinza é indiscutível. Os livros de E L James já venderam 7 milhões de cópias só no Brasil, e mais de 150 milhões de exemplares no mundo. Lançado originalmente em novembro na Inglaterra, Mais escuro alcançou o topo da lista de mais vendidos em apenas uma semana. [Leia +]

testeAlcance suas metas: uma lista de livros para você começar o ano inspirado

Fim de ano é o momento de avaliar o que foi realizado, o que ficou pendente, o que foi abandonado e o que será levado para os próximos 365 dias.

Talvez surja aquela crise: “meu deus, não fiz nada do que queria”. A correria do dia a dia, os boletos, os compromissos e até o medo da mudança adiam a realização de um projeto, e, muitas vezes, nossos objetivos ficam empacados, num canto empoeirado da rotina.

Mas o ano novo está logo aí e não há tempo a perder! Para ajudar na missão de concretizar os sonhos que ficaram em stand-by, sejam os mais mirabolantes ou os mais simples, profissionais ou pessoais, criamos uma lista de livros que vão tirar seus planos da imaginação e coloca-los em prática. Confira!

1) Para inspirar: Elon Musk e Ted Talks 

As mentes empreendedoras e visionárias são sempre uma inspiração. Aqueles que ousam arriscar e ir além do óbvio cedo ou tarde obtêm êxito. Dois exemplos são Elon Musk – “o Homem de Ferro da vida real” – e Chris Anderson, presidente e co-fundador do TED.

Para grande parte da elite corporativa e do Vale do Silício, Musk é uma mistura de Steve Jobs e Bill Gates: um empresário audacioso que está construindo um império. Entre suas próximas metas está colonizar Marte. Isso mesmo.

Na biografia Elon Musk, o experiente jornalista Ashlee Vance apresenta um olhar inédito sobre a vida e as realizações inacreditáveis desse homem audacioso, com relatos exclusivos e depoimentos do próprio Musk. Vance escreve sobre a jornada do empresário desde sua infância na África do Sul até a ascensão ao topo do mundo corporativo. A obra foi indicada a Livro do Ano do Financial Times em 2015.

TED Talks é o manual definitivo para quem deseja apresentar suas ideias e projetos de forma clara para um público desafiador. Desde que assumiu o comando do TED em 2001, Anderson tem mostrado o poder que as palestras curtas e diretas têm de compartilhar conhecimento, despertar empatia, gerar empolgação e promover sonhos. Nos bastidores, ele acompanhou de perto palestras individuais sobre os mais variados temas, de personagens que vão de Bill Gates a Bono Vox, entre outros. No livro, Anderson compartilha seus insights mais relevantes, que cobrem desde a formulação do conteúdo da conferência até como tirar melhor proveito do palco.

2) Fique por dentro do cenário: As upstarts e Como o Google funciona

Para colocar uma ideia no mundo, é preciso saber o que está acontecendo. Em As upstarts: Como a Uber, o Airbnb e as killer companies do novo Vale do Silício estão mudando o mundo, Brad Stone conta a história da Uber e do Airbnb, duas empresas gigantes que se tornaram um fenômeno e mudaram o mundo em que vivemos em menos de dez anos. Com detalhes dos bastidores, perfil dos fundadores e uma análise profunda sobre o impacto dessas companhias, As upstarts foi considerado um dos melhores livros do ano pela Amazon. Curiosamente, Stone também escreveu sobre esse gigante do comércio digital – a Amazon –, no livro A loja de tudo.

Ainda no universo digital, Como o Google funciona, livro de Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg, reúne as valiosas lições que transformaram o Google em uma das maiores empresas do mundo. A partir da história e de curiosidades do dia a dia da start-up, eles mostram o caminho para que gestores e empreendedores abracem o espírito de inovação, atraiam e mantenham talentos em suas equipes.

3) Colocando em prática: Sprint: O método usado no Google para testar e aplicar novas ideias em apenas cinco dias

Depois de se inspirar nas mentes brilhantes e conhecer melhor os cenários disponíveis, chegou o momento de tirar sua ideia do papel e colocá-la em prática. Para saber se um projeto inovador funciona ou não, é fundamental testá-lo. E nesse caso, nada melhor do que o método Sprint, um processo de trabalho fácil de entender e aplicar, criado pelo designer Jake Knapp na época em que ele trabalhava na Google.

Basicamente, consiste em desenvolver e testar uma nova ideia, produto ou modelo de negócio em apenas cinco dias. O método serve para equipes de todos os tamanhos, e pode ser utilizado por qualquer um que tenha uma grande oportunidade e queira desenvolver ideias, novos produtos ou negócios.

E aí, vamos nessa?!

testeBryce Dallas Howard estreia na direção de Quase uma rockstar para a Netflix

Matthew Quick será responsável por adaptar seu livro Quase uma rockstar para a Netflix! Será a estreia de Bryce Dallas Howard como diretora, atriz conhecida por seus papéis em A Vila, Histórias Cruzadas e em Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros.

O livro, lançado por aqui em 2015, narra a história de Amber Appleton, uma menina de 17 anos que mora em um ônibus escolar, o Amarelão, com a mãe e Bobby Big Boy, o leal vira-lata da adolescente. Apesar de as coisas não estarem boas para o seu lado, Amber, que se autoproclama Princesa da Esperança, se recusa a desistir… até que uma tragédia coloca seu otimismo em cheque.

A produção de Quase uma rockstar, já em andamento, é assinada por Lee Stollman, da Gotham Group e pela Temple Hill, conhecida por A Culpa É das Estrelas. Já o roteiro é de Ol Parker (Imagine Eu e VocêO Exótico Hotel Marigold).

Os direitos de exibição haviam sido adquiridos originalmente pela Fox em 2013, depois do sucesso de O Lado Bom da Vida, também de Quick. Bryce, que tem experiência na direção de curtas e clipes musicais, assume o cargo que até então era de Miguel Arteta.

testePlaylist cósmica de Vejo você no espaço

Se você pudesse enviar sons para futuras civilizações ou seres extraterrestres, quais músicas colocaria na sua playlist? 

Vejo você no espaço, livro de estreia de Jack Cheng, conta a jornada de Alex Petroski, um menino de dez anos fascinado por Carl Sagan e por tudo relacionado ao espaço sideral. Ao lado de seu cãozinho, ele cruza cidades e estados a fim de enviar seu iPod dourado em um foguete, que ele mesmo construiu. A ideia é dar sequência ao trabalho de seu grande herói, responsável por mandar os Discos de Ouro nas sondas Voyager.

Elaboramos uma lista com músicas inspiradas pelo cosmos e por mistérios da vida além do planeta Terra. Dê o play e embarque nessa viagem!

testeConheça Alex Petroski, protagonista de Vejo você no espaço e fã de Carl Sagan

Alex Petroski tem 11 anos e leva uma vida pacata em Rockview, Colorado, nos Estados Unidos, junto com sua mãe e seu amado cachorro, Carl Sagan – uma homenagem a seu grande herói, o astrônomo autor de Cosmos e Pálido ponto azul. Fascinado pelo cientista e por tudo relacionado ao espaço, ele decide construir um foguete e enviar um iPod dourado com sons de tudo que acontece ao seu redor. A missão de vida de Alex é dar continuidade ao trabalho de Sagan (o astrofísico, não o cãozinho), que mandou os Discos de Ouro nas sondas Voyager 1 e 2.

 Voltando um pouco na História…

Quando as duas sondas da missão Voyager foram lançadas ao espaço em 1977, o pessoal da NASA teve uma ideia incrível. As sondas estavam destinadas a viajar para sempre pelo espaço-tempo, indo muito além das fronteiras do Sistema Solar. Elas poderiam ser interceptadas, a qualquer momento, por uma civilização extraterrestre ou até mesmo por humanos do futuro. Pensando nisso, uma equipe liderada pelo genial astrofísico Carl Sagan desenvolveu o chamado Golden Record, um disco de cobre banhado a ouro que reúne diversos sons do planeta Terra. Um exemplar foi acoplado a Voyager 1, e o outro viajava a bordo da Voyager 2.

A ideia era contar um pouco da história da humanidade do século XX. A gravação incluía o choro de um bebê, o canto das baleias, música clássica de Beethoven e Bach, todas as saudações em 55 línguas diferentes, o som de uma mãe confortando um bebê que chora, o barulho do vento e da chuva, de trens, de carroças e de vários animais.*

 

A história de Vejo você no espaço, livro de estreia de Jack Cheng, começa quando Alex Petroski sai do Colorado com destino ao Novo México, com seu cachorro a tiracolo, seu foguete e seu iPod, afim de participar de um festival de foguetes para enviar ao espaço sua Voyager 3.

O menino grava tudo que acontece pelo caminho. Cada capítulo representa uma das faixas que os extraterrestres vão escutar, caso o iPod seja encontrado. Quase como um diário de bordo, Alex vai descrevendo os seus dias e encontros com pessoas variadas e fascinantes, entre elas o excêntrico Zed, a independente e gentil Terra e o cético Steve.

Esta típica road-trip acompanha a jornada de Alex enquanto ele desencava segredos e descobre que, mesmo para um menino com uma mãe e um irmão ausentes, família pode significar algo bem maior do que se imagina. Jack Cheng escreveu uma obra emocionante e sutil sobre temas que a infância não sabe explicar, como os complexos conflitos familiares e a solidão que nos obriga a crescer, e sobre aprendermos a discernir realidade e aparências.

Vejo você no espaço é uma lição de que com honestidade, força e amor nos tornamos tão grandiosos quanto o universo.

*Fonte: Wikipédia; Revista Galileu

testePlaylist inspirada em “Mindhunter”

 

Ted Bundy, Son of Sam, Charles Manson… Alguns dos casos mais desafiadores e chocantes narrados em Mindhunter, livro que originou a série da Netflix, se tornaram tão icônicos que renderam vários filmes, documentários, séries e ganharam versões nas vozes de diferentes artistas e bandas.

Confira nossa playlist com músicas que falam sobre esses casos sinistros aqui!

testeConheça Ordem Vermelha, primeiro livro de fantasia nacional da Intrínseca!

As seis faces da deusa Una

Observam você aonde quer que você vá.

Às vésperas de mais um Festival da Morte,

Chegou a hora de retribuir esse olhar.

Bem de perto.

Em dezembro, os leitores vão conhecer Untherak, a última região habitada do mundo. Nela, a deusa Una reina soberana, lembrando a todos a missão maior de suas vidas: servir a Ela sem questionamentos. No entanto, um pequeno grupo de rebeldes, liderado por uma figura misteriosa, está disposto a tudo para tirá-la do trono, desvendar os segredos do lugar e se preparar para a possibilidade de um futuro totalmente desconhecido. Se uma deusa cai, o que vem depois?

Ordem Vermelha: Filhos da Degradação é o livro que inicia a jornada de quatro improváveis heróis lutando pela liberdade de um povo. Um épico sobre resistir à opressão, lutar contra o status quo e construir bravamente o próprio destino. É a porta de entrada para um novo mundo, com inspirações de fantasia medieval, personagens marcantes e uma narrativa que salta das páginas a cada vila, ruela e beco de Untherak.

Primeiro livro de fantasia que a Intrínseca lança em parceria com a CCXP – Comic Con Experience –, escrito por Felipe Castilho em cocriação com Rodrigo Bastos Didier e Victor Hugo Sousa, será lançado em 7 de dezembro, durante a CCXP, e já está em pré-venda.

Leia um trecho e saiba mais sobre o livro.

testeLançamentos de outubro

 

Confira as sinopses dos lançamentos do mês:

Tartarugas até lá embaixo, de John Green —  Depois de seis anos, o autor de A culpa é das estrelas lança seu primeiro livro inédito.

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido — quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro — enquanto tenta lidar com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). [Leia +]

 

 

O navio dos mortos, de Rick Riordan — A aguardada conclusão da saga de mitologia nórdica de Rick Riordan chega finalmente às livrarias!

 

Jogo de espelhos, de Cara Delevingne e Rowan Coleman— Cara é modelo, atriz e uma das personalidades mais influentes de sua geração.

Em seu romance de estreia, criou uma história incrível e repleta de suspense sobre quatro adolescentes que são melhores amigos e têm uma banda, a Mirror, Mirror. Juntos eles precisam lidar com os seus próprios segredos e desvendar o desaparecimento misterioso de uma das integrantes do grupo. [Leia +]

 

Leonardo da Vinci, de Walter IsaacsonA biografia definitiva do mestre Leonardo da Vinci, assinada pelo autor dos best-sellers Steve Jobs: A biografia e Einstein: sua vida, seu universo, tece uma narrativa que conecta arte e ciência, revelando as facetas inéditas da história de um dos maiores gênios da história. [Leia +]

 

Destrua este diário: Agora em cores, de Keri SmithEm edição comemorativa dos dez anos da primeira publicação, o novo Destrua este diário combina atividades inéditas e outras já conhecidas dos leitores em páginas totalmente remodeladas. Uma segunda chance de mergulhar no mundo de rascunhos, anotações aleatórias e cores variadas. [Leia +]

A linha, de Keri Smith — Com formato de bloco e ótima opção de presente neste fim de ano, A linha tem uma proposta, a princípio, mais simples: pegue um lápis e comece com um traço. Mas, a partir daí, não espere obviedades. Conforme sua linha se move pelas páginas você vai encontrar um infinito de novas formas de explorar os espaços — por cima, por baixo, pelas bordas, parando, voltando e até mesmo cedendo seu traço a outra pessoa. [Leia +]

 

Rejuvelhecer, de dr. Sergio Abramoff — Você tem medo de ir ao médico? De fazer exames preventivos? Você sabia que um estilo de vida saudável evita mais mortes prematuras do que uma boa genética?

Em Rejuvelhecer, dr. Sergio Abramoff, especializado em medicina preventiva, explica os maiores riscos das transformações sutis e progressivas que a idade promove em nosso organismo, apontando cuidados e atitudes capazes de diminuir ou adiar significativamente o impacto de doenças comuns na velhice, como, por exemplo, o Alzheimer, o câncer e as doenças cardiovasculares e osteomusculares.

testePodcast #1 – Piano vermelho e Caixa de pássaros

Quem acompanha as redes sociais da Intrínseca já deve ter percebido como adoramos falar e trocar ideias com os nossos seguidores sobre a nossa grande paixão: LIVROS. Estamos presentes no Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e Youtube e agora resolvemos reunir a equipe para nos aventurarmos no mundo dos podcasts.

É uma conversa rápida e descontraída para quem quer saber detalhes sobre o que mais amamos! Para esse primeiro teste, escolhemos apresentar Piano vermelho, novo thriller de Josh Malerman, autor de Caixa de pássaros. Tem muita descontração, terror, risadas e curiosidades sobre o universo do autor.

Escute:

Participantes: Bruno, Josué e Pedro.

 

Assine o podcast!

testeConfira a programação da Intrínseca na Bienal do Livro do Rio

A Intrínseca estará mais uma vez na Bienal Internacional do Livro Rio, que acontecerá entre os dias 31 de agosto e 10 de setembro, no Riocentro. Os destaques da editora na décima oitava edição do evento são a americana Jenny Han, autora da trilogia Para todos os garotos que já amei, que vem exclusivamente para o evento lançar o último livro da série, Agora e para sempre, Lara Jean, e Raony Phillips, da série do YouTube Girls in the house, que lança seu primeiro livro inspirado na produção, Meu livro. Eu que escrevi.

Este ano, serão seis autores da casa no evento. Isabela Freitas, autora de Não se enrola, não participa da mesa “Dos livros para as telas e teatro”, Pedro Gabriel, de Eu me chamo Antônio, estará na mesa “Novos canais literários”; Joaquim Ferreira dos Santos fala de seu livro Enquanto houver champanhe, há esperança com Artur Xexéo e Patrícia Kogut na mesa “Histórias da TV e sociedade”; e a jornalista Míriam Leitão fecha nossa programação de autores na mesa “a era do imprevisto” falando sobre seus livros A verdade é teimosa e História do futuro.

Além da programação dos autores, teremos um encontro com nossos blogueiros parceiros no dia 9 de setembro! Este ano, o estande da editora será na avenida principal do Pavilhão Azul, entre a rua E e a rua F. Esperamos vocês por lá!

Estande da Intrínseca na Bienal
Endereço: Pavilhão Azul (3) entre a rua E e a rua F
Horário de funcionamento:
31 de agosto: 13h às 22h
7 de setembro (feriado): 10h às 22h
Durante a semana: 9h às 22h
Finais de semana: 10h às 22h
Confira o mapa

Confira a programação completa:

2/set, sábado:

Jenny Han

Encontro com Jenny Han
11h – Auditório Madureira| Pavilhão Verde
12h30 – Autógrafos na Cabine Palco Maracanã | Praça de alimentação externa

Confira as regras e confirme sua presença

– Distribuição de 300 senhas às 10h30 na central de senhas, na praça de alimentação externa.

 

3/set, domingo:

Pedro Gabriel

Mesa “Novos canais literários” (com Daniel Pinsky e Gustavo Lembert)
12h – Café Literário| Pavilhão Azul
Autógrafos no estande da Intrínseca | E13/F14 – Pavilhão Azul

Confira as regras e confirme sua presença

 

8/set, sexta-feira:

Isabela Freitas

Mesa “Dos livros para as telas e teatro” (com Luiza Trigo e Carina Rissi)
18h – Arena #Semfiltro| Pavilhão Verde
Autógrafos no estande da Intrínseca| E13/F14 – Pavilhão Azul

Confira a regras e confirme sua presença

– Distribuição de 150 senhas para autógrafos no estande da Intrínseca a partir das 12h do dia 08/09.

 

9/set, sábado:

Encontro com blogueiros

10h – Auditório Lapa| Pavilhão Verde

Confira a regras e confirme sua presença

 

Raony Phillips

Mesa “Girls in the ao vivo” (Mediação de Ana Paula Lisboa)
17h – Arena #Semfiltro| Pavilhão Verde
Autógrafos na praça Copacabana, Pavilhão Verde

Confira a regras e confirme sua presença

– Distribuição de 250 senhas para autógrafos no estande da Intrínseca a partir das 12h do dia 09/09.

 

Joaquim Ferreira dos Santos

Mesa “Histórias da TV e sociedade” (com Artur Xexéo e Patrícia Kogut)
19h30 – Café Literário| Pavilhão Azul
Autógrafos na Praça de Autógrafos

Confira a regras e confirme sua presença

 

10/set, domingo:

Míriam Leitão

Mesa “A era do imprevisto” (com Sérgio Abranches e mediação de Marcelo Pimentel Lins)
16h – Café Literário| Pavilhão Azul
Autógrafos no estande da Intrínseca| E13/F14 – Pavilhão Azul

Confira a regras e confirme sua presença