testeDownton Abbey agora no GNT

Boas notícias para os fãs da série de TV inglesa Downton Abbey: o canal GNT, da Globosat, comprou as três primeiras temporadas e irá exibi-las a partir de abril de 2013. Além disso, o programa que se transformou em febre na Inglaterra e nos Estados Unidos — e que já faturou sete prêmios Emmy e o Globo de Ouro de melhor série em 2012 —, ganhou sua quarta temporada. Os oito novos episódios, mais um especial de Natal, têm estreia prevista para o segundo semestre do ano que vem.

Bibliografia essencial

Com O mundo de Downton Abbey, de Jessica Fellowes, a Intrínseca iniciou a publicação da bibliografia essencial sobre o universo criado por Julian Fellowes — vencedor do Oscar de roteiro original por Assassinato em Gosford Park, filme dirigido por Robert Altman. Além de um guia da série, ricamente ilustrado com fotos, bastidores da produção e entrevistas com o elenco, sua extensa pesquisa histórica oferece um panorama completo da época, desde a apresentação das debutantes na corte até a troca de alianças, as revoluções da moda e o cotidiano dos soldados ingleses nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial.

As histórias verídicas do castelo Highclere, que serve como cenário para as tramas de Lord Granthan e família, foram recontadas em Lady Almina e a verdadeira Downton Abbey. Lady Fiona, a atual condessa de Carnarvon, esmiúça a vida de uma de suas antecessoras no cargo: Lady Almina, a quinta condessa de Carvernon, que administrou a propriedade no período e inspirou para a criação de alguns dos personagens da série.

Em 2013, será publicado o clássico Below Stairs, texto fundamental sobre a relação entre patrões e empregados da época. As memórias de Margaret Powell, que, na década de 1920, foi ajudante de cozinha até ascender ao posto de cozinheira, reconstroem a vida nas grandes mansões sob a perspectiva dos criados. Inédito no Brasil, o título que serviu como base para Downton Abbey e outras obras que abordam traz indícios das mudanças ocorridas na sociedade inglesa da década de 1920 até meados de 1960.

Com informações da Patrícia Kogut.

 

testeBibliografia essencial de Downton Abbey

Vencedora do Globo de Ouro de melhor série em 2012 e de seis prêmios Emmy em 2011, Downton Abbey é o programa dramático mais assistido na Inglaterra nos últimos oito anos. Sucesso absoluto também nos Estados Unidos, seus direitos para exibição foram vendidos para outros 100 países. No Brasil, o luxo e os conflitos de uma aristocrática família britânica — e de seu séquito de criados — chegam acompanhados por três livros imprescindíveis para os fãs da série inglesa e para todos os interessados na política, na moda e na relação entre patrões e empregados do início do século XIX. Na TV, Downton Abbey estreia no próximo sábado, dia 19 de maio, no canal Globosat HD.

Para iniciar a imersão no universo criado por Julian Fellowes — vencedor do Oscar de roteiro original por Assassinato em Gosford Park, filme dirigido por Robert Altman —, a Intrínseca publica O mundo de Downton Abbey. Com lançamento previsto para setembro, é ricamente ilustrado com fotos, bastidores da produção e entrevistas com o elenco. Além de um guia do programa, sua extensa pesquisa histórica oferece um panorama completo da época, desde a apresentação das debutantes na corte até a troca de alianças, as revoluções da moda e o cotidiano dos soldados ingleses nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial.

Em outubro, as histórias verídicas do castelo Highclere, que serve como cenário para as tramas de Lord Granthan e família, serão publicadas em Lady Almina and the Real Downton Abbey (ainda sem título em português). Lady Fiona, a atual condessa de Carnarvon, esmiúça a vida de uma de suas antecessoras no cargo: Lady Albina, a quinta condessa de Carvernon, que administrou a propriedade no período e serviu como inspiração para a criação de alguns dos personagens da série.

O clássico Below Stairs, texto fundamental sobre a relação entre patrões e empregados da época, será publicado no início de 2013. As memórias de Margaret Powell, que foi ajudante de cozinha em 1920 até ascender ao posto de cozinheira, reconstroem a vida nas grandes mansões sob a perspectiva dos criados. Inédito no Brasil, o título que serviu como base para Downton Abbey e outras obras que abordam o tema acompanha as mudanças na sociedade inglesa da década de 1920 até meados de 1960.