testeArgo e O lado bom da vida são indicados ao PGA Awards

O sindicato dos produtores norte-americanos divulgou na noite de ontem os indicados ao Producers Guild Awards 2012. Considerado um prenúncio para o Oscar, o PAG Awards possui centenas de membros da Academia entre os votantes e nas últimas 16 edições premiou as mesmas produções que receberam a estatueta de melhor filme.

Entre os concorrentes a melhor filme estão Argo, thriller de Ben Affleck que foi eleito o filme do ano pelo American Film Institute e recebeu cinco indicações ao Globo de Ouro e duas ao SAG Awards, e O lado bom da vida, comédia escolhida pelo público como o melhor filme no Festival Internacional de Cinema de Toronto e que está concorrendo a quatro categorias do Globo de Ouro, duas do SAG Awards e cinco do Spirit Awards.

O telefilme Virada no jogo (Game Change), que já acumula cinco nomeações ao Globo de Ouro, foi indicado como melhor produção para TV e Downton Abbey concorre ao posto de melhor série dramática — o sucesso da TV britânica também aspira a três Globos de Ouro.

A cerimônia da 24ª edição do Producers Guild Awards 2012 será em 26 de janeiro, no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. A entrega dos prêmios do Globo de Ouro acontece em 13 de janeiro, a do SAG Awards em 27 de janeiro e a do Oscar em 23 de fevereiro.

Leia também: Nossos livros indicados ao Globo de Ouro e ao SAG Awards

Confira a lista completa dos indicados ao Producers Guild Awards 2012:

Melhor produção cinematográfica:
Argo
Indomável sonhadora
Django livre
Os miseráveis
A vida de Pi
Lincoln
Moonrise kingdom
O lado bom da vida
007 – Skyfall
A hora mais escura

Melhor animação:
Valente
Frankenweenie
ParaNorman
A lenda dos Guardiões
Detona Ralph

Melhor produção para TV:
American Horror Story
The Dust Bowl
Virada no jogo
Hatfields & McCoys
Sherlock

Melhor série de drama:
Breaking bad
Downton Abbey
Game of Thrones
Homeland
Mad men

Melhor série de comédia:
30 Rock
The big bang theory
Curb your enthusiasm
Louie
Modern family

 

testeNa corrida para o Oscar: nossos livros indicados ao Globo de Ouro e ao SAG Award

A Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood acaba de divulgar a lista de indicados ao Globo de Ouro de 2013, um dos grandes termômetros para o Oscar — ontem a SAG Awards, a principal premiação do sindicato americano de atores, também anunciou a sua lista. Entre os destaques deste ano estão Argo, thriller de Ben Affleck que já que foi eleito o melhor filme norte-americano do ano pelo American Film Institute, e O lado bom da vida, com estreia marcada nos cinemas nacionais para 1 de fevereiro. A comédia, que foi escolhida pelo público como o melhor filme no Festival Internacional de Cinema de Toronto, é baseada na ficção homônima de Matthew Quick que será publicada em janeiro.

A cerimônia de entrega da 70ª edição do Globo de Ouro acontece em 13 de janeiro e será exibida para 160 países. O 19º SAG Awards ocorre em 27 de janeiro e o Oscar em 23 de fevereiro.

Confira abaixo a lista com todos os filmes e minisséries baseados em livros da Intrínseca que concorrem aos dois prêmios:

Filmes indicados ao Globo de Ouro

Argo
Melhor filme (drama)
Melhor diretor: Ben Affleck
Melhor roteiro: Chris Terrio
Melhor ator coadjuvante: Alan Arkin
Melhor trilha sonora: Alexandre Desplat

Hitchcock
Melhor atriz (drama): Helen Mirren

O lado bom da vida (Silver Linings Playbook)
Melhor filme (comédia/musical)
Melhor roteiro: David O. Russell
Melhor ator (comédia/musical): Bradley Cooper
Melhor atriz (comédia/musical): Jennifer Lawrence

Intocáveis
Melhor filme estrangeiro

Séries e minisséries indicadas ao Globo de Ouro

Downton Abbey
Melhor série (drama)
Melhor atriz em série dramática: Michelle Dockery
Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme: Maggie Smith

Girls
Melhor série (comédia / musical)
Melhor atriz em série musical ou de humor: Lena Dunham

Virada no jogo (Game Change)
Melhor minissérie ou telefilme
Melhor ator em uma minissérie ou telefilme: Woody Harrelson
Melhor atriz em uma minissérie ou telefilme: Julianne Moore
Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou telefilme: Ed Harris
Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme: Sarah Paulson

Atores indicados ao SAG Awards

Argo
Melhor performance de elenco
Melhor ator coadjuvante: Alan Arkin

Hitchcock
Melhor atriz: Helen Mirren

O lado bom da vida (Silver Linings Playbook)
Melhor performance de elenco
Melhor ator: Bradley Cooper
Melhor atriz: Jennifer Lawrence
Melhor ator coadjuvante: Robert De Niro

Leia também:
O lado bom da vida recebe cinco indicações ao Spirit Awards

testeO lado bom da vida recebe cinco indicações ao Spirit Awards

Eleito o melhor filme do Festival Internacional de Cinema de Toronto pelo público, O lado bom da vida (The Silver Linings Playbook) acaba de receber cinco indicações ao Spirit Awards, o Oscar do cinema independente norte-americano. Baseado no livro homônimo de Matthew Quick, que será publicado pela Intrínseca em janeiro, a produção concorre aos prêmios de melhor filme, melhor diretor (David O. Russell), melhor roteiro (David O. Russell), melhor atriz (Jennifer Lawrence) e melhor ator (Bradley Cooper). A comédia, que ainda tem Robert de Niro no elenco, chega aos cinemas nacionais em 1 de fevereiro de 2013.

A cerimônia do Spirit Awards acontece um dia antes do Oscar, em 23 de fevereiro.

Leia também:
Assista ao clipe de Crazy ‘Bout You, de Jessie J, música-tema de O lado bom da vida.

testeFestival de Toronto: Silver linings playbook e Argo são os preferidos do público

Baseado no livro homônimo de Matthew Quick, cujo lançamento está previsto para o primeiro semestre de 2013, Silver linings playbook foi eleito o melhor filme do Festival Internacional de Cinema de Toronto pelo público que assistiu à mostra. Estrelada por Bradley Cooper, Jennifer Lawrence e Robert De Niro, a comédia dramática narra a história de um professor que retorna ao lar após passar oito meses numa clínica psiquiátrica.

O segundo lugar da mostra ficou com Argo, adaptação cinematográfica da história real narrada pelo ex-agente da CIA Antonio Mendez e Matt Baglio em livro homônimo que será publicado em 25 de setembro. Dirigido e protagonizado por Ben Affleck, o thriller político de espionagem relata o episódio em que Antonio Mendez traça um plano inusitado: simular uma produção de Hollywood para resgatar seis diplomatas americanos de Teerã, em 1979, sob o pretexto de que integrariam a equipe de filmagem à procura de locações no Oriente Médio. O filme é produzido por Grant Heslov e George Clooney e tem Alan Arkin, John Goodman e Bryan Cranston no elenco.

testePrecisamos falar sobre o Kevin será exibido no Festival de Toronto

Após estreia na mostra competitiva do Festival de Cannes deste ano, o filme Precisamos falar sobre o Kevin, da diretora escocesa Lynne Ramsay, foi escalado para o 36° Festival Internacional de Cinema de Toronto, que acontece de 8 a 18 de setembro no Canadá. Segundo a crítica, o destaque da adaptação do romance homônimo de Lionel Shriver é a atuação impecável da atriz Tilda Swinton, que vive Eva, a mãe de um garoto que, aos 15 anos, mata 11 pessoas. John C. Reilly (Franklin) e Ezra Miller (Kevin) completam o elenco.

O filme, que será lançado nos Estados Unidos em 2 de dezembro, ainda não tem distribuidora confirmada no Brasil.