testeAssista ao trailer de Antes que eu vá, filme que estreia em 2017

beforeifallmovie_trailer

Sexta-feira, 12 de fevereiro, é o último dia de vida de Samantha Kingston, uma garota que até então tinha tudo: o namorado mais cobiçado do colégio, três amigas fantásticas e uma vida privilegiada. Mas ela recebe uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver o mesmo dia vezes seguidas, Samantha descobre, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. 

Este é o mote de Antes que eu vá, romance de Lauren Oliver (autora também da série Delírio) que está sendo adaptado para os cinemas. Dirigido por Ry Russo-Young, o filme tem estreia prevista para 3 de março de 2017 nos Estados Unidos e é estrelado por Zoey Deutch (Samantha Kingston), Halston Sage (Lindsay), Kian Lawley (Rob), Logan Miller (Kent), Cynthy Wu (Ally Harris), Elena Kampouris (Juliet Sykes) e Medalion Rahimi (Elody).

No romance publicado em 2011 pela Intrínseca, Lauren expõe as complexas relações que se formam dentro de uma escola, fugindo dos estereótipos habituais. Suas personagens, que inicialmente transparecem simplesmente egoísmo e superficialidade, são densas, guardam segredos e mágoas. Ao tentar mudar os acontecimentos do dia ao qual está presa, sua heroína se humaniza e, pela primeira vez, reflete sobre sua relação com as amigas, com a família, e sobre como seria o “último dia” que gostaria de viver.

Confira as fotos das filmagens:

foto_filme_antes_que_va_filme2

foto_filme_antes_que_va_filme4

foto_filme_antes_que_va_filme3

foto_filme_antes_que_va_filme6

foto_filme_antes_que_va_filme5

foto_filme_antes_que_va_filme7

foto_filme_antes_que_va_filme8

 

>> Leia um trecho de Antes que eu vá

testeAntes que eu vá estreia nos cinemas em 2017

motagem_antes que eu va

Sexta-feira, 12 de fevereiro, é o último dia de vida de Samantha Kingston, uma garota que até então tinha tudo: o namorado mais cobiçado do colégio, três amigas fantásticas e uma vida privilegiada. Mas ela recebe uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver o mesmo dia vezes seguidas, Samantha descobre, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. 

Este é o mote de Antes que eu vá, romance de Lauren Oliver (autora também da série Delírio) que está sendo adaptado para os cinemas. Dirigido por Ry Russo-Young, o filme tem estreia prevista para 7 de abril de 2017 nos Estados Unidos e é estrelado por Zoey Deutch (Samantha Kingston), Halston Sage (Lindsay), Kian Lawley (Rob), Logan Miller (Kent), Cynthy Wu (Ally Harris), Elena Kampouris (Juliet Sykes) e Medalion Rahimi (Elody).

No romance publicado em 2011 pela Intrínseca, Lauren expõe as complexas relações que se formam dentro de uma escola, fugindo dos estereótipos habituais. Suas personagens, que inicialmente transparecem simplesmente egoísmo e superficialidade, são densas, guardam segredos e mágoas. Ao tentar mudar os acontecimentos do dia ao qual está presa, sua heroína se humaniza e, pela primeira vez, reflete sobre sua relação com as amigas, com a família, e sobre como seria o “último dia” que gostaria de viver.

Confira as fotos das filmagens:

foto_filme_antes_que_va_filme2

foto_filme_antes_que_va_filme4

foto_filme_antes_que_va_filme3

foto_filme_antes_que_va_filme6

foto_filme_antes_que_va_filme5

foto_filme_antes_que_va_filme7

foto_filme_antes_que_va_filme8

 

>> Leia um trecho de Antes que eu vá

testeUM RÉQUIEM PARA LENA HALLOWAY

Requiem Capa

A espera acabou! Em maio a Intrínseca publica Réquiem, o desfecho da trilogia Delírio. Da faísca da revolta que teve início em Pandemônio eclode uma revolução e Lena está no centro de tudo. O retorno de Alex, que ela julgava estar morto, tumultua ainda mais seus pensamentos. Do outro lado do muro, Hana se submete à intervenção obrigatória que deveria curá-la do amor. Mas algo dá errado e ela passa a questionar sua vida e pareamento com o futuro prefeito de Portland.

Alternando entre o ponto de vista de Lena e o de Hana, Lauren Oliver mostra que a revolução é um caminho sem volta, assim como a liberdade.

Delírio é a série distópica que apresenta uma sociedade em que o amor é considerado uma doença, erradicada pela ciência. Para evitar o mais mortal dos males, todos os cidadãos, ao completarem dezoito anos, passam por uma intervenção cirúrgica.

testeA virada de Lena Haloway em Pandemônio

Imagine uma sociedade em que o amor é considerado uma doença fatal que, para o bem de todos, já pode ser curada pela ciência. Para tratar o amor deliria nervosa, o mais mortal dos males, o governo determina que todas as pessoas se submetam a uma intervenção cirúrgica ao completarem 18 anos. Livres do sentimento, eles passam a ter uma vida perfeita, sem surpresas ou fortes emoções. Após a cura, cada cidadão é direcionado para uma faculdade e lhe é designado um parceiro adequado que o acompanhará por toda a vida.

Esse é o cenário da série Delírio, criada por Lauren Oliver, cujo segundo livro, Pandemônio, já está à venda nas livrarias e em e-book. A protagonista, Lena Haloway, é uma jovem de 17 anos que acredita que todas essas regras impostas pelo governo contribuem para o bem-estar social e aguarda ansiosamente pelo dia de sua intervenção. Órfã, ela não vê a hora de se livrar tanto do risco de se contaminar quanto do passado que assombra sua família. No momento em que se apaixona por Alex, porém, tudo o que ela conhecia e em que acreditava desmorona.

Se em Delírio, primeiro volume da trilogia, nossa heroína aprende a amar e tem que lidar com esse novo sentimento, em Pandemônio ela precisa se transformar em alguém forte o suficiente para lutar contra um sistema cada vez mais repressor. No entanto, ela fica dividida entre as novas Lenas que surgem após atravessar a cerca. De um lado, estão as lembranças do passado — Alex e a adaptação na Selva, onde as pessoas precisam abandonar suas histórias e se reinventar para sobreviver à nova realidade. É lá que Lena conhece Graúna, “a garota de cabelo preto”; Vovô, o mais velho dali; Fê, redução de Felizarda, que perdeu um dedo devido a uma grave infecção, mas não perdeu a vida; Lupi, ou Lupino, que apareceu milagrosamente na Selva um dia, no meio de um emaranhado de arbustos e espinhos, como se tivesse sido deixado ali por lobos; Azul, a menina de olhos da cor vívida do céu; Alistar, que já tinha esse nome antes de chegar li; e Prego, que ganhou o apelido por ser um tanto… desagradável.

Do outro lado, no presente, estão as sementes de uma violenta revolução. Em Nova York, munida de documentos falsos, Lena passa a fazer parte da resistência, ao lado de outros Inválidos infiltrados no sistema. E não importa o quanto o governo tema as emoções: as faíscas da revolta, vindas de todos os lugares, incendeiam paulatinamente toda a sociedade.

Leia também:

Emma Roberts viverá Lena Haloway no piloto de Delírio para a TV
Jeanine Mason interpretará Hana em Delírio
Daren Kagasoff interpretará Alex em Delírio

Conheça a capa de Pandemônio (série Delírio)

testeEstante Intrínseca: lançamentos jovens de março

9/03 – Garota exemplar, de Gillian Flynn – Jornalista e ex-crítica da Entertainment Weekly, Gillian Flynn tornou-se uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade. Garota exemplar conquistou crítica e público, teve três milhões de cópias comercializadas e está há 37 semanas na lista de best-sellers do New York Times.

Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece de casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e seu marido Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.

O relato perturbador de Gillian Flynn chegará aos cinemas com produção de Reese Witherspoon. David Fincher (Clube da luta e A rede social) está sendo sondado pelo estúdio para dirigir a adaptação. Leia mais.
Leia um trecho.

11/03 – Os óculos de Heidegger, de Thaisa Frank – Em seu livro de estreia, Thaisa Frank mescla filosofia e romance em uma história inusitada. O cenário é a Operação Postal, programa nazista em que um grupo de intelectuais respondia às cartas enviadas aos prisioneiros dos campos de concentração com objetivo de garantir sigilo sobre a Solução Final.

Certo dia, uma tarefa é passada pelo próprio Goebbels: responder a uma carta do filósofo Martin Heidegger para seu amigo e oculista Asher Englehardt, prisioneiro de Auschwitz. Diante da suspeita de que talvez a prosaica correspondência contenha algum tipo de mensagem cifrada que poderia desmantelar os planos do Terceiro Reich, os escribas e seus líderes se veem às voltas com o desafio de responder ao filósofo de uma forma que desencoraje uma nova troca de cartas e garanta a permanência tranquila do grupo.

12/03 – A hospedeira, de Stephenie Meyer – Nova edição do romance adulto de Stephenie Meyer com capa inspirada no cartaz do filme estrelado por Saoirse Ronan, Max Irons, Jake Abel e Diane Kruger. Com estreia prevista para 29 de março nos cinemas brasileiros, a produção tem roteiro e direção de Andrew Niccol (O Preço do Amanhã, O Senhor das Armas).

A autora de Crepúsculo estreia na ficção científica abordando um triângulo amoroso que envolve apenas dois corpos, numa Terra ocupada por alienígenas que parasitam os humanos, tomando o lugar de suas almas. Melanie é uma hospedeira que resiste, bombardeando a alma invasora com memórias e desejos, recusando-se a esquecer seu passado, inclusive Jared, que se torna a paixão de ambas. Leia mais.
Leia um trecho.

15/03 – O teorema Katherine, John Green – Eleito como Livro do Ano pela Kirkus Reviews e Melhor Livro para Jovens Adultos pela American Library Association, O teorema Katherine é o novo livro de John Green, o aclamado autor de A culpa é das estrelas.

Colin conhece Katherine. Katherine gosta de Colin. Colin e Katherine namoram. Katherine termina com Colin. É sempre assim.

Após o mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, com pura matemática, o desfecho de qualquer relacionamento.

Uma descoberta que vai entrar para a história, vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevar Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera. Leia mais.
Leia um trecho.

20/03 – Pandemônio, de Lauren Oliver – No segundo livro da série Delírio, Lena Haloway está dividida entre o passado – Alex, a luta pela sobrevivência na Selva – e o presente, em que terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor, sem, porém, se transformar em um zumbi.

A Fox está produzindo o piloto de uma série de tevê inspirada em Delírio, que já tem elenco definido. Daren Kagasoff (astro de The Secret Life of the American Teenager) interpretará Alex, a paixão secreta de Lena Haloway, que será vivida por Emma Roberts. Leia mais.

22/03 – A evolução de Bruno Littlemore, de Benjamin Hale – Bruno Littlemore é diferente de qualquer outro chimpanzé do mundo. Precoce e com uma inteligência acima da média, o jovem Bruno, nascido no zoológico de Chicago, é logo transportado a um laboratório, onde fica sob os cuidados de uma eminente primatóloga chamada Lydia Littlemore. Ao descobrir o talento único de Bruno, Lydia o leva para sua própria casa a fim de supervisionar sua educação e permitir que o animal desenvolva a paixão por artes plásticas. Mas, apesar de todos os dons de Bruno, o chimpanzé tem dificuldade em enjaular seus instintos mais primitivos.

30/03 – O diário de Helga, Helga Weiss – Calcula-se que das 15.000 crianças que passaram pelo campo de internamento de Terezín, na antiga Tchecoslováquia, apenas 100 chegaram com vida ao fim da Segunda Guerra Mundial. A respeitada artista plástica Helga Weiss é autora de um dos mais comoventes testemunhos do Holocausto. Aos 83 anos, ela vive em Praga, no mesmo apartamento em que morou com os pais antes da deportação.

Em 1938, por ocasião da ocupação nazista em seu país, a menina de 8 anos, filha de um bancário e uma costureira, começou a escrever e a desenhar suas impressões sobre tudo que aconteceu com sua família. Em um caderno, Helga narra a segregação dos judeus ainda em Praga, a desumana rotina de privações e doenças de Terezín e sua peregrinação ao lado da mãe por campos de extermínio como Auschwitz, onde escapou por pouco da câmara de gás.

testeEstante Intrínseca: lançamentos de março

9/03 – Garota exemplar, de Gillian Flynn – Jornalista e ex-crítica da Entertainment Weekly, Gillian Flynn tornou-se uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade. Garota exemplar conquistou crítica e público, teve três milhões de cópias comercializadas e está há 37 semanas na lista de best-sellers do New York Times.

Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece de casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e seu marido Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.

O relato perturbador de Gillian Flynn chegará aos cinemas com produção de Reese Witherspoon. David Fincher (Clube da luta e A rede social) está sendo sondado pelo estúdio para dirigir a adaptação. Leia mais.
Leia um trecho.

11/03 – Os óculos de Heidegger, de Thaisa Frank – Em seu livro de estreia, Thaisa Frank mescla filosofia e romance em uma história inusitada. O cenário é a Operação Postal, programa nazista em que um grupo de intelectuais respondia às cartas enviadas aos prisioneiros dos campos de concentração com objetivo de garantir sigilo sobre a Solução Final.

Certo dia, uma tarefa é passada pelo próprio Goebbels: responder a uma carta do filósofo Martin Heidegger para seu amigo e oculista Asher Englehardt, prisioneiro de Auschwitz. Diante da suspeita de que talvez a prosaica correspondência contenha algum tipo de mensagem cifrada que poderia desmantelar os planos do Terceiro Reich, os escribas e seus líderes se veem às voltas com o desafio de responder ao filósofo de uma forma que desencoraje uma nova troca de cartas e garanta a permanência tranquila do grupo.
Leia um trecho.

12/03 – A hospedeira, de Stephenie Meyer – Nova edição do romance adulto de Stephenie Meyer com capa inspirada no cartaz do filme estrelado por Saoirse Ronan, Max Irons, Jake Abel e Diane Kruger. Com estreia prevista para 29 de março nos cinemas brasileiros, a produção tem roteiro e direção de Andrew Niccol (O Preço do Amanhã, O Senhor das Armas).

A autora de Crepúsculo estreia na ficção científica abordando um triângulo amoroso que envolve apenas dois corpos, numa Terra ocupada por alienígenas que parasitam os humanos, tomando o lugar de suas almas. Melanie é uma hospedeira que resiste, bombardeando a alma invasora com memórias e desejos, recusando-se a esquecer seu passado, inclusive Jared, que se torna a paixão de ambas. Leia mais.
Leia um trecho.

15/03 – O teorema Katherine, John Green – Eleito como Livro do Ano pela Kirkus Reviews e Melhor Livro para Jovens Adultos pela American Library Association, O teorema Katherine é o novo livro de John Green, o aclamado autor de A culpa é das estrelas.

Colin conhece Katherine. Katherine gosta de Colin. Colin e Katherine namoram. Katherine termina com Colin. É sempre assim.

Após o mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, com pura matemática, o desfecho de qualquer relacionamento.

Uma descoberta que vai entrar para a história, vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevar Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera. Leia mais.
Leia um trecho.

20/03 – Pandemônio, de Lauren Oliver – No segundo livro da série Delírio, Lena Haloway está dividida entre o passado – Alex, a luta pela sobrevivência na Selva – e o presente, em que terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor, sem, porém, se transformar em um zumbi.

A Fox está produzindo o piloto de uma série de tevê inspirada em Delírio, que já tem elenco definido. Daren Kagasoff (astro de The Secret Life of the American Teenager) interpretará Alex, a paixão secreta de Lena Haloway, que será vivida por Emma Roberts. Leia mais.
Leia um trecho.

22/03 – A evolução de Bruno Littlemore, de Benjamin Hale – Bruno Littlemore é diferente de qualquer outro chimpanzé do mundo. Precoce e com uma inteligência acima da média, o jovem Bruno, nascido no zoológico de Chicago, é logo transportado a um laboratório, onde fica sob os cuidados de uma eminente primatóloga chamada Lydia Littlemore. Ao descobrir o talento único de Bruno, Lydia o leva para sua própria casa a fim de supervisionar sua educação e permitir que o animal desenvolva a paixão por artes plásticas. Mas, apesar de todos os dons de Bruno, o chimpanzé tem dificuldade em enjaular seus instintos mais primitivos.

30/03 – O diário de Helga, Helga Weiss – Calcula-se que das 15.000 crianças que passaram pelo campo de internamento de Terezín, na antiga Tchecoslováquia, apenas 100 chegaram com vida ao fim da Segunda Guerra Mundial. A respeitada artista plástica Helga Weiss é autora de um dos mais comoventes testemunhos do Holocausto. Aos 83 anos, ela vive em Praga, no mesmo apartamento em que morou com os pais antes da deportação.

Em 1938, por ocasião da ocupação nazista em seu país, a menina de 8 anos, filha de um bancário e uma costureira, começou a escrever e a desenhar suas impressões sobre tudo que aconteceu com sua família. Em um caderno, Helga narra a segregação dos judeus ainda em Praga, a desumana rotina de privações e doenças de Terezín e sua peregrinação ao lado da mãe por campos de extermínio como Auschwitz, onde escapou por pouco da câmara de gás.

testeDaren Kagasoff interpretará Alex, em Delírio

Foi definido o elenco principal de Delírio, piloto da série de TV da Fox baseado no romance homônimo de Lauren Oliver. Daren Kagasoff (The Secret Life of the American Teenager) interpretará Alex, a paixão secreta de Lena Haloway, que será vivida por Emma Roberts.

Na trilogia distópica, Lauren Oliver apresenta uma sociedade em que o amor é considerado uma doença fatal que pode ser curada pela ciência. Para tratar o Amor deliria nervosa, o mais mortal dos males, o governo determina que todos os cidadãos se submetam a uma intervenção cirúrgica ao completarem 18 anos. Livres do sentimento, eles passam a ter uma vida perfeita, sem surpresas ou fortes emoções.

Lena Haloway é uma jovem de 17 anos que acredita que todas essas regras contribuem para o bem-estar social e aguarda ansiosamente pelo dia de sua intervenção. Órfã, ela não vê a hora de se livrar do risco de se contaminar e do passado que assombra sua família. Mas, no momento em que se apaixona por Alex, tudo o que ela conhecia e em que acreditava desmorona. Faltando apenas 95 dias para o dia de seu procedimento, será que Lena escolherá a cura?

Pandemônio, o segundo volume da série, será lançado em março. Conheça a capa.

Com informações The Hollywood Reporter.

testeConheça a capa de Pandemônio (série Delírio)

Segundo volume da série Delírio, de Lauren Oliver, Pandemônio será lançado pela Intrínseca em março. Dividida entre o passado — Alex, a luta pela sobrevivência na Selva — e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena Haloway terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor sem, porém, se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. Não importa o quanto o governo tema as emoções, as faíscas da revolta pouco a pouco incendeiam a sociedade, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro.

Leia também:
Emma Roberts viverá Lena Haloway no piloto de Delírio para a TV

testeEmma Roberts viverá Lena Haloway no piloto de Delírio para a TV

A atriz Emma Roberts foi escalada para interpretar Lena Haloway no piloto da série de TV da Fox baseada em Delírio, romance de Lauren Oliver. Na trilogia distópica, a autora apresenta uma sociedade em que o amor é considerado uma doença fatal que pode ser curada pela ciência. Para tratar o Amor deliria nervosa, o mais mortal dos males, o governo determina que todos os cidadãos se submetam a uma intervenção cirúrgica ao completarem 18 anos. Livres do sentimento, eles passam a ter uma vida perfeita, sem surpresas ou fortes emoções.

Em Delírio, Lena Haloway, uma jovem de 17 anos, acredita que todas essas regras contribuem para o bem estar social e aguarda ansiosamente pelo dia de sua intervenção. Órfã, ela não vê a hora de se livrar do risco de se contaminar e do passado que assombra sua família. Mas, no momento em que se apaixona por Alex, tudo o que ela conhecia e em que acreditava desmorona. Faltando apenas 95 dias para sua intervenção, será que Lena escolherá a cura?

Pandemônio, o segundo volume da série, será lançado em março.

 

testeNovas séries da Intrínseca

No primeiro semestre de 2013, a Intrínseca traz duas novas séries para o catálogo de ficção para jovens: Crônicas do Outro Mundo e Fallen World. Até o final de junho, também chegam às livrarias Pandemônio, segundo livro da trilogia Delírio, de Lauren Oliver, Como roubar a espada de um dragão, nono volume da série Como treinar o seu dragão, A marca de Atena, da saga Os heróis do Olimpo, de Rick Riordan, e Um herói para WondLa, sequência de Em busca de WondLa.

A Torre Invisível (série Crônicas do Outro Mundo), de Nils Johnson-Shelton

No primeiro livro da trilogia, cujo lançamento está previsto para fevereiro, Artie Kingfisher pensava ser um garoto de doze anos como qualquer outro, até começar a receber mensagens saídas de um jogo de videogame, chamado Outro Mundo.

“Em uma semana, você virá até mim na TI. Você é especial, Arthur, e necessito de seus serviços e poder. Espero por você há muito tempo.”

Seguindo as misteriosas pistas, Artie chega a uma estranha loja chamada A Torre Invisível, onde descobre que nada em sua vida é o que parece. Ele é nada mais nada menos que o lendário rei Arthur, redivivo no século XXI para terminar a missão que seu antecessor não conseguiu completar. Artie venceu a batalha no Outro Mundo virtual, e agora a tarefa de salvar o mundo real também está em suas mãos.

Carregando a célebre espada Excalibur e com sua irmã, Kay, ao seu lado, Artie embarca em uma jornada digna dos cavaleiros da Távola Redonda, em que precisará enfrentar dragões verdes, lobos famintos, poderosos feiticeiros e outros perigos inimagináveis.

The Way We Fall (série Fallen World), de Megan Crewe

Nesse romance apocalíptico, a pequena ilha em que vive Kaelyn, uma jovem de dezesseis anos, é varrida por um estranho vírus que infecta adultos e crianças por toda a parte. Dentre os sintomas, estão: tosse, espirros, coceiras consistentes e febre, seguida de uma severa queda das inibições sociais. Em alguns dias, você estará revelando seus segredos mais íntimos e conversando com estranhos como se fossem amigos de longa data. Finalmente, pânico em função da confusão mental, alucinações e morte.

Com a ilha em quarentena e sem uma cura à vista, aqueles que ainda estão saudáveis devem lutar pelos poucos suprimentos da cidade ou abandonar suas chances de sobrevivência. Alguns dos não infectados tentam manter a ordem e se ajudar, enquanto outros recorrem a medidas mais drásticas. Como Kaelyn perde todas as pessoas mais próximas, ela tenta formar novos laços de amizade, e até de amor. Mas quando ela fica doente e, inexplicavelmente, se recupera, passa a reavaliar sua vida e sonhos.