teste12 filmes inspirados em livros para você curtir no Telecine Play

Grandes histórias de amor, animações incríveis e tramas de tirar o fôlego: seja nos livros ou nas telonas, todos gostamos de aproveitar boas histórias. Pensando nisso, fizemos uma lista com doze adaptações imperdíveis que estão disponíveis no Telecine Play. Pegue a pipoca, chame os amigos e aproveite!

 

  1. Mentes sombrias

    Resultado de imagem para mentes sombrias gif

Uma doença misteriosa estava matando jovens pelo país. Os que sobreviveram a ela, entretanto, desenvolveram perigosos poderes. Vistos como uma ameaça para a sociedade, eles foram enviados para Thurmond, um centro de reabilitação governamental.

Após seis anos vivendo as crueldades do governo e escondendo seus verdadeiros poderes, Ruby consegue fugir de Thurmond e embarca em uma jornada no mundo real. Lá, ela se une a Liam, Zu e Bolota em uma perigosa aventura em busca de um refúgio para pessoas como eles.

 

  1. Boy Erased

    Resultado de imagem para boy erased gif

Boy Erased relata a história real de um garoto que se assumiu homossexual aos 19 anos, em uma pequena e conservadora cidade do Arkansas, nos Estados Unidos. Extremamente religiosos, seus pais o inscreveram em um cruel programa de reabilitação que prometia “curá-lo” da sua homossexualidade.

 

  1. Com amor, Simon

    Imagem relacionada

Escrito por Becky Albertalli, o livro que deu origem ao filme conta a história de Simon (Nick Robinson), um adolescente de 16 anos que está vivendo a sua primeira paixão. Enquanto troca e-mails com um garoto misterioso que se identifica como Blue, ele vai ter que enfrentar, além de suas dúvidas e inseguranças, uma chantagem inesperada.

 

  1. Como eu era antes de você

    Imagem relacionada

Em uma das histórias mais queridas de Jojo Moyes, a bem-humorada e atenciosa Lou Clark (Emilia Clarke) tem a vida virada do avesso quando o café em que trabalha fecha as portas. Em busca de um novo emprego, Lou se torna cuidadora de Will Traynor (Sam Claflin), um milionário atordoado que desconta em todos ao redor o seu ressentimento por estar preso a uma cadeira de rodas. Contudo, embora não desconfiem, eles vão marcar para sempre a vida um do outro.

 

  1. O lado bom da vida

    Resultado de imagem para o lado bom da vida gif

Após sair de uma instituição psiquiátrica, Pat (Bradley Cooper) está disposto a recuperar sua vida. Sem lembrar muito bem de como foi parar lá, ele busca reconstruir sua relação com a família e a ex-mulher, que se recusam a comentar sobre o que aconteceu antes da internação. Através de amigos, ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher com problemas semelhantes que vai mudar completamente o seu rumo.

 

  1. A forma da água

    Imagem relacionada

Expandindo o universo do grande vencedor do Oscar de 2018, A forma da água foi escrito por Del Toro e Daniel Kraus e é uma emocionante história sobre o encontro perfeito entre dois mundos. A história se passa na década de 1960, em meio a diversos conflitos políticos e sociais nos Estados Unidos. A faxineira Elisa se encanta com uma criatura misteriosa aprisionada no laboratório secreto em que trabalha. Com muita coragem, ela traça um plano para libertar o homem-peixe dos maus-tratos do local, mas isso pode ser mais perigoso do que ela imaginava.

 

  1. História da sua vida e outros contos

    Imagem relacionada

Com 8 indicações ao Oscar – incluindo melhor filme, melhor diretor, melhor fotografia e melhor roteiro adaptado –, A Chegada é um desses filmes que você nunca mais vai esquecer.

Na produção estrelada por Amy Adams, a nossa musa das adaptações (Objetos CortantesAnimais Noturnos), uma linguista é convocada para tentar compreender e decifrar a linguagem de alienígenas que estacionaram doze naves em diversos lugares aleatórios da Terra.

O filme é inspirado em um conto de Ted Chiang, que faz parte da brilhante coletânea História da sua vida e outros contos

 

  1. De volta para o futuro

    Imagem relacionada

Esse os seus pais conhecem! Um dos grandes clássicos da década de 1980 e a maior bilheteria de 1985, De Volta para o Futuro é o primeiro filme da trilogia dirigida por Robert Zemeckis e produzida por Steven Spielberg.

Nessa aventura conhecemos Marty McFly, um adolescente que adora andar de skate, namorar e tocar guitarra. Só existe uma diferença entre ele e os outros garotos da sua idade: seu melhor amigo é Doc Brown, um excêntrico cientista que acabou de transformar um carro em uma máquina do tempo. Quando McFly acidentalmente vai parar na década de 1950, ele acaba atrapalhando o primeiro encontro de seus pais. Por isso, se não quiser desaparecer para sempre, vai precisar fazer de tudo para que eles fiquem juntos, além de tentar encontrar uma maneira de voltar para o seu tempo antes que seja tarde demais.

Esse clássico virou um lindo e encantador livro ilustrado da Coleção Pipoquinha, que, assim como o DeLorean da história, promete encantar diversas gerações.  

 

  1. O touro Ferdinando

    Imagem relacionada

Um dos maiores clássicos da literatura infantil, O touro Ferdinando é uma história que aquece nosso coração! Sempre bem-humorado e tranquilo, Ferdinando gosta de passar seu tempo cheirando flores e quietinho no seu canto. Um dia, ele é escolhido acidentalmente para lutar nas famosas touradas em Madri. E agora?

 

  1. Cidades de papel

    Resultado de imagem para cidades de papel gif

Estrelado por Cara Delevingne e Nat Wolff, Cidades de papel conta a história de Quentin Jacobsen, um adolescente que nutre uma paixão platônica por sua vizinha Margo Spiegelman desde a infância. Certa noite, a garota invade seu quarto e propõe um plano de vingança contra o ex-namorado. Contudo, quando a noite de aventuras acaba, Margo desaparece. Buscando solucionar esse grande mistério, Quentin encontra pistas deixadas por Margo e começa a segui-las. Contudo, quanto mais se aproxima da amiga, mais ele se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.

 

  1. Cinquenta tons de liberdade

    Resultado de imagem para cinquenta tons de liberdade gif

No terceiro filme da trilogia Cinquenta tons de cinza, podemos acompanhar a evolução do aclamado romance de Anastasia Steele (Dakota Johnson) e Christian Grey (Jamie Dornan). Agora casados, os dois parecem viver em um verdadeiro conto de fadas. Porém, ainda há contas a acertar com o passado.

 

  1. Trumbo

    Resultado de imagem para trumbo gif

Declarado culpado e preso por desacato ao Congresso em 1950, o cineasta Dalton Trumbo (Bryan Cranston) foi, como centenas de profissionais na época, banido de trabalhar para os grandes estúdios de Hollywood. Em um dos períodos mais sombrios da história do cinema norte-americano, Trumbo escreveu por quase uma década clandestinamente, assinando com pseudônimos e colaborando com outros artistas marginalizados. Dois Oscar depois e com o enfraquecimento do macarthismo no país, o roteirista tornou-se o primeiro integrante da lista a ser novamente creditado em uma produção, abrindo caminho para o fim definitivo da caça às bruxas em Hollywood.

Além dessas adaptações, vocês também podem conferir a playlist do Telecine Play com filmes baseados em livros!

Qual dessas adaptações você vai ver primeiro?

testeA adaptação de “Tartarugas até lá embaixo” encontrou sua diretora!

A Fox 2000 acabou de anunciar que Hannah Marks, atriz que interpretou Amanda Brotzman na série Dirk Gently’s Holistic Detective Agency, da Netflix, será a diretora da adaptação cinematográfica de Tartarugas até lá embaixo, o mais recente livro de John Green.

O roteiro está nas mãos de Elizabeth Berger e Isaac Aptaker, responsáveis pela adaptação de Com amor, Simon e por alguns episódios da série This is Us.

John Green é produtor-executivo junto com Rosianna Halse Roja, que também cuidou de A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel.

Só lembrando que um dos maiores sucessos de Green, Quem é você, Alasca?, também vai virar uma série produzida pelo Hulu e já escalou seus protagonistas.

testeSorteio Facebook – Leituras para as férias [ENCERRADO]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos livros que são perfeitos para ler nas férias!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Facebook PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 07 de janeiro, segunda-feira, em nosso perfil no Facebook. Boa sorte!

testeSorteio Twitter – Leituras para as férias [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos livros que são perfeitos para ler nas férias!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Twitter PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 07 de janeiro, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

testeSorteio Instagram – Leituras para as férias [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos livros que são perfeitos para ler nas férias!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Instagram PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Instagram,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 07 de janeiro, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

testeSorteio Facebook – John Green [encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares dos livros do nosso amado John Green! 

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Facebook PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 19 de novembro, segunda-feira, em nosso perfil no Facebook. Boa sorte!

testeSorteio Instagram – John Green [encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares dos livros do nosso amado John Green! 

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Instagram PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Instagram,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 19 de novembro, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

testeSorteio Twitter – John Green [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares dos livros do nosso amado John Green! 

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Twitter PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 19 de novembro, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

testeEu, John Green e os infinitos dentro de nós

Por Leticia Vallecilo*

Existem histórias que passam rápido, outras que ficam por um tempo, mas tem aquelas que nunca realmente vão embora, que nos acompanham desde a primeira leitura até as adaptações cinematográficas e que nos deixam morrendo de vontade de ler todos os livros do autor. Certa vez, um escritor entrou na minha vida em forma de metáforas, amor e lágrimas, and this, kids, is How I Met John Green (caso não tenha entendido a referência, deixarei um texto para você nas sugestões lá no final).   

Se alguém me pergunta por que ler um livro do John Green, a resposta vem fácil: porque ter um livro dele nas mãos é como estar com um amigo. Eles te fazem rir, emocionam, fazem o tempo passar mais rápido naqueles momentos chatos, ensinam lições importantes, mostram pontos de vista diferentes e, quando você termina, quando finalmente precisa deixá-los, a vontade que fica é de abraçá-los com força e não largar nunca mais. Mas, como acontece com todo bom amigo, os anos de distância não diminuem o sentimento.

Eu tinha 18 anos, fazia faculdade do outro lado da cidade e passava muita raiva nos transportes públicos quando decidi que era hora de trazer Hazel Grace e Augustus Waters para me ajudarem a enfrentar essa odisseia diária. Eu posso até não lembrar o que jantei ontem ou quem disputou a semifinal da Copa do Mundo, mas é impossível esquecer onde estava quando a cena da capela me fez chorar compulsivamente em público. “POR QUE FAZ ISSO COMIGO?”, pensei, em caps lock. “Sabe de nada, inocente”, respondeu a versão imaginada do John Green na minha cabeça. 

As cento e vinte três caixas de lenços de papel foram só uma amostra do novo mundo que se abriria para mim, e não demorou muito para que eu desse gargalhadas com o Colin de O teorema Katherine (que tem uma habilidade sobre-humana de se apaixonar por meninas chamadas Katherine). Alguns anos depois, esbarrei com uma edição de Cidades de papel na estante da casa de uma prima. Eu pedi umas quarenta vezes, o que pode ou não ter envolvido tentativas de chantagem emocional, mas ela não quis me emprestar, porque era o “xodó” dela. Não teve jeito, eu precisei seguir a vida me contentando em assistir à adaptação de A culpa é das estrelas (e chorar nas mesmas cenas) mais um milhão de vezes e em ver a Cara Delevingne sendo linda no filme inspirado em Cidades de papel.

Foi aí que eu entrei na Intrínseca e Quem é você, Alasca? logo cruzou o meu caminho. Uma ida de ônibus para São Paulo e eu já estava arrebatada: nossa, que história! (Muitas pessoas me diziam que Alasca era melhor que Culpa, mas, como uma cinéfila que não consegue escolher entre Titanic e E.T., recomendo que leiam os dois.) Pouco mais de um ano depois, recebemos o grande e esperado lançamento do autor, Tartarugas até lá embaixo (que eu li antes da minha prima porque o mundo dá voltas), e é obvio que após tantos livros e filmes inspirados nas obras dele eu já era uma fã de carteirinha (ou Nerdfighter, if you know what i mean).

De todos os livros do John Green, Tartarugas foi o único com o qual tive a oportunidade de trabalhar no departamento de marketing. Foi uma sensação totalmente diferente, porque me apaixonar pela Aza junto com tantos leitores tornou essa história ainda mais especial. Se tinha algo que faltava para o John marcar um “J” no meu coração, agora está tudo mais que completo. E, embora seja difícil encontrar quem veja o mesmo mundo que o meu, graças a ele eu encontrei milhares.

Por isso digo que os livros do John são aqueles amigos que ficam para sempre. Faz cinco anos desde que aprendi que “Alguns infinitos são maiores que outros”, e, mesmo depois de tanto tempo, de conhecer a complexidade da Alasca, de rir com as confusões do Colin, de explorar os mistérios da Margo e de mergulhar nos pensamentos da Aza, aqueles Hazel e Gus do primeiro livro estarão sempre convidados para cruzar a cidade — e a vida — junto comigo, porque o nosso infinito é maior que aquele entre 0,1 e 1.000.000.

P.S.: Todas as referências de Cidades de papel deste texto foram baseadas no filme, pois apesar dos anos e das voltas do universo, Julia jamais me emprestou seu exemplar.

Leticia Vallecilo tem uma prima egoísta, já assistiu a How I Met Your Mother quatro vezes e felizmente não precisa mais cruzar a cidade todos os dias.

testeNovo Livro de John Green, Tartarugas até lá embaixo, vai virar filme

Apaixonados por Hazel e Gus, mais uma história inesquecível de John Green será adaptada para os cinemas! A Fox 2000 acaba de comprar os direitos de Tartarugas até lá embaixo, novo livro do autor, que conta a história de Aza Holmes, uma garota de 16 anos que sofre de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e tenta se libertar das espirais de pensamento que a aprisionam.

Essa será a terceira adaptação cinematográfica de John Green. Lançado em 2014, A Culpa é das Estrelas se tornou um fenômeno mundial, arrecadando 307,2 milhões de dólares e transformando Shailene Woodley e Ansel Elgort em grandes estrelas. Em 2015, Cidades de Papel teve estreia mundial aqui no Brasil com a presença do próprio John Green! Protagonizado por Nat Wolff e Cara Delevingne, o longa arrecadou 85,4 milhões de dólares no mundo todo.

No canal que divide com o irmão Hank, Vlogbrothers, o autor falou sobre suas expectativas para o filme e já perguntou aos leitores: que atriz seria perfeita para interpretar Aza Holmes?