testeA trilha sonora de Cinquenta tons mais escuros

Depois da aguardada estreia do filme Cinquenta Tons Mais Escuros, os leitores da série de E L James finalmente puderam rever Anastasia Steele e Christian Grey nos cinemas. Além do filme, outra coisa que os fãs esperavam era a trilha sonora completa. E, finalmente, o momento chegou!

Repleta dos maiores nomes do pop atual como Taylor Swift e Zayn, com “I Don’t Wanna Live Forever”, bem como Halsey, com “Not Afraid Anymore”. A trilha completa tem, além dessas, canções de Sia, Tove Lo, Nick Jonas + Nicki Minaj, John Legend e mais. Ouça abaixo!

E, caso você queira ver um pouquinho mais do elenco de Cinquenta Tons, o blogueiro Hugo Gloss entrevistou as estrelas do filme, além da autora E L James. Assista abaixo:

testeAssista ao trailer de Cinquenta tons mais escuros

fifty_shades_darker_0-1

A segunda parte do romance de Christian Grey e Anastasia Steele chega aos cinemas em 9 de fevereiro de 2017!

Nesta sequência, os atores Eric Johnson, de Smallville e The Knick, Kim Basinger, de 9 ½ semanas de amor, Bella Heathcote, de Orgulho e Preconceito e Zumbis, Luke Grimes, de Sniper americano Brothers and Sisters, Max Martini e Eloise Mumford se juntam a Jamie Dornan e Dakota Johnson, protagonistas da história.

Inspirado no best-seller de E L James, Cinquenta tons mais escuros tem roteiro assinado pela própria autora e seu marido, Niall Leonard. A direção é de James Foley.

foto_cinquenta_tons_de_cinza-1

Em Cinquenta tons mais escuros, Ana está assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey e decide pôr um ponto final no relacionamento com o jovem empresário para se concentrar em sua carreira. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, ela descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível.

Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana tem que enfrentar algo mais palpável: a ira e a inveja das mulheres que a precederam no coração e na cama de Grey.

teste14 livros para as férias

Confira nossa seleção com 14 livros imperdíveis!

ferias_1_b

Toda luz que não podemos ver, de Anthony Doerr — Nesse romance vencedor do Prêmio Pulitzer de Ficção de 2015, você vai conhecer Marie-Laure, uma garota que ficou cega aos seis anos e que vive em Paris com o pai, chaveiro responsável pelas fechaduras do Museu de História Natural, e Werner, um menino alemão, órfão, que se encanta por um rádio encontrado em uma pilha de lixo e cuja trajetória o leva a uma escola nazista. Combinando lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, Toda luz que não podemos ver é um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

S., de J.J. Abrams e Doug Dorst — Para os fascinados por mistério, J.J. Abrams, a mente por trás de séries como Lost, Fringe e o diretor do último episódio de Star Wars, apresenta um quebra-cabeça literário. Resultado de sua parceria com Doug Dorst, S. vem em uma caixa lacrada, repleta de códigos. Além do enigmático romance O Navio de Teseu, a obra contém, em suas margens, as anotações e investigações de dois leitores sobre V. M. Straka — um escritor cuja biografia nebulosa é repleta de boatos que envolvem conspirações, sabotagens e assassinatos.

História do futuro: O horizonte do Brasil no século XXI, de Míriam Leitão — Em um cenário de crise, a premiada jornalista Míriam Leitão é categórica: em vez de nos abatermos pelo pessimismo, temos que fazer um balanço racional dos muitos acertos e dos vários erros para construir um futuro melhor para o país. Em seu terceiro livro de não ficção, a vencedora do Jabuti apresenta tendências que não podem ser ignoradas em áreas como meio ambiente, demografia, educação, economia, política, saúde, energia, agricultura e tecnologia. Leitura fundamental para entendermos o presente e planejarmos o futuro do Brasil.

A espada do verão, de Rick Riordan — Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo, Magnus Chase deve empreender uma importante jornada a fim de encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos. Com personagens já conhecidos do público, como Annabeth Chase, prima de Magnus, e deuses como Thor e Loki, Rick Riordan nos apresenta uma nova série, agora sobre mitologia nórdica. Mais uma aventura surpreendente, repleta de ação e humor!

Elon Musk: Como o CEO bilionário da SpaceX e da Tesla está moldando nosso futuro, de Ashlee Vance — Se você quer ter alguma ideia de como será o futuro, precisa conhecer Elon Musk. O empreendedor mais ousado de nosso tempo, que inspirou o Homem de Ferro dos cinemas, decidiu investir sua fortuna gerada em empresas digitais para mudar o mundo. Com a SpaceX, o inventor sul-africano está revolucionando os voos espaciais. Com a Tesla Motors, está trabalhando para popularizar os carros elétricos. Musk, que também está investindo em energia sustentável por meio de painéis solares, é um CEO diferente de todos os outros. Ao apostar em empreendimentos de alto risco, tem se dedicado a criar um futuro ao mesmo tempo magnífico e próximo de uma fantasia de ficção científica.

ferias_2_b

 

Lugares escuros, de Gillian Flynn — Aos sete anos, Libby Day sobreviveu ao terrível assassinato de sua família e testemunhou contra o irmão, que acabou condenado à prisão perpétua. Vinte e quatro anos depois, a ambígua personagem criada por Gillian Flynn, autora de Garota exemplar e Objetos cortantes, é procurada por um grupo de pessoas obcecadas pelo crime e começa a investigar o passado. A história chegou aos cinemas no ano passado, protagonizada por Charlize Theron, e recentemente ganhou uma nova edição, com capa seguindo o padrão dos livros da autora.

Caçadores de trolls, de Guillermo del Toro e Daniel Kraus  Um dos artistas mais visionários da atualidade — diretor, produtor e roteirista que assina sucessos como A Espinha do Diabo, O Labirinto do Fauno e Hellboy —, Guillermo del Toro conta em Caçadores de trolls como o medo pode tomar conta das pessoas. Repleto de monstros assustadores e do encanto de um jovem com um mundo novo, o livro, que tem 10 belíssimas ilustrações de Sean Murray, será adaptado para uma série produzida pelo Netflix.

Crepúsculo/Vida e morte, de Stephenie Meyer — Publicado inicialmente nos Estados Unidos em 2005, o livro que originou a série best-seller mundial e uma franquia de filmes que bateu recordes de bilheteria, completou 10 anos! Para comemorar o aniversário da inesquecível história de amor entre Bella e Edward, Stephenie Meyer presenteou os leitores com uma edição dupla. Além de Crepúsculo, a edição especial contém quase 400 páginas de conteúdo extra que inclui Vida e morte, versão em que a autora inverte o gênero dos protagonistas.

A sexta extinção, de Elizabeth Kolbert — Ao longo dos últimos quinhentos milhões de anos, o mundo passou por cinco extinções em massa. Hoje, a sexta extinção vem sendo monitorada, e a causa não é um asteroide ou algo similar, e sim a própria raça humana. Vencedor do Prêmio Pulitzer de Não Ficção de 2015, A sexta extinção explica de que maneira o ser humano tem alterado a vida no planeta como absolutamente nenhuma espécie fez até hoje. Para isso, Kolbert apresenta trabalhos de dezenas de cientistas em diversas áreas e viaja aos lugares mais remotos em busca de respostas.

ferias_3_b

Grey, de E L James — Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio — até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Conheça a história que dominou milhares de leitores ao redor do mundo agora sob um novo e apaixonante ponto de vista.
Mosquitolândia, de David Arnold — Mim Malone não está nada bem. Após o inesperado divórcio dos pais, a apaixonante protagonista de Mosquitolândia é obrigada a ir morar com o pai e a madrasta no árido Mississippi. Para fugir dessa nova vida e buscar seu verdadeiro lugar, o lar de sua mãe, ela embarca em uma jornada de mais de mil quilômetros até Ohio e encontra companheiros de viagem muito interessantes pelo caminho, numa odisseia contemporânea tão hilária quanto emocionante.

O clique de 1 bilhão de dólares, por Filipe Vilicic — O Instagram, aplicativo de compartilhamento de fotos, é uma febre mundial desde seu lançamento em 2010. Comprado pelo Facebook em 2012 pela estonteante quantia de 1 bilhão de dólares, hoje em dia já mobiliza mais de 400 milhões de usuários ativos. O que poucos sabem é que Mike Krieger, um de seus idealizadores, é brasileiro, nascido em São Paulo. A trajetória meteórica do aplicativo e de Krieger, que se tornou milionário aos 26 anos, são detalhadas em O clique de 1 bilhão de dólares pelo jornalista Filipe Vilicic, editor de Ciência e Tecnologia da revista e do site de Veja.

Para todos os garotos que já amei, de  Jenny Han — Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. São confissões sinceras, sem joguinhos ou fingimentos. Até que, um dia, elas são misteriosamente enviadas aos destinatários e, de repente, sua vida amorosa se transforma. Se você ainda não conhece Lara Jean, é melhor correr: a continuação do romance, P.S.: Ainda amo você, chega às livrarias nas próximas semanas.

A guerra dos consoles: Sega, Nintendo e a batalha que definiu uma geração, de Blake J. Harris — Na década de 1990, a Nintendo praticamente monopolizava o mercado de video games. A Sega, por outro lado, era apenas uma empresa instável de fliperamas com grandes aspirações e egos maiores ainda. Mas tudo isso iria mudar com as táticas arrojadas de Tom Kalinske, ex-executivo da Mattel, que transformaram a Sega por completo e levaram a companhia a travar um confronto impiedoso com a Nintendo. Um livro fascinante sobre a guerra que mudou o futuro dos video games e o mercado de entretenimento.

testeOs trechos favoritos de Grey

y

O novo livro de E L James narra o romance entre Christian Grey e Anastasia Steele sob a perspectiva do protagonista masculino. Os pensamentos mais íntimos, desejos e sonhos do personagem sedutor e polêmico são os destaques dessa versão da história.

Confira alguns trechos selecionados pela nossa equipe:

“Desde que a conheci, meus sonhos sofreram uma agradável mudança do pesadelo ocasional.”

giphy

“Nunca senti tanto desejo, tanta… avidez. É um sentimento novo, novo e reluzente. Quero tanta coisa dela: confiança, obediência, submissão. Quero que ela seja minha, mas justamente neste momento… sou dela.”

“Lembro-me de ter observado Ana durante horas quando ela dormiu no Heathman. Quanto mais eu olhava, mais linda ela ficava: sua pele impecável e luminosa sob a luz suave, seu cabelo escuro cobrindo o travesseiro branco, e seus cílios tremulando enquanto ela dormia. Sua boca estava entreaberta, e dava para ver seus dentes e a língua quando ela lambia os lábios. Só o fato de observá-la foi uma experiência muito excitante.”

“Quero ela. Toda ela. Seu corpo e sua alma. Quero que seja minha.”

grey (1)

“Ela não conhece a profundidade da minha depravação, a escuridão da minha alma, o monstro dentro de mim… talvez eu devesse deixá-la em paz.”

“Ana oscila um pouco enquanto bebe a água, e a estabilizo colocando uma das mãos no seu ombro. Gosto do contato dela, de tocar nela. Ela é um bálsamo para meu espírito tumultuado. Hum… que poético, Grey.

“Ela está batendo ovos, preparando o café da manhã, as marias-chiquinhas balançando enquanto ela troca o peso de um pé para outro. Percebo que não está de calcinha. Boa garota. Ela deve ser uma das mulheres mais descoordenadas que já vi. É engraçado, charmoso e estranhamente excitante ao mesmo tempo.”

ana (1)

“Olhos límpidos, constrangidos, encontram os meus e me deixam paralisado. São da cor mais extraordinária, azul-claros, e puros. Por um momento horrível, acho que ela pode me enxergar por dentro e fico… exposto. Esse pensamento é enervante, então eu o descarto imediatamente.”

testePré-venda: Grey chega ao Brasil em 18 de setembro

Capa_Grey_16x23.indd

Os fãs brasileiros da trilogia Cinquenta tons de cinza já podem respirar aliviados. Grey, novo livro de E L James que narra o tórrido romance entre o sedutor Christian Grey e a jovem Anastasia Steele sob a perspectiva do protagonista masculino, será publicado pela Intrínseca em 18 de setembro e está em pré-venda.

Segundo E L James, Christian é um personagem complexo que sempre instigou a curiosidade do público por seu passado turbulento e gostos sexuais peculiares. Nesse novo livro, ela expõe os pensamentos, reflexões e sonhos de um homem controlador, bem-sucedido e de coração ferido que vê sua vida mudar drasticamente no dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório.

Grey, novo volume do fenômeno editorial que já teve seis milhões de exemplares vendidos somente no Brasil, terá tiragem inicial de 400 mil exemplares.

testeO mais aguardado

dakota johnson

Depois de mais de dois anos de espera, a adaptação de Cinquenta tons de cinza finalmente chegou aos cinemas brasileiros. Milhares de notícias, fotos dos bastidores e entrevistas com atores e diretores inundaram nossa timeline durante esse período. Tudo para despertar a curiosidade dos fãs da trilogia.

O filme já é considerado um fenômeno mundial e promete alcançar números de bilheteria maiores do que as adaptações cinematográficas de Crepúsculo, Jogos vorazes e Garota exemplar. Como a ansiedade é grande, perguntamos aos nossos blogueiros parceiros qual é a frase preferida do romance de E L James, o que não pode faltar no filme e o que eles esperam da química entre Jamie Dornan e Dakota Johnson.

Frases preferidas:

Mais que livros:“Anastasia, você deve ficar longe de mim. Eu não sou homem para você.”

My book lit:“Passei toda a minha vida adulta tentando evitar emoções extremas. Mas você… você desperta sentimentos em mim que me são completamente desconhecidos. É muito… perturbador.”

Gif_50TONS_cena_elevador

Livrologias, Mundo Blá, Livroterapias,Conversa Cult (escolha quase unânime entre as blogueiras!):“Às vezes, me pergunto se há algo de errado comigo. Talvez eu tenha passado muito tempo na companhia dos meus heróis literários românticos e, consequentemente, tenha ideais e expectativas elevados demais.”

Cenas mais esperadas:

giphy

Procurei em sonhos: “A cena que estou mais aguardando (e espero que seja fiel ao livro) é a de quando Anastasia finalmente conhece o quarto vermelho da dor. Esse foi um dos momentos em que mais me choquei na história, por conta de tantos artefatos e do mistério em que eram envolvidos. Para mim, foi um divisor de águas na história, uma vez que Grey e Anastasia acabaram criando certa intimidade.”

Leituras e devaneios: “Espero bastante que os dois tenham toda aquela química que passam nos trailers, principalmente na cena em que Grey leva a nova submissa, pela primeira vez, ao quarto vermelho.”

Gif_50TONS_quarto vermelho

De tudo um pouquinho: “Eu espero pela cena do Charlie Tango e espero que tenha a cena em que ela fica surpresa por ele apresentá-la como namorada.”

arte  - livrologias

Ilustração:Livrologias

Química entre os atores

Ponto de Desencontros: “Espero que o filme não decepcione os leitores. Entendo que as cenas serão um pouquinho limitadas, mas: ‘nosso objetivo é satisfazer’. A história é impecável e espero que o filme também seja, espero que haja um relacionamento legal entre os atores, para que não pareça superficial. Afinal, é isso que a história exige! Sinceramente, que Christian Grey e Anastasia Steele consigam nos impressionar ainda mais.”

Mundo Blá: “Confesso que estava um pouco incerta sobre a escolha dos atores até assistir ao primeiro trailer. Agora não consigo imaginar qualquer outro casal interpretando Anastasia e Christian. A química existente entre eles somada à excelente atuação nos faz crer em todos os conflitos e sentimentos narrados no livro, quase tornando reais os personagens que antes só existiam em nossa mente.”

Livros e Fuxicos: “Espero que o longa-metragem transmita os sentimentos conflitantes presentes no livro: o medo, a raiva, a aceitação, a paixão e, acima de tudo, a entrega ao amor verdadeiro. É engraçado como as pessoas acham que a história da E L James é sobre sexo, portanto estou louca para que o filme mostre que o que guia a narrativa não é o mero desejo físico.”

E vocês? O que estão esperando?

Confira também a resenha de Cinquenta tons de cinza por uma perspectiva masculina.

testePara aquecer

Capa_Trilogia_CINZA_Filme.indd

A edição especial de Cinquenta tons de cinza com capa inspirada no pôster do filme chega às livrarias do mundo todo na próxima terça-feira, dia 06. Enquanto os fãs aguardam o lançamento do livro com a nova capa, selecionamos uma lista de músicas que embalaram o romance entre Christian Grey e Anastasia Steele. A seleção de canções vai do clássico ao pop.

Só dar o play e curtir as músicas que animaram os momentos do casal!

Aproveite e assista ao trailer da adaptação dirigida por Sam Taylor-Johnson e protagonizada por Dakota Johnson e Jamie Dornan.

testeA expectativa

Cinquenta tons de cinza

Os fãs de Cinquenta tons de cinza estão contando os dias para a estreia da adaptação cinematográfica da história de amor entre Christian Grey e Anastasia Steele. Dirigido por Sam Taylor-Johnson e produzido por Michael De Luca e Dana Brunetti, com auxílio de E L James, o filme promete ser um dos grandes campeões de bilheteria no ano que vem. O trailer do longa bateu recorde de visualizações no YouTube e foi o mais visto em 2014.

Inspirado na trilogia que já vendeu mais de 100 milhões de exemplares, entre cópias físicas e e-books, em todo o mundo, o filme é estrelado por Jamie Dornan e Dakota Johnson. Os atores, pouco conhecidos pelo grande público até serem escalados para dar vida ao casal Christian e Ana, estão agora na mira dos milhares de fãs da história.

Antes de interpretar o bilionário charmoso e controlador, Jamie trabalhou como modelo para marcas como Calvin Klein, Dior e Armani. Como ator, seu papel mais marcante foi o serial killer Paul Spector na série The Fall, da BBC Two. Também já atuou no seriado Once Upon a Time e no filme Maria Antonieta, de Sofia Coppola. Para ficar mais próximo do mundo de Christian Grey, Jamie confessou que frequentou encontros de adeptos de BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação/ Submissão, Sadismo e Masoquismo).

Já a atriz Dakota Johnson trabalhou na série Ben and Kate, além de ter contracenado com Justin Timberlake em A Rede Social e atuado em Anjos da lei e A Fera. Para viver a ingênua Anastasia, ela mudou o visual e pintou o cabelo de castanho-claro.

Antes de estrear nos cinemas, o primeiro volume da série que retrata o romance apimentado entre Christian Grey e Anastasia Steele ganha edição especial, que chega às livrarias no dia 06 de janeiro com a capa inspirada no pôster do filme.

testeEscolhida a diretora de Cinquenta tons de cinza — o filme

Sam Taylor-Johnson, por John Shand Kydd

A cineasta britânica Sam Taylor-Johnson (também conhecida como Sam-Taylor Wood) será a diretora de Cinquenta tons de cinza, a aguardada adaptação cinematográfica do livro de E L James. Em seu perfil do Twitter, a autora do maior sucesso editorial dos últimos tempos — que já ultrapassou a marca de 70 milhões de exemplares vendidos no mundo, sendo 3,8 milhões apenas no Brasil — comemorou: “Estou encantada e empolgada em anunciar para vocês que Sam Taylor-Johnson concordou em dirigir o filme de Cinquenta tons de cinza.”

A conceituada fotógrafa e artista plástica iniciou a carreira como diretora em 2009 com O Garoto De Liverpool (Nowhere Boy), longa-metragem sobre a juventude de John Lennon. “A habilidade única que Sam tem de retratar, com graciosidade, relações complexas que envolvem amor, emoção e atração sexual fez dela a diretora ideal para reviver a relação entre Christian e Anastasia”, afirmou o produtor Michael De Luca.

Com produção assinada por Michael De Luca e Dana Brunetti, a dupla responsável pelo premiado A Rede Social, Cinquenta tons de cinza tem roteiro de Kelly Marcel (Saving Mr. Banks). Mas o grande mistério continua: quais atores serão escolhidos para viver o intenso relacionamento de Anastasia Steele e Christian Grey na telona?

Com informações: Deadline

testeCinquenta tons de cinza: o filme — roteirista escolhida

A Universal Pictures e a Focus Features anunciaram hoje que Kelly Marcel foi a roteirista escolhida para adaptar o fenômeno Cinquenta tons de cinza para os cinemas. Marcel assina o roteiro de Saving Mr. Banks, filme da Walt Disney Pictures (ainda em fase de produção) com Tom Hanks, Emma Thompson e Colin Farrell no elenco. A produção ficará a cargo de Michael De Luca e Dana Brunetti, a dupla responsável pelo premiado A Rede Social.

Agora só falta definir o elenco: em sua opinião, quais atores deveriam ser escalados para viver o intenso relacionamento de Anastasia Steele e Christian Grey na telona?

Fonte: The Hollywood Reporter