testeConheça a nova edição de Bird Box

Inspiração para um dos filmes de maior sucesso da Netflix e com mais de 200 mil exemplares vendidos no Brasil, Bird Box: Caixa de pássaros é um verdadeiro fenômeno. O thriller de Josh Malerman conta a história angustiante de Malorie, que busca sobreviver em um mundo pós-apocalíptico tomado por misteriosas criaturas. Alternando entre presente e passado, podemos acompanhar todos os sacrifícios, medos e dores de viver em um lugar onde abrir os olhos pode ser fatal.

Agora, o livro ganha uma edição especial para a Amazon, repleta de novidades exclusivas. Confira:

  1. Capa dura e metalizada

De cara nova, Bird Box: Caixa de pássaros está ainda mais luxuoso. A capa dura com acabamento metalizado tem uma ilustração incrível de Vincent Chong.

  1. Pintura trilateral

O livro tem também pintura trilateral na cor azul, combinando com a capa nova!

  1. Ilustrações de tirar o fôlego

As dez ilustrações impressionantes de Glenn Chadbourne deixam a trama de Bird Box: Caixa de pássaros ainda mais perturbadora.

  1. Conto inédito

Josh Malerman escreveu especialmente para essa edição o conto Bobby bate à porta, ambientado no mesmo universo de Bird Box.

testeAlcance suas metas: uma lista de livros para você começar o ano inspirado

Fim de ano é o momento de avaliar o que foi realizado, o que ficou pendente, o que foi abandonado e o que será levado para os próximos 365 dias.

Talvez surja aquela crise: “meu deus, não fiz nada do que queria”. A correria do dia a dia, os boletos, os compromissos e até o medo da mudança adiam a realização de um projeto, e, muitas vezes, nossos objetivos ficam empacados, num canto empoeirado da rotina.

Mas o ano novo está logo aí e não há tempo a perder! Para ajudar na missão de concretizar os sonhos que ficaram em stand-by, sejam os mais mirabolantes ou os mais simples, profissionais ou pessoais, criamos uma lista de livros que vão tirar seus planos da imaginação e coloca-los em prática. Confira!

1) Para inspirar: Elon Musk e Ted Talks 

As mentes empreendedoras e visionárias são sempre uma inspiração. Aqueles que ousam arriscar e ir além do óbvio cedo ou tarde obtêm êxito. Dois exemplos são Elon Musk – “o Homem de Ferro da vida real” – e Chris Anderson, presidente e co-fundador do TED.

Para grande parte da elite corporativa e do Vale do Silício, Musk é uma mistura de Steve Jobs e Bill Gates: um empresário audacioso que está construindo um império. Entre suas próximas metas está colonizar Marte. Isso mesmo.

Na biografia Elon Musk, o experiente jornalista Ashlee Vance apresenta um olhar inédito sobre a vida e as realizações inacreditáveis desse homem audacioso, com relatos exclusivos e depoimentos do próprio Musk. Vance escreve sobre a jornada do empresário desde sua infância na África do Sul até a ascensão ao topo do mundo corporativo. A obra foi indicada a Livro do Ano do Financial Times em 2015.

TED Talks é o manual definitivo para quem deseja apresentar suas ideias e projetos de forma clara para um público desafiador. Desde que assumiu o comando do TED em 2001, Anderson tem mostrado o poder que as palestras curtas e diretas têm de compartilhar conhecimento, despertar empatia, gerar empolgação e promover sonhos. Nos bastidores, ele acompanhou de perto palestras individuais sobre os mais variados temas, de personagens que vão de Bill Gates a Bono Vox, entre outros. No livro, Anderson compartilha seus insights mais relevantes, que cobrem desde a formulação do conteúdo da conferência até como tirar melhor proveito do palco.

2) Fique por dentro do cenário: As upstarts e Como o Google funciona

Para colocar uma ideia no mundo, é preciso saber o que está acontecendo. Em As upstarts: Como a Uber, o Airbnb e as killer companies do novo Vale do Silício estão mudando o mundo, Brad Stone conta a história da Uber e do Airbnb, duas empresas gigantes que se tornaram um fenômeno e mudaram o mundo em que vivemos em menos de dez anos. Com detalhes dos bastidores, perfil dos fundadores e uma análise profunda sobre o impacto dessas companhias, As upstarts foi considerado um dos melhores livros do ano pela Amazon. Curiosamente, Stone também escreveu sobre esse gigante do comércio digital – a Amazon –, no livro A loja de tudo.

Ainda no universo digital, Como o Google funciona, livro de Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg, reúne as valiosas lições que transformaram o Google em uma das maiores empresas do mundo. A partir da história e de curiosidades do dia a dia da start-up, eles mostram o caminho para que gestores e empreendedores abracem o espírito de inovação, atraiam e mantenham talentos em suas equipes.

3) Colocando em prática: Sprint: O método usado no Google para testar e aplicar novas ideias em apenas cinco dias

Depois de se inspirar nas mentes brilhantes e conhecer melhor os cenários disponíveis, chegou o momento de tirar sua ideia do papel e colocá-la em prática. Para saber se um projeto inovador funciona ou não, é fundamental testá-lo. E nesse caso, nada melhor do que o método Sprint, um processo de trabalho fácil de entender e aplicar, criado pelo designer Jake Knapp na época em que ele trabalhava na Google.

Basicamente, consiste em desenvolver e testar uma nova ideia, produto ou modelo de negócio em apenas cinco dias. O método serve para equipes de todos os tamanhos, e pode ser utilizado por qualquer um que tenha uma grande oportunidade e queira desenvolver ideias, novos produtos ou negócios.

E aí, vamos nessa?!

testeComo a Uber e o Airbnb mudaram as cidades por dentro

Personificada nos principais executivos da Uber e do Airbnb, a nova geração de empresas de tecnologia exige que a realidade siga suas próprias regras, como conta o jornalista Brad Stone em seu As upstarts.

Por Alexandre Matias*

 

Há duas mudanças fundamentais na atual safra de novas empresas de tecnologia que prometem “mudar o mundo” na segunda década do século XXI. A Uber e o Airbnb são os principais exemplos dessa nova tendência, que o jornalista Brad Stone, veterano na cobertura do jornalismo de tecnologia nos Estados Unidos e autor de A loja de tudo — livro que conta a história da ascensão de outro titã da tecnologia, Jeff Bezos, fundador da Amazon —, chama de “upstarts”, em oposição às já tradicionais “startups”, em sua obra As upstarts, lançada este ano no Brasil.

A primeira dessas mudanças é o fato de que o impacto dessas empresas digitais recai diretamente sobre a realidade fora da internet. São marcas criadas em torno de aplicativos para smartphones e sites, mas cujo foco reside em suas aplicações no mundo offline. Ambas as empresas partem do pressuposto da economia do compartilhamento e foram fundadas com base em ideias simples, porém difíceis de serem executadas como um negócio — pelo menos até antes do advento da internet no século passado e de sua popularização em massa no início deste século. Se você tem um quarto vazio em casa ou um imóvel, por que não sublocá-los para hóspedes temporários? Se você tem um carro, teoricamente tem uma fonte de renda que pode lhe permitir ganhar dinheiro transportando passageiros.

Essa é a primeira forma de impacto dessas novas empresas em nossa realidade fora da internet. De repente, as redes de hotéis e cooperativas de táxis passaram a ter um concorrente inusitado: uma rede de senhorios e motoristas que organizou-se ao redor de um aplicativo na internet. Mas esse não é o principal choque causado por essas novas empresas. O termo escolhido por Stone para batizá-las  — e para batizar seu livro — é uma ótima amostra da nova abordagem escolhida por esses novos bilionários e suas empresas criadas da noite para o dia.

 

Sem o devido respeito

Para deixar claro logo de cara qual é o enfoque do livro, Brad Stone recorre ao termo “upstart”, que diz respeito não só à chegada de novatos inovadores nos negócios, mas também aos próprios novatos. A dualidade do termo “upstart” cai como uma luva para definir o novo padrão detectado por Stone, que usa as duas definições do Merriam-Webster’s Learner’s Dictionary: a primeira define upstart como “pessoa, negócio etc. que recentemente obteve sucesso” e a segunda fala de “pessoa que iniciou há pouco uma atividade, fez sucesso etc. e não demonstra o devido respeito para com pessoas mais velhas e experientes ou para com as maneiras tradicionais de se fazer as coisas”.

Assim, o livro fala sobre como as principais personalidades por trás da criação e do estabelecimento dessas empresas (Travis Kalanick, ex-CEO da Uber, afastado do cargo em junho deste ano após denúncias de assédio dentro da empresa, e Brian Chesky, do Airbnb) são radicalmente diferentes dos gênios que tornaram o Vale do Silício o que ele é hoje. Ao contrário de nomes como Bill Gates (que fundou a Microsoft), Larry Page e Sergey Brin (fundadores do Google) e Mark Zuckerberg (o pai do Facebook), Kalanick e Chesky não são nerds tímidos que aparentam não ter vida social. Eles se impõem em qualquer conversa e sabem conduzir reuniões e negócios como poucos. Se aproximam mais da figura de Steve Jobs como marqueteiros de si mesmos, porém têm uma abordagem bem mais agressiva justamente por enfrentarem concorrentes fora da vida digital.

Brad Stone também define as empresas que analisa como killer companies — “empresas matadoras”. E o assassinato aqui não é apenas uma frase de efeito. Tanto a Uber e o Airbnb quanto as outras startups descritas no livro (concorrentes diretas das duas, como a Lyft, a Sidecar e o Pad Pass) são empresas que querem exterminar ramos inteiros de negócios, como o de táxis e hotéis. Os gigantes da tecnologia que vieram antes — Google, Facebook, Apple e Microsoft — não tinham concorrentes diretos, pois estavam inventando novos ambientes digitais; “para que serve isso?” era uma pergunta recorrente para todas suas invenções. A Uber e o Airbnb competem contra lógicas de negócios seculares, que existem muito antes da invenção dos primeiros computadores. Sua função é clara.

 

Travis e Brian

E é aí que entram as personalidades de seus principais executivos que ajudaram a erguer essas empresas. Pois ao lidar com o mundo fora da internet, a Uber e o Airbnb tiveram que bater de frente com legisladores, sindicatos, prefeituras, governos e associações empresariais que determinavam regras para seus negócios muito antes da criação da internet. Se tivessem sido executivos comedidos ou com dificuldade para se expressar como os CEOs digitais que abriram caminho para eles, talvez seus negócios não tivessem se imposto de forma tão agressiva ou fossem apenas modismos passageiros.

Os principais exemplos de Stone são personalidades complexas e complementares: Travis tendo agido quase como um vilão de forma arrogante e truculenta para conseguir estabelecer sua empresa; Brian, por outro lado, persuasivo e convincente o suficiente para mexer em estruturas jurídicas sem necessariamente ser agressivo. Os dois pavimentaram o caminho para as próximas upstarts, que certamente abalarão ainda mais nosso convívio social. Se antes havia uma expectativa de que governos e prefeituras transformassem nossas cidades em smart-cities, conectando-as de forma inteligente à internet, a realidade é que foram empresas privadas que estabeleceram o novo padrão de conexão entre a urbe e a rede. “Mudar o mundo” talvez seja uma frase de efeito gasta, mas a Uber e o Airbnb já mudaram completamente a paisagem das grandes cidades pelo planeta. O que não é pouca coisa.

*Alexandre Matias, 42 anos, é jornalista e cobre cultura e tecnologia há mais de duas décadas, centralizando sua produção no site www.trabalhosujo.com.br.

testeComo Uber e Airbnb estão mudando o mundo em que você vive

Se alguém contasse aos seus avôs alguns anos atrás que seria possível chamar um carro particular para levá-lo aonde quer que quisesse por um simples toque no celular e pagar sem precisar de dinheiro físico, eles diriam que isso é coisa de filme de ficção científica. Imaginem então viajar para qualquer lugar e se hospedar na casa de uma pessoa desconhecida? Hoje essas situações são comuns e fazem parte da vida de milhares de pessoas que usam Uber e Airbnb, empresas de tecnologia que vêm revolucionando o mundo em que vivemos.

Em menos de dez anos, as duas companhias conseguiram inovar, desafiar as leis de diversos países, mudar os hábitos e dar início a uma nova geração de organizações que são chamadas de upstarts. Diferente das startups, as upstarts cresceram rapidamente com um projeto inovador e sem se importar com as maneiras tradicionais de se estabelecer no mercado ou com questões jurídicas. Outro fator que as diferencia das demais são os seus fundadores excêntricos e ousados, que fogem dos padrões clássicos dos CEOs.

Em As upstarts: Como a Uber, o Airbnb e as killer companies do novo Vale do Silício estão mudando o mundo, Brad Stone, autor de A loja de tudo: Jeff Bezos e a era da Amazon e editor executivo sênior de tecnologia global na Bloomberg News, revela a história dessas duas empresas gigantes que revolucionaram o Vale do Silício.

Mirando especialmente nas trajetórias da Uber e do Airbnb e no perfil impetuoso de seus fundadores e CEOs, Travis Kalanick e Brian Chesky, a quem Brad Stone teve livre acesso, o livro, já indicado pela Amazon como um dos melhores de 2017, traz uma análise detalhada sobre a criação, investimentos, condições de trabalho, segurança e, principalmente, os impactos desses novos negócios na sociedade.

A obra já está nas livrarias.

testeCrepúsculo está com preço especial na Amazon em julho

Para que novos leitores se apaixonem pela história de amor entre Bella e Edward, Crepúsculo, primeiro livro da quadrilogia de Stephenie Meyer, estará com preço especial durante todo o mês de julho na Amazon.

Basta inserir o código de desconto CREPUSCULO no site da Amazon para aproveitar. Confira a abaixo o regulamento completo da promoção:

– Por meio desta oferta, a Amazon.com.br venderá o livro “Crepúsculo” (ISBN:978-8598078304) a R$19,90, de acordo com estes termos e condições;
– Para usufruir da oferta, você deverá inserir o código de desconto na página de conclusão de compra, acessando Amazon.com.br a partir de um computador ou na versão do site completo em dispositivos móveis;
– Esta oferta expira em 04/08/2016 às 23h59, podendo ser revogada ou alterada a qualquer tempo pela Amazon.com.br;
– Esta oferta aplica-se somente a livros impressos (não é válida para e-books);
– Cada cliente/conta poderá usufruir desta oferta apenas uma vez;
– Se for necessária a devolução de algum produto adquirido nesta oferta, o valor a ser reembolsado será o efetivamente pago, e não o valor original do produto;
– Em caso de violação de qualquer destes termos e condições, a oferta perderá a validade;
– Esta oferta não se aplica a produtos com preço zero;
– Oferta válida apenas para compras na Amazon.com.br.  

teste5 tipos diferentes de romance

Selecionamos cinco romances com histórias que abordam maternidade, diferentes tipos de amor, intrigas e segredos . Confira a lista! 

Pequenas grandes mentiras, de Liane Moriarty — A obra conta a história de três mulheres que aparentemente têm uma vida perfeita em uma pequena cidade da Austrália. Madeline é forte e passional, Celeste é dona de uma beleza estonteante e Jane é uma mãe solteira recém-chegada na cidade. Os filhos das três mulheres estudam na mesma escola, onde acontece uma misteriosa tragédia em que elas estão envolvidas. Violência doméstica, estupro, bullying e a pressão que as mães sofrem são alguns dos temas abordados.

O segredo do meu marido, de Liane Moriarty — Cecilia Fitzpatrick encontra no sótão de casa uma carta escrita por seu marido. Seria algo corriqueiro, não fosse uma anotação bastante intrigante no envelope: “Para ser aberto apenas na ocasião da minha morte.” Apesar da recomendação, ela resolve abrir a carta e se vê obrigada a lidar com uma revelação avassaladora. O segredo do seu marido, John-Paul, atingirá não só seus três filhos e um longo e sólido casamento, mas também a vida de outras duas famílias. Cecilia precisará fazer uma escolha: optar pelo silêncio e permitir que a verdade corroa seu coração ou revelar o que leu e magoar profundamente as pessoas que mais ama.

 

O som do amor, de Jojo Moyes — um romance sobre obsessão, manipulação, segredos e paixões, O som do amor é um dos primeiros livros escritos pela autora do best-seller Como eu era antes de você. Por meio de personagens carismáticos e capazes de tudo para realizar seus objetivos, Moyes mantém seu estilo inconfundível em uma brilhante história sobre recomeços.

 

O navio das noivas, de Jojo Moyes — A obra, inspirada na história real vivida pela avó da autora, conta a trajetória de quatro mulheres que saem da Austrália depois da Segunda Guerra Mundial em um porta-aviões que as levará até a Inglaterra para encontrar os soldados com quem se casaram durante o conflito. A travessia é feita ao lado de outras noivas, armas, aeronaves e oficiais da Marinha. Com um espírito de aventura, a viagem mudará para sempre a vida dessas mulheres que ficaram distantes dos seus amores no período da guerra.

 

Belgravia, de Julian Fellowes – Ambientada no século XIX, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington. Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua filha, Sophia, encanta Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes.

testeLivros para comemorar 1 ano de Papo Nerd no Estoque!

lista-papo-nerd-amazon-1

O Papo Nerd no estoque está completando um ano hoje! Em 2016, nosso programa de terças no Snapchat (ed.intrinseca) falou sobre os temas mais diversos do universo Geek em 2016, culminando na nossa transmissão ao vivo direto da Comic Con Experience, em São Paulo – que você pode assistir na íntegra em nosso youtube.

E, como um episódio especial de fim de ano da sua série favorita, separamos 5 livros em parceria com a Amazon que terão 30% de desconto por 24 horas! Para aproveitar este presente, é só assistir ao programa desta terça-feira, 13 de dezembro, em nosso Snap e clicar neste link. Os livros com desconto são:

 

O código Bro + Playbook

barney

Livros originados da série de TV How I Met Your Mother, O código Bro e Playbook: O manual da conquista são duas das inúmeras maluquices criadas por Barney Stinson (Neil Patrick Harris), personagem da série.

O código Bro é a compliação do código de conduta dos Bros, com regras simples como “Um Bro não permite que outro se case antes dos 30” (Artigo 32), regras para performances em pista de dança e afins, “Um Bro nunca dança com as mãos acima da cabeça” (Artigo 15), até dicas de moda, “A menos que tenha filhos, um Bro nunca deve usar o celular preso no cinto” (Artigo 26).

Playbook: O manual da conquista traz desde técnicas de sedução para conquistar qualquer pessoa – desde que ela não se incomode com um pouco de insanidade aos moldes de seu autor. Indicado tanto aos iniciantes quanto aos mais experientes, o livro também é para aqueles que só querem tentar táticas absurdas na arte de conquistar alguém.

 

O oceano no fim do caminho

oceano

Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem.  Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa.

Livro surpreendente de Neil Gaiman, O oceano no fim do caminho demonstra um raro entendimento daquilo que nos torna humanos, e mostra o poder que as histórias têm de revelar e, ao mesmo tempo, de nos proteger dos perigos dentro e fora de nós. É uma fábula emocionante, assustadora e melancólica. Um convite a repensar a escuridão que espreita as memórias da infância.

 

Lugar Nenhum

lugar-nenhum

Richard Mayhew é um homem simples de coração bom que tem a sua pacata vida transformada quando ajuda uma jovem que encontra ferida numa calçada. De um dia para o outro, Richard se torna invisível na Londres que sempre conheceu: não tem mais trabalho, não tem mais noiva, não tem mais casa. Para recuperar sua vida, ele se embrenha em um mundo que nunca sonhou existir, uma cidade que se abre nos esgotos e nos túneis subterrâneos: a chamada Londres de Baixo, habitada por criaturas, monstros e lendas.

 

Deuses americanos

american-gods

Uma mistura de road trip, fantasia e mistério, Deuses americanos mostra a road trip de um ex-detento, Shadow Moon, e seu misterioso empregador, que atravessam os Estados Unidos reunindo um estranho grupo de pessoas para uma guerra que está por vir. O que Shadow logo descobre é que o conflito será entre divindades antigas — como Odin e Anansi — e novos deuses, como Mídia e Tecnologia.

Clássico de Neil Gaiman, Deuses americanos será adaptado para a televisão em 2017.

Se você ainda não conhece nosso Snapchat, basta usar o aplicativo para escanear o código abaixo e aproveitar a semana especial em parceria com a Amazon.

img_0734

testeA biografia da Amazon

The Everything Store

Jornalista da Bloomberg Businessweek, com passagem pelo jornal The New York Times e pela revista Newsweek, Brad Stone é responsável pela cobertura de empresas de tecnologia e e-commerce há 15 anos. O tempo de atuação no Vale do Silício lhe permitiu conhecer de perto os bastidores da indústria — e a contribuição de amigos e dos familiares de Jeff Bezos é um dos diferenciais de The Everything Store, a biografia da Amazon e de seu criador.

Todavia, ao contrário do que possa parecer, Brad Stone não poupa a gigante da internet e Bezos das críticas. A partir de depoimentos de concorrentes, colaboradores atuais e ex-funcionários, Stone identifica Bezos como uma figura polarizadora que, em sua grandiloquência obsessiva, inspira muitos, mas traumatizou tantos outros.

The Everything Store mostra a evolução da empresa, que começou como uma pequena livraria que vendia pelos correios e se transformou na loja que consegue realizar os desejos de qualquer cliente com apenas um clique, a um preço sem concorrência — e ainda revolucionou a leitura com a criação do Kindle. Mas (prova de que se trata de livro isento), MacKenzie Bezos, esposa do dono, deu apenas uma estrela para o título em sua resenha na Amazon.

Lançado em 15 de outubro nos EUA, The Everything Store será publicado Brasil pela Intrínseca em 2014.

testeAs mais lidas de dezembro

Ávidos por novas histórias, os leitores da Intrínseca não perderam as matérias sobre os primeiros lançamentos de 2013, a disponibilidade dos nossos e-books nas lojas da Google Playe do Google Play e o anúncio de publicação da primeira ficção nacional, Clarões e sombras, da escritora gaúcha Leticia Wierzchowski (A casa das sete mulheres).

1º Estante Intrínseca: lançamentos de janeiro
2º Livros da Intrínseca estão disponíveis na Amazon e no Google Play
O lado bom da vida recebe cinco indicações ao Spirit Awards
Cinquenta tons de cinza vende 13 livros por minuto no Brasil
5º O que esperar de 2013? A primeira ficção nacional da Intrínseca

Confira as mais lidas do Blog das Séries.

testeLivros da Intrínseca já estão à venda na Amazon e no Google Play

Nesta madrugada, a Amazon e o Google Play iniciaram a comercialização de livros eletrônicos no Brasil, e os 105 e-books da Intrínseca já estão à venda. Com o lançamento simultâneo das versões impressa e digital, a editora possuí 50% de seu catálogo convertido, também disponível na iBookstore e em outras 27 lojas nacionais.

Às vésperas de completar um ano da comercialização de e-books, iniciada em 15 de dezembro de 2011, a Intrínseca alcança a marca de 75 mil títulos baixados, impulsionada pelo sucesso da trilogia Cinquenta tons de cinza — que já figura entre os mais vendidos da Amazon e do Google Play.

Para garantir a qualidade, todo o processo de produção dos livros digitais foi internalizado. Depois de convertidos, os títulos recebem da equipe editorial o mesmo tratamento destinado a um novo livro: passam por mais uma revisão e pela aprovação do editor responsável pelo título. Além de assegurar a fidelidade do conteúdo, a qualificação da equipe permite a publicação de e-books sofisticados como Guerra e Spray, de Banksy, e Paris versus New York, de Vahram Muratyan, duas obras de arte cujas versões digitais serão lançadas pela primeira vez no mundo pela Intrínseca.

Preços promocionais

Durante este mês, as versões digitais de sete títulos da editora estarão com preços promocionais em todas as lojas. São eles: Argo, de Antonio Mendez e Matt Baglio, livro que inspirou o filme homônimo dirigido por Ben Affleck; A culpa é das estrelas, romance de John Green que acaba de ser eleito o melhor do ano pela revista Time; Inferno, obra monumental do premiado historiador Max Hastings sobre a Segunda Guerra Mundial; os novos clássicos A menina que roubava livros, de Markus Zusak, e Um dia, de David Nicholls; O segundo suspiro, de Phellipe Pozo di Borgo, que inspirou o sucesso de bilheteria francês Intocáveis; e o romance A última carta de amor, de Jojo Moyes.

Ranking dos 15 e-books mais vendidos da Intrínseca:

1 – Cinquenta tons de cinza, de E L James
2 – Cinquenta tons mais escuros, de E L James
3 – Cinquenta tons de liberdade, de E L James
4 – Um dia, de David Nicholls
5 – Os arquivos perdidos: os Legados da Número Seis, de Pittacus Lore
6 – A visita cruel do tempo, de Jennifer Egan
7 – A arte de viajar, de Alain de Botton
8 – Amanhecer, de Stephenie Meyer
9 – Os arquivos perdidos: os Legados do Número Nove, de Pittacus Lore
10 – A menina que roubava livros, de Markus Zusak
11 – Fuga do campo 14, de Blaine Harden
12 – A última carta de amor, de Jojo Moyes
13 – Precisamos falar sobre o Kevin, de Lionel Shriver
14 – Crepúsculo, de Stephenie Meyer
15 – A culpa é das estrelas, de John Green