teste“No último minuto”: Conheça o universo expandido de “Mentes sombrias”

Fãs de Mentes sombrias, preparem-se: a Intrínseca acaba de disponibilizar gratuitamente o e-book No último minuto, um conto do universo que conquistou leitores e acaba de chegar aos cinemas do Brasil.

No primeiro volume da série, conhecemos um mundo onde crianças adquiriram perigosas habilidades psíquicas após sobreviverem a uma misteriosa doença. Sendo considerados uma ameaça para a sociedade, eles foram enviados para centros de reabilitação governamental.

Acompanhamos de perto a trajetória de Ruby, uma das mais poderosas dessa geração, que passou seis anos vivendo as crueldades de Thurmond, o centro mais rigoroso que já existiu. Quando o seu poder se tornou uma verdadeira ameaça, ela foi obrigada a fugir de lá e, no mundo real, se uniu à Liam, Zu e Bolota em uma jornada em busca de um refúgio para adolescentes como eles.

Mas, o emocionante final de Mentes sombrias nos deixa com uma questão muito importante: O que aconteceu com a nossa pequena e adorada Zu?

Para nos ajudar a solucionar esse mistério, a autora Alexandra Bracken escreveu o conto No último minuto, em que podemos acompanhar um pouco mais a jornada da nossa amarela favorita.

Além de tudo, embarcamos na história de um novo personagem: Gabe. Ao ver a sua família arruinada pela crise que afundou o país, o rapaz de vinte e cinco anos decide arriscar a vida para se tornar um rastreador. Caçando e entregando as aberrações para a FEP, Gabe passa a enxergar aquela sombria realidade por outros olhos depois de capturar a pequena e habilidosa garotinha capaz de controlar eletricidade. Agora, o seu desafio toma um rumo imprevisível e se torna ainda maior.

Estão prontos para mais uma aventura? Leia o conto aqui.

testeQuando X-men encontra Jogos Vorazes: descubra a distopia Mentes Sombrias

Se você é fascinado por X-men e jovens com poderes especiais, temos certeza de que vai se apaixonar pela distopia Mentes sombrias. O livro de Alexandra Bracken nos leva para um universo em que jovens precisam lutar para sobreviver. Considerados uma ameaça para a sociedade, eles vivem em um mundo caótico, tomado pelo desespero, ameaças e traições.  

Imagine viver em um país em que pessoas de sua idade estão morrendo por causa de uma misteriosa doença. Agora, imagine descobrir que o pânico geral não é por conta das mortes, ou da doença em si. O que está preocupando o governo são aqueles que continuaram vivos.

Essa é a história de Ruby, que aos 10 anos foi enviada para Thurmond – um centro de reabilitação governamental – junto com outros sobreviventes. O motivo da comoção é que esses adolescentes ganharam perigosas habilidades psíquicas, que não sabem controlar.

Em um clima pós-apocalíptico, os jovens de Thurmond foram classificados por cores, de acordo com o tipo e o grau de perigo dos seus poderes. Os verdes apresentavam uma inteligência assustadora. Os azuis tinham a habilidade de telecinesia. Já os amarelos, vermelhos e laranjas eram os mais perigosos: podiam controlar a eletricidade, fogo e mentes, respectivamente. Esses últimos se tornam cada vez mais raros e sofrem graves punições.

Desde que se descobriu laranja, Ruby tenta passar despercebida e esconder esse segredo a todo custo. Após seis anos vivendo as crueldades de Thurmond, a garota consegue fugir e embarca em uma jornada no mundo real, onde se une à Liam, Zu e Bolota em busca de um refúgio para adolescentes como eles.

O filme de Mentes Sombrias chegará aos cinemas em agosto com um elenco incrível: Amandla Stenberg (Jogos Vorazes), Mandy Moore (This is Us) e Gwendoline Christie (Game of Thrones). A direção fica por conta de Jennifer Yuh Nelson (Kung Fu Panda). O primeiro livro da série foi lançado em julho pela Intrínseca.

Você é um de nós? O primeiro passo é sobreviver.

testeLançamentos de julho

 

Confira as sinopses dos nossos lançamentos do mês:

Mentes sombrias, de Alexandra Bracken

Do dia para a noite, crianças começam a morrer de um misterioso mal súbito. Os que sobrevivem desenvolvem habilidades psíquicas assustadoras. É o caso de Ruby. Na manhã do seu décimo aniversário, um acontecimento aterrador faz com que seus pais a tranquem na garagem e chamem a polícia.
Seis anos depois, ela se torna uma das jovens mais perigosas do mundo, embora tenha que esconder isso a todo custo para a própria segurança. Por mais que queira fazer amigos e ter uma vida normal, Ruby sabe que é impossível, porque nenhum lugar é seguro, e ela não pode confiar em ninguém — nem em si mesma. [Leia um trecho]

Variações enigma, de André Aciman

Os sentimentos de Paul, tão intensos na adolescência, continuam a atormentá-lo na vida adulta: no sul da Itália, ainda jovem, quando se apaixonou pelo marceneiro de seus pais, em Nova York, onde acredita estar sendo traído pela namorada e se interessa pelo parceiro de tênis nas quadras do Central Park. Não importa onde ou quando, suas relações são caóticas, transitórias e marcadas pela força do desejo.
Variações Enigma explora a impossibilidade de restringir uma pessoa a uma única linha melódica. Dessa forma, André Aciman mapeia os recônditos da paixão e revela a impiedosa e intricada psique humana. [Saiba mais]

Uma casa no fundo de um lago, de Josh Malerman

James e Amelia têm dezessete anos. Em comum, além da idade, há o fato de estarem um a fim do outro e de serem tomados pelo nervosismo quando James a chama para sair. Mas tudo parece perfeito para um primeiro encontro: um passeio de canoa pelos lagos com um cooler cheio de sanduíches e cervejas.
À medida que se aprofundam na exploração, os dois chegam a um lago escondido e encontram algo impressionante debaixo d’água. Um lugar perigosamente mágico: uma casa de dois andares com tudo que tem direito — móveis, um jardim, uma piscina e uma porta da frente, que está aberta.
Enquanto, fascinados, vasculham o imóvel e tentam passar uma boa impressão para o outro, cresce o medo. Será que um local misterioso como aquele esconde alguém — ou algo — vivo? Uma coisa é certa: depois de mergulhar nos mistérios da casa no fundo do lago, a vida deles jamais voltará a ser a mesma. [Leia um trecho]

Refúgio no sábado, de Míriam Leitão

Conhecida pelo público principalmente por sua cobertura jornalística de economia e dos bastidores do poder, Míriam Leitão reúne pela primeira vez suas crônicas, nas quais aborda conversas que a marcaram, memórias da infância e momentos do cotidiano.
Os textos, publicados inicialmente no blog de seu filho Matheus Leitão, são uma bela oportunidade de os leitores conhecerem melhor o dia a dia de Míriam, suas origens e o processo de formação de uma escritora.
Essa seleção de crônicas leves e afetivas é mais uma prova de que o olhar atento da premiada escritora e jornalista a fazem deslizar por diferentes gêneros literários com maestria. [Saiba mais]