testeConfirmada a sequência do filme Para Todos os Garotos que Já Amei

Os pedidos foram atendidos! Depois de centenas de cartinhas implorando pelo reencontro com Lara Jean, a Netflix confirmou que o filme Para Todos os Garotos que Já Amei vai ter uma sequência! As etapas de pré-produção já começaram, mas ainda não foram divulgados o enredo do novo filme nem a data de lançamento.

Embora não se saiba se a diretora Susan Johnson retornará para o segundo filme, os atores principais já foram confirmados, então preparem o coração, porque vai ter mais Lana Condor e Noah Centineo nas telinhas!

Inspirado no livro de Jenny Han, o filme estreou na plataforma de streaming em agosto desse ano e rapidamente se tornou o filme original Netflix mais assistido da história. A série possui três livros: Para todos os garotos que já amei, P.s: Ainda amo você e Agora e para sempre, Lara Jean.

teste7 personagens apaixonantes dos livros

Existem muitas coisas que podem tornar um livro especial: uma trama emocionante, as lições de vida que transmite, as reviravoltas surpreendentes… Mas uma das melhores maneiras de um livro se tornar inesquecível é ele ter personagens que conquistem os nossos corações. Afinal de contas, que leitor nunca se apaixonou pelo protagonista de uma história e ficou lamentando por ele não existir no mundo real? Pensando nisso, criamos uma lista com os 7 personagens mais apaixonantes dos nossos livros e que sem dúvida entrarão para a sua lista de “melhores pessoas literárias”. Confira:

 

  1. Louisa Clark (Trilogia Como eu era antes de você)

Como diria o Mc Marcinho, se quiser falar de amor, fale com Louisa Clark. Impossível ler Como eu era antes de você sem ficar completamente encantado por essa menina desajeitada. Com suas roupas exóticas e seu jeito fofo e atrapalhado, Lou conseguiu conquistar o coração do Will (e os nossos) sem muito esforço. O amor pela personagem foi tanto que a história dela ganhou duas sequências: Depois de você e Ainda sou eu, no qual acompanhamos os desafios que ela enfrentou ao se jogar no mundo e se tornar a protagonista da própria história. Mesmo depois de três livros, é difícil dar adeus a uma personagem tão querida.

 

2. August Pullman (Extraordinário)

O Auggie é um daqueles personagens que nos conquistam desde a primeira linha. Ele é um menino inteligente e gentil que nasceu com uma síndrome que o deixou com uma aparência incomum, por isso ele precisa lidar a vida toda com as pessoas o olhando de maneira diferente. Aos dez anos, ele precisou enfrentar o maior dos desafios: ir para a escola pela primeira vez. Com seu jeito bem-humorado, o Auggie nos passa diversas lições de vida e nos ajuda a ver o mundo de um modo mais gentil.

“A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma”.

 

3. Simon Spier (Com amor, Simon)

Se ser adolescente já não é nada fácil, imagine então ser um adolescente que guarda um grande segredo? O Simon é gay – ele sente muito orgulho disso, mas tem medo de como as outras pessoas vão reagir. Felizmente ele sempre pode contar com o Blue, seu namorado virtual cuja real identidade ele não conhece, mas com quem tem muito em comum e pode conversar sobre qualquer coisa. O Simon é divertido, fofo, gosta muito de Oreo, dá carona para a galera e está sempre ali quando alguém precisa. Depois de ler a história dele, é impossível não querer um Simon Spier como melhor amigo.

 

               

4. Lara Jean (Trilogia Para todos os garotos que já amei)

Junte 800g de beleza, 1kg de fofura, 500g de roupas estilosas, 400g de amor por culinária e 10 toneladas de cartas de amor: essa é a receita para criar a Lara Jean perfeita! Com um troféu vitalício de Personagem Mais Meiga do Universo, Lara Jean marcou um LJ em muitos corações desde que chegou aqui no Brasil em 2015. Mas este ano, quando sua história se transformou em filme, foi difícil encontrar alguém que tenha resistido aos seus encantos. Atenciosa, apaixonada pela família e muito verdadeira, ela é quase um cupcake rosa em forma de gente. E o prazer de vê-la amadurecer ao longo dos três livros da série faz o leitor sentir ainda mais saudades quando chega na última página.

 

5. Augustus Waters  (A culpa é das estrelas)

Para descrever o personagem que ama metáforas, aqui vai uma: Augustus é como um lindo dia de sol no primeiro dia de férias. Não dá para falar do Gus sem se lembrar de todos os momentos fofos protagonizados por ele, ou vai dizer que só de ver o nome dele já não passa um filme na cabeça? Ele é sensível, sincero, divertido e sabe ver a vida com brilho nos olhos. O Augustus não demorou para se tornar especial para a Hazel, e demorou menos ainda para se tornar inesquecível para a gente. Essa mistura humana de charme e carinho é definitivamente um dos personagens mais apaixonantes de todos os tempos.

 

6. Banguela (Série Como treinar o seu dragão)

Nem sempre os dragões são os seres gigantes e assustadores dos quais ouvimos falar, às vezes eles são como o Banguela: atrapalhados, ingênuos e extremamente fofos. Ele lembra muito os nossos próprios animais de estimação, por isso a conexão é quase instantânea. Desde o primeiro minuto, Banguela ajudou Soluço a enfrentar seus medos e a lutar pelo que acredita, é um amigo para todas as horas e está sempre pronto para proteger as pessoas que o tratam com carinho. O problema mesmo é que com Banguela essa paixão literária é ainda mais platônica, mas seguimos por aí procurando por um dragão bobo e desajeitado para amar no mundo real.  

 

7. Liesel Meminger (A menina que roubava livros)

Muitas vezes associamos personagens apaixonantes àqueles que têm personalidades muito fofas, mas a Liesel é um exemplo daqueles que nos conquistam por outros motivos. Mesmo sendo uma criança na Alemanha Nazista e tendo um judeu escondido na casa de sua família, a Liesel é corajosa, destemida e luta pelo que acredita. Com a ajuda de seu pai Hans, ela descobre o amor pela leitura e é bem nesse ponto que muitos de nós nos identificamos com ela. Embora muitas vezes pareça uma menina fria, ao longo da história descobrimos que ela tem um coração enorme, capaz de proteger as pessoas que ama custe o que custar.

 

E aí: por quais personagens você mais se apaixonou?

 

testeMergulhe no mundo da Lara Jean: cartas, receitas, planners e muito mais!

Um dos livros mais apaixonantes do universo virou filme na Netflix, e não poderíamos estar mais felizes! Para todos os garotos que já amei veio para deixar o mundo mais colorido e nos encher de amor. Vocês curtiram a adaptação? Já leram os livros?

O grande sucesso de Jenny Han conta a história da adorável Lara Jean, uma menina que escreve cartas secretas para todos os meninos pelos quais ela se apaixona. Tudo muda quando essas cartas são misteriosamente enviadas, e ela precisa lidar com a confusão de ter cinco meninos – um deles em especial – sabendo tudo o que ela já sentiu por eles. 

Se vocês leram a trilogia completa (que conta também com P.S.: Ainda amo você e Agora e para sempre, Lara Jean), viram o filme mil vezes e continuam morrendo de saudades das trapalhadas amorosas de Lara Jean, temos três soluções perfeitas.

 

1) Planners

A vida amorosa de Lara Jean pode ser uma bagunça, mas a garota gosta de organizar seus compromissos e tarefas da escola, ainda mais sem a irmã mais velha para cuidar de tudo. Por isso, criamos um jeito de você planejar seu dia a dia com muito estilo: planners! São três opções para você baixar, imprimir e usar como quiser: planners Lara Jean

 

2) Receitas

Gosta de cozinhar? Então você vai adorar saber que pode baixar aqui o livro de receitas da Lara Jean. Cookies, brownies, waffles… Hum! É cada doce maravilhoso!

 

3) Cartinhas

Quer compartilhar os seus sentimentos como a nossa querida Laranjnha? Você pode escrever a sua própria cartinha de amor no nosso site. Mas se a sua praia é escrever à mão, papéis de carta exclusivos estão disponíveis para download.

 

(Quarto da Lara Jean na Saraiva Eldorado em São Paulo.)

E isso não é tudo! Adoramos dar uma de Kitty, e por isso algumas das cartas que recebemos no site foram enviadas. São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador vão ganhar uma exposição, e você não pode perder! Quem sabe a sua cartinha não está lá? Confira os locais:

São Paulo

Saraiva Eldorado (aproveite para visitar o quarto da Lara Jean até o dia 31/08!) 

Saraiva Anália Franco

Saraiva Mooca

Saraiva São Caetano

Saraiva Vila Olímpia

 

Rio de Janeiro

Saraiva New York City Center

Saraiva Nova Iguaçu

Saraiva Village Mall

Saraiva Rio Sul

 

Porto Alegre

Saraiva Iguatemi

 

Salvador

Saraiva Iguatemi

testeDia especial Para todos os garotos que já amei na Bienal de São Paulo

O livro Para todos os garotos que já amei tem uma das protagonistas mais fofas e adoráveis do universo literário: Lara Jean. Essa menina que adora fazer doces, ficar com a família e ver clássicos dos anos 1980 vê o seu mundo virar de cabeça para baixo quando as cartas que escreveu secretamente para os seus amores são misteriosamente enviadas. Já imaginou se isso acontecesse com você?

Inspirados por essa história incrível, nós pedimos que os leitores compartilhassem suas cartas tão especiais com a gente. Recebemos cerca de 2.400 cartas no site, e, agora, 50 delas serão enviadas. Sabe para onde? A Bienal Internacional do Livro de São Paulo!

Hoje, 10 de agosto de 2018, acontece o dia especial Para todos os garotos que já amei na Bienal! Esperamos vocês no nosso estande para ganhar marcadores, planners e conhecer o quarto de ninguém menos que Lara Jean! As cartas selecionadas estarão por lá, e vocês também poderão tirar várias fotos. Maravilhoso, né? Além disso, quem comprar qualquer livro da Jenny Han vai ganhar um bótom.*

Acha que acabou? Temos mais uma surpresa que faria a Kitty sair gritando pela casa: as 25 primeiras pessoas que forem até o quarto da Lara Jean no nosso estande e derem um depoimento contando por que gostam tanto da trilogia vão ganhar um ingresso para a pré-estreia do filme inspirado no livro! Essa sessão especial vai acontecer hoje mesmo, às 19h, no Shopping Center Norte, e é aberta somente para convidados.

Se não puder ir à Bienal, não fique triste! Você ainda pode mandar vários recadinhos pelo nosso site e imprimir papéis de carta lindos. Além disso, no dia 17 de agosto, você vai poder acompanhar todas as aventuras e desventuras da nossa Laranjinha na Netflix!

*Disponível enquanto durarem os estoques.

Fotos: Rafaela Cassiano

testeCinco motivos para ficar animado com a estreia de “Para todos os garotos que já amei” na Netflix

Para todos os garotos que já amei conta a história de Lara Jean, uma garota inteligente, planejada e responsável que escreve cartas para todos os crushes que já teve. Assim, ela consegue expressar tudo que não consegue dizer a nenhum deles. Um dia, essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos respectivos destinatários, e a vida amorosa da personagem ganha um rumo inesperado.

Finalmente foi divulgado o trailer da adaptação desse livro tão fofo, e não poderíamos estar mais animados!

O elenco e a própria Jenny Han, autora do livro, são superligados nas redes sociais. Depois de nos deixarem cada vez mais curiosos com diversas fotos das filmagens, agora podemos sentir como será o clima do filme, que estreia no dia 17 de agosto na Netflix.

Com tantas novidades, não poderíamos deixar de separar cinco motivos para você ficar tão entusiasmado quanto a gente!

 

1. Jenny Han revelou no seu Twitter três detalhes incríveis sobre as suas inspirações para o livro

O primeiro foi um e-mail em que conta para a amiga – e também autora – Siobhan Vivian que a ideia do título surgiu quando ela estava no táxi.

(Foto: Instagram Jenny Han)

“Ontem, voltando para casa de táxi, tive uma ideia de título para um livro. ‘Para todos os garotos que já amei’. Fofo, né? Agora preciso decidir sobre o que será o livro. Desde o ensino médio, faço essa coisa para tentar dizer adeus a alguém e seguir em frente. Escrevo uma longa carta dizendo todas as coisas que eu nunca diria ao vivo. Então, selo tudo, coloco na minha caixa de chapéu e nunca envio. Será que tem alguma coisa aí? Talvez ela escreva essas cartas também, e elas acidentalmente são enviadas.”

Jenny ainda postou a foto da caixa original na qual guardava as próprias cartas de amor.

(Foto: Instagram Jenny Han)

E também compartilhou uma dessas cartas, com o destinatário escrito em francês, para que ninguém descobrisse quem era. Que espertinha!

(Foto: Instagram Jenny Han)

“Para meu primeiro amor, o garoto que roubou meu coração quando eu tinha quase treze anos.”

 

2. O quarto da Lara Jean 

(Foto: Netflix)

Como superar esse quarto maravilhoso, apesar de um pouco bagunçado? O papel de parede, as luzinhas, os móveis vintage: é tudo tão lindo que dá vontade de redecorar a própria vida!

 

3. A trilha sonora

Pelo trailer, já vimos que esse filme vai render playlists bacanas e músicas que não vão sair da nossa cabeça.

 

4. Os garotos

Se você leu o livro, também deve ter ficado curioso para saber como seriam os amores de Lara Jean. Adoramos o jeito como eles foram apresentados!

 

5.As irmãs Song

Todo mundo já sabia que essas irmãs iam arrasar juntas, mas, se antes já éramos fãs da Kitty, agora somos os presidentes do fã-clube!

testeAssista ao primeiro trailer de “Para todos os garotos que já amei

“As cartas foram enviadas.”

Saiu o primeiro trailer de Para todos os garotos que já amei! Assista agora:

O filme inspirado no livro de Jenny Han terá no elenco Lana Condor, de X-MenApocalipse, e John Corbett, de Casamento grego. Noah Centineo, de The Fosters, dará vida ao apaixonante Peter KavinskyJanel Parrish, de Pretty Little Liars, será Margot, a irmã mais velha da protagonista; Israel Broussard, de Bling Ring: A gangue de Hollywood, vai interpretar Josh; e Anna Cathcart será Kitty, a fofa irmã mais nova.

Para todos os garotos que já amei conta a história de Lara Jean, uma garota atrapalhada e ingênua, mas muito forte. Romântica, ela escreve cartas para os garotos por quem se apaixonou. Mas tem um detalhe: nunca as envia. Até que um dia essas cartas são misteriosamente enviadas aos respectivos destinatários, e a vida amorosa da personagem ganha outro rumo.

O filme estreia na Netflix no dia 17 de agosto.

testeCinco dicas para preparar uma sessão de cinema em casa no estilo Lara Jean

Lara Jean é uma menina super romântica, que confessa por cartas tudo aquilo que não consegue dizer em voz alta. Na verdade, suas cartas são de despedida, para quando não quer mais estar apaixonada. Ela fez uma para cada garoto que amou – cinco ao todo –, mas nunca teve a intenção de enviá-las. Por isso, guardou-as em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe e lá elas ficaram. O que ela não esperava era que alguém fosse enviar essas cartas aos destinatários e que isso faria sua vida amorosa virar de cabeça para baixo.

Com essa história adorável e cheia de personagens carismáticos, Jenny Han apresentou Lara Jean ao mundo. E nós somos muito felizes por isso! Como não se apaixonar por ela e sua família? Pelo relacionamento engraçado e divertido das irmãs Song? Pelos cookies e doces maravilhosos que ela faz? Pela confusão em que ela se mete envolvendo Peter e Josh?

No dia 17 de agosto, a adaptação de Para todos os garotos que já amei, primeiro livro da trilogia, será lançada na Netflix.

Poder ver o filme em casa e cercada de pessoas queridas: mais Lara Jean do que isso, impossível! Uma menina cheia de ideias e apaixonada por organização como ela não deixaria esse dia passar em branco. Por isso, nós fizemos uma lista com cinco dicas para preparar uma sessão de cinema em casa que são a cara da Lara Jean.  Aproveite para entrar no clima e planejar a sua!

 

1.Montar um quadro de inspirações e ideias

Lara Jean é uma menina muito criativa, mas precisa de organização para colocar suas ideias em prática. Nada melhor do que reunir referências em uma pasta no Pinterest ou até em um quadro! Você vai planejar melhor e otimizar seu tempo.

 

2. Assar cookies

Esse item não podia faltar! Lara Jean adora testar receitas e fazer doces incríveis, pois, para ela, cozinhar é uma forma de terapia.  A especialidade dela são os cookies (pode perguntar ao Peter). Experimente também deixar o seu filme ainda mais delicioso!

 

3. Decorar a casa no estilo “faça-você-mesmo”

Lara Jean não tem medo de colocar a mão na massa. Ela adora atividades manuais que envolvam papel, canetinhas, colas e tintas. Uma decoração bem simples e criativa, como bandeirinhas, é perfeita para deixar o ambiente lindo e aconchegante.

 

4. Convidar os amigos

Lara Jean é o tipo de pessoa que deixa seu toque pessoal em tudo o que faz. Escrever convites à mão, chamando os amigos de uma forma fofa e cheia de carinho, é uma forma bacana de tornar o dia mais especial ainda!

 

5. Reler o livro

Detalhista como ninguém, Lara Jean presta atenção em tudo! Para não deixar nenhum detalhe da história passar em branco e ficar atenta às diferenças entre filme e livro, reler é uma ótima ideia! Para todos os garotos que já amei é o primeiro livro da trilogia, mas para relembrar de tudo mesmo vale a penar ler também o segundo, P.S.: Ainda amo você, e o terceiro Agora e para sempre, Lara Jean.

testeFilme de Para todos os garotos que já amei estreia em agosto na Netflix

Depois de muita espera, finalmente temos a data de estreia para a adaptação cinematográfica do livro Para todos os garotos que já amei! O filme foi adquirido pela Netflix e estará disponível na plataforma a partir de 17 de agosto!

Para todos os garotos que já amei conta a história de Lara Jean, uma garota meio atrapalhada e ingênua, mas muito forte e romântica, que escreve cartas para os garotos por quem já se apaixonou. Mas tem um detalhe: nunca enviou nenhuma delas. Até que um dia essas cartas chegam misteriosamente aos respectivos destinatários, e a vida amorosa de Lara Jean ganha outro rumo.

O elenco conta com Lana Condor, de X-MenApocalipse, e John Corbett, de Casamento grego. Noah Centineo, de The Fosters, dará vida ao apaixonante Peter KavinskyJanel Parrish, de Pretty Little Liars, será Margot,; Israel Broussard, de Bling Ring: A gangue de Hollywood, vai interpretar Josh; e Anna Cathcart será Kitty, a caçulinha fofa da família Song.

testeOs melhores livros do ano, segundo o Goodreads

Todo ano, o Goodreads, uma plataforma digital de catálogo e resenha de livros, realiza o Goodreads Choice Awards, uma votação entre os usuários para premiar os melhores livros do ano. Ao longo de um mês, os leitores podem votar nos seus livros favoritos das 20 categorias disponíveis. No dia 14 de novembro começou a rodada final, e a Intrínseca tem vários títulos na disputa!

E os indicados são:

Na categoria de Melhor Livro Jovem Adulto, Tartarugas até lá embaixo, novo livro de John Green sobre uma adolescente com TOC e sua busca por um bilionário desaparecido; Geekerela, uma releitura de Cinderela para o mundo nerd; e Agora e para sempre, Lara Jean, a conclusão da série Para todos os garotos que já amei. Em Infantojuvenil, Vejo você no espaço, A profecia das sombras, da série As provações de Apolo e O navio dos mortos, da série Magnus Chase e os deuses de Asgard, ambos escritos por Rick Riordan. Em Livros Infantis, aparece Somos todos extraordinários, a versão ilustrada de Extraordinário. Em Fantasia, é a vez Mitologia nórdica, de Neil Gaiman. Quem era ela está concorrendo em Mistério & Thriller, e Projeto Desfazer, de Michael Lewis, em História & Biografia.

E temos uma novidade! No primeiro semestre de 2018, publicaremos Little Fires Everywhere, de Celeste Ng, ainda sem título em português definido, que está concorrendo ao prêmio de Melhor Ficção. A história se passa em bairro pacato em Cleveland, onde Elena Richardson mora.  Mia Warren, artista e mãe solteira, chega ao lugar e muda a dinâmica das relações, ameaçando o status quo do lugar. Elena tentará desvendar os segredos da nova moradora para retomar seu lugar na hierarquia, mas sua obsessão terá um custo.

A votação vai até o dia 27 de novembro, e os vencedores serão anunciados no dia 5 de dezembro. Não se esqueça de votar!

 

testeLançamentos de maio

Confira as sinopses dos lançamentos do mês: 

A profecia das sombras, de Rick Riordan Não bastava ter perdido os poderes divinos e ter sido enviado para a Terra na forma de um adolescente espinhento, rechonchudo e desajeitado. Não bastava ter sido humilhado e ter virado servo de uma semideusa maltrapilha e desbocada. Nããão. Para voltar ao Olimpo, Apolo terá que passar por algumas provações. A primeira já foi: livrar o oráculo do Bosque de Dodona das garras de Nero, um dos membros do triunvirato do mal que planeja destruir todos os oráculos existentes para controlar o futuro.

Em sua mais nova missão, o ex-deus do Sol, da música, da poesia e da paquera precisa localizar e libertar o próximo oráculo da lista: uma caverna assustadora que pode ajudar Apolo a recuperar sua divindade — isso se não matá-lo ou deixá-lo completamente louco.

Agora e para sempre, Lara Jean, de Jenny Han Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e, em P.S.: Ainda amo você, Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta. Na aguardada conclusão da série, Agora e para sempre, Lara Jean, a jovem vai ter que tomar as decisões mais difíceis de sua vida.

Em nome dos pais, de Matheus Leitão — Resultado de suas incansáveis investigações, que começam pela busca do delator e seguem com a localização dos agentes que teriam participado das sessões de tortura de seus pais. Passado e presente se entrelaçam nessa obra, que reconstitui com rigor eventos do início dos anos 1970 e, ao mesmo tempo, apresenta a emocionante peregrinação do autor pelo Brasil atrás de respostas. Uma história sobre pais e filhos, sobre reconciliação e responsabilidade, sobre encontros impossíveis. É também uma história sobre um país que ainda reluta em acertar as contas com um passado obscuro. 

As coisas que perdemos no fogo, de Mariana Enriquez — Macabro, perturbador e emocionante, o livro reúne contos que usam o medo e o terror para explorar várias dimensões da vida contemporânea. Em um primeiro olhar, as doze narrativas do livro parecem surreais. No entanto, depois de poucas frases, mostram-se estranhamente familiares: é o cotidiano transformado em pesadelo. Uma das escritoras mais corajosas e surpreendentes do século XXI, Mariana Enriquez dá voz à geração nascida durante a ditadura militar na Argentina.

As garotas, de Emma Cline — Considerada pela Granta uma das melhores jovens autoras americanas da década, Emma Cline se inspirou no impacto causado pelos assassinatos cometidos pelo culto de Charles Manson, no fim da década de 1960, para escrever As garotas. O livro narra o processo de crescimento pessoal de um grupo de jovens — um retrato atemporal das turbulências, das vulnerabilidades e da força das mulheres em sua passagem à maturidade.

O caminho da porcelana, de Edmund de Waal — Do autor de A lebre com olhos de âmbar, uma jornada para entender a obsessão humana pela arte, pela riqueza, pelo talento e pelo poder. Através de um material tão precioso e inesperado quanto a porcelana, Edmund de Waal desenha um mapa do melhor e do pior da humanidade em diferentes séculos e continentes. Uma investigação que perpassa acontecimentos sombrios – como a produção de porcelana para os nazistas em um campo de concentração – e gloriosas – como a alquimia desastrada que reinventou a porcelana e deu origem à primeira fábrica do Ocidente.

O projeto desfazer, de Michael Lewis Em O projeto desfazer, o renomado autor de Moneyball e Flash boys conta a história da colaboração entre dois homens absolutamente diferentes, percorrendo a gênese da teoria que mais tarde, publicada em livro, se tornaria o best-seller Rápido e devagar: Duas formas de pensar. Daniel Kahneman e Amos Tversky escreveram uma série de estudos originais desfazendo todas as suposições da época sobre o processo humano de tomada de decisão. Os ensaios e artigos escritos por eles mostraram como nossa mente sistematicamente se engana quando obrigada a fazer escolhas em situações de incerteza.

Razões para continuar vivo, de Matt Haig  O mundo de Matt ruiu quando ele tinha pouco mais de 20 anos. Ele não conseguia achar uma maneira de continuar vivo. Essa é a história real de como Matt passou pela crise, triunfou sobre a doença que quase o destruiu e aprendeu a viver novamente. Uma análise comovente e delicada sobre como viver melhor, amar melhor e se sentir mais vivo, Razões para continuar vivo é mais do que um livro de memórias. É um livro sobre como aproveitar seu tempo no planeta Terra.

Deixei você ir, de Clare Mackintosh Partindo de vários pontos de vista, Clare Mackintosh faz em Deixei você ir um retrato preciso de uma grande investigação policial. Com habilidade singular, ela desenvolve personagens memoráveis e uma análise arrebatadora das excentricidades da vida no interior. Mas seu verdadeiro talento é a maneira como incorpora reviravoltas em uma trama cheia de mistérios. Mesclando suspense e thriller psicológico, Clare disseca a mente de seus personagens enquanto tece entre eles inesperadas conexões.