testeA Torre Invisível traz a lenda do rei Arthur ao século XXI

 

Quem conseguir retirar esta espada da pedra é, por direito, o rei de toda a Grã-Bretanha! Você já deve conhecer essa citação de livros ou filmes que retratam a saga do lendário rei Arthur, um bravo monarca que defendeu sua nação das invasões bárbaras. Segundo uma das versões da história, ele teria sido o único capaz de remover Excalibur de uma rocha, feito que lhe concedeu o direito de se tornar rei aos 15 anos de idade. A poderosa espada mágica teria feito Arthur vencer diversas batalhas, levando-o à eterna glória.

De acordo com as lendas, o monarca se reunia com cavaleiros em uma grande mesa, a famosa Távola Redonda, para montar suas estratégias de combate. Ela teria sido criada pelo mago Merlin, profeta e conselheiro de Arthur, indispensável em todas as fases de seu reinado.

Neste mundo que conhecemos, em que todas essas histórias parecem existir apenas em lendas e contos de fadas, vive o garoto Artie Kingfisher, protagonista de A Torre Invisível (Crônicas do Outro Mundo). Para ele, magos chamados Merlin, dragões que cospem fogo e espadas mágicas existem somente no universo da ficção. Isso, porém, muda completamente no dia em que ele começa a receber, na vida real, mensagens saídas de seu jogo de videogame favorito, chamado Outro Mundo.

Pistas misteriosas levam Artie até uma loja estranha, de nome estranho — A Torre Invisível —, onde ele descobre que nada em sua história é o que parece. O menino é nada mais nada menos que o sucessor do lendário rei Arthur, nascido no século XXI para terminar a missão que o outro não conseguiu levar adiante.

Ao lado da irmã, Kay, e carregando a célebre espada Excalibur, Artie cruzará o Outro Mundo — que não existe apenas no jogo — em uma jornada digna dos cavaleiros da Távola Redonda, enfrentando dragões, lobos famintos, poderosos feiticeiros e muitos outros perigos. Uma batalha que Artie já venceu no universo virtual agora terá que travar ao vivo, sem macetes nem vidas extras. Se ele perder, será o fim. Deste e de todos os mundos.

Leia também:
Novas séries da Intrínseca 

testeAS mais lidas de janeiro

Quais foram os assuntos mais comentados do último mês? Para você não perder os destaques da Intrínseca, listamos abaixo as matérias mais lidas do Blog das Séries.

Em janeiro, os leitores foram apresentados à Isabela Freitas, blogueira de 22 anos, a primeira autora nacional a publicar um livro de ficção juvenil pela Intrínseca. Ávidos por notícias sobre os lançamentos de John Green (A culpa é das estrelas) acompanharam a notícia de que O teorema Katherine, próximo livro do autor a ser publicado no Brasil, deve sair em março. A programação dos eventos de Finale, da série Hush, Hush, também foi comemorada pelos fãs já saudosos de Patch e Nora.

1º – Primeira ficção YA nacional da Intrínseca
2º – Eventos de lançamento de Finale
3º – Uma abundância de títulos
4º – Trilha sonora de O lado bom da vida
5º – Novas séries da Intrínseca

Confira as mais lidas do Blog da Intrínseca

testeEstante Intrínseca – lançamentos jovens de fevereiro

09/02 – Extraordinário, de R. J. Palacio

Primeiro lugar da lista de best-sellers do The New York Times, eleito um dos melhores títulos YA de 2012 nos Estados Unidos, o premiado livro de estreia da americana R. J. Palacio traz à tona a luta contra o preconceito ao contar a história de August Pullman, um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Prestes a frequentar a escola pela primeira vez, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Narrado da perspectiva de August e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade — um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.
Leia o primeiro capítulo

Assista ao book trailer:

Leia também:
Mensagens extraordinárias: a história real de Jono Lancaster
Não julgue um menino pela capa 

27/02 – A Torre Invisível, de Nils Johnson-Shelton
Série Crônicas do Outro Mundo (Vol. 1)

No mundo que conhecemos, onde vive o garoto Artie Kingfisher, magos chamados Merlin, dragões que soltam fogo e espadas mágicas existem apenas em lendas e contos de fadas. Isso, porém, muda completamente no dia em que ele começa a receber, na vida real, mensagens saídas de seu jogo de videogame favorito, chamado Outro Mundo.

Pistas misteriosas levam Artie até uma loja estranha, A Torre Invisível, onde ele descobre que é o sucessor do lendário rei Arthur, nascido no século XXI para terminar a missão que o outro não conseguiu levar adiante. Carregando a célebre espada Excalibur e com sua irmã, Kay, ao seu lado, Artie embarca em uma jornada digna dos cavaleiros da Távola Redonda, em que precisará enfrentar dragões verdes, lobos famintos, poderosos feiticeiros e outros perigos inimagináveis.

Ficção e não ficção:

6/02 – O fio, Victoria Hislop
Tessalônica, 1917. No momento do nascimento de Dimitri Komninos, o fogo devasta a cidade multicultural onde cristãos, judeus e muçulmanos convivem. Cinco anos depois, a jovem Katerina foge para a Grécia quando sua casa na Ásia Menor é destruída pelo exército turco. Ao se perder da mãe em meio ao caos, ela acaba em um navio cujo destino é desconhecido. Desde esse dia, as vidas de Dimitri e Katerina se entrelaçam: entre si e com a história da cidade.

Fruto de uma pesquisa meticulosa, O fio tem como cenário a tortuosa história política da Grécia no século XX. A narrativa emocionante de Victoria Hislop — também autora de A ilha O retorno — une ficção e história ao contar a saga de duas famílias na segunda maior cidade grega.

20/2 – No escuro, Elizabeth Haynes
Quando Catherine conhece Lee, acredita ter encontrado o homem de seus sonhos. Com o tempo, porém, esse homem maravilhoso revela-se extremamente ciumento e controlador. Amedrontada, ela tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela.

Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade, mas o trauma infligido pelo ex-namorado a transformou em uma pessoa bem diferente. Vencedor do prêmio Amazon Rising Stars em 2001, o thriller arrebatador de Elizabeth Haynes é um retrato ousado da obsessão.

28/02 – A vida sem doenças, Dr. David B. Agus
Um dos oncologistas mais conhecidos dos Estados Unidos, David B. Agus preside o Conselho de Genética da Agenda Global, do Fórum Econômico Mundial, e é professor da Universidade do Sul da Califórnia. Em A vida sem doenças, ele defende a transferência da ênfase do diagnóstico para a prevenção e uma visão sistêmica do corpo humano, que aponta o caminho para um futuro sem doenças, em que cada indivíduo possa participar ativamente da administração da sua própria saúde.

Com dicas simples e eficientes para aprimorar a qualidade de vida, o livro contém ainda um guia com tudo que se deve perguntar em uma consulta médica.

testeESTANTE INTRÍNSECA – LANÇAMENTOS DE FEVEREIRO

Lançamentos de fevereiro

6/02 – O fio, Victoria Hislop — Tessalônica, 1917. No momento do nascimento de Dimitri Komninos, o fogo devasta a cidade multicultural onde cristãos, judeus e muçulmanos convivem. Cinco anos depois, a jovem Katerina foge para a Grécia quando sua casa na Ásia Menor é destruída pelo exército turco. Ao se perder da mãe em meio ao caos, ela acaba em um navio cujo destino é desconhecido. Desde esse dia, as vidas de Dimitri e Katerina se entrelaçam: entre si e com a história da cidade.

Fruto de uma pesquisa meticulosa, O fio tem como cenário a tortuosa história política da Grécia no século XX. A narrativa emocionante de Victoria Hislop — também autora de A ilha e O retorno — une ficção e história ao contar a saga de duas famílias na segunda maior cidade grega.

9/02 – Extraordinário, R. J. Palacio — Primeiro lugar da lista de best-sellers do The New York Times e eleito um dos melhores títulos YA de 2012 nos Estados Unidos, o premiado livro de estreia da americana R. J. Palacio traz à tona a luta contra o preconceito ao contar a história de August Pullman, um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Prestes a frequentar a escola pela primeira vez, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Para espalhar essa mensagem de aceitação, Palacio iniciou uma campanha antibullying no site www.choosekind.tumblr.com.

Leia também: trecho de O extraordinário.
Mensagens extraordinárias: a história real de Jono Lancaster

20/2 – No escuro, Elizabeth Haynes – Quando Catherine conhece Lee, acredita ter encontrado o homem de seus sonhos. Com o tempo, porém, esse homem maravilhoso revela-se extremamente ciumento e controlador. Amedrontada, ela tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela.

Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade, mas o trauma infligido pelo ex-namorado a transformou em uma pessoa bem diferente. Vencedor do prêmio Amazon Rising Stars em 2001, o thriller arrebatador de Elizabeth Haynes é um retrato ousado da obsessão.

28/02 – A vida sem doenças, Dr. David B. Agus – Um dos oncologistas mais conhecidos dos Estados Unidos, David B. Agus preside o Conselho de Genética da Agenda Global, do Fórum Econômico Mundial, e é professor da Universidade do Sul da Califórnia. Em A vida sem doenças, ele defende a transferência da ênfase do diagnóstico para a prevenção e uma visão sistêmica do corpo humano, que aponta o caminho para um futuro sem doenças, em que cada indivíduo possa participar ativamente da administração da sua própria saúde.

Com dicas simples e eficientes para aprimorar a qualidade de vida, o livro contém ainda um guia com tudo que se deve perguntar em uma consulta médica.

Ficção para jovens

27/02 – A Torre Invisível, de Nils Johnson-Shelton (Série Crônicas do Outro Mundo, Vol. 1) – No mundo que conhecemos, onde vive o garoto Artie Kingfisher, magos chamados Merlin, dragões que soltam fogo e espadas mágicas existem apenas em lendas e contos de fadas. Isso, porém, muda completamente no dia em que ele começa a receber mensagens saídas de seu jogo de videogame favorito, chamado Outro Mundo.

Pistas misteriosas levam Artie até uma loja estranha, A Torre Invisível, e lá ele descobre que é o sucessor do lendário rei Arthur e embarca em uma jornada digna dos cavaleiros da Távola Redonda para terminar a missão capaz de salvar este e o outro universo.

 

testeNovas séries da Intrínseca

No primeiro semestre de 2013, a Intrínseca traz duas novas séries para o catálogo de ficção para jovens: Crônicas do Outro Mundo e Fallen World. Até o final de junho, também chegam às livrarias Pandemônio, segundo livro da trilogia Delírio, de Lauren Oliver, Como roubar a espada de um dragão, nono volume da série Como treinar o seu dragão, A marca de Atena, da saga Os heróis do Olimpo, de Rick Riordan, e Um herói para WondLa, sequência de Em busca de WondLa.

A Torre Invisível (série Crônicas do Outro Mundo), de Nils Johnson-Shelton

No primeiro livro da trilogia, cujo lançamento está previsto para fevereiro, Artie Kingfisher pensava ser um garoto de doze anos como qualquer outro, até começar a receber mensagens saídas de um jogo de videogame, chamado Outro Mundo.

“Em uma semana, você virá até mim na TI. Você é especial, Arthur, e necessito de seus serviços e poder. Espero por você há muito tempo.”

Seguindo as misteriosas pistas, Artie chega a uma estranha loja chamada A Torre Invisível, onde descobre que nada em sua vida é o que parece. Ele é nada mais nada menos que o lendário rei Arthur, redivivo no século XXI para terminar a missão que seu antecessor não conseguiu completar. Artie venceu a batalha no Outro Mundo virtual, e agora a tarefa de salvar o mundo real também está em suas mãos.

Carregando a célebre espada Excalibur e com sua irmã, Kay, ao seu lado, Artie embarca em uma jornada digna dos cavaleiros da Távola Redonda, em que precisará enfrentar dragões verdes, lobos famintos, poderosos feiticeiros e outros perigos inimagináveis.

The Way We Fall (série Fallen World), de Megan Crewe

Nesse romance apocalíptico, a pequena ilha em que vive Kaelyn, uma jovem de dezesseis anos, é varrida por um estranho vírus que infecta adultos e crianças por toda a parte. Dentre os sintomas, estão: tosse, espirros, coceiras consistentes e febre, seguida de uma severa queda das inibições sociais. Em alguns dias, você estará revelando seus segredos mais íntimos e conversando com estranhos como se fossem amigos de longa data. Finalmente, pânico em função da confusão mental, alucinações e morte.

Com a ilha em quarentena e sem uma cura à vista, aqueles que ainda estão saudáveis devem lutar pelos poucos suprimentos da cidade ou abandonar suas chances de sobrevivência. Alguns dos não infectados tentam manter a ordem e se ajudar, enquanto outros recorrem a medidas mais drásticas. Como Kaelyn perde todas as pessoas mais próximas, ela tenta formar novos laços de amizade, e até de amor. Mas quando ela fica doente e, inexplicavelmente, se recupera, passa a reavaliar sua vida e sonhos.