testeSorteio Instagram – Janeiro Jovem [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos livros cujos autores começam com a letra “J”!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Instagram PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Instagram,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 14 de janeiro, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

testeSorteio Facebook – Janeiro Jovem [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos livros cujos autores começam com a letra “J”!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Facebook PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 14 de janeiro, segunda-feira, em nosso perfil no Facebook. Boa sorte!

testeSorteio Twitter – Janeiro Jovem [Encerrado]

Vamos sortear 3 exemplares de alguns dos nossos livros cujos autores começam com a letra “J”!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Twitter PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 14 de janeiro, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

testeSeis livros para quem curte romances históricos

A humanidade já passou por duas guerras devastadoras, diversas revoluções, conflitos locais e uma disputa entre dois blocos socioeconômicos. Todos esses acontecimentos em escala global são passados de geração em geração e relatados em incontáveis livros, filmes e séries. Mas, tão impactantes quanto estas histórias, são as narrativas das pessoas comuns que as viveram.

Pensem no Titanic. Um dos maiores navios já construídos naufraga e resulta na morte de milhares de inocentes. Mas foi o romance fictício entre Jack e Rose que chamou atenção para esse terrível incidente e emocionou milhões de corações. O mesmo pode ser dito dos clássicos A lista de Schindler e O resgate do soldado Ryan. Tais experiências podem até ser menos conhecidas, mas são igualmente grandiosas em seus detalhes e nuances, justamente por transportar o leitor para determinada época e local.

Listamos alguns livros que têm como cenário esses períodos históricos para criar tramas inesquecíveis. Confira!

Mulheres sem nome

Cenário: Segunda Guerra Mundial
Local: Alemanha, Estados Unidos e Polônia

Recém-lançado, o romance de estreia de Martha Hall Kelly dá voz a três protagonistas femininas em diferentes lugares do mundo enquanto eclodia a Segunda Guerra. A socialite Caroline Ferraday está em Nova York quando Hitler invade a Polônia, em 1939, enquanto a jovem Kasia Kuzmerick se envolve cada vez mais com o movimento de resistência polonês. Levada ao campo de concentração feminino de Ravensbrück, Kasia conhece a médica alemã Herta Oberheuser, responsável por exercer uma medicina terrivelmente controversa nas prisioneiras.

Uma história que atravessa continentes enquanto Caroline e Kasia persistem no sonho de tornar o mundo um lugar melhor, Mulheres sem nome é um livro que aborda a visão das mulheres de uma guerra cujo protagonismo historicamente é masculino. Conheça mais!

 

Um cavalheiro em Moscou

Cenário: Pós-Revolução Russa
Local: Moscou/União Soviética

O autor Amor Towles se inspirou na Rússia dos anos 1920 (na época, União Soviética) para criar a história de Aleksandr Ilitch Rostov, nobre acusado de escrever uma poesia contra os ideais da Revolução Russa. Conhecido como “O Conde”, ele é condenado à prisão domiciliar no sótão do hotel Metropol, lugar de luxo e sofisticação frequentado por artistas, bons-vivants e pela antiga aristocracia de Moscou.

Com sua perspectiva única de prisioneiro de duas realidades distintas, o Conde apresenta ao leitor sua sabedoria e sensibilidade ao abandonar certos hábitos e se abrir para as incertezas de novos tempos que, mesmo com a capacidade de transformar a vida como era conhecida, nunca conseguirão acabar com a nobreza de um verdadeiro cavalheiro.

 

A garota que você deixou para trás

Cenário: Primeira Guerra Mundial
Local: França e Inglaterra

Duas mulheres separadas por um século e unidas pela arte. Na França, durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por ele. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo, inclusive sua vida, na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra.

Na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa, onde destaca-se um retrato de uma bela jovem – presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Misturando ficção com realidade, romances de diferentes épocas e a busca por finais felizes, A garota que você deixou para trás é um dos primeiros sucessos de Jojo Moyes. Conheça mais!

 

Toda luz que não podemos ver

Cenário: Segunda Guerra Mundial
Local: França e Alemanha

Vencedor do Pulitzer, o autor Anthony Doerr constrói em Toda luz que não podemos ver um tocante romance sobre o que há além do mundo visível em meio aos horrores da guerra.

Aos seis anos de idade, a jovem Marie-Laure fica cega. Ela vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável. Para ajudá-la, ele constrói uma maquete em miniatura do bairro para que Marie seja capaz de memorizar os caminhos. Quando os nazistas ocupam Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo um dos mais valiosos tesouros do museu.

Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram no lixo. Com a prática, ele acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, em uma missão especial. Cada vez mais consciente das terríveis consequências de seu trabalho, o rapaz é enviado para Saint-Malo. Lá, seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial. Conheça aqui!

 

A menina que roubava livros

Cenário: O nazismo na Segunda Guerra
Local: Alemanha

Esse livro que dispensa apresentações conta a história da pequena Liesel em meio a uma Alemanha assolada pelo nazismo durante a Segunda Guerra. A jovem é adotada por um casal que vive em um bairro alemão pobre: a mãe, dona de casa e o pai, um pintor de paredes bonachão. Para contornar o medo e a solidão, ela aprender a ler e escrever com o pai e canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.

Enquanto eles tentam sobreviver a um cenário nacional conturbado, Liesel assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança, faz amizade com um menino obrigado a integrar a Juventude Hitlerista e ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar o seu lado da História. Conheça aqui!

 

Breve história de sete assassinatos

Cenário: A Jamaica de 1970 a 1990
Local: Jamaica

Em 3 de dezembro de 1976, às vésperas das eleições na Jamaica e dois dias antes de Bob Marley realizar o show Smile Jamaica para aliviar as tensões políticas em Kingston, sete homens não identificados invadiram a casa do cantor com metralhadoras em punho. O ataque feriu Marley, a esposa e o empresário, entre várias outras pessoas. Poucas informações oficiais foram divulgadas sobre os atiradores. No entanto, muitos boatos circularam a respeito do destino deles.

Breve história de sete assassinatos é uma obra de ficção que explora esse período instável na história da Jamaica e vai muito além. Marlon James cria com magistralidade personagens que andaram pelas ruas de Kingston nos anos 1970, dominaram o submundo das drogas de Nova York na década de 1980 e ressurgiram em uma Jamaica radicalmente transformada nos anos 1990. Um romance épico, brilhante e arrebatador, vencedor do Man Booker Prize de 2015. Conheça aqui!

testeConhecendo Paris (e nós mesmos) com Jojo Moyes

Por Nina Lopes*

Tem cidade mais romântica do que Paris? Tem livro mais romântico do que um escrito pela autora-sensação-do-momento Jojo Moyes? Imagine então juntar as duas coisas? Não tem coração que não derreta.

Em três obras de Jojo, passamos por diferentes épocas e histórias de superação, no cenário onde todo mundo sonha em viver um caso de amor. Mas nem tudo são flores, nem mesmo em Paris. Nell, de Paris para um e outros contos, nosso mais novo lançamento da autora, também sonha em passar um fim de semana romântico na Cidade Luz, mas leva um bolo ainda na estação de trem e embarca sozinha e deprimida.

Mas, espera aí, quem foi que disse que não dá para comer croissant e beber champanhe sozinha? Dá, sim, senhor. E é isso que Nell faz. Ela deixa a dor de cotovelo de lado e resolve explorar a cidade que queria tanto conhecer. E mais do que tirar fotos nos pontos turísticos, ela acaba descobrindo coisas novas sobre si mesma, se revelando mais forte do que pensava.

No entanto, com Jojo, também é possível acompanhar o surgimento de histórias de amor em Paris, claro! É lá que Sophie (ai que nome francesinho) conhece Édouard, em A garota que você deixou para trás. Os dois se casam, mas não é nada fácil viver na França ocupada pelos alemães durante a Primeira Guerra Mundial, e o casal é separado pelas circunstâncias do conflito.

Por último, mas não menos importante, Louisa Clark, minha protagonista preferida de todos os tempos, vai para Paris recomeçar a vida e se redescobrir depois de enfrentar uma perda irreparável e aprender que é preciso respeitar os desejos dos outros. A cena de Emilia Clarke, que interpreta a personagem no filme Como eu era antes de você, sentada num café parisiense lendo aquela carta inesquecível de Will é uma das mais marcantes para mim. Mostra que é possível se abrir para novas possibilidades, cortar laços com o passado e perder o medo de arriscar, porém sem deixar a essência de lado (as meias de abelhinha representam isso).

Para as personagens de Jojo que passam por Paris, a cidade significa muito mais do que uma viagem romântica: marca a reviravolta do destino, a arte de se reinventar e não se acomodar. Com esses livros, aprendi que sair da zona de conforto é difícil, contudo se arriscar e se abrir às novas possibilidades pode ser ainda mais interessante.

A narrativa de Jojo é quase tão poética quanto a própria Paris, e só ela é capaz de mostrar um lado diferente da cidade: força, amadurecimento e independência superam o romantismo. Enquanto lia essas histórias, eu aprendi a ser desapegada como a Nell, a ser corajosa como a Louisa e sensível como a Sophie. Vamos ser destemidos, vamos em frente, quem sabe não acabamos em Paris?

*Nina Lopes é editora assistente no setor de ficção da Editora Intrínseca e é dessas que se apaixonam pelos personagens dos livros que lê.

testeSaiba como participar dos eventos com Jojo Moyes no Rio e em São Paulo

Jojo Moyes virá ao Brasil para conhecer os leitores que se encantaram com as suas obras. Em uma rápida passagem pelo país, a autora de Como eu era antes de você participará de sessões de autógrafos na Saraiva RioSul, no Rio de Janeiro, em 8 de maio, e na Saraiva Pátio Paulista, em São Paulo, no dia 9 de maio.

Para os leitores que não puderem comparecer aos eventos, a Saraiva irá promover uma transmissão exclusiva no dia 10 de maio, às 15h30, no site saraiva.com.br. Os leitores que participarem da LIVE irão concorrer a livros autografados e brindes! As perguntas para a autora poderão ser enviadas, pelo Twitter, através da hashtag #JojoAoVivo.

Confira as regras para participar das sessões:

Rio de Janeiro:

08/05/17, segunda-feira, às 18h
Local: Shopping Rio Sul – Rua Lauro Sodré, 445 – Botafogo, Rio de Janeiro, RJ

 A participação na tarde de autógrafos está limitada a 200 senhas.

 Será autografado 1 livro por pessoa.

 Não serão permitidos autógrafos em itens que não sejam livros, tais como marcadores, papéis soltos, camisas, etc.

 A distribuição de senhas será feita no dia do evento, a partir das 8h na portaria principal do Shopping RioSul.

A senha é pessoal e intransferível.

Uma vez chamada a senha imediatamente posterior ao seu número, em razão da ordem numérica de atendimento, o portador deverá retornar ao final da fila para esperar o atendimento.

A apresentação da senha é obrigatória. No caso de extravio da senha, esta não será substituída e o portador perderá o direito de participar da sessão de autógrafos.

Fotos não serão permitidas. Teremos um fotógrafo profissional que disponibilizará todas as fotos no Facebook da Editora Intrínseca em até três dias úteis após o evento. 

São Paulo:

09/05/17, terça-feira, às 18h
Local:
Shopping Pátio Paulista – Rua Treze de Maio, 1.947 – Bela Vista, São Paulo – SP

A participação na tarde de autógrafos está limitada a 200 senhas.

Será autografado 1 livro por pessoa.

 Não serão permitidos autógrafos em itens que não sejam livros tais como marcadores, papéis soltos, camisas, etc.

 A distribuição de senhas será feita no dia do evento, a partir das 8h na portaria principal do Shopping Pátio Paulista.

A senha é pessoal e intransferível.

Uma vez chamada a senha imediatamente posterior ao seu número, em razão da ordem numérica de atendimento, o portador deverá retornar ao final da fila para esperar o atendimento.

 A apresentação da senha é obrigatória. No caso de extravio da senha, esta não será substituída e o portador perderá o direito de participar da sessão de autógrafos.

 Fotos não serão permitidas. Teremos um fotógrafo profissional que disponibilizará todas as fotos no Facebook da Editora Intrínseca em até três dias úteis após o evento. 

testeAs cinco melhores frases de Jojo Moyes

Se você é apaixonado por romances e histórias emocionantes, já deve ter escutado falar em Jojo Moyes. A autora britânica já vendeu mais de 2 milhões de livros no Brasil e conquistou uma legião de fãs com seu estilo inconfundível.

Jojo escreve histórias sobre personagens corajosas, batalhadoras e muito reais. Para conhecer mais sobre as obras, confira a seleção feita pela nossa equipe:

1- “Se tudo o que nos é permitido são horas, minutos, quero ser capaz de gravar cada um deles na memória com perfeita clareza para poder recordá-los em momentos como este, quando minha alma está sombria.”

Já imaginaram como seria perder totalmente a memória depois de um acidente e encontrar uma série de cartas de amor assinadas por uma pessoa que você não sabe quem é? É exatamente isso que acontece Jennifer, uma das personagens de A última carta de amor.

No livro, Jennifer está tentando recuperar a memória e voltar a sua vida antiga com o marido quando descobre com as cartas que estava vivendo um romance fora do casamento e parecia disposta a ficar com seu amante. 

A última carta de amor foi o primeiro livro de Jojo Moyes publicado pela Intrínseca e foi relançado com uma nova capa no ano passado.

 

2-  “Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

Essa é apenas uma das diversas frases impactantes ditas por Will, o personagem ranzinza que ficou tetraplégico depois de um acidente. Will é um cara bem-sucedido, rico, aventureiro que vê a sua vida mudar completamente. Lou é uma garota com uma rotina bem monótona que aceita trabalhar como cuidadora de Will, já que precisa muito de um emprego!

Só que eles não imaginavam como as suas vidas iriam mudar em tão pouco tempo.

3- “Você não precisa deixar que uma única coisa seja aquilo que define quem você é.”

Uma das coisas que aprendemos nas obras de Jojo Moyes é que uma paixão pode deixar marcas na vida de alguém para sempre. Em Depois de você, continuação de Como eu era antes de você, Lou está tentando seguir em frente sem esquecer os momentos únicos que viveu com Will.

4- “O que isso ensina à gente, Sr. McCafferty, é que na vida há coisas muito mais importantes do que vencer.”

Uma das grandes marcas das obras de Jojo Moyes é nos fazer refletir sobre o que realmente é importante na vida. Em A garota que você deixou para trás não é diferente!

No livro acompanhamos uma história que começa em meio a Primeira Guerra Mundial e chega até os anos 2000 com muitas reviravoltas, separações, dor e decisões que fazem repensar os nossos valores.

5- “Quem imaginaria que duas palavras pudessem causar tamanho impacto na vida de tanta gente?”

 As paixões não são os únicos temas abordados nos livros de Jojo Moyes. Em O som do amor a autora escreve sobre obsessões, manipulações e intrigas que acontecem a partir da história de duas famílias que cobiçam uma mansão no interior da Inglaterra.

testeLançamentos de fevereiro

Confira as sinopses e trechos dos livros que publicaremos neste mês:

Paris para um e outros contos, de Jojo MoyesCom mais de 20 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Jojo Moyes se consagrou autora de grandes romances. Paris para um e outros contos apresenta um novo lado da criadora de Como eu era antes de você com dez histórias divertidas e apaixonantes.

No conto que dá título ao livro, a jovem Nell planeja um final de semana romântico em Paris com o namorado e fica sabendo, já na estação, que ele desistiu de acompanhá-la. Sozinha em um país estrangeiro, Nell descobre uma nova versão de si mesma, independente e corajosa. Já em “Lua de mel em Paris”, que fecha a coletânea, Jojo Moyes brinda os leitores com um reencontro com as personagens do best-seller A garota que você deixou para trás, Liv e Sophie, que, separadas por algumas décadas, acreditam que o casamento é apenas o início de suas histórias de amor. [Leia +] [Leia um trecho]

A viúva, de Fiona BartonUm marido amoroso ou um assassino cruel? Em seu celebrado romance de estreia, a jornalista Fiona Barton reconstrói um crime imperdoável por meio de três perspectivas diferentes (a viúva do suspeito, o detetive que lidera a investigação e a jornalista que cobre o caso) ao mesmo tempo em que faz uma análise impiedosa de um relacionamento complexo.

Na trama, Jean Taylor deixou de contar, ao longo dos anos, muitas coisas sobre o terrível crime que o marido era suspeito de ter cometido. No entanto, após um acidente cheio de enigmas, o marido está morto, e Jean não precisa mais representar o papel de esposa perfeita.

Leitura indicada para quem gosta de thrillers como Garota exemplar, de Gillian Flynn. [Leia +] [Leia um trecho]

Pequenas grandes mentiras — edição especial com capa inspirada na série, de Liane MoriartyA história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular, chegará às livrarias em uma edição especial com capa inspirada no cartaz da nova série da HBO: Big Little Lies.

A adaptação do romance de Liane Moriarty tem estreia na TV marcada para 19 de fevereiro e conta com a produção de Reese Witherspoon e Nicole Kidman que, com Shailene Woodley, também interpretam as protagonistas. A direção é de Jean-Marc Vallée (Clube de Compras Dallas e Livre). [Leia +] 

A verdade é teimosa: diários da crise que adiou o futuro, de Míriam Leitão Com 25 anos de colunismo diário em O GloboMíriam Leitão está acostumada a ver além dos acontecimentos. Para a jornalista, a crise pela qual o Brasil passa hoje já estava anunciada havia muito tempo, pois o governo fechou os ouvidos a todos os alertas e a todas as críticas, enquanto fazia escolhas desastrosas.

Em seu novo livro, A verdade é teimosa, Míriam apresenta 118 textos produzidos desde 2010, quando falar em crise econômica parecia um verdadeiro atrevimento, até novembro de 2016, quando o governo Temer atravessava momentos de grande instabilidade política. Com uma linguagem clara, a obra examina os antecedentes que levaram à recessão, à desordem fiscal e à inflação, bem como aos momentos mais agudos da crise em si. [Leia +] 

Matéria escura, de Blake Crouch Você é feliz com a vida que tem? Essas são as últimas palavras que Jason Dessen ouve antes de acordar num laboratório, preso a uma maca. Neste novo mundo, ele leva outra vida. Sua esposa não é sua esposa, seu filho nunca nasceu e, em vez de professor numa universidade mediana, ele é um gênio da física quântica que conseguiu um feito inimaginável. Algo impossível. Será que este é mesmo seu mundo, e o outro é apenas um sonho? E, se esta não for a vida que ele sempre levou, como voltar para sua família e tudo que ele conhece por realidade?

Com ritmo veloz e muita ação, Matéria escura é uma criação de Blake Crouch, também autor da trilogia Wayward Pines, que deu origem à série de TV exibida pela FOX.  [Leia +] [Leia um trecho]

Às urnas, cidadãos!, de Thomas PikettyAutor do impactante O capital no século XXI, Piketty revolucionou para sempre o pensamento econômico contemporâneo. Nas mais de cinquenta crônicas que compõem Às urnas, cidadãos!, ele analisa de modo incisivo assuntos de extrema relevância para a economia mundial, como as dívidas nacionais, a redistribuição de recursos e a fragmentação do bloco europeu.

Diante de países que pouco se importam com seus vizinhos, qual seria a solução? Para responder a essa e a outras perguntas, Piketty critica os egoísmos nacionais, lança um amplo olhar sobre a economia global e acompanha a escalada da desigualdade além da Europa, ao discutir a situação de Estados Unidos, África do Sul, Brasil, Índia, Oriente Médio e China. [Leia +] 

Eu e você no fim do mundo, de Siobhan VivianEnquanto alguns se preocupam com o presente, fazem planos para o futuro e passam os dias empacotando suas coisas para mudar de cidade, Keeley e seus colegas do ensino médio decidem aproveitar ao máximo o tempo que ainda têm juntos em Aberdeen. Para ela, é o momento perfeito para tomar coragem e se declarar para o garoto que sempre amou, Jesse Ford.

A vida de Keeley está prestes a virar de cabeça para baixo, e a sensação de que não há nada a perder é perfeita para dar a ela a coragem de fazer o que normalmente não faria. Ou falar o que não falaria. E o risco quase sempre vale a recompensa. Quase sempre. [Leia +] [Leia um trecho]

testeHistórias inéditas de Jojo Moyes em fevereiro!

estante_jojo

A Intrínseca começa 2017 com uma boa notícia: o lançamento de uma obra inédita de Jojo Moyes! Em fevereiro chega às livrarias Paris para um e outros contos, coletânea com dez histórias emocionantes da autora do best-seller Como eu era antes de você. E a nossa edição vai ser imperdível: além de uma capa exclusiva, cada conto contará com uma ilustração de abertura caprichada, seguindo o estilo das outras obras da autora.

Os contos do livro trazem histórias leves e apaixonantes, nas quais é possível desfrutar do melhor das obras de Jojo Moyes. Ela apresenta ao leitor personagens fortes e verdadeiros e insere um pouco de magia e romantismo aos seus cotidianos. Ainda há um prelúdio de A garota que você deixou para trás: no conto “Lua de mel em Paris” podemos acompanhar o início do romance de Sophie e Édouard em 1912 e, cem anos depois, de Liv e David, e então descobrimos como a história das duas personagens se entrelaça. Todos os contos criam laços românticos, formando uma coletânea irresistivelmente divertida e emocionante.

testeUma semana para os #JojoLovers

img_9047

crédito: Além do livro

Alguns leitores comentam que é preciso ter uma caixa de lenços na hora de ler os livros de Jojo Moyes. Não é exagero dizer que as obras da autora emocionam e fazem milhares de pessoas se apaixonarem pelos personagens a ponto de nunca mais esquecê-los. Para mostrar que os títulos de Jojo são realmente incríveis, convidamos os nossos blogueiros parceiros para uma semana especial sobre as obras da nossa querida autora.

Para Mirelle Candeloro, do Recanto da Mi, as personagens criadas pela autora são tão reais que poderiam ser qualquer um de nós. Os protagonistas são pessoas comuns, com defeitos e dilemas com os quais os leitores se identificam.  A blogueira Evellyn Fonseca também acredita que a autora tem a capacidade de criar mulheres fortes e cheias de determinação. Sophie Lefèvre, de A garota que você deixou para trás, e Jess, de Um mais um, são exemplos disso.

“Determinação, força de vontade, perseverança e, claro, esperança. Uma personagem construída para mostrar o limite do ser humano e as escolhas que somos obrigados a fazer, aprendendo a lidar com suas consequências e que, além de qualquer dificuldade, precisamos seguir nossos objetivos”, escreveu o Bookeando sobre Sophie.

Outra característica marcante das obras de Jojo são os cenários. A autora já criou tramas ambientadas na França, Inglaterra, Austrália e Escócia, apresentando novos lugares por meio da sua narrativa. Até Nádia Tamanaha, de Além do livro, que não gosta de praia, revelou que sentiu vontade de viajar para o balneário australiano depois de ler Baía da Esperança. A obra se passa em um lugar paradisíaco que encanta até os que não curtem sol e mar.

Mas esses não foram os únicos assuntos abordados durante a semana especial. Os blogueiros aproveitaram para soltar a criatividade e criaram conversas imaginárias entre as personagens. Como seria se Jess, de Um mais um, escrevesse uma carta para Liza, de Baía da Esperança? Quais seriam as confissões trocadas? Rízia Castro, do Livroterapias, entrou na brincadeira e postou a correspondência entre as duas.

Já Cássia Vicentin, do Procurei em sonhos, imaginou um chat entre as protagonistas de Como eu era antes de você, O navio das noivas, Um mais um e Baía da Esperança. Curiosos para saber o que essas mulheres tão fortes conversariam?

💗SEMANA ESPECIAL JOJO MOYES 💗 ⠀ Falar sobre os livros da JoJo não é nada difícil para mim, foi por isso que aceitei o convite da @intrinseca para compartilhar com vocês, todo meu amor por essa autora ❤️ ⠀ Nesse primeiro dia do desafio fui convidada a falar sobre meu livro favorito dela, calhou que ele é justamente o livro que mais aparece por aqui. ⠀ "A Última carta" de amor foi uma tremenda surpresa pra mim, porque quando comecei a leitura, jamais esperava um livro que me tocasse tanto. ⠀ Além de ser um romance lindo, do começo ao fim, a narrativa da autora nos envolve de uma forma completamente especial. ⠀ O sentimento que eu tive foi que estava lendo sobre uma linda história de amor. ⠀ Falta-me palavras para descrever o quão maravilhoso esse livro é e a grande importância que ele tem na minha vida. ⠀ Sem duvidas, ele é um dos livros mais especiais pra mim. ⠀ Sempre penso nele com muuuuito carinho, porque ele tem um lugarzinho privilegiado no meu coração 💟 ⠀ Só recomendo: Leiam e se encantem por essa M A R A V I L H O S A história de amor… ⠀ ⚠️ Algum #JoJoLover por aí? 🍃

A photo posted by Ingrid Medeiros (@ingridbooks) on

 

Hoje, em parceria com a @intrinseca, começa a semana especial sobre Jojo Moyes! 💓 ⠀ Não tenho toooodos os livros dela, mas, dos que eu já li, Como eu era antes de você sempre será meu preferido! ⠀ ⠀ Louisa Clark tem 26 anos e trabalha como garçonete numa cafeteria de sua cidade. Não ganha muito e não parece se importar tanto com isso. Namora Patrick e não parece ser tão interessada nele – nem ele aparenta sentir interesse por ela. ⠀ Certo dia, o estabelecimento onde Lou trabalha fecha e ela se vê desempregada e totalmente sem rumo. Sem muitas opções, Lou consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico: Will Traynor. ⠀ Will é rico, bonito e inteligente, mas com um temperamento muito difícil de lidar. Preso em uma cadeira de rodas após um acidente, Will não vê muito sentido em continuar vivendo, não até a chegada de Lou em sua vida.⠀ ⠀ A escrita da Jojo é maravilhosa e a história de amor entre Lou e Will é extremamente emocionante e triste. Esse livro me deixou com o coração “💔”, e acredito que eu não fui a única a terminá-lo aos prantos. ⠀ “Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.” ⠀ Nota: 5/5 + ⭐ ⠀ #livro #book #intrinseca #comoeueraantesdevocê #jojomoyes #jojolovers #mebeforeyou

Uma foto publicada por Annie ⚡ (@queriaseralice) em

 

Confira os posts da semana Jojo Moyes aqui:

Cinco motivos para amar os livros de Jojo Moyes| O dia em que Jess escreve uma carta para Liza | Chat Jojo Lovers | Cinco motivos para se tornar um JojoLover | Quando vários personagens da autora, de diferentes livros, se encontram

Mais que livros | Parafraseando livros | Feed your Head | Menino literário | Além do livro | Procurei em sonhos| Menina da Bahia | Livros e fuxicos | Livrólogos | Cabana do Leitor | Mãegnifica | Bookeando | Hey Evellyn| Bookeando |Hey Evellyn| Versificados| Portal JuLund| Cabana do Leitor| Sobre livros e traduções| Entrando numa fria| Queria ser Alice