testeLançamentos de Setembro

Confira as sinopses dos lançamentos do mês:

Mindhunter: O primeiro caçador de serial killers americano, de John Douglas e Mark OlshakerDurante as mais de duas décadas em que atuou no FBI, o agente especial John Douglas tornou-se uma figura lendária. Em uma época em que a expressão “serial killer” nem existia, ele foi um oficial exemplar na aplicação da lei e na perseguição aos mais conhecidos e sádicos homicidas de nosso tempo. Douglas confrontou, entrevistou e estudou dezenas de serial killers e assassinos, incluindo Charles Manson, Ted Bundy e Ed Gein. Com a força de um thriller, ainda que terrivelmente verdadeiro, o livro é um fascinante relato da vida de um agente especial do FBI e da mente dos mais perturbados assassinos em série que ele perseguiu. A história de Douglas serviu de inspiração para a série homônima da Netflix, que conta com a direção de David Fincher (Garota Exemplar e Clube da Luta) e Jonathan Groff, Holt McCallany e Anna Torv. [Leia +]

Box da trilogia Para todos os garotos que já amei, de Jenny HanPara todos os garotos que já ameiP.S.: Ainda amo você e Agora e para sempre, Lara Jean são os três volumes de uma trilogia apaixonante que acompanha os altos e baixos da vida de Lara Jean Song, uma menina descendente de coreanos que guarda suas cartas de amor em uma caixa de chapéu que ganhou da mãe. [Leia +]

Os piores pirralhos do mundo, de David Walliams Nestas dez histórias tão divertidas quanto horripilantes, tão criativas quanto nojentas, David Walliams faz os pequenos leitores morrerem de rir com os pirralhos mais malcriados, mais bagunceiros e mais adoráveis do mundo. [Leia +]

O ego é seu inimigo: como dominar seu pior adversário, de Ryan Holiday — Ele arruinou a carreira de gênios promissores. Mandou pelos ares grandes fortunas e destruiu empresas. Tornou as adversidades insuportáveis e transformou esforço em vergonha. Seu nome? Ego. Em O ego é seu inimigo, Ryan Holiday apresenta exemplos reais e inspiradores de pessoas comuns que dominaram o ego, chegaram aos mais altos níveis de poder e sucesso e se tornaram lendas — não pela fama, mas pelo trabalho e legado. 

A vida que enterramos, de Allen EskensA única coisa que Joe Talbert deseja é terminar o trabalho da faculdade: entrevistar um estranho e escrever uma breve biografia. Com os prazos se aproximando, o garoto decide ir a um asilo para encontrar o tão desejado objeto de trabalho. Lá ele conhece Carl Iverson e logo a vida de Joe vai ter mudado para sempre.

A casa das marés, de Jojo Moyes Uma história que atravessa décadas e gerações para mostrar que nunca é tarde demais para nos descobrirmos e corrermos atrás dos nossos sonhos. Repleto de encontros emocionantes e segredos revelados, A casa das marés é uma leitura deliciosa e romântica que explora as dinâmicas familiares, antigos amores e traições. [Leia +]

Frantumaglia: os caminhos de uma escritora, de Elena Ferrante Cartas, bilhetes, entrevistas, ensaios e trechos não publicados compõem um autorretrato vibrante e íntimo de uma escritora que personifica a paixão pela literatura. Em páginas reveladoras, Frantumaglia traça, de maneira inédita, os vívidos caminhos percorridos por Elena Ferrante na construção de sua força narrativa. [Leia +]

Por uma Europa democrática, de Stéphanie Hennette, Thomas Piketty, Guillaume Sacriste e Antoine Vauchez — Proeminentes acadêmicos propõem um contundente tratado em defesa da real democratização da Europa. Uma obra que extrapola o projeto europeu e apresenta, de modo promissor, uma nova direção para as políticas democráticas mundiais. 

testeRomance de estreia de Jojo Moyes, Em busca de abrigo chega às livrarias em 11 de julho!

Os primeiros livros de Jojo Moyes, Em busca de abrigo e A casa das marés, serão republicados pela Intrínseca no segundo semestre. As edições ganharão uma nova capa e tradução.

Em busca de abrigo, estreia literária da autora, conta a história de três mulheres que precisam lidar com a quebra de laços familiares aparentemente indestrutíveis.

Joy mora numa mansão fria no sul da Irlanda com seu marido, cuja saúde está se deteriorando depressa. Kate e Sabine, respectivamente filha e neta de Joy, moram no subúrbio da Inglaterra e têm uma relação conturbada. Quando as três mulheres finalmente se reencontram há o conflito entre amor e obrigação, mães e filhas e diferentes escolhas de vida.

O livro chega às livrarias brasileiras em 11 de julho!

A casa das marés, segundo romance de Jojo Moyes e publicado em 2003, traz uma reflexão: é realmente possível deixar o passado para trás? No livro acompanhamos a história das jovens Lottie e Celia, que vivem nos anos 1950 na apática cidade litorânea de Merham, onde não há nenhuma diversão. As duas estão loucas para escapar de casa e explorar o mundo.

Quando um grupo boêmio se muda para Arcadia, uma grande casa art déco à beira-mar, Lottie e Celia ficam tentadas a seguir o estilo de vida dos novos moradores. Mas o que acontece na casa traz consequências trágicas e irreparáveis para todos.

Quase cinquenta anos depois, Arcadia está passando por uma reforma, mais uma vez despertando fortes sentimentos nos antigos moradores da cidade. A mansão retorna à vida, assim como todos os segredos enterrados ali durante esse tempo.