testeLançamentos de maio

Maio já chegou! Confira os livros que chegam pela Intrínseca neste mês:

 

A serpente de Essex, de Sarah Perry

Lançamento em 2 de maio – O livro que inspirou a série da Apple TV+

Em 1893, Cora Seaborne é uma recém-viúva que, após a morte do marido abusivo, decide viver suas tão sonhadas aspirações. Junto com seu filho Francis e a babá do garoto Martha, ela se muda de Londres para Essex e fica sabendo do mito da Serpente — uma criatura mítica que, no passado, vagava pelos pântanos. Encantada pela história, Cora decide investigar.

Na busca, ela é apresentada a William Ransome, o vigário da cidade, um homem desconfiado que teme que fantasias distraiam as pessoas do verdadeiro caminho da fé. Em meio a esse cenário, os dois constroem uma surpreendente relação.

Com A serpente de Essex, Sarah Perry ganhou o Waterstones Book of the Year Awards e o British Book Awards e foi indicada para outros grandes prêmios, como o Women’s Prize for Fiction. Estrelada por Claire Danes (Homeland) e Tom Hiddleston (Loki), os dois primeiros capítulos da série adaptada chegam ao Apple TV+ em 13 de maio. 

 

Diário A sutil arte de ligar o f*da-se, de Mark Manson

Lançamento em 3 de maio

Com seu estilo clássico e inimitável, Mark Manson apresenta um diário dividido em cinco seções que correspondem aos principais temas abordados em A sutil arte de ligar o f*da-se

A obra, que toca nos assuntos mais relevantes da vida — como felicidade, valores e responsabilidade —, oferece diversas atividades que vão ajudar você a refletir profundamente a respeito de suas emoções, seus valores e seu propósito. 

A sutil arte de ligar o foda-se já vendeu mais de 2,2 milhões de exemplares no Brasil e se tornou um grande sucesso editorial. Com o Diário, que será publicado simultaneamente aqui e lá fora, o leitor tem a oportunidade de colocar os ensinamentos do livro em prática. 

 

A família perfeita, de Lisa Jewell

Lançamento em 9 de maio

Logo após seu vigésimo quinto aniversário, Libby Jones chega em casa e encontra uma carta com informações sobre seus pais biológicos, descobrindo que é a única herdeira de uma mansão abandonada que vale milhões. Tudo na sua vida está prestes a mudar, mas o que ela não sabe é que outras pessoas também estavam aguardando esse dia — e que seu destino está prestes a colidir com o delas.

Com uma história macabra e surpreendente, este terror psicológico envolve seitas, relações familiares estranhas e muito mistério. Perfeito para quem curte livros impossíveis de largar. 

 

Os abismos, de Pilar Quintana

Lançamento em 12 de maio

Claudia mora com os pais em Cáli, na Colômbia, em um apartamento tomado por plantas e rodeado por precipícios físicos e metafóricos. 

Como muitas famílias, a de Claudia passa por uma crise, e basta o casamento de seus pais estremecer para que ela comece a entender a fragilidade dos limites que mantêm a previsibilidade do cotidiano.

Os abismos é o novo livro da autora de A cachorra, obra que vendeu 22 mil exemplares no Brasil. Pilar Quintana participou da Flip em 2020 e é considerada uma das principais vozes contemporâneas da América Latina. 

 

Fantasmas, de Raina Telgemeier

Lançamento em 16 de maio

A família de Catrina está de mudança para Bahía de la Luna, na Califórnia, porque a brisa do mar vai ser importante para o tratamento de Maya, sua irmã mais nova. Porém, ao sair para explorar a nova vizinhança, as duas descobrem que os ventos gélidos também atraem fantasmas — para a alegria de Maya e o desespero de Cat.

Com a ajuda de um gato preto misterioso, vizinhos simpáticos e muitos tamales, as irmãs vão descobrir que, muitas vezes, precisamos encarar nossos maiores medos por aqueles que amamos.

Fantasmas é uma história em quadrinhos sensível e cativante, recomendada para crianças acima de oito anos. 

 

O filho rico: 11 lições para a riqueza e o sucesso, de Felipe Miranda e Ricardo Mioto

Lançamento em 19 de maio

Como um presente para os três filhos, nesse livro Felipe Miranda buscou responder a uma pergunta: quais princípios guiam as pessoas bem-sucedidas em sua jornada? 

A partir das próprias histórias e de curiosidades sobre figuras tão diversas quanto George Soros, Mick Jagger, Bernardinho e Buzz Lightyear, o economista compila 11 lições que vão servir como um mapa para conduzir o leitor à satisfação de todo o seu potencial.

 

Trem-bala, de Kotaro Isaka

Lançamento em 24 de maio

Neste thriller eletrizante, um aluno exemplar, um pai em busca de vingança, o assassino mais azarado do mundo e a letal dupla Tangerina e Limão estão em um trem-bala de Tóquio a Morioka. 

Em pouco tempo, uma mala misteriosa fará com que os destinos desses cinco personagens se cruzem de maneiras dramáticas. Mas, afinal, por que todos eles estão no mesmo trem?

Kotaro Isaka é autor best-seller no Japão e venceu diversos prêmios de literatura. Trem-bala, seu primeiro livro a chegar no Brasil,  já tem adaptação confirmada para os cinemas. O longa é dirigido por David Leitch (Deadpool 2) e conta com Brad Pitt, Sandra Bullock, Joey King (A Barraca do Beijo), Aaron Taylor-Johnson (Kick-Ass), Brian Tyree Henry (Eternos), Zazie Beetz (Atlanta), Masi Oka (Heroes), Michael Shannon (O Homem de Aço) e Logan Lerman (Percy Jackson) no elenco. O filme estreia em 21 de julho.  

Por que as nações fracassam, de Daron Acemoglu e James A. Robinson

Lançamento em 26 de maio

Nesse clássico moderno da economia e das ciências humanas, Daron Acemoglu e James A. Robinson investigam a história de civilizações separadas tanto pelo tempo quanto pela geografia para responder a uma questão que há séculos intriga os estudiosos: por que algumas nações são ricas e outras são pobres?

Publicado originalmente em 2012, Por que as nações fracassam se tornou um best-seller do The New York Times, estabelecendo-se como um livro de referência em seu campo de estudo. Agora, a Intrínseca prepara esta aguardada reedição, com projeto gráfico original e tradução de Rogério Galindo e Rosiane Correia de Freitas. 

 

O corredor estreito, de Daron Acemoglu e James A. Robinson

Lançamento em 26 de maio

Após o sucesso de Por que as nações fracassam, best-seller do The New York Times, os renomados economistas Daron Acemoglu e James A. Robinson fazem um levantamento das formas que a relação entre sociedade e Estado podem tomar a partir de uma base elementar: a liberdade — ou a ausência dela.

No centro de sua teoria, explicam que a liberdade só é mantida por meio de um embate constante entre a população e quem a governa. 

 

Sempre uma escolha: minha jornada contra o medo, o preconceito e a má política, de Felipe Rigoni

Lançamento em 30 de maio 

 

Primeiro cego deputado do Congresso Nacional, Felipe Rigoni compartilha neste livro sua jornada de superação e sua experiência com a gestão pública e descreve o sofrimento e o desafio de aprender a viver com a cegueira, com uma visão de mundo otimista e empreendedora.

testeO fascismo e a Igreja como aliados

Por Vanessa Corrêa*

Para aumentar a identificação da população italiana com o fascismo, Benito Mussolini escolheu a Igreja Católica como um dos pilares de seu regime. O Duce passou os primeiros anos de seu governo buscando uma conciliação entre o Estado italiano e a Igreja, após décadas de hostilidade.

O objetivo foi alcançado em 11 de fevereiro de 1929, com a assinatura do Tratado de Latrão, no qual o governo de Mussolini reconhecia a religião católica apostólica romana como a oficial do Estado italiano. O tratado também concedeu à Igreja plena propriedade e poder sobre a Cidade do Vaticano, uma indenização e títulos de renda que somavam 1 bilhão de liras, além do reconhecimento do valor civil do casamento religioso, o ensino confessional obrigatório nas escolas estatais, entre outras medidas.

Em troca, a Igreja se comprometeu a não desempenhar um papel político, proibindo às suas associações qualquer atividade nesse sentido e exigindo que seus bispos fizessem um juramento perante o rei. Com o Tratado de Latrão, Mussolini se tornou, nas palavras do papa Pio XI, “o homem da Providência”. Seguindo a retórica do fascismo, que emprega o discurso religioso para defender seus valores, o líder do governo passou a ser visto como um indivíduo escolhido por Deus.

M, o homem da Providência é a continuação de M, o filho do século, série de Antonio Scurati que conta a vida e a trajetória política de Benito Mussolini. No novo livro, o escritor aborda o período de 1925 a 1932, mostrando os efeitos do fascismo no Estado italiano e a aliança que Mussolini fez com a Igreja Católica para perpetuar seu governo no poder.

* Vanessa Corrêa é jornalista.

teste4 livros (de diferentes gêneros) para pensar a experiência de mulheres asiáticas

Nos últimos anos, com o fortalecimento do movimento feminista no mundo, a literatura e o mercado editorial têm proposto a valorização e a publicação de obras de autoras mulheres cada vez mais. Mas que mulheres são essas? Quem está no centro do debate? É importante notar que a diversidade de narrativas entre essas histórias é fundamental na formação de um catálogo  feminino e feminista.

Pensando nisso, selecionamos uma lista de livros que exploram a experiência de mulheres asiáticas, de diferentes países, gêneros literários e tempos históricos. Conheça: 

 

Kim Jiyoung, nascida em 1982, de Cho Nam-Joo

Sucesso editorial no mundo todo, o livro de Cho Nam-Joo já vendeu mais de 1 milhão de exemplares. A obra forteleceu o movimento feminista da Coreia do Sul e foi pauta de grandes questionamentos por sua abordagem direta de temas como a desigualdade de gênero e o assédio sexual. 

Na história, acompanhamos a trajetória de Kim Jiyoung, uma mulher sul-coreana comum que largou o emprego em uma agência de marketing para cuidar da filha recém-nascida. Desde sua infância até os dias atuais, o machismo se fez presente em sua rotina, afetando seus pensamentos e suas escolhas. 

Kim Jiyoung, nascida em 1982 é uma obra poderosa e contemporânea que não só atinge o âmago da individualidade feminina, como também questiona o papel da mulher em âmbito universal.

 

Pachinko, de Min Jin Lee

O emocionante livro de Min Jin Lee apresenta a saga de diferentes gerações de uma família coreana exilada no Japão. É uma história sobre as dificuldades enfrentadas por imigrantes e como precisam de resiliência e força em um ambiente extremamente hostil. 

A narrativa tem como foco central a matriarca Sunja, que, nas primeiras páginas, é uma adolescente ingênua. Nos anos 1900, frente a uma desonra inimaginável, a personagem toma uma decisão que muda completamente sua história e impacta a vida de todos os membros de sua família por mais de noventa anos. 

Sunja é uma mulher forte que enfrentou as dificuldades de ser coreana em um país colonizador, machista e excludente. 

 

Contra o feminismo branco, de Rafia Zakaria

No campo da não ficção, Contra o feminismo branco explora a persistência do movimento feminista em se basear na experiência de mulheres brancas de classe média e alta. O livro da pesquisadora paquistanesa Rafia Zakaria é um contramanifesto que coloca as mulheres não brancas no centro do debate. 

Em uma leitura direta e impactante, a autora questiona desde pensadoras como Simone de Beauvoir a produtos culturais como Sex and the City. O resultado é uma obra crítica à adesão do feminismo branco ao patriarcado, à lógica colonial e à supremacia branca. 

O livro estimula debates sobre a quarta onda do feminismo e contou com um bate-papo incrível de lançamento, com a autora, Rafia Zakaria, e a filósofa Djamila Ribeiro, que você pode conferir aqui na íntegra.

 

Shine: uma chance de brilhar, de Jessica Jung

Outra leitura que apresenta a perspectiva de uma mulher asiática é Shine, de Jessica Jung. Nessa história infantojuvenil, conhecemos Rachel Kim, que, na Coreia do Sul, sonha em ser cantora e se dedica há seis anos ao rigoroso programa de treinamento da DB Entertainment. 

No livro, conhecemos os rigorosos padrões de beleza da indústria do K-pop pelos olhos de uma autora que já passou por esse processo (Jung fez parte do grupo Girl’s Generation). 

E aí, curtiu as indicações? 

testeOuça a playlist picante inspirada em Aconteceu naquele verão

Dê o play no amor

Aconteceu naquele verão é uma comédia romântica beeem picante em que dois opostos fazem de tudo para não se atrair.

Piper Bellinger é uma it girl de Hollywood extremamente famosa nas redes sociais. Quando as coisas fogem do controle após uma noite de bebedeira, seu padrasto a manda para cuidar de um bar caindo aos pedaços em uma cidadezinha pesqueira chamada Westport. Lá, ela conhece o irritantemente charmoso Brendan, um capitão barbudo que está certo de que a garota não aguenta nem uma semana longe de casa. Será que ele está certo? Ou será que talvez algo – ou alguém – nessa pacata cidade vai ser capaz de fisgar o coração da moça?

O primeiro livro de Tessa Bailey publicado aqui na Intrínseca surpreendeu com suas cenas fofas, MUITA safadeza e aventuras divertidas. 

Para os fãs de romance como nós, preparamos uma playlist com todo o clima das nossas histórias apaixonantes:

 

testeSorteio Instagram – Lançamentos de abril [Encerrado]

Que tal garantir os lançamentos de abril da Intrín? Então se liga no sorteio da semana!

Serão 3 vencedores que poderão escolher 1 livro da seleção. 

Para participar, é só preencher o formulário abaixo!

ATENÇÃO:

– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada.

– Você pode se inscrever no sorteio do Facebook e Twitter também, é só seguir as regras.

–  Ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “Seu formulário foi enviado com sucesso”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição.

– Se você já ganhou um sorteio da Intrínseca nos últimos 7 dias no Instagram, você não poderá participar deste sorteio.

– O resultado será anunciado no dia 02 de maio, segunda-feira, em nosso perfil no Instagram. Boa sorte!

 

testeSorteio Facebook – Lançamentos de abril [Encerrado]

Que tal garantir os lançamentos de abril da Intrín?

Então se liga no sorteio da semana!

Serão 3 vencedores que poderão escolher 1 livro da seleção.

Para participar, é só preencher o formulário abaixo!

ATENÇÃO:

– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada.

– Você pode se inscrever no sorteio do Instagram e Twitter também, é só seguir as regras.

–  Ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “Seu formulário foi enviado com sucesso”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição.

– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook, você não poderá participar deste sorteio.

– O resultado será anunciado no dia 02 de maio,  segunda-feira, em nosso perfil no Facebook. Boa sorte!

 

 

testeSorteio Twitter – Lançamentos de abril [Encerrado]

 

Que tal garantir os lançamentos de abril da Intrín? Então se liga no sorteio da semana!

Serão 3 vencedores que poderão escolher 1 livro.

Para participar do sorteio você precisa seguir o nosso perfil (@intrinseca), retweetar o post do sorteio PUBLICAMENTE no seu Twitter e preencher o formulário abaixo!

ATENÇÃO:

– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada.

– Você pode se inscrever no sorteio do Instagram e Facebook também, é só seguir as regras.

–  Ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “Seu formulário foi enviado com sucesso”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição.

– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter, você não poderá participar deste sorteio.

– O resultado será anunciado no dia 02 de maio, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

testeAdaptação de Amor & gelato chega à Netflix em junho

Preparem os passaportes para uma viagem à Itália! ✈️🍦

Pegando todo mundo de surpresa, a Netflix anunciou que a adaptação de Amor & gelato chega ainda este ano e divulgou a primeira imagem oficial do longa!

No elenco, Susanna Skaggs (Halt and Catch Fire) assume o papel da protagonista Lina, Anjelika Washington (Stargirl, Moxie) é Addie, sua melhor amiga, Tobia De Angelis (Vite in fuga, Tutto può succedere) interpreta Ren, seu novo vizinho, e Owen McDonnell (Killing Eve) interpretará Howard, o pai de Lina.

No livro de Jenna Evans-Welch — o primeiro da série Amor & livros —, acompanhamos a garota em uma viagem para Florença com o intuito de atender ao último pedido da mãe: conhecer o pai. Lá, Lina encontra o antigo diário da mãe, que narra um misterioso romance do passado, e faz amizades muito especiais, inclusive com seu novo vizinho, Ren. Em meio a gelatos e passeios de lambreta, a garota vai descobrir o amor e a si mesma.

Incrível, né? O filme chega à plataforma de streaming em 22 de junho.

Seja nas gelaterias da Itália, nas estradas da Irlanda ou nos mares da Grécia, o amor está sempre à espera. Na série Amor & livros, Jenna Evans Welch narra a história de três garotas que desbravam o mundo em uma jornada de amadurecimento, com direito a segredos de família, decepções amorosas e paixões inesquecíveis. Saiba mais.

testeNovo quadrinho da autora de Coragem explora a importância da família e da ancestralidade

Qual era o seu maior medo quando criança? 

Cat, ou Catrina, a protagonista de Fantasmas, novo quadrinho de Raina Telgemeier, tem muito medo de fantasmas. Na verdade, antes de sua família se mudar para Bahía de la Luna, a garota nunca havia se preocupado com isso. Mas a nova cidade é repleta de fantasmas — especialmente no Día de los Muertos, data em que os moradores organizam uma grande celebração para aqueles que partiram.

Maya, a irmã mais nova de Cat, tem problemas de saúde e quer conversar com um fantasma para descobrir como é o pós-vida. Cat só quer levar uma vida normal e proteger a irmã, porém, conforme a data comemorativa se aproxima, a garota vai aprendendo mais sobre sua família, sua cultura e sobre si mesma e descobrindo  que encarar nossos medos por quem amamos exige muita coragem.

Fantasmas é uma HQ divertida e sensível, perfeita para crianças e adultos, contada com o traço único de Raina Telgemeier. Autora best-seller com quase 20 milhões de exemplares vendidos no mundo, Raina é o maior fenômeno recente da literatura jovem e, pela Intrínseca, também publicou a HQ Coragem.

O livro está em pré-venda e chega no dia 16 de maio às livrarias. Garanta já o seu!

teste5 curiosidades sobre a rainha do romance, Beth O’Leary

Beth O’Leary é um dos maiores sucessos da Intrínseca (e do mundo). Aqui no Brasil, seu primeiro livro, Teto para dois, já vendeu mais de 200 mil exemplares e conquista novos fãs a cada dia! 

Em suas comédias românticas fofas e divertidas, Betinha, para os íntimos, trata de temas importantes com muita sensibilidade. Além de Teto para dois, outros dois de seus livros já foram publicados por aqui: A troca, lançado em 2020, e seu mais novo romance, Na estrada com o ex, que chegou às livrarias em fevereiro de 2022. 

Para os fãs como nós, trouxemos algumas curiosidades sobre a autora:  

 

1. Beth já dividiu a mesma casa com alguém que ela não via 

6 vezes que a Rachel Green foi a pior

Se você se apaixonou por Tiffy e Leon, deve estar se perguntando o que inspirou a autora a escrever uma história de amor com uma cama só. E o motivo por trás é bem divertido! Algum tempo atrás, quando morava com o namorado (atual marido), um médico recém-formado, o casal quase não se via. Enquanto ela saía de casa, ele chegava e vice-versa. Beth começou a conhecer a rotina dele pelas pistas que ele deixava pela casa: a última série que viu, a toalha jogada em algum canto. Ela pensou: o que dois estranhos notariam um no outro se vivessem sob o mesmo teto e não se vissem? O resultado vocês já conhecem!

 

2. Garota da cidade grande?

Beth e Molly (Instagram: Beth O’Leary)

Beth é uma garota do campo! Apesar de ter morado em Londres por um tempinho, a autora logo percebeu que a cidade grande não combinava com ela. Hoje vive perto da natureza, numa casa com uma vista linda, e aproveita a calmaria do interior para passear com sua cadelinha Molly, uma golden retriever. Agora estou imaginando Beth sentada à escrivaninha com uma xícara de chá, observando as árvores pela janela e escrevendo mais um romance de aquecer o coração.

 

3. Seu companheiro de casa dos sonhos

Que O’Leary é apaixonada por livros, isso nós já sabemos, mas a autora tem outra paixão: a culinária. Se ela pudesse escolher alguém para dividir um apartamento, seria a chef Nigella Lawson. Já imaginou as duas cozinhando juntas? 

 

4. Qual de suas personagens ela seria?

Livros de romance que Beth está lendo (Instagram: Beth O’Leary)

Todo leitor já se imaginou vivendo dentro das histórias, né? Se Beth pudesse ser uma de suas próprias personagens, seria a Tiffy, de Teto para dois: otimista, bondosa e habilidosa na costura e no tricô (o que Beth não domina nem um pouco). 

 

5. Gente como a gente

150 ideias de Memes Apaixonado | memes apaixonados, memes, memes românticos

Assim como nós, Beth é fascinada por comédias românticas. Seu romance favorito é Samantha Sweet, executiva do lar, de Sophie Kinsella. Foi a primeira história de amor que leu e deixou uma marca em seu coração. E seu filme favorito é Simplesmente amor. Mas não para por aí: ela é tão apaixonada que todo ano a família se reúne para assistir ao filme na noite de Natal — virou uma tradição deles! 

 

Ficamos até com vontade de ser amigos da Beth, e vocês?