Notícias

Nada escapa aos olhos atentos de uma camareira, nem a sujeira, nem os segredos

16 / março / 2022

Existem muitas camareiras em hotéis, mas nenhuma como Molly. Perfeccionista, dedicada e detalhista, a jovem de 25 anos aprendeu com a avó muitas das lições que segue religiosamente no trabalho. Todos os dias, ela visita os quartos do luxuoso Hotel Regency Grand, organiza tudo à perfeição, recolhe as gorjetas e faz o possível para se manter invisível, até que, em uma visita matinal à suite 401, acaba encontrando a cena que vai virar sua vida de cabeça para baixo: comprimidos pelo chão, um cofre aberto e o corpo de um hóspede milionário sobre a cama.

Na investigação do crime, a aparente frieza de Molly e sua falta de manejo social despertam a atenção da polícia, que passa a enxergá-la como a principal suspeita. Em meio a uma complexa rede de interesses, evidências desfavoráveis e motivações fúteis, provar a sua inocência pode custar mais do que ela está disposta a entregar. 

Será que a verdade sobre a morte de Charlie Black virá à tona ou a única saída para Molly será contar tudo o que sabe? Afinal, nada escapa aos olhos atentos de uma camareira nem a sujeira, nem os segredos.

Enviado na caixa de fevereiro do clube intrínsecos, A camareira, de Nita Prose, chega às livrarias em edição comercial a partir de 14/04. 

 

Leia um trecho:

Eu sou sua camareira. Sou eu quem limpa seu quarto de hotel, quem entra como um fantasma quando você está perambulando por aí durante o dia sem se preocupar com o que deixou para trás, com a bagunça ou com o que eu talvez veja quando você não está. 

Sou eu quem tira seu lixo, quem joga fora os recibos que você não quer que ninguém descubra. Sou eu quem troca seus lençóis e sabe se você dormiu neles na noite anterior, e se dormiu sozinho ou não. Sou eu quem coloca seus sapatos junto à porta, que ajeita os travesseiros e encontra fios de cabelo neles. Seus? Diria que não. Sou eu quem faz a faxina depois que você bebe demais e suja o assento da privada, ou coisa pior. 

Quando termino meu trabalho, seu quarto está impecável. Sua cama está perfeita, com quatro travesseiros macios, como se ninguém jamais tivesse se deitado ali. A poeira e a sujeira que deixou para trás foram aspiradas e esquecidas. O espelho polido reflete sua expressão de inocência. É como se você nunca tivesse pisado aqui. É como se toda a sua imundície, todas as suas mentiras e trapaças tivessem sido apagadas. 

Sou sua camareira. Sei muita coisa sobre você. Mas, afinal, o que você sabe sobre mim?

Primeiro capítulo completo:

A camareira_1° cap

Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

O predador mais mortal de todos pode estar perto de você

O predador mais mortal de todos pode estar perto de você

Confira as fotos do lançamento de Arrastados, de Daniela Arbex

Confira as fotos do lançamento de Arrastados, de Daniela Arbex

Livro de Michael Pollan sobre drogas psicodélicas ganha série na Netflix

Livro de Michael Pollan sobre drogas psicodélicas ganha série na Netflix

Confira os protagonistas da nova série inspirada em Um dia, de David Nicholls

Confira os protagonistas da nova série inspirada em Um dia, de David Nicholls

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *