Notícias

Kim Jiyoung, nascida em 1982: os impactos da desigualdade de gênero na Coreia do Sul

15 / fevereiro / 2022

Jiyoung cresceu ouvindo que devia ser cuidadosa, se vestir de modo discreto, agir como uma ‘mocinha’. Que era responsabilidade dela evitar certos lugares, horários e pessoas perigosas. Que a culpa era dela por não perceber e não evitar.

Com mais de 1 milhão de cópias vendidas no mundo, Kim Jiyoung, nascida em 1982, de Cho Nam-Joo, se tornou um fenômeno editorial por seu retrato sutil e brutal da discriminação de gênero na Coreia do Sul. 

Na história, acompanhamos Kim Jiyoung, uma jovem adulta comum que, após abandonar o trabalho em uma empresa de marketing para cuidar de sua filha recém-nascida, começa a personificar vozes de diferentes mulheres: vivas e mortas. A estranheza de seu comportamento preocupa o marido, que a aconselha a se consultar com um psiquiatra. 

Conhecemos, a partir deste ponto, toda a história de vida da personagem. Nascida em 1982 e com o nome mais comum entre meninas coreanas, Jiyoung rapidamente se dá conta de que é preterida frente ao irmão mais novo. Do pré-vestibular ao mercado de trabalho, cenas de assédio e abuso são comuns, e os homens ao seu redor justificam que é ela quem precisa tomar cuidado para não se expor a esse tipo de situação.

Crédito: Minumsa Publishing Co., Ltd

Em diferentes aspectos da trajetória de Kim Jiyoung, o machismo e a desigualdade de gênero se fizeram presentes, influenciando sua rotina, seu  modo de agir e suas escolhas.

Com narrativa sutil e linguagem direta, Kim Jiyoung, nascida em 1982 é um relato arrebatador das dificuldades diárias de todas as mulheres — na Coreia do Sul e no mundo. O livro chega ao Brasil em 22 de março e já está em pré-venda!

 


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

5 coisas que você precisa saber sobre a importância da diversidade na luta feminista

5 coisas que você precisa saber sobre a importância da diversidade na luta feminista

Sobre o Japão, a Coreia e a cultura pop

Sobre o Japão, a Coreia e a cultura pop

Livro de Michael Pollan sobre drogas psicodélicas ganha série na Netflix

Livro de Michael Pollan sobre drogas psicodélicas ganha série na Netflix

Confira os protagonistas da nova série inspirada em Um dia, de David Nicholls

Confira os protagonistas da nova série inspirada em Um dia, de David Nicholls

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *